Frases de Beijo Roubado

Cerca de 158 frases de Beijo Roubado

Um homem rouba o primeiro beijo, implora o segundo, exige o terceiro, recebe o quarto, aceita o quinto, e suporta os restantes.

Um beijo legítimo nunca vale tanto como um beijo furtado.

Adoro beijo roubado, a barba por fazer, uma química de enlouquecer e aquele sorriso que faz tanto te querer.

Em versos rimados, beijos roubados
Cartões guardados, sonhos empoeirados
Abraços apertados, sorrisos escancarados
Mãos entrelaçadas, promessas renovadas
Será que já te disse alguma vez que eu te amo sem rimar?
E o mal de poeta, querendo impressionar.

Bonito mesmo é um abraço inesperado, um beijo roubado, um sorriso sincero, uma lágrima de felicidade. Bonito mesmo é o sentimento verdadeiro, o sentir-se perto mesmo estando longe. É se doar sem querer nada em troca, é pensar que a vida é mais do que um dia triste ou uma noite de pesadelos.

Que o batom seja tirado somente por um beijo roubado.

Quero de ti poder roubar um beijo, mas quão longe estas, resta a mim sentir sua falta.

Oceano de lágrimas tantas
Inseguro laço
Dos beijos que não roubamos
Dos gritos que gritamos
no silêncio
Infinito da distância.

beijo roubado
é o butim do ladrão
apaixonado

Beijo é igual WiFi, não tem que pedir e sim roubar.

Não vai ser fácil esquecer das
tardes que passamos juntos, dos
beijos roubados, dos abraços
apertados (...) De como era bom
estar ao teu lado (...) Não vai ser
fácil, mais terá de ser necessário.

Antes um único beijo roubado, do que um beijo nunca dado.

Olhou para o rosto sem vida, e então beijou a boca do seu melhor amigo, Rudy Steiner, com suavidade e verdade. Ele tinha um gosto poeirento e adocicado. Um gosto de arrependimento á sombra do arvoredo e na penumbra de coleçao de ternos do anarquista. Liesel o beijou demoradamente, suavimente, e, quando se afastou, toucou-lhe a boca com os dedos.

Queria ser amor, queria ser canção. Queria ser neve em pleno verão. Queria ser um beijo, Queria ser bondade. Mas sou apenas verdade.

Inserida por ThayaneFurtado

Rudy Steiner ficou com medo do beijo da menina que roubava livros. Devia ter ansiado muito por ele. Devia amá-la com uma intensidade incrível. Tanto que nunca mais tornaria a lhe pedir seus lábios, e iria para sua sepultura sem eles.

A Menina que Roubava Livros
ZUSAK, Markus. A Menina que Roubava Livros. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2013.
Inserida por _niix___

Não há nada que me ganhe mais do que um sorriso sincero, um beijo roubado e um "eu te amo" ao pé do ouvido.

Sou tão sensato, que quando uma mulher me rouba um beijo, eu prendo-a no meu coração

Os beijos roubados sempre são os melhores. Só perdem mesmo pros beijos apaixonados, que são inesquecíveis...

A Saudade pode ser um retrato, um por do sol ou quem sabe um beijo roubado teu que se perdeu