Siomara Reis Teixeira: DUALIDADE Não acredite em meus versos...

DUALIDADE Não acredite em meus versos mentirosos Usualmente escrevo o que me convém Arte de palavras em jogos de vai e vem Moldam fácil, pensamentos enganosos S... Frase de Siomara Reis Teixeira.

DUALIDADE


Não acredite em meus versos mentirosos
Usualmente escrevo o que me convém
Arte de palavras em jogos de vai e vem
Moldam fácil, pensamentos enganosos

Se é dos fatos que todas as idéias provêm
Os sentimentos profundos e carinhosos
Podem resultar de mil gestos ardilosos
Que só o egocentrismo dos poetas contém

Sim, sou feita de vários compostos
E componho ouvindo vozes do além
Inventando amores volúveis e melosos

Agora, ao ler, assimile e julgue; porém
Sem esquecer dos meus atos amorosos
Lembre que sei amar intensamente, também!

2 compartilhamentos
Inserida por siomarareisteixeira