Poema sobre Julgamento

Cerca de 1419 poema sobre Julgamento

Somos, nem tanto por burrice, mais por reflexo condicionado,
prisioneiros do julgamento alheio. Tememos outras alternativas que
não sejam as já testadas e aprovadas. Os diferentes abrem caminhos,
criam opções, sobrevivem da própria independência, enquanto os outros
vêm atrás concorrendo ao título de melhores ou piores em repetição.

É mais fácil separar a água do vinho que a hipocrisia da verdade no julgamento das ações humanas.

A base da sociedade é a justiça; o julgamento constitui a ordem da sociedade: ora o julgamento é a aplicação da justiça.

A cólera prejudica o sossego da vida e a saúde do corpo, ofusca o julgamento e cega a razão.

O bom julgamento vem da experiência. E de onde vem a experiência? A experiência vem do mau julgamento.

Desconhecido

Nota: A citação é atribuída a Rita Mae Brown, mas ela apenas ajudou a popularizá-la. A verdadeira autoria é desconhecida.

...Mais

Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los. Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro.

Cada dia é o dia do julgamento, e nós, com nossos atos e nossas palavras, com nosso silêncio e nossa voz, vamos escrevendo continuamente o livro da vida. A luz veio ao mundo e cada um de nós deve decidir se quer caminhar na luz do altruísmo construtivo ou nas trevas do egoísmo. Portanto, a mais urgente pergunta a ser feita nesta vida é: O que fiz hoje pelos outros?

Quem sabe direito o que uma pessoa é? Antes sendo: julgamento é sempre defeituoso, porque o que a gente julga é o passado.

É bem mais difícil julgar a si mesmo que julgar os outros. Se consegues fazer um bom julgamento de ti, és um verdadeiro sábio.

Antoine de Saint-Exupéry
O Pequeno Príncipe (1943).

Não julgueis para não serdes julgados. Pois com o julgamento com que julgais sereis julgados, e com a medida com que medis sereis medidos.

O amor é uma decisão, é um julgamento, é uma promessa. Se o amor fosse só um sentimento, não haveria base para a promessa de amar um ao outro para sempre. Um sentimento vem e pode ir. Como posso julgar se ele vai ficar para sempre, quando meu ato não envolve julgamento e decisão.

No início, os filhos amam os pais. Depois de um certo tempo, passam a julgá-los. Raramente ou quase nunca os perdoam.

Oscar Wilde

Nota: Trecho adaptado do livro "Uma mulher sem importância", de Oscar Wilde.

Fico indignada
com o desrespeito,
o julgamento,
a arrogância,
a falta de consideração.

Por que é tão difícil...
pensar no outro,
colocar-se em seu lugar,
supor suas dores
seus temores,
suas dificuldades?

Afinal,
quem disse que somos diferentes?

Nossa conta bancária?
O bairro onde moramos?
A cor da nossa pele?

Quanta bobagem!

Vamos abrir os olhos,
antes que a dor nos procure
e
à força,
nos cure!

Uma coisa é você achar que está no caminho certo, outra é achar que o seu caminho é o único. Nunca podemos julgar a vida dos outros, porque cada um sabe da sua própria dor e renúncia.

Paulo Coelho
Na margem do rio Piedra eu sentei e chorei. Rio de Janeiro: Rocco, 1994.

Nota: Pensamento adaptado do original.

...Mais

Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás. E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida.

Veronica Shoffstall

Nota: Trecho adaptado e adulterado de poema de Veronica Shoffstall.

Não devemos julgar a vida dos outros, porque cada um de nós sabe de sua própria dor e renúncia. Uma coisa é você achar que está no caminho certo, outra é achar que seu caminho é o único!

Paulo Coelho
Na margem do rio Piedra eu sentei e chorei. Rio de Janeiro: Rocco, 1994.

Nota: Pensamento adaptado do original.

...Mais

Julgamento:

Como pode julgar alguém que se tem um carinho.
Como podes acreditar em calúnias.
Apedrejaste sem se ter certeza de que realmente
Querias apedrejar. Mas... o fez.

Como pode jogar fora tantas horas de alegrias.
Jogaste no lixo da vida tantos segredos.
Matou de uma só vez o que parecia ser eterno.
Não se importou se feriu ou se ia se ferir.

O seu egoísmo não deixou que ouvisse a voz da
Razão.Pois pensaste só em ti.
Como pode julgar assim! Como se fosse deus.
Esmagou um coração, que não se estava presente.

O que a vida, o sofrimento, as derrotas, as frustrações,
Lhe ensinaram? Você não aprendeu nada?
Acho que aprendeu sim com todas essas lições!
A julgar, apontar, magoar e ferir.

a vida lhe deu muito, mas você colheu pouco.
Mas plantar !Plantaste bastante, e aos poucos
Essa suas plantações estão secando, e secarão
Até que morra toda a raiz.

Não sobrará nada! A não ser os espinhos que para
Ti o valor é imenso.E um dia esse mesmo espinho.
Também secará. Dai a sua volta o que restará?
Apenas um deserto em sua alma.

Nunca julgues a quem sempre esteve do seu lado
Mesmo em horas de constrangimentos.
Que nunca mas nunca houve em momento algum, um
Certo preconceito. E que, nas horas triste e alegres,
sempre para o que der e vier, eu estava ali... Sempre
Ali com você! Mas... Que fizeste questão,
de fechar os olhos,

Nada disso tem valor, nada mais importa,
Nada foi verdadeiro, nada foi sincero.
Há... Claro o seu julgamento sim foi de uma covardia
Sem igual. Esse sim tenha certeza foi sincero.
Então leve essa cabeça a guilhotina! E faça com
Que desça a lámina.

Antes do pré- julgamento.
Tenta o seguinte:
foca teu olhar em mim?
Olha com zóio diferente ?
Entenda e, coloque na mente
Não sou tão simples

Minha roupa não diz exatamente que sou
Ela até fala algo de mim
Mas eu sou vários algos
Vários átomos
Várias histórias
Vários tudo


Vários de eu mesmo
Vários de vários
Eu mesmo de vários
Notou ?
Antes de qualquer coisa:

-Empatia.

O Julgamento Alheio

É fácil julgar os outros. Enquanto Nikita Kruschev denunciava os crimes de Stalin, no congresso do Partido Comunista, alguém gritou: "Onde estavas durante o massacre dos inocentes?" "Levante-se quem disse isso",pediu Kruschev. Ninguém se mexeu. "Seja você quem for, já respondeu a sua pergunta", continuou ele. "Naquele momento, eu estava na mesma posição em que você está agora".

Julgamento livre!

Todos podem julgar você, isso é inegável. Se não quiser ser julgado, não faça. Simples! Nos apegamos aos erros, aos delitos e aos piores momentos porque são eles os mais engraçados, quem nunca riu numa situação "imoral"? Eu julgo, eu rio. Se não gostou, não me peça opiniões.