Eclipse da Lua

Cerca de 78 frases e pensamentos: Eclipse da Lua

Um crepúsculo surge ao amanhecer dando inicio ao um eclipse, para uma lua nova nascer.

Fernanda Arantes Lima
56 compartilhamentos

Naquela noite o céu estava completamente negro. Talvez não houvesse lua - um eclipse lunar, uma lua nova. Uma lua nova. Eu tremi embora não estivesse com frio. (Bella)

Stephenie Meyer - Livro Crepúsculo
27 compartilhamentos

Minha Boca é o sol
Tua boca é a lua
no eclipse do AMOR
Aminha boa beija a tua...

Carlos Simões
28 compartilhamentos

No Crepúsculo vejo uma Lua Nova, e me encanto com o Eclipse do amanhecer!!!

roberta araujo
18 compartilhamentos

Querida Lua.

Confesso ter lhe procurado aqui na Terra. Procurei sua companhia, seu brilho, sua energia. Encontrei.

Encontrei um ser em forma carnal, um ser que me faz companhia, que transmite tamanha energia, que sinto estar próximo de ti, pois até no brilho de seu olhar encontro o seu brilho.

Vocês tem muito em comum. Esta mulher tem fases como você Lua. Horas está tão comigo, que sua luz me ilumina por completo, horas me abandona tomado pela escuridão, me faz perder o chão.

Nestas horas, queria eu acreditar que foi apenas um eclipse. Mas não.

O Monge da Lua
Inserida por OMongedaLua

Não olhe
Pra lua
Só no eclipse
Meu bem

A lua é linda
Todo dia
Também

Jean augusto

Eclipse

A Lua subira vermelha no Céu, e cessou o movimento ordenado dos elétrons...
Voltava ao tempo dos candelabros, onde a chama tremia a cada sopro, a cada movimento brusco.
Ainda que se pudesse capturar a luz, era o fogo que se via, que se fazia refletir nos corpos, nos olhos.
A Lua subira vermelha no Céu.

Leonardo Corrêa
Inserida por Leonascor

Me cansei de ver estrelas cadentes, lua cheia, eclipses. Deitava no chão e olhava para o céu pensando: Que tal um meteoro?

Alexandre Machado dos Santos
Inserida por LexKwy

A Lua e o sol difícil se encontrar .
Mais nada é impossível a um eclipse solar!

Hugo Leite
Inserida por HugoLeite

Até a lua passa por momentâneo eclipse - lado obscuro -,comumente, existente no homem.

EstherRogessi.
Inserida por EstherRogessi2

Eclipse Lunar


Enrubescida lua de ontem...
Arremessando filiformes lanças
em brilhos raios
direto na retina.

Lunar eclipse de abril...
Raro feito tu
somente as noites sombrias das guerras
e as manhãs frias de dezembro.

No olhar, aparatosa visagem de estrelas escondidas
em densas nuvens adensadas às pressas
por temor de tal fenômeno
que aterroriza momentaneamente os céus.

Sol, lua e terra convergindo
conspirando antes do amanhecer
tramando às ventas de Zeus
planos indecifráveis, planos infalíveis.

Cobre cor em contornos tórridos
perfazem o torso de astros subordinados ao firmamento.
No espaço ilimitado e indefinido onde se movem os astros
um satélite é silenciado, por alguns instantes a terra se cala.

Zeus ira-se ao descobrir tal trama
resistente em sua inteligência
entra em litígio com seus subordinados.
Deuses (outros), tentam atenuar a decisão colérica de Zeus.

Mas Zeus em seu ineditismo
declara o fim da escuridão -
Sol e lua são condenados a permanecer em sua temporalidade habitual
e a terra, é absolvida por sua insignificância.

J.W.Papa
Inserida por JotaW
1 compartilhamento

Raros eclipses

Eu o sol
Você a lua
Nossos encontros
Raros eclipses

Ricco Paes
Inserida por RiccoPaes

Até ao eclipse
Nem de grua
O sol acede à lua

Claudia Almeida Sousa
Inserida por umapalavraadizer

O eclipse é a demonstração de como a lua pode ter seu brilho ofuscado por alguns instantes, mas logo ofusca os olhos de quem duvidou do seu triunfo!

Viviane Dona da Silva
Inserida por vivi_da_silva

ECLIPSE

Um dia nos céus reluzindo
Iniciou-se um grande combate
O sol e a lua competindo
Insatisfeitos por um empate
E resolveram disputar seus instantes
O sol brilhante que irradia
Foi logo dizendo o que sabia
Como de costume, conhecia bem o dia
És brilho frio, luz morta
Que não ilumina sequer as noites
Sequer as soleiras das portas
Pois saiba ò tu, luz fria
Que até de Deus fui chamado um dia
Mesmo sem tu haveria noite
Mas sem mim não haveria dia
Não seja presunçosa cara lua
Nunca conseguirás apagar meu brilho
Muito menos roubar meu calor
Eu sou quente, sou vivo, então faça-me o favor
E ao contrário de você
Nunca deixei que em mim alguém pisasse
Já tu, tão frágil que desponta
Já sofreste essa grande desonra
Não sou morte, sou vida
Sem mim não desabrochariam as flores
Muito menos comida
Sem mim tudo morreria
Já tu, que falta farias?
Falas da minha solidão
Mas e tu que precisas de vigias
És tão fraca que precisas
De tua estrela-guia
Ora, mas que ser mais arrogante
Saiba que eu trago o descanço
Sou luz pálida que refresca o dia
Sou guerreira que vigia
Ó sol tão petulante
Talvez eu entenda sua agonia
Solitário são teus dias
Já eu, tenho tantas companhias...
Sol, meu velho amigo
Não fiques triste comigo
Mas sou eu que faço a vigília
Enquanto dormes no final do dia
Tenho orgulho do meu passado
Tu, nimguém quis conhecer
Ser tão mortal e inóspito
Em mim depositam esperanças
Em tu, temem as mortes
Pense bem cavaleiro brilhante
Se só houvesse tua luz purgante
Seria tu a descansar as criaturas?
Não temeria as marés?
Meu exército e infinito
Nascem e morrem todo dia
Porventura, melhores amigas
Assim como tu, a maior das estrelas
Sou amiga e te dou descanço
Livro a terra de teu excesso
Noutro dia tu me ignoras
Fecha a cara e eu recomeço
Chega de hipocrisia
Competir contra ti é covardia
Nessa terra sou rei, sou alegria
Tu, é um ser de fases
Mudas por rebeldia.
Não entendes por que mudo?
Sempre tento agradá-lo
Deus pensa que é loucura
Mas eu poderia amá-lo.
Como queiras, ser amargo
Deixo o céu a teu julgo
Me refugiarei em outro mundo
O sol vitorioso
Com o tempo ficou desgostoso
Viu a terra morrer
E a insônia aparecer
Já fraco e cansado
Quase se apagando
Foi pedir ajuda à Lua
Pela primeira vez se humilhando
Não precisou dizer nada
A Lua já o aguardava
E o mal entendido foi desfeito
Curiosamente; agora,quando a Lua muda de fase
Algo bate forte em seu peito
Talvez dor, talvez amor, talvez respeito
Ás vezes a saudade e tanta
Que um ou outro atravessa o manto sagrado
E assim acontece o eclipse
Seres opostos, lado a lado

Bruna Moreira Alves
Inserida por Bruna12177x
1 compartilhamento

ECLIPSE SAGITÁRIO

Onírico: eis minha força motriz
em cada palmo de crina
só em beleza me embalo
Cavalgo céu a dentro
e sendo arqueiro - de impulso adestrado -
atiço eclipse
sol y lua
em
Sagitário

Fabrício Hundou - um autor desconhecido.
Inserida por FabricioHundou

No alinhamento do Sol com a Lua e a Terra, surgi o eclipse com a luz do Sol clareando o lado da Lua que é somente iluminada durante a fase da lua nova, neste momento a Terra fica a sombra deste encontro.
É o universo se manifestando e mostrando o quanto somos dependentes desta estrela que é a luz da vida.
Portanto, sejamos como o Sol e a Lua, a iluminar a vida de quem precisa do reflexo de nossa luz para ser feliz.

Isaias Ribeiro
Inserida por isaiasribeiro

Eclipse.
Fiquei ali sentado, debaixo do pé de baru. O sol havia sumido na anágua negra da noite. Ficavam para trás, esquecidas, algumas flamas avivadas dos seus cabelos de fogo. Firmei que ela vinha de lá do alto do guarirobal do compadre Amâncio. Nada. Noite feita avistei uma estrela rutilante. Atinei: lá'em vem ela amarrada na linha do imaginado. E nada. Virei as costas e fui guarnir os cochos. O tuivú dum curiango me fez torcer de volta os meus olhos. Estrela não: era a dita. Mirei com ciência e entendi um cutelo fino. Retardei o meu olhar já concluindo: a coisa demora, dá tempo de tudo. Quando atravessei o mata-burros ela era uma goiaba mordida. A volta pra cidade não teve outro pensar. O granulado da poeira foi avermelhando mais e mais a tal lua-de-sangue, refletindo nostalgias no para-brisas da D-20.

Raniere Gonçalves
Inserida por ranish

A atração física pode ser uma fase da lua, mas o encontro de almas é como do Sol e da Lua num eclipse total...

Justino

NOITE SEM LUA

“Hoje dia de eclipse Lular. Mas meu céu tem nuvens a se espalhar, nuvens carregadas começando a relampejar, para esse céu maravilhoso hoje não consigo olhar.
Sinto grande aperto no peito coração a palpitar, aquele nó na garganta que o ar me faz faltar, aquela gota de lágrima que no chão logo irá tocar com as demais a de misturar.
Você sempre meu alicerce que nunca me deixou esmoronar. Meu Porto Seguro que sempre procurei para repousar.
Aquela mão que quando no chão estava me ajuda a levantar.
Que venha logo o sol para novo dia começar.
Hoje caminhos separados iremos tomar, mas com todas minhas forças para sempre irei te amar.
Si for sonho dele agora quero despertar.”

Desconhecido
Inserida por allancastilho