Homenagem a quem Faleceu

Cerca de 826 frases e pensamentos: Homenagem a quem Faleceu

Combater e morrer é pela morte derrotar a morte, mas temer e morrer é fazer-lhe homenagem com um sopro servil.

Homenagem às mães

Mãe, amor sincero sem exagero.
Maior que o teu amor, só o amor de Deus...
És uma árvore fecunda, que germina um novo ser.
Teus filhos, mais que frutos, são parte de você...

És capaz de doar a própria vida para salvá-los.
E muitos não te valorizam...
Quando crescem, te esquecem.
São poucos os que reconhecem...

Mas Deus nunca lhe esquecerá.
E abençoará tudo que fizerdes aos seus...
Peço ao Pai Criador que abençoe você.
Um filho precisa ver o risco que é ser mãe...
Tudo é cirurgia, mas ela aceita com alegria.
O filho que vai nascer...

Obrigado é muito pouco, presente não é tudo.
Mas o reconhecimento, isso, sim, é pra valer...
Meus sinceros agradecimentos por este momento.
Maio, mês referente às mães, embora seja bom lembrar...
Dia das mães, que alegria, é todo dia.

DIA DAS MÃES - HOMENAGEM ESPECIAL

Ela tem a capacidade de ouvir o silêncio.
Adivinhar sentimentos.
Encontrar a palavra certa nos momentos incertos.
Nos fortalecer quando tudo ao nosso redor parece ruir.
Sabedoria emprestada dos deuses para nos proteger e amparar.

Sua existência é em si um ato de amor.
Gerar, cuidar, nutrir.
Amar, amar, amar...
Amar com um amor incondicional que nada espera em troca.
Afeto desmedido e incontido, mãe é um ser infinito.

Anderson Cavalcante , Minha mãe, meu mundo

Há poucos homens capazes de prestar homenagem ao sucesso de um amigo, sem qualquer inveja.

Os ciúmes de um namorado são uma homenagem; os de um marido são um insulto.

A hipocrisia é uma homenagem que o vício presta à virtude.

Vaidade: homenagem de um palerma ao primeiro imbecil que aparece.

Se a hipocrisia é a homenagem que o vício presta à virtude, o cinismo é a afirmação ostensiva do vício como virtude.

O elogio é um meio muito usa­do, mas sempre novo, de render homenagem à vaidade alheia.

Ser mãe é se deixar ser tocada pela mão de Deus.

A experiência é como uma mulher a quem todos rendem homenagem sem tratar de averiguar se o seu passado é irrepreensível.

A dúvida é uma homenagem prestada à esperança.

A hipocrisia, além de ser a homenagem que o vício presta à virtude, é também um dos artifícios com que o vício se torna mais interessante.

Quero fazer uma homenagem aos excluídos emocionais, os que vivem sem alguém para telefonar no final do dia, os que vivem sem alguém com quem enroscar os pés embaixo do cobertor. São igualmente famintos, carentes de um toque no cabelo, de um olhar admirado, de um beijo longo, sem pressa pra acabar. A maioria deles são solteiros, os sem-namorado. Os que não têm com quem dividir a conta, não têm com quem dividir os problemas, com quem viajar no final de semana. É impossível ser feliz sozinho? Não, é muito possível, se isso é um desejo genuíno, uma vontade real, uma escolha. Mas se é uma fatalidade ao avesso – o amor esqueceu de acontecer – aí não tem jeito: faz falta um ombro, faz falta um corpo.

Faleceu ontem a pessoa que atrapalhava sua vida...

Um dia, quando os funcionários chegaram para trabalhar, encontraram na portaria um cartaz enorme, no qual estava escrito:

"Faleceu ontem a pessoa que atrapalhava sua vida na empresa. Você está convidado para o velório na quadra de esportes".

No início, todos se entristeceram com a morte de alguém, mas depois de algum tempo, ficaram curiosos para saber quem estava atrapalhando sua vida e bloqueando seu crescimento na empresa. A agitação na quadra de esportes era tão grande, que foi preciso chamar os seguranças para organizar a fila do velório. Conforme as pessoas iam se aproximando do caixão, a excitação aumentava:

- Quem será que estava atrapalhando o meu progresso?
- Ainda bem que esse infeliz morreu!

Um a um, os funcionários, agitados, se aproximavam do caixão, olhavam pelo visor do caixão a fim de reconhecer o defunto, engoliam em seco e saiam de cabeça abaixada, sem nada falar uns com os outros. Ficavam no mais absoluto silêncio, como se tivessem sido atingidos no fundo da alma e dirigiam-se para suas salas. Todos, muito curiosos mantinham-se na fila até chegar a sua vez de verificar quem estava no caixão e que tinha atrapalhado tanto a cada um deles.

A pergunta ecoava na mente de todos: "Quem está nesse caixão"?

No visor do caixão havia um espelho e cada um via a si mesmo... Só existe uma pessoa capaz de limitar seu crescimento: você mesmo! Você é a única pessoa que pode fazer a revolução de sua vida. Você é a única pessoa que pode prejudicar a sua vida. Você é a única pessoa que pode ajudar a si mesmo. "Sua vida não muda quando seu chefe muda, quando sua empresa muda, quando seus pais mudam, quando seu(sua) namorado(a) muda. Sua vida muda quando você muda! Você é o único responsável por ela."

O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos e seus atos. A maneira como você encara a vida é que faz toda diferença. A vida muda, quando "você muda".

Desconhecido

Nota: Texto de autoria desconhecida, muitas vezes atribuída a Luís Fernando Veríssimo.

É engraçado como as pessoas passam rápido por nossas vidas e nos deixam marcas tão profundas... Foi assim com você...
Nosso amigo, companheiro, confidente... Sempre com um sorriso no rosto, sempre disposto á ouvir e ajudar a quem precisava.
Sabemos que há tempo para todo o propósito debaixo do céu... que há tempo de nascer e que há tempo de morrer ..."
Sentiremos saudades pra sempre. Talvez lembrando do que podíamos ter feito e não fizemos, das palavras que deveriam ser ditas e não dissemos, atitudes que deveríamos ter tido e não tivemos. E se tivéssemos feito tudo, o tudo não seria suficiente. Somos assim despreparados pra perda e impacientes com o tempo, o qual deixamos responsável por apagar o nosso sofrimento. Estamos tristes pela falta que nos faz, mas gratos á Deus por termos conhecido vc um dia.
Saudades eternas ...

Homenagem As Minhas Melhores Amigas.

Hoje tenho a tarefa de aconselhá-las, sejam eternamente aquilo que vocês desejarem, sem que ninguém interfira nisso.
Quero que vocês vivam intensamente, e que todos os sonhos de vocês se realizem. Quero que vocês continuem assim, que sejam tristes, que deem sorrisos atoas, que chorem de felicidade, que gritam de dor, quero que vocês tenham a mesma dignidade de sempre, que consigam transparecer tudo e que acima de tudo sejam intensas. E que vivam intensamente.
Façam dos sentimentos uma dádiva, ergam a cabeça e tenham a simplicidade de admitir os seus erros. Errem! Errem muito, porque não há nada de errado nisso.
Sonhem com tudo aquilo que vocês mais desejam, desejem demais! Nunca tenham medo do que vocês possam ser.
Quando cair a noite, eu quero que vocês fujam, mas fujam de si mesmas, para não continuar sempre no mesmo lugar, sempre com as mesmas perspectivas.
Eu quero que vocês renovem as suas esperanças todos os dias. Eu quero que vocês sintam saudades dos velhos tempos e que percebam o quanto é importante ter amigos, o quanto é importante se sentir bem.
Eu quero que vocês chorem por amor, mas que vocês diferenciem grandes amores. Um fim de um grande amor é muito ruim, mas um grande amor não tem fim.
Eu quero que vocês estufem o peito por viver nesse mundo maravilhoso, que vocês contem a nossa história para todos que vierem perguntar sobre felicidade.
Eu quero que vocês tenham a coragem que eu não tive, que estufem o peito para canhões, quebrem o muro de Berlim, destruam as cátedras de Paris, e que defendam as suas próprias palavras. Eu quero que vocês contem muitas, muitas histórias porque a vida não tem graça sem uma boa história pra contar.
Quando vocês se sentirem tristes, saibam que vocês não precisam de ninguém para sentir a tal felicidade, mas que sempre que precisarem eu estarei aqui.
Desejo que vocês aproveitem o máximo a felicidade, que não esqueçam do universo, das lindas estrelas, que assim como elas, meu amor é imenso.
Desejo que vocês esqueçam o ontem e vivam o hoje. Porque o amanhã estará por vir e será muito mais lindo.
Lembrem-se de que não há limitações para os sentimentos, amem intensamente, não tenham vergonha desses sentimentos, por mais simples que sejam eles são seus e tudo que vem de vocês é único e inigualável. Aprendam que ninguém nunca vai deixar vocês tristes e que um dia de sol poderá mudar tudo.
Aprendam que com um pouquinho de amor, supera-se tudo. Tenham fé e percebam o quanto isso alivia e renova.
Todo dia enfrentem pelo menos uma coisa que vocês vão mesmo sentir medo. Saibam que os problemas são consequências de um ato, por isso pensem muito antes de qualquer coisa.
Desejo a vocês noites de risos, de piadas, de brigadeiros. E que se um dia eu partir antes de vocês, olhem para o céu e lembrem-se: eu estarei sorrindo
Não percam tempo com inveja, com falsidade, o bom mesmo é aquilo que vem de vocês, pois é puro e verdadeiro.
Agradeçam seus pais, pela vida, pelo amor, pela alegria. E agradeçam mais ainda por serem eles que deram a linda vida a vocês, e que são eles as pessoas que vocês mais se orgulham e que vocês admiram a coragem, o amor, as palavras mesmo que muitas vezes não batam com as suas.
Digam aos seus irmãos que o amor mais fraterno que existe é o deles, e estejam certas disso: eles serão os únicos que daqui a alguns anos saberão mesmo te ajudar, te apoiar, e serão os padrinhos mais lindos para seus filhos, mesmo que talvez não recebam esta graça.
Diga tudo o que sentires hoje, amanhã poderá ser tarde.
Não espere que você vença toda a guerra, todo o conflito, a angústia, mas lute.
Sejam conscientes e saibam que o mundo não gira em torno de vocês.
Quero que quando vocês esquecerem de mim, que pelo menos lembrem-se do quanto foi boa nossa amizade e de quanta felicidade vocês me proporcionaram.
Amigas, vocês são a alegria de uma tarde vazia, vocês são pedras preciosas, vocês são flores de um jardim. Pra mim vocês possuem muito mais valor do que isso.
Sejam loucas e arrisquem tudo que for preciso pela felicidade de vocês! Jamais esqueçam, isso é só para os raros. Isso é só para vocês.
Eu desejo a vocês a felicidade mais pura e sincera que existe, muitas alegrias, muitos amores, que vocês sintam o quanto são especiais para mim. Desejo as minhas irmãs de alma, que a nossa amizade dure a eternidade, assim como meu amor. Lembrem-se, estarei aqui para o que for necessário, em dias tristes ou felizes, vocês serão para sempre as minhas estrelas-guia. Sejam raras, sejam eternas, sejam VOCÊS. Não duvidem nunca do quão especial vocês são!
Queria dizer às minhas melhores amigas que elas são algumas das pessoas mais bonitas que eu já conheci, e que conviver com elas é um privilégio.
Contar também que algumas das histórias que eu vou contar quando for velha são com elas, e certamente são as mais engraçadas.
Queria dizer a cada uma das três o quanto elas são importantes. Seja pela força, pela energia ou pelo gênio. São quatro, que somam mil personalidades e um milhão de sorrisos. São quatro, que dividem mil segredos e um milhão de quilos do mundo. São três, que fazem as minhas noites mais
divertidas e os meus problemas menores.
Queria dizer que eu sou uma soma de todas vocês.

(Para Ariane, Graziela e Nayara)

Homenagem a nós

Que vida louca levamos nós, mães modernas, mães do século 21, mães de filhos únicos, ou de muitos filhos que se tornam únicos pelo pouco tempo que conseguimos ter para cada um...
Que vida louca temos nós, que acordamos ao raiar do dia e saímos para o trabalho delegando a outras, que em casa deixam seus filhos também, que sejam as mães que nossos pequenos não tem...
Que vida louca temos nós que somos mães por telefone em tempo integral, que fazemos de nosso horário de almoço um momento para checar a lancheira, arrumar uniforme, fazer “Maria chiquinhas” e ter tempo de lembrar as antigas mães e mandar seu filho escovar os dentes...
Que vida corrida temos nós, cheia de horários marcados com momentos de ser mulher, mãe, amiga, esposa, profissional, namorada... somos muitas e as vezes não conseguimos ser tudo...
Vivemos uma rotina que rotina mesmo quase não tem, pois o dia é sempre um mistério para aquelas que tem filhos, afinal nunca sabemos se o dia que começou é o dia marcado para a dor de garganta chegar, ou para a prova surpresa de matemática, ou para briga com o amiguinho na escola, ou para pesquisa sobre o relevo que ele esqueceu de te avisar...
Sabemos apenas que vivemos assim....
Acordar... trocar de roupa para o trabalho, esperar pacientemente que sua secretária do lar não falte, olhar seu filho dormindo por mais alguns minutos e ter vontade de ficar com ele só por hoje um dia inteiro, sair de casa, despedir-se do filho e dar muitas ordens a empregada que a deixam perdida... ir para o trabalho, ser profissional, ser mulher moderna, ser guerreira, lutar pra vencer, fazer a diferença no mundo profissional...
Ligar ao longo do dia para marcar pediatra, fugir correndo do serviço para assistir a apresentação da escola no dia das mães, procurar alguém para buscar seu filho na escola porque hoje apareceu uma reunião e não tem como ir, e sempre acabar contando com a sua mãe para te fazer esse eterno favor...
Correr, preocupar-se, desdobrar-se vencer o dia, e ainda chegar em casa checar a tarefa, supervisionar o banho, fazer mil e uma perguntas sobre o dia de seu filho, sentir-se culpada por não ser mais presente, brincar, dar atenção, cantar uma música, ler uma história, assistir pela bilionésima vez o filminho da Disney e acabar adormecendo ali, na caminha de solteiro ou do lado do berço, cansada, mas realizada por ter sido por mais um dia MÃE...

HOMENAGEM A VOCÊ...

Como é gostoso ter amigo,
Que nos trata com carinho,
Que nos manda mensagens
De todo tipo e formato,
Como poesias ou textos,
Seja dia, noite ou madrugada,
Não precisa data festiva,
Para nos mandar um recado,
Arrumam qualquer pretexto.

Deixam-nos felizes, contentes
Melhoram nossa auto estima,
Com a demonstração de afeto,
Este tratamento fraterno,
Mesmo estando distantes.
Faz-nos sentir Bem perto!!
Uma vês me perguntaram...
Porque não apagava meus
recados, e eu respondi:
Sempre que me sentir sozinha,
lembrarei que um amigo tem carinho
e afeição por mim
prova disto.
Então vou lá nos meus recado e sinto a presença
desta pessoa linda,
e me sinto acompanhada de alegria.

Homenagem ao meu filho, dentro de meu ventre...

Mal te sinto e já te amo...
Mal te sinto e já te quero tanto...
Tanto que nem sei como explicar...
Simplesmente sinto...
E sinto e sinto esse amor tão grande...
Que é simplesmente amar...
Nem sei como será seu rosto,
Nem a cor de seus cabelos, dos olhos...
Nem o sexo eu sei...
Mas, mesmo assim, já te quero e te amo tanto...
Que, de repente, até esqueci de mim e, agora...
Só em você eu penso...
E sinto, e amo, e cuido, desde o primeiro momento...