Em meio a Fumaça

Cerca de 426 frases e pensamentos: Em meio a Fumaça

As revoluções, como os vulcões, têm os seus dias de chamas e os seus anos de fumaça.

Victor Hugo
101 compartilhamentos

O amor é dos suspiros a fumaça;
puro, é fogo que os olhos ameaça;
revolto, um mar de lágrimas de amantes...
Que mais será?
Loucura temperada, fel ingrato, doçura refinada.

William Shakespeare
1.8 mil compartilhamentos

O mundo só seria perfeito se todo dia fizesse sol, o mar fizesse onda e se toda fumaça fizesse sua cabeça, tragando a vida e soprando a morte.

Bob Marley
498 compartilhamentos

O calor sufoca.
De pouco em pouco,
Fogo e fumaça.

Paulo Franchetti

fino fio de fumaça
fere o espaço
com seu perfume

Eliakin Rufino

De uma casa branca
No meio da encosta da montanha
Sobe um fio de fumaça.

Paulo Franchetti

O sol é o fogo e as nuvens são a fumaça do back Jhá.

Bob Marley
31 compartilhamentos

A aura popular é como a fumaça, que desaparece em poucos instantes.

Marquês de Maricá

Ele fuma
à soleira da porta,
e é a fumaça que sai.

Werner Lambersy

No campo queimado
ainda uma leve fumaça
Tronco resistindo

Eunice Arruda

qual é o nome mesmo?!
HA LEMBREI E FORÇA......

FUMAÇA
Inserida por wictorsousa

Você nunca economiza conselhos ou ajuda..............

FUMAÇA
Inserida por wictorsousa

De todos os fenômenos da natureza, ela é furacão. Deixa destroços e fumaça por onde passa. Já tentou ser brisa leve de verão mas, como dizem, calmarias não duram para sempre.

Isabela Freitas
15 compartilhamentos

É preciso uma boa lâmpada de gás. Se há fumaça suficiente, quem liga para o incêndio?

Gossip Girl
14 compartilhamentos

Mais eu sei... rainha da pista que conquista quem passa
Quente como o sol e faz sinal de fumaça, quando vai embora tudo fica sem graça
A saia dela diz onde ela quer chegar, difícil é saber como me aproximar
O que será que ela tem pra dar?

Cone Crew Diretoria
75 compartilhamentos

Maresia, sente a maresia
Maresia, uh
Apaga a fumaça do revólver, da pistola
Manda a fumaça do cachimbo pra cachola
Acende, puxa, prende, passa
Índio quer cachimbo, índio quer fazer fumaça

Gabriel O Pensador
112 compartilhamentos

Quando damos um trago em uma cigarro, logo a fumaça desaparece, nesta mesma medida quero desaparecer, mas logo irei voltar, em forma, aspecto, personalidade e aparência diferente (...)

Léo Lira
27 compartilhamentos

Poema transitório

Eu que na Era da fumaça: - trenzinho
Vagaroso com vagarosas paradas
Em cada estaçãozinha pobre
Para comprar
Pastéis
Pés-de-moleque
Sonhos
- principalmente sonhos!
porque as moças da cidade vinham
olhar o trem passar:
eles suspirando maravilhosas viagens
e a gente com um desejo súbito
de ficar ali morando sempre...
Nisto, o apito da locomotiva
e o trem se afastando
e o trem arquejando
é preciso partir
é preciso chegar
é preciso partir é preciso chegar...
Ah, como esta vida é urgente!
... no entanto
eu gostava era mesmo de partir...
e - até hoje – quando acaso embarco
para alguma parte
acomodo-me no meu lugar
fecho os olhos e sonho:
viajar, viajar
mas para parte nenhuma...
viajar indefinidamente...
como uma nave espacial perdida entre as estrelas.

Mario Quintana

"Sai do fogo da dor a fumaça do sonho"...

Menotti del Picchia

Xeque-Mate

A meia luz e a fumaça do cigarro deixavam à mostra apenas o contorno de seu rosto bonito. Do outro lado, alguém tentava decifrá-la, com o olhar fixo, insistente. Estava há poucos metros de suas pernas despudoramente cruzadas em um mini-vestido escolhido a dedo para aquela noite. Embora fingisse indiferença, ela sabia que cada gesto seu era analisado por ele. O movimento do corpo, o toque aos cabelos, a carícia à borda da taça, o jogo insinuante de cruzar e descruzar as pernas, o cigarro aceso, a fumaça que lhe saía da boca, o olhar malicioso...
Ele apenas a olhava, extasiado, deslumbrado.
Vez ou outra tomava ares de que se aproximaria, mas ela o mantinha inerte com um olhar insensível e, ao mesmo tempo, desafiador. Era excitante torturá-lo com aquele jogo de esconde-esconde.
De repente, em questão de segundos, ela não estava mais ali. Desaparecera.
Ele ainda a procurava quando sentiu o gosto gelado da bebida de uma boca quente a devorar-lhe os lábios, a língua, o corpo, a alma, a vida, a calma.
- E se eu me apaixonar?
Ela nada respondeu. Apenas continuou a consumi-lo, parte a parte, em carinhos, carícias, toques, beijos, gemidos, êxtase. Seria inútil explicar-lhe que ela somente aprendera a procurar. Que ela trazia na alma a eterna insatisfação de quem não sabia encontrar. Seria inútil dizer-lhe para não se apaixonar...

Eliane Azevedo
5 compartilhamentos