Crônicas Animais

Cerca de 521 crônicas Animais

Não serão poucas as vezes que nós, animais racionais ou não precisemos ir em algum ponto aos nossos extremos.
Doar algum órgão ao outro amado ou pra alguém que necessite sobreviver. Algumas aves mutilar-se arrancando suas unhas feito a águia, igual à todo Pai ou Mãe, empurrar nossas crias despenhadeiro abaixo pra que elas alcem voo e também sobreviva.
É a vida que pede evolução!

Inserida por dalainilton

⁠Lá fora nada para
Tudo acontece
Os amantes amam
As crianças nascem
Os animais caçam
A floresta ressurge
A lua, as estrelas
Seguem seu destino
De brilharem
Mas eu, estou deslocada
Estou só
O mundo real
Me assusta
Um mundo tão cheio
De humanos, desumanos
A mentira reina
Meu coração
Sofre
Busco coerência
E sofro mais ainda
Pessoas vazias, ocas
Que nem percebem
Que o são
Valores invertidos
Sem planejamentos
Inconsequentes
Ditam as regras
Da sociedade
Onde sonhar
Não faz parte
Elas necessitam
Do concreto
Algo mensurável
Palpável
A magia
Se perdeu

Inserida por MaraDias2020

Estamos na gruta ainda
A gruta que era nossos lar
Queimada está
Toda suja pelo restos
Dos animais e das árvores destruídas
Queimadas, puro carvão
Estamos sem força
Estamos muito Machucados
Cansados, com a respiração difícil
Num choro interno
Pela destruição da nossa floresta
Ela com o dom divino se reconstruirá
Mas as perdas foram grandes
Vou deixar ele descansar
Mas na verdade eu estou
Muito mais destruída
Sou humana
Ele é um lobo
E vai fazer de tudo por mim
Estou de olhos fechados
Sentindo seu pelo
Sua respiração falha
Mas está aqui
E isso que me importa
Logo nos encontraremos
Com a família
Força teremos
Para recomeçar
Não é do zero
Temos um ao outro

Inserida por MaraDias2020

⁠Proteja e defenda todos os animais e a natureza .
Cuide bem dos seus animais e os que o procurarem os acolha com amor . Preserve a natureza plante arvores frutiferas para os passaros flores para as abelhas .... etc Contribua com a nova terra ! Contribua para com os seus decendentes que não são nada mais do que você .

Inserida por rosy_luz

⁠A chuva é um bem natural , mais quando em excesso torna-se uma enchente destruidora, animais minúsculos em exesso viram pragas assustadoras, afeto em excesso torna-se um dia ! saudade ! , dinheiro em excesso, uma bomba ambulante da avareza ! e do perigo!, alimentação em exesso, restrições a saúde, umas lógicas do mundo nem sempre aceitáveis mais reais , o ser humano, e a sua aliança com o excesso , parece que não há limite em ter ! , ter um! o dois vive a bater na porta e assim sucessivamente a numerologia do mais ! Deus nosso criador, o padronista, da Vida em abundância, abundância não é excesso, pois ter abundância é uma dádiva, o excesso uma anomalia , e anomalia tende à colapsar, são estatísticas básicas, de um ambicioso projeto anômolo, que pende-se á decadência, Deus revela essa tal anomalia do querer mais do que se pode suportar só por meio do excesso degenerado , contenha-se, vivas bem , o exagero do dinheiro da fama , traz um colapso pra nós!, e o nosso bem estar, oração, fé, amor , esses são ingredientes que podem ser, usados em múltipla quantidade, mais análise a muitos dos quais estraga o apetite do viver bem .

.

Inserida por LucasCampos10

Nós, os GRANDES animais humanos…

Por já tão GRANDES sermos, em saber;
Que pena um tal não sermos, em doar;
Por ser tal, que grandeza iria dar;
A todo o em nós, tanto humano; crescer!

Que pena, o sermos grandes, para nós;
Nos levar, a tão esquecer das raízes;
Dos nossos irmãos, cá mais infelizes;
Por a vida, a os tais ter; tirado a voz.

Oxalá que a grandeza em nós havida;
Nos leve um dia, a pra os tais, mais olhar;
Implantando, em nós; único sentir!...

Porque aí sim, ficará de nós tida;
Mesmo após o nosso, por cá passar;
Tal GRANDEZA, havida em; nosso existir.

Com esperança;

Inserida por manuel_santos_1

"Os encantadores tigres

Todos os animais são lindos!!!
E quandos bebês são simplesmente adoráveis!!!
Amei a foto da majestosa tigresa e seu filhotinho!!!
Muito foto!!!
Tive a oportinidade de pegar no colo uma tigresa de quatro meses, a Florência, e de estar ao lado da Natália, já adulta, e de outros tigres!!!
Os tigres simplesmente me fascinam e me encantam!!!
Por serem fortes, por demonstrarem altivez, por serem determinados, corajosos, persistentes, destemidos, ousados e por terem olhos parecidos com os das águias que sabem bem onde querem chegar.".

Inserida por teresa_kodama

Uma máxima,
O ser humano é um dos animais que ao nascer, é por ventura um dos mais indefesos que existem...
... e no entanto ao começar a pensar tornam-se um dos mais perigosos de todos.
Já os demais, assim que saem de ovos e uterinos animes, são capazes de se defender atacando ou com ferrões, unhadas, mordidas gases e até urinas e esguichos venenosos,

Inserida por dalainilton

A importância do Nome

com adaptações de Francisco dos Santos

Adão deu nomes aos animais (Gênesis 2:19), os pais dão o nome aos filhos, senhores davam nomes aos escravos, os astrônomos as constelações, os cientistas as suas descobertas, na escola ganhamos apelidos que se baseia numa qualidade, geralmente depreciativa. Há ainda aqueles que usam Pseudônimo, nomes fictícios, normalmente inventado por escritores, poetas ou jornalistas que não queira ou não possa assinar suas próprias obras, e que com o tempo é tutelado pela lei quando adquiri a mesma importância do nome oficial, nas mesmas modalidades que defendem o direito ao nome, mas você sabe qual o significado, a história e a energia do seu nome?

Na Bíblia, o nome também tinha significado importante e muitas vezes dizia alguma coisa sobre o caráter da pessoa. Uma mudança de nome sinalizava uma mudança importante na vida da pessoa. Deus mudou diretamente o nome de quatro pessoas para mostrar uma mudança na vida dessas pessoas!

Não será mais chamado Abrão; seu nome será Abraão, porque eu o constituí pai de muitas nações… De agora em diante sua mulher já não se chamará Sarai; seu nome será Sara. Eu a abençoarei e também por meio dela darei a você um filho. Sim, eu a abençoarei e dela procederão nações e reis de povos. Na verdade, Sara, sua mulher, lhe dará um filho, e você lhe chamará Isaque. Com ele estabelecerá a minha aliança, que será aliança eterna para os seus futuros descendentes. (…) Qual é o seu nome? “Jacó”, respondeu ele (…) “Seu nome não será mais Jacó, mas sim Israel, porque você lutou com Deus e com homens e venceu”. O faraó deu a José o nome de Zafenate-Paneia e lhe deu por mulher Azenate, filha de Potífera, sacerdote de Om. Depois José foi inspecionar toda à terra do Egito.(Gênesis 17:5-6; 15–16; 19; 32:27-28; 41:44-45)

A onomástica estuda os nomes próprios e recorre à simbologia dos números e a operações matemáticas para interpretar os nomes próprios de forma a predizer as características da personalidade e mesmo o destino dessa mesma pessoa.

A numerologia moderna contém muitos aspectos de uma grande variedade de culturas incluindo a Babilônia, Alexandria, a Cabala dos Hebreus, o Cristianismo místico e Gnosticismo, os Vedas Indianos, o “Círculo dos Mortos” da China, o Livro dos Mestres da Casa Secreta (Ritual dos Mortos) do Egito, além de Pitágoras e seus seguidores (na Grécia, 6 século a.C.)

Os quais pavimentaram o caminho para a observação de números como arquétipos, pois, eles acreditavam que em tudo havia relações numéricas e estavam decididos a procurar e investigar os segredos dessas relações com as coisas reveladas pela graça divina. Santo Agostinho escreveu: os Números são a Linguagem Universal ofertada por Deus aos humanos como confirmação da verdade.

Em 325 d.C. após o Primeiro Concílio de Niceia, a Numerologia não encontrou mais apoio com as autoridades cristãs da época e foi classificada no campo das crenças não aprovadas junto com a Astrologia e todas outras formas de adivinhação e magia.

As teorias descritivistas dos nomes próprias sugeridas por Filósofos como Frege, Russel, Wittgenstein e Searle dominou o século XX até a década de 1970, foi uma progressiva explicitação e adição de detalhes Porque a ideia geral é a de que o nome próprio refere indiretamente, por uma alusão a propriedades geralmente exprimível através de conjuntos de descrições.

Segundo a teoria defendida por Frege e Russell, o sentido de um nome próprio é dado por uma única descrição definida associada a ele, e a mais sofisticada, defendida por Wittgenstein, Strawson e Searle, segundo a qual o sentido do nome próprio é dado por um feixe ou agregado de descrições.

Portanto, segundo essas teoria aquele que recebe um nome de batismo, recorda, forçosamente, um dos atributos e se torna, por assim dizer, a personificação daqueles que o receberam primeiro, a própria palavra BATISMO — Sacramento que, segundo o cristianismo, retira o pecado original de quem o recebe, e, é um ritual para purificação ou iniciação afim der ser admitido em qualquer religião, seita, irmandade, confraria, organização ou partido.

Só por curiosidade vamos ao exemplo para comprovar a Importância do seu NOME..

A primeira ocorrência do nome FRANCISCO — do germânico Frank (franco), que quer dizer livre, mais o sufixo isk, que denota nacionalidade — aconteceu no século XIII. {[(Os Francônios viviam na Alemanha, por volta de 250 d. C durante as grandes migrações adentraram o espaço do Império Romano como federado e fundaram a França, com duas dinastias de líderes: os merovíngios e os carolíngios. Os francos dividiam sua propriedade entre os filhos sobreviventes e produziram poucos registros escritos.)]}.

Este menino veio a ser São Francisco de Assis, o santo que ficou conhecido principalmente por ter renunciado à riqueza mundana e se ter dedicado aos mais pobres, bem como pelo cuidado com os animais e com a natureza, Em 1209 fundou a Ordem dos Frades Menores, que prega principalmente a humildade através de uma vida mais simples possível.

Em razão da popularidade de São Francisco de Assis, o nome foi difundido durante a Idade Média, chegando a nomear pelo menos dois reis franceses no século XVI e outros que ficaram na história como: Chico Xavier, Chico Mendes, Chico Anísio, Chico Buarque, Chico Sciences até o atual papa adotou o nome de Francisco, fora a Febre Chikungunya.

O sobrenome Santos é considerado um dos mais antigos de Portugal, tendo surgido mesmo antes da criação do Reino. Se originou a partir do latim Sanctorum, e começou a ser atribuído às pessoas nascidas no dia 1° de novembro, data comemorada pelo cristianismo como dia de "Todos os santos". Alguns historiadores contam que este sobrenome começou a se tornar popular graças aos imigrantes espanhóis, vindos da região da Sierra de Los Santos. No entanto, as primeiras famílias a adotarem este sobrenome seriam originárias da Itália e França, sob a variante “Santi” e “Santy”, quando os casamentos aconteciam entre pessoas com o nome “Santo”, para que o sobrenome da mulher não ficasse “Santo e Santo”, decidiu-se que a pessoa passaria a adotar o sobrenome de “dos Santos”.

Qual o número do nome FRANCISCO?
Número 7
Gosta de ser elogiado pela perfeição com que conduz suas atividades. No trabalho, analisa as coisas nos mínimos detalhes. Sua serenidade também o auxilia na hora de tomar decisões importantes. Usa a sua intuição aguçada para refletir sobre tudo o que acontece em sua vida. Precisa exercitar o equilíbrio da razão e da emoção em seu dia a dia para não ser tão exigente com você e com as pessoas que estão à sua volta, principalmente o seu amor.

Qual o significado da letra inicial do nome FRANCISCO?
Letra F
LIDERANÇA — Tem talento natural para comandar e tomar decisões com mais facilidade do que outras pessoas. No romance, usa sua criatividade para deixar a rotina bem longe.

Inserida por Tocadolobo

Pensamento ( Zoológico)

Tente soltar os animais depois de um bom tempo presos; sua percepção de mundo, suas características e sua capacidade de entender o seu habitat natural será um pouco demorado e de maiores riscos no processo de adaptação; agora imagine o bicho homem quando solto após um bom tempo preso e esquecido pelos seus comuns, sendo alimentado por ideias e falsas razões sobre a verdadeira realidade em seu cárcere!

Inserida por Ricardossouza

QUANDO MORTO

Claro que os animais,
com alma ou sem alma
quando morto, suas almas,
não nos assombram...
Nem nunca irão nos assombrar!
Pois vivos, são ininterruptamente,
assombrado por nós.
Nós os assombramo-los
o tempo todo, todo tempo...
Com nossas ações, nosso dividir
e nossas ganâncias para com eles.
Os animais vivos...
Vivem o mártir o flagelo
a prisão sem condenação
noites longas de escuridão
e dias muitos amarelos.
Muitos das vezes
eles vêem a óbito amarrados,
fechados, engaiolados
e tudo isso é claro...
Sem nunca terem sidos, condenados.
Antonio montes

Inserida por Amontesfnunes

Ele ocupou o ventre
de Maria, ocupou
a manjedoura
dos animais, ocupou
a cruz dos culpados,
ocupou o túmulo
emprestado
de José de Arimatéia
e ao ressuscitar, subiu
aos céus ,enviou o
Espírito Santo
para ocupar o
espaço vazio de
nossos corações e
prometeu que um
dia voltará para que
ocupemos um
lugar que Ele foi
preparar para todos
aqueles que herdarão
a vida eterna !
Paulo Acioli Vanderlei

Inserida por PauloAcioliVanderlei

eles se acham fortes

É triste mesmo, vendo tantos animais, pagando sofrimento p’ra alimentar outros
E já nascem com esse destino, nesse campo de concentração

Nossa que lamento, nem o universo é capaz de compreender o tamanho dessa coisa
Desse lamento
E a sensação de saber, ver, sentir, conferir as provas
E ninguém, está nem aí

Agora lá fora, eles bebem (sua cerveja e outras alcoólicas)
E se estão à gargalhar bem alto comendo seus churrascos
É festa e alegria pra eles, mas eles deixam de notar, ou melhor,
São insensíveis a essa realidade e acham que eu aqui, sou um maluco
Nossa, que mundo desgraçado eu vim parar

Mas já estou conectado ao subverso
Ou o subverso, conectado, em sintonia nossa suposta imaterialidade
Pois se concebemos na imaginação que seja,
A existência do imaterial que existe, logo, logo, há ali uma materialidade,
Por assim dizer, no entanto diferente

(edson cerqueira felix)

Inserida por poemas_arquivados

"Gaia, nossa morada. Quantas coisas lindas nos desse. O ar, as águas, as árvores, os animais, nosso alimento, enfim...
O homem te retribui. Ódio, ganância, guerras, poluição...
Feliz o fato que és infinita e interminável, e o homem com tão curta passagem.
Obrigado ó Mãe Terra."

Inserida por thiago_rosa_cezar

"Amor infinito pelos seres viventes

Tenho um amor muito grande pelos animais, por todos os seres viventes e tenho um amor muito grande pelos golfinhos, também conhecidos por delfins, peixes-botos, botos, toninhas ou franciscanos.
Brincalhões, divertidos, sociáveis, sempre trazendo felicidade aonde estão.
Sempre fico emocionada em ver um golfinho, pois a mim parece uma criança sempre pronta para brincar e a nos ensinar muitas coisas, dentre elas, que a vida é maravilhosa, que devemos viver a vida intensamente, que o mundo é belo e que o amor é incondicional.
Os seres viventes têm sentimentos e devem ser respeitados plenamente.
Que intensa felicidade em estar perante um majestoso golfinho e com o meu eterno namorado, em um lugar de puro sonho, de puro encantamento e de uma natureza exuberante!!!".

Inserida por teresa_kodama

O sentimento de perda é extremamente dolorido, quer para os animais irracionais ou para os racionais. Assim, trate com carinho quem você ama, expresse sempre seu amor em todos os momentos possíveis e nunca se afaste de seus entes queridos deixando uma névoa de mal-estar pensando que poderá resolver os problemas num momento futuro, porque, às vezes, ele pode nunca acontecer e, então, o seu sentimento de perda será muito mais arrasador...
Pedro Marcos

Inserida por PMarcos

Um passeio pelo campo... bosques... animais silvestres...
um regato rumorejante... São bençãos de Deus...
Ósculos e amplexos,
Marcial

UM GOSTOSO PASSEIO PELO CAMPO
Marcial Salaverry

Uma das melhores terapias que existe para um esfriamento de cuca, quando precisamos nos livrar do stress a que somos conduzidos em nosso dia a dia normal, é sem duvida um gostoso passeio pelo campo.

Se tivermos oportunidade de passar alguns dias que seja durante o ano em uma fazenda, por exemplo, ou mesmo em um pequeno sítio, onde possamos estar em contato com a vida campestre, podendo usufruir das maravilhas que a Natureza nos oferece, teremos certamente uma oportunidade única para promover um gostoso reciclamento em nossa vida.

Imaginem as delícias de ouvir pela manhã, logo cedinho, ao invés do barulhento despertador ou do rádio relógio despejando notícias de crimes e corrupção em nossos ouvidos, escutar o distante mugir de uma vaca, ou o gostoso canto matinal de belo galo de cristas coloridas. Sem dúvida, um gostoso despertar, e depois, uma visita ao curral, para tomar aquele leite quentinho, diretamente da fábrica para o consumidor, o que sem dúvida, é uma verdadeira delícia, e ainda podemos dar um ligeiro toque de cidade, colocando um pouquinho de conhaque nesse leite, mas fica o aviso para quem não está acostumado, ainda pode dar um ligeiro desarranjo intestinal, mas o prazer de bebê-lo, compensa uma eventual ida forçada ao sanitário...
No campo, até o cheiro ocasionado pela famosa "bosta da vaca", tem algo como perfume natural, e para tanto, basta um pouco de boa vontade, e incorporação ao ambiente, e depois do gostoso café matinal, com o tradicional pão caseiro, feito no forno a lenha, isso já está deixando com água na boca, só lembrando, depois vamos a um gostoso passeio, visitando o chiqueiro dos porcos. A visão daqueles leitõezinhos de pele rosada, faz-nos repensar na vontade de deglutir um gostoso leitão a pururuca, pois os bichinhos são tão graciosos, que tira a vontade de comê-los, assim, para quem gosta demais do bichinho em sua segunda etapa, desaconselho a visita ao chiqueiro...

Depois de uma bela caminhada matinal, respirando aquele ar tão puro, limpando nossos pulmões da poluição das cidades, aproveitando aquela visão das campinas verdejantes, dos pastos cobertos de capim gordura, da beleza dos milharais que se estendem a perder de vista, sentar à beira de um regato rumorejante, deixar que nossos olhos se percam no movimento sinuoso de sua água sempre a correr "chuá, chuá... chué, chué... parece que alguém, que cheio de mágoa..." Bem, o pensamento voa, e assim as recordações assaltam a memória, e a vontade que dá, é pedir ao Amigão que pare o tempo, que "pare o mundo que eu quero descer"...

Mais tarde, com a alma lavada e enxaguada, e a barriga já roncando, vamos ao tradicional almoço, aquela comida feita em panela de barro e fogão a lenha, faz sair água da boca...

A nova visão do leitãozinho, faz esquecer as disposições matinais, e isso sem falar naquela pinga vinda do alambique doméstico, e depois, a visão daquela rede balançando, esticar o corpo e ficar apenas apreciando aquele verde que se estende a perder de vista, os olhos se fechando, porque ninguém é de ferro...

Ao cair da tarde, caminhar até chegar àquele outeiro, para apreciar melhor o maior, e mais lindo espetáculo da Terra, a maravilha que é um por do sol no campo, algo que não dá para descrever, só vendo mesmo, e mais ainda, com o coração não cabendo dentro do peito, ver o breve e romântico encontro do sol com a lua, que vai tomando o lugar do seu amado sol, as estrelas que vão surgindo, é uma emoção difícil de ser controlada, e é com olhos molhados pelas lágrimas teimosas que insistem em descer, que voltamos para a fazenda, para o famoso lanche da noite, e dormir ainda não totalmente refeitos das emoções vividas, e que serão repetidas no dia seguinte, e que irão se iniciar com o indescritível espetáculo que nos dá o sol, quando reassume sua posição no firmamento.

Claro que também existe a chuva, mas fica para outra vez, hoje, seja no campo ou onde for, espero que todos tenhamos UM LINDO DIA, e que possamos repeti-lo a cada dia de nossa vida...

Inserida por Marcial1Salaverry

Doces lembranças do Congo...

O LEÃO É O REI DOS ANIMAIS
Marcial Salaverry

Com seu porte de nobreza,
o leão, com sua real beleza,
assumiu essa nobre condição,
talvez pela força de seu coração...
Dentre todos os felinos,
o leão não tem instinto assassino,
caça apenas para a fome saciar,
não tem nenhum prazer em matar...
Num safári no Parc Nationalle du Kivu,
Tive esse fato como um “deja vu”...
Tive oportunidade de entre eles caminhar,
Sem medo (nem tanto..) de algum me atacar...
Estavam satisfeitos... Barriguinha cheia...
Beleza pura... Até me olhavam com ternura...
Pensando talvez numa futura refeição...
Mas não lhes permiti essa satisfação...
Apenas... Há que saber quando foi seu jantar...
E, atenção de filhotes jamais se aproximar...
A leoa vira fera, em defesa da cria...
Mas... como são lindinhos
Aqueles doces leõezinhos...
Olhando e pedindo carinhos...
Mas o olhar da leoa...
Fez-me lembrar,
quando com uma estive a paquerar,
com um sólido pára-brisa a nos separar...

Marcial Salaverry

Inserida por Marcial1Salaverry

Boa tarde! ᵔᴥᵔ

"'Se você trata pessoas como animais elas se comportarão como animais', falou um observador da ONU ao visitar alguns presídios brasileiros. Bem, concordo com o que este senhor disse, pois, se não me engano, sei em qual sentido ele quis se expressar. Mas, eu só mudaria uma coisinha, eu pediria pra ele substituir a palavra 'animais' por 'selvageria', ou 'crueldade', ou 'brutalidade', enfim, por alguma palavra que não discriminasse os animais não humanos. Porque assim como nós, animais humanos, eles são realidades sencientes, sofrem, sentem medo e choram também. Na minha experiência, os animais não humanos, tanto os domésticos quanto os silvestres, são capazes de grande gratidão, altruísmo e bondade, são capazes de cuidar e de proteger não só a sua prole, mas também outros animais completamente diferentes de sua própria espécie, ao contrário de muitos humanos espalhados por ai.

Entendo inaceitável que, nos tempos de hoje, a quase maioria daqueles a quem denominamos humanos não se importa com os maus tratos aplicados a seres tão indefesos, não se incomoda com o sofrimento alheio como se ainda vivesse na Idade Média.
Tratar os animais com selvageria só porque não são humanos, a meu ver, é um comportamento moralmente indesejável."

(Georgeana Alves)

Inserida por reconceituando

ANIMAIS

Você se esquece de como nós éramos antes
quando ainda éramos de primeira classe
e o dia veio gordo com uma maçã na boca

de nada adianta preocupar com o Tempo
mas nós tínhamos alguns truques nas mangas
e fizemos umas curvas fechadas

todos os pastos pareciam nossas refeições
não precisávamos de velocímetros
de gelo e água nós fazíamos coquetéis

Eu não iria querer que fosse mais rápido
ou verde que agora se você estivesse comigo Ó você
foi o melhor de todos os meus dias

Inserida por pensador