Praia Mar Mãe Filha Areia

Cerca de 53 frases e pensamentos: Praia Mar Mãe Filha Areia

"Mãe, o que é que é o mar, Mãe?" Mar era longe, muito longe dali, espécie duma lagoa enorme, um mundo d´água sem fim, Mãe mesma nunca tinha avistado o mar, suspirava. "Pois, Mãe, então mar é o que a gente tem saudade?"

Guimarães Rosa
232 compartilhamentos

AMOR ETERNO

Mãe e filha estavam caminhando pela praia.
Num certo ponto, a menina perguntou:
- Como se faz para manter um amor?
A mãe olhou para a filha e respondeu:
- Pegue um pouco de areia e feche a mão com força...
A menina assim fez e reparou que quanto mais forte apertava a areia coma mão, com mais velocidade a areia escapava.
- Mamãe, mas assim a areia cai!
- Eu sei, agora abra completamente a mão...
A menina obedeceu mas veio um vento forte e levou consigo a areia que restava em sua mão.
- Assim também não consigo mantê-la em minha mão!
A mãe, sempre a sorrir disse-lhe:
- Agora pegue outra vez um pouco de areia e deixe-a na mão semi-aberta como se fosse uma colher... bastante fechada para protegê-la e bastante aberta para lhe dar liberdade.
A menina experimenta e vê que a areia não escapa da mão e está protegida do vento.
- É assim que se faz durar um amor.

Fênix Faustine
290 compartilhamentos

GRANDIOSIDADE
(poeminha do amor de mãe)

Lamentar-se em pranto na praia
Não polui o mar...
Pois que toda aquela água
São tão somente lágrimas
De uma mãe que também chora
Na mesma proporção...
Do amor que tem pra dar.

Bruno Bezerra
143 compartilhamentos

Sobre as ondas do mar, sobre as águas na areia, minha força é do mar, minha mãe é sereia.

iemanja
59 compartilhamentos

SONHANDO

Na praia deserta que a lua branqueia
Que mimo! Que rosa, que filha de Deus!
Tão pálida - ao vê-la meu ser devaneia,
Sufoco nos lábios os hálitos meus!
Não corras na areia,
Não corras assim!
Donzela, onde vais?
Tem pena de mim!

A praia é tão longe! E a onda bravia
As roupas de goza te molha de escuma
De noite - aos serenos - a areia é tão fria,
Tão úmido o vento que os ares perfuma!
És tão doentia!
Não corras assim!
Donzela, onde vais?
Tem pena de mim!

A brisa teus negros cabelos soltou,
O orvalho da face te esfria o suor;
Teus seios palpitam - a brisa os roçou,
Beijou-os, suspira, desmaia de amor!
Teu pé tropeçou...
Não corras assim!
Donzela, onde vais?
Tem pena de mim!

E o pálido mimo da minha paixão
Num longo soluço tremeu e parou,
Sentou-se na praia, sozinha no chão,
A mão regelada no colo pousou!
Que tens, coração?
Que tremes assim?
Cansaste, donzela?
Tem pena de mim!

Deitou-se na areia que a vaga molhou.
Imóvel e branca na praia dormia;
Mas nem os seus olhos o sono fechou
E nem o seu colo de neve tremia...
O seio gelou?...
Não durmas assim!
Ó pálida fria,
Tem pena de mim!

Dormia: — na fronte que níveo suar...
Que mão regelada no lânguido peito...
Não era mais alvo seu leito do mar,
Não era mais frio seu gélido leito!
Nem um ressonar...
Não durmas assim...
Ó pálida fria,
Tem pena de mim!

Aqui no meu peito vem antes sonhar
Nos longos suspiros do meu coração:
Eu quero em meus lábios teu seio aquentar,
Teu colo, essas faces, e a gélida mão...
Não durmas no mar!
Não durmas assim.
Estátua sem vida,
Tem pena de mim!

E a vaga crescia seu corpo banhando,
As cândidas formas movendo de leve!
E eu vi-a suave nas águas boiando
Com soltos cabelos nas roupas de neve!
Nas vagas sonhando
Não durmas assim...
Donzela, onde vais?
Tem pena de mim!

E a imagem da virgem nas águas do mar
Brilhava tão branca no límpido véu...
Nem mais transparente luzia o luar
No ambiente sem nuvens da noite do céu!
Nas águas do mar
Não durmas assim...
Não morras, donzela,
Espera por mim!

Álvares de Azevedo
85 compartilhamentos

Filha do tempo, da vida, do mar. Filha do amor, da terra, da dor. Filha da água, da energia, do ar. Filha da liberdade, do bem, valentia, coragem, desafios e, sabedoria também. 🍃🍂

Luna.
27 compartilhamentos

Como filha de Deus. Não sou apenas um grão de areia, sou parte do oceano!!


..

Sonia Solange da Silveira ssolsevilha Poetisa do Cerrado

Morena, 25 anos, filha de um burguês que vivia viajando pelas praias do litoral, bebia sozinha em um restaurante francês no meio da cidade, perto do bar do Chico, onde o pai costumava ir tomar alguns drinks de vez em quando.
Ele havia acabado de sair da academia, um pouco mais novo, mas se achava bastante experiente na arte da vida e em seguir sua lenda pessoal, havia marcado um Happy Hour com os amigos, todos desmarcaram, um teve um problema em casa, outro apenas não respondeu, decidiu ir sozinho, precisava comemorar a nova conquista de trabalho.
O lugar era pouco iluminado parecia um cenário de filme, mas sem os atores, tinha algumas mesas e um garçom que chamava Antonio e trabalhava ali desde os 17 anos.

Ela pensava de novo em amor, na casa, nos dois filhos que queria ter.
Ele só conseguia pensar no trabalho e se perguntou o que uma mulher daquelas estaria fazendo ali.

Ela se perguntava a mesma coisa e daí algo aconteceu...

Marco Lafico
Inserida por MarianaCamargo

Não deu tempo de levar a Minha Filha para Paris, para as praias no Nordeste, para mergulhar em Bonito. Não deu tempo de tomar com ela um copo de cerveja e uma taça de vinho. (...) Não deu tempo de ela andar ao meu lado no banco da frente do carro. Não deu tempo de parabenizá-la por ter entrando na História, na Arquitetura, na Medicina, por ter decidido não fazer faculdade e ter largado tudo para ir morar em uma comunidade em Piracanga. (...) O que realmente me dá medo é o que não deu tempo para ela pensar em fazer comigo. Os sonhos dela. Ou ainda, o que ela nem chegou a sonhar. Esses se tornaram insondáveis. Um mundo que eu não posso acessar. Fechado no cérebro já desligado dela.

Tiago Ferro
Inserida por pensador

Filha de Deus e afilhada de Iemanjá, desde bebê que é banhada por esse mar.

Advogado Darlan Batista
Inserida por DarlanBatista

⁠PRAIA ILUMINADA

Fogos de artifício, o céu sorria
Sobre o mar da praia iluminada.
O vento no rosto da meninada
Anunciava um ano que se abria!

Ela, a sereia do mar, era só magia,
Pulando ondas d’águas quebrantadas!
Ele, pés descalços na areia molhada,
Era o príncipe da terra da alegria!

Eram os mais belos se abraçando...
Amados filhos lá se divertindo...
Formas puras no mundo brincando...

Não se esqueçam de mim, anjos lindos!
Por vós - as noites eu velei chorando,
Por vós - os dias eu vivi sorrindo!

Rômulo Bourbon
Inserida por RomuloBourbon

Filha de Yemanjá é onda que te empurra em direção a areia e te arrasta em direção ao fundo do mar.
Filha de Yemanjá é bipolaridade intensa, é troca de humor em segundos.
Filha de Yemanjá é maresia mas também é tsunami.
Filha de Yemanjá é amor, é serenidade, calma, paz... Filha de Yemanjá é intensidade demais pra gente fraca e sem planos futuros.
Filha de Yemanjá pensa alto, pensa longe, pensa firme.
A filha de Yemanjá sempre vai ser aquela amiga que lhe dará ótimos conselhos, te fará rir até a barriga doer e chorar ao seu lado por se decepcionar mais uma vez com um amor mal correspondido.
Filha de Yemanjá é moça que devemos manter numa caixinha de conchas e guardar só pra gente nos momentos mais difíceis de nossas vidas.
Quem tem uma filha de Yemanjá tem um mar de proteção e afeto.

Desconhecido
Inserida por thatad

O Deus que fez a lua e as estrelas e as montanhas e os oceanos, o Criador que fez todas essas coisas, acreditava que você e seu bebê deveriam ser um par. Isso não significa que vocês serão um encaixe perfeito. Não significa que você não cometerá erros. Isso significa que você não precisa ter medo do fracasso porque não pode falhar em um trabalho para o qual foi criada.

Rachel Hollis
Inserida por pensador

Sou filha da madrugada
Na negritude da noite
Em noite enluarada
Tenho a alma errante
Em mares sou navegante
Por terra sou viandante
Sou folha solta ao vento
Um sentimento ao relento
Sou o choro da saudade
De algo que nunca tive
Da pátria perdida no tempo
De lugares que nunca estive
São sonhos que em mim retive
Esta é minha forma de pensar
Não sei mais o que é a verdade
Estou perdida em mim
Porque vou planejar?
Tenho o direito de ser
É assim que quero estar
Quero apenas velejar
Por caminhos diferentes
Não tenho rota determinada
Apenas sigo pela estrada
E quando nada mais restar
Este será o meu lugar
Minha conquista!
O meu repouso, o meu lar.

May Lu
Inserida por maylu

"Senhora do universo...mãe da terra...do ceú...dos oceanos...mãe da vida e do infinito universo...eternamente a brilhar em nossos corações. "💞

KadudaFreitas
Inserida por KadudaFreitas

A Peneira do Tempo

Agudas lembranças: cheiros de ruas, praças, marés, brinquedos.
Lembrança de ter sido herói, filho, menino-pai e pai-menino, é o que fica
Pra ter teu passo, pra andar junto e, sendo feliz, não pousar. Fortalecem-se as asas
O tempo não deixa esmaecer o que houve de significância, cravando nos atos
As nossas graças, a nossa infância e a nossa maturidade
Porque na peneira do tempo nem turvo, nem maldade
Revele-se infinitamente, resplandecentemente, felicidade

Sobre Juliana.

Rayme Soares
Inserida por RaymeSoares

Filha

Não estranhes minha filha,
és poema, és poesia.
Do oceano és minha ilha.
Do diamante, és minha gema.
Pérola – diadema!
Agora entendo,
o que era noite
fez-se dia!
Era cego, e não sabia...
És poema, és poesia.
Quem te julga, não se enxerga,
manqueja da mesma perna.
Galho da mesma cepa,
farinha da mesma saca.
Amor, não te aborreças,
com frutos da mesma cesta.
Mar revolto, maresia.
rodeada de problemas,
Mas, o Cristo já dizia:
É a vida - fantasia...
Já fui cego, pois, não via.
Agora compreendo.
Tormentas e calmarias...
Não pasmes nem te espantes,
não estranhes minha filha.
Caminhes sempre avante,
tudo passa como dantes.
Dias, dias, só são dias...
São apenas mais poesias...
Creias, e lutes sempre.
Como fui, hoje és semente!
Sejas crente – gente é gente...
Cuides dessas almas,
amadas e inteligentes.
Ames toda a família,
e até... Aqueles parentes...
Ames – ames e não temas,
Deus é contigo.
Terás muitos amigos,
contes comigo.
Enfrentes o perigo,
Levantes tuas antenas.
Olhes lá na frente,
não mires apenas ao teu umbigo.
Eis o conselho contundente,
Do teu eterno amigo.

Do papai, com muito amor!

jbcampos

jbcampos
Inserida por camposcampos
1 compartilhamento

Assistir a Valentina dormir é como mergulhar fundo num oceano de sensações. Fico parado do computador escutando a respiração e babo em detalhes a minha filha. Me perco, me encontro, me vejo hoje onde não pensava estar ontem. Me disperso, me recolho, fico preocupado com a vida dela e busco forças. Respiro, expiro, penso em seguir, mudar tudo. Sigo no enigma mais claro e na sabedoria mais vulgar de tudo o que é, sem nenhuma razão especial de ser quando a vejo dormir. Não hesito; me deixo levar nos pensamentos. Ela me traz essa reflexão e o que vem dela deixo fluir. Me deixo levar antes que seja tarde, antes que seja um poente finito. Ela me ensina tanto, sem falar nada, com quatro anos, dormindo, só de olhar... Entendo e aprendo que o despedir de um dia lindo que não se repetirá é, na verdade, uma cortina aberta para a verdade. E que a linha do horizonte vista dessa janela e suas formas inalcançáveis sejam da força e da fonte para a noite que virá, pois lá, enquanto eu estiver vivo, vai dormir uma criança. E olhando bem, dentro do coração dela, dorme também a criança que eu fui um dia, com todos os meus sonhos. Olho, observo. Ela ameaça acordar, mas dorme de novo ao receber meu carinho. Que bom que ela ainda é criança. A vida é tão difícil, tão dura, tão injusta, tão cruel, tão desumana, que eu não saberia como cobrar um conforto e um abraço de quem devo abraçar e confortar. Agradeço por ela existir. Penso em nossa história. Afinal, ela é tudo para mim hoje, mais do que eu achava que fosse ontem. Há dois anos então, nossa! O amor só cresce. Em palavras não ditas, escuto o ruidoso silêncio da respiraçãozinha dela, que não me deixa concentrar em outra coisa. Dizem que Deus sempre falará para um pai que observa a filha dormir. É verdade. Se ele existe e algum dia falou comigo, não seria em outra situação. Olho bem no centro do seu rostinho e penso disso tudo, que a mim fica a sensação de tudo ao mesmo tempo, do mais contraditório tipo: dos acertos na vida ao tempo perdido, do sonho errado, do passado que você nunca mudaria, do desânimo diante de uma caminhada que no fundo você pensa que pode não ser o melhor pra vida dela. Não dá para definir se é tristeza, euforia, ansiedade, alegria, desilusão, esperança, razão, emoção, ou apenas angústia e preocupação. Acho que é um misto de tudo isso com uma grande pitada de não saber nada sobre a vida. É um misto de tudo. Em que me despeço e peço, fico olhando até pegar no sono também, quando, aos poucos, vou apagando e esquecendo memórias de um futuro que ainda não foi. Aceito o que o passado tem sido, sem glória, sem lamento. Tento dormir pensando bem sobre tudo isso, e aprendo sob escombros das lembranças, sem que eu e ela, sem que ninguém se aventure ao resgate, pois num coração de verdade, não há chance de resgate, só remendos, apenas sangue estancado. E é por isso que perceber toda inocência de um filho perante o mundo nos emociona, nos faz chorar, nos orgulha em alegria, mas também nos rasga o peito de dor.

Alessandro Lo-Bianco
Inserida por AlessandroLoBianco
1 compartilhamento

ORAÇÃO MÃE

Mãe, que nada te atinja
Da nascente aos mares
Que toda leveza d’alma
Esteja por onde andares

Mãe, que nada te aflija
Dos mais baixos aos mais altos tons
Entre “sustenidos” e “bemóis”
Aos teus ouvidos límpidos sons

Mãe, que nada em ti respingue
Do pote da alheia amargura
Daqueles que não vêem
Que há uma fonte de água pura

Mãe, que tudo seja inteiro
Na verdade e na pureza
Pra que tu tenhas de tudo o ordeiro
E te livre de aspereza

Mãe...

Rayme Soares

Mãe natureza.

Vejo com muita tristeza
a nossa mãe ser agredida
a praia tem muita beleza
não merece ser ferida
quem maltrata a natureza
não respeita a própria vida.

Guibson Medeiros
Inserida por GVM