Textos Meio Ambiente

Cerca de 70 textos Meio Ambiente

Cuide bem da natureza

Hoje acordei cedo, contemplei mais uma vez a natureza.
A chuva fina chegava de mansinho.
O encanto e aroma matinal traziam um ar de reflexão.
Enquanto isso, o meio ambiente pedia socorro.
Era o homem construindo e destruindo a sua casa.
Poluição, fome e desperdício deixam o mundo frágil e degradado.
Dias mais quentes aquecem o “planeta água”.
Tenha um instante com a paz e a harmonia.
Reflita e preserve para uma consciência coletiva.
Ainda há tempo, cuide bem da natureza.

E o dia em que o sol não nascer?
Que o mar se enfurecer...
E tudo que tinha vida morrer?

O que você vai fazer?

E quando o azul do céu desaparecer?
O solo apodrecer...
E tudo adoecer?

O que você vai fazer?
Para onde você vai correr?
Para Marte, Júpiter, Saturno ou Plutão?

O Planeta Terra é a tua única casa, amado ser...
E a tua verdadeira mãe (natureza) está a morrer...
Pela tua falta de respeito, consciência e compaixão...

Te peço então um momento de reflexão...
Não jogue seu lixo no chão!

Reduza, recicle, reutilize...
Pense, repense, reflita, respeite...
Preste mais atenção...
Mas não use a tua mente e sim o teu coração...
pois ele amado irmão, está sendo usado em vão!

Ainda é tempo de mudar...
Ainda é tempo de salvar os animais e natureza
que o amor só querem nos dar.

Mas a decisão é tua, amado ser...
Tua casa (Terra) e tua alma, amado ser...
Despenderão do que você escolher...

⁠A natureza se encarrega de ser bela por si mesma,
com suas cores vibrantes, atraí, conquista, e amazia
os raios de sol que inseminam na terra seu calor uterino
de fertilidade e vitalidade explodindo em
vulcões de verdes paisagens a dominar os campos
e contrastar com o azul do céu...
e os homens juram que são eles os responsáveis e tutores
desta natividade.

Inserida por GeraldoMorais

_Cumpade, Bahia tá quente que tá retado.
Região sul, só vejo notícias de tornado
Chuvas fortes em tal canto
Ciclones num outro lado

É o aquecimento global
Deixando o clima alterado.
Sente aqui companheiro
Vamos prosear
Aceite um gole d'água, pra se hidratar
Cuide da tua saúde
Já que a saúde do planeta um "homi” só não pode melhorar.

Homens ricos e armados
Cheio de ambição
Cortam as árvores da amazónia
Destruindo a nação
Fazendo da natureza seu capacho
Destruindo mato, rio e ribeirão.

É uma lástima camarada
Pois, Brasil é pátria amada.
Rico em recursos naturais: flora, fauna, serra e mar
Preservamos agora
Ou vejamos tudo acabar

Mas eu não perco a esperança
E pode ser que algum dia
O brasileiro adquira
Muito mais sabedoria
E cuide bem do Brasil
Dia e noite, noite e dia

Toneladas de óleo
São jogados no mar
Catástrofe ambientais
Só servem para alertar
Que o homem é pernicioso
E não merece este lar

Um país como o Brasil
Carente de educação
Sofre na mão de gente corrupta
Que não sabe qual o valor
De um dia de trabalho
Do pobre trabalhador

É uma lástima camarada
Pois, Brasil é pátria amada
Tem o povo forte e gente nobre.
A corda só arrebenta
Pro lado de quem é pobre, enquanto a gente desce, a máfia politica sobe.

O brasileiro tem que entender
Acordar para a realidade
O Brasil só vai pra frente com alta escolaridade.
O Brasil carece de reforma na constituição
Que priorize a saúde e a educação.

"Cumpade", o papo tá bom, mas tenho que ir
Não basta murmurar
É preciso agir
O meio ambiente temos que preservar
Quanto aos problemas sociais,
É só escolher bem, na hora de votar.

Vai entender!
O homem é um bicho danado
Nunca se conforma com nada
Se tá seco quer chuva
Se tá chovendo quer sol
Se tá quente quer frio
Se tá frio quer calor
O bicho é tão complicado
Que acaba com a nascente
Depois pega um copo d'água
Vai rezar aos pés da cruz
Da árvore que ele cortou
E por isso a nascente secou
Aí implora a Deus por perdão
Volta com o copo vazio na mão
Pega um machado grandão
E vai, de novo, arrumar mais confusão.

Mãe natureza

Vamos fazer a nossa parte
para preservar a natureza
evitando o desperdício de água,
energia, combustível, papel,
alimentos e outros recursos.
- Preservar é viver!

Vamos reduzir o lixo,
fazendo a reciclagem
e a coleta seletiva para
o seu reaproveitamento.
Vamos impedir a poluição
de nossos rios e oceanos.

Vamos proteger nossa fauna,
os bichos exóticos e os comuns,
a floresta Amazônica
e também a nossa flora
transformando nosso planeta,
num planeta azul e verde.
- A mãe natureza agradece!

Não deixe o meio ambiente desaparecer.
Proteção ambiental com consciência
é uma questão de sobrevivência.
Trate a Terra e tudo o que nela habita
com respeito, amor e consideração,
pensando em seus filhos e netos
que nela viverão.

Amazônia

As aves não mais voam
Os peixes não mais nadam
Os pássaros não mais cantam
As pessoas não mais se amam.

Tudo isso por culpa do homem e a sua maldade
Tudo por culpa do homem e a sua falta de caridade.

As nossas matas desmatadas
As nossas florestas devastadas
Nossos animais em extinção
Nosso medo da poluição.

A Amazônia é nossa devemos protegê-la
A Amazônia é nossa devemos amá-la.
Viva o verde, viva a Amazônia,
Viva os índios, viva a alegria.

Consciência Consciente!

Tem gente que acha que sou chato
Tem gente que acha que não sou
O mais importante de tudo
Eu cuido dos lugares onde eu vou
Não deixo meu lixo por lá
Não cavo em qualquer lugar
Levo uma vida bem simples
Sem consumo exagerado,
Reaproveito tudo que posso
Para o Planeta e o homem respirar
Fico triste quando vejo
Gente que só sabe degradar
Uns o fazem pelo dinheiro
Outros, porque não aprenderam preservar
Com estes que não aprenderam
É bem mais fácil lidar
Porque quem degrada por dinheiro
Tem a consciência do seu erro
E não aceita mudar.

MEIO AMBIENTE

Mãe Gaia, Mãe Terra a Boa Mãe

Somos partes integradas
A Mãe Terra tão fértil
Por todos és tão amada
Do humano ao réptil

Olhando para o teu céu
Apreciando o teu mar
Não estou jogada ao léu
Pois eu tenho um lar

Símbolo tão maternal
A terra tão cuidadosa
Nasce o alimento geral
Na gestação tão amorosa

Muitos a estão maltratando
Mas ela também pode ser malvada
Uma mãe que está alimentando
Pode também ficar descontrolada

O ser humano precisa perceber
Que das entranhas é dependente
Dela sai tudo para sobreviver
Não somos tão independentes

Sentindo o cheiro de terra
As montanhas e seus mares
Produzindo em suas serras
Frutos doces em seus pomares

De perfumes tão inebriantes
Mãe majestosa tão encantada
De lua, e o sol tão vibrantes
Tão sagrada e tão fecundada

De simbologia tão feminina
Quer todos seres vivos abraçar
Tão senhora de nossos destinos
Somos teus filhos a projetar

Mãe de ternura abrangente
Mesmo na escala alimentar
Sabe ser fértil e elegante
Para nada nos faltar

Mãe Gaia, Mãe Terra, Planeta Azul
Quero poder sempre te exaltar
Nesta vida, do norte ao sul
Te agradecer e te agradar

Muitos estão lhe matando
Suas veias estão dessecando
Suas nascentes estão secando
E a água doce está acabando

É sua resposta certeira
O Mãe Terra tão altaneira
Muitos homens fazem asneiras
E você devolve da mesma maneira

Mas de Vós sempre precisamos
É necessário a Vós proteger
Pois de Vós nós alimentamos
Todo cuidado devemos ter.

Mãe tão bela natureza
É aqui que nós moramos
De infinita Grandeza
Somos teus filhos, a Vós amamos
(NORMA AP SILVEIRA DE MORAES)
05/06/2017

⁠A maioria das pessoas é mais ou menos escrava de algo, escrava da hereditariedade, do meio ambiente, das opiniões alheias, dos costumes e das ideais daqueles que pensam por ela; analisado em um nível ainda mais profundo, muitos são escravas das emoções, das sensações, do prazer, e até escravas de si mesmo. Os escravos gostam de afirmações depreciativas diante do conhecimento, vezes sem fim com aquele ar de superioridade de deuses do Olimpo (looking down on) afirmam: — "sou livre e só faço o que me apraz e o que bem entendo". Bem, analisando mais profundamente essa questão, não somos livre em quase nada, nossa margem de manobra é bem finita, alguns não conseguem explicar o que faz elas terem certas preferências, ou o que faz elas quererem isto ou aquilo.

Na verdade transformam seus desejos no querer e um certo grau de liberdade está no querer pelo simples querer e não a busca incansável pelo prazer.

Entendem a diferença?

Chrīs Nunes

SALVE MINHA TERRA!!

Tudo me faz lembrar!
O samba lembra o carnaval;
A chuva repentina, a roupa no varal;
A terra arada e a labuta do capiau.
E jamais hei de olvidar...
A mata e a moto serra;
Da poluição e o planeta Terra;
Nossos mártires ambientais e suas iníquas guerras...
Faço por lembrar!
Chico Mendes pelo Amazonas de meu Brasil;
Zé da Castanha e sua esposa Maria, mulher gentil;
Irmã Dorothy Stang, cheia de fé viril.
Fica para meditar!
O que vem engarrafada vinha da bica;
Do apanhar da árvore, dentro da lata na prateleira fica;
O verde da minha terra, só a bandeira identifica...

⁠A pandemia por covid-19 perdura a fevereiro de 2021: Estamos em período de carnaval e as festividades foram canceladas.
Em redes sociais, pessoas questionando-se como poderiam imaginar algum ano sem os blocos na rua, as escolas de samba na Marquês de Sapucaí no Rio de Janeiro.
Os salões de festas vazios por todo o Brasil!
Previsões de cataclismos sempre povoaram a nossa imaginação em tempos remotos (passados ou futuros). Nunca assim, à nossa frente!
Quando falavam que o mar invadiria as cidades e faixas de terra, a gente imaginava algum tempo futuro distante.
E quando falavam da gripe espanhola, parecia um tempo sem nenhum recurso de saúde e informação.
Mas, depois deste imenso isolamento social que iniciou no início de 2020, sabemos que tudo pode acontecer, a qualquer momento!
E a partir de agora, devemos ser mais cautelosos com a saúde do planeta. Devemos brigar por cada partícula de oxigênio desperdiçada em recursos naturais...
E eu fico pensando nesta vida, tão sábia e tão peralta, em meio a tantas coisas tristes me fazendo rir um pouco de quem me traiu por uns "punhados de níqueis". Num cenário de caos, poderá ter que tentar flutuar com o sobrepeso na alma, na consciência e na bolsa...

⁠Preservação do meio ambiente.

Meio Ambiente
Caminho sem volta.
Até quando...?
Tem alguém aí...?
Ah...!
Perdoem-me...!
Achei que tivesse alguém...
Mais está tudo bem...
Eu ja tinha essa consciência mesmo...
Sempre será assim...
Cortes...
Machados,foices e motosserras...
Com picaretas e dinamites vão triturando essa terra...
Até quando...?
Dói...
Dói em saber...
Dói em ver...
Dói em meditar...
Animais silvestres...
Animais selvagens...
Nossa Natureza cada vez mais se degrada...
A água poluída com metais pesados...
Fumaças tóxicas...
E o ser humano cada vez mais entrando numa toca, sem se dar conta que é um caminho sem volta...
😭😭😭😭


Autor Ricardo Melo..
O Poeta que Voa.

⁠Águas poluídas.


Rios que fluem sem parar...
Peixes que morrem em qualquer lugar...
Oceanos poluídos...
Navios naufragados no fundo dos mares....
As bandeiras que eram velas rasgaram-se...
Mantos brancos que ficaram flutuando junto as marés...
As Velas cairam.......
Os mastros mergulharam.......
Se corroeram com sal marinho...
A ferrugem de metais pesados la em baixo fizeram um bordel....
O breu que era petróleo espalhou e denegriu...
Gosto de sal que virou metal...
Instinto de nadador...
Como poeta indignado....
Tento não passar mal...
Baleias que se encalham...
Plásticos e papéis que flutuam e que afundam...
Nas profundezas oceânicas...
Algas e salsas vão se murchando....
Águas vivas e tubarões....
Que na realidade estão mortos demandando a poluição....
Rezar, orar e clamar...?
Resolverá...?
Ah coração navegante....
Tu és feito de bomba e não tem coordenação....
Paraíso perdido...
Somos uma espécie que permite a devastação...
Cabe a cada um contribuir....
Senão em breve as águas..
Deixarão apenas recordações...
Cuidemos então...?
Pegando nas mãos....?
Será...?
Isso não é o suficiente...?
Enquanto tiver mil bloqueando a entrada de resíduos tóxicos...
Terão cem mil jogando lixo e poluindo..
E aí...?
Isso é poema que se escreva com prazer...?
Ou me atrevo e dou um grito e faço ecoar...?
Vão ouvir...?
Não...!
Oremos então...
Pois nessa esfera que não para de rodar...
Um dia sei lá...
Será uma terra letal...


Autor:Ricardo Melo.
O Poeta que Voa.

⁠Fraternal, Polivalente:
Opondo-me a fúria dos rivais
Arrisco-me exercer a cidadania
A ter voz e vez, com democracia
Ajudando prover direitos sociais.
Exorar por deveres fundamentais
Havendo saúde pública universal
A sociedade sendo plena e plural
Ávida por ações socioambientais.
A comunidade lutando consciente
Sendo digna, solidária e preparada
Jamais omissa, nem indiferente.
A empatia social seja alcançada
O amor ao próximo seja evidente
Sendo humano fraternal polivalente.
(por Virgílio Alcides de Farias
Advogado ambientalista
28 de abril de 2021)

Vida abundante,⁠
meio ambiente,
coração pulsante
com lindos atrativos,
naturais, vivos,
árvores, rios, cachoeiras,
aves e outros bichos,
enfim, uma diversidade rica
com inúmeros benefícios,
sem dúvida, faz parte da criação Divina
e que deve receber a devida atenção que é mais que merecida.

O AMOR DA TERRA


Se o eu não reclamar
Soltar a minha voz
Tá claro...sou culpado
Sou mais um a ver
O seu azul morrer
Seu verde rarear
É claro! Sou culpado!

Sou só um "mano", vendo
O futuro derreter e sangrar
Em minhas mãos
Vendo, o cheiro
Da algoz em vários nós
Espalhada pelo chão .(mar)

Eu quero é viver!
Não quero guerra com o planeta
Terra
Eu quero mergulhar
Boiar num mar azul de eras
Terra...Somos inquilinos

A poderosa mãe
Sempre a nos perdoar
Com o doce do rio
Cascatas, imensidão azul

O solo fértil ou não
Motivos de canção
Que ecoam no divino que há nos corações

Amor! Venha!
Seja a nossa redenção
Nossos filhos estão crescendo

Ventres, ventos
Pedem mais um bilhão
Clamam mais uma canção

Queremos renascer!
Queremos recriar a terra!
Queremos mergulhar
Voar no azul do céu de eras
Mãe terra..

Somos inquilinos
Somos os meninos
Somos as crianças
Somos as florestas
Somos oceanos

Somos a esperança!
O Amor da Terra.

Luciano Calazans. 29/07/2017

Uma gota d'água não parece nada
Na verdade, parece uma piada
Mas uma piada que se desperdiçada
Perde totalmente a graça
Damos tanto valor a bens materiais
E os recursos naturais...
Desperdiçamos por motivos banais
O ecossistema é maravilhoso
Faz com que um seja dependente do outro
Então por que não amar? Por que não cuidar?
Devemos agora mais do que nunca, o ambiente preservar!

Se existe um culpado, por tudo o que acontece de ruim no planeta, este é o SER HUMANO.
Todos somos culpados... Exploramos, poluímos, não reciclamos.
Nada do que fazemos é de forma sustentável. Não temos essa educação e consciência.
Mas eu acredito na força e no poder do Criador e Sua natureza. Apesar de tudo, ela se regenera, se transforma e ela mesmo cobra! E antes de acabarmos com ela, "ela acabará" com a gente.
Nenhuma espécie prejudica mais o ser humano, do que o próprio ser humano.

O último espetáculo


Estamos nos preparando para assistirmos ao mais esplendoroso
espetáculo.
Espetáculo que nunca fora visto... nem mesmo no teatro.
Homem!
Anjo ou demônio?!
Não sei.
Apenas serei poeta.
Ao descrever a última destruição.
Criação...
Descobertas miraculosas, desvendando os mistérios da natureza.
Anos e anos...
Sendo empregados na busca de vacinas para doenças...
Tecnologia para melhorar a vida do povo...
Salvando-os das possíveis tragédias naturais.
O homem agindo com muita destreza.
Reinvenção.
Guerras e destruição.
Bombas ceifando a vida de milhões em segundos.
Homem?
Anjo ou demônio?!
Não sei.
É apenas um ser cuja capacidade é inesgotável.
Tudo faz parte da imaginação.
De que adianta buscar novos conhecimentos no espaço sideral?
Se o estamos empregando de forma fatal.
Parece que estou vendo:
Armas nucleares projetadas, seus protótipos revendidos.
E a paz armada... tornou-se cada vez mais procurada.
É o que mais lucro rende!
Isto não me surpreende...
“O Fim”, é nosso caminho.
Total depredação...
Homem?
Anjo ou demônio?!
Não sei.
O ecossistema azul que nos envolve numa névoa vitalícia e
maravilhosa.
A cada dia que passa está sendo destruída.
O homem será um ser em extinção?
A humanidade será esquecida.
Justiça?
Talvez...
Só assim o Universo estará livre de todo o “mal”.
A paz reinará sem igual.
No espaço haverá um imenso vazio...
Onde antes existia o PLANETA AZUL.
E na poeira cósmica da explosão terráquea ressurgirá um novo
planeta.
E desta forma o fim se torna o começo.
E as cortinas encerrarão mais um Divino Espetáculo da Criação.
Homem?
Anjo ou demônio?!
Não sei.
Talvez um pouco dos dois.