Coleção pessoal de katiacristinaamaro

1 - 20 do total de 3241 pensamentos na coleção de katiacristinaamaro

Sorte e escolhas bem feitas

Pessoas consideradas inteligentes dizem que a felicidade é uma idiotice, que pessoas felizes não se deprimem, não têm vida interior, não questionam nada, são uns bobos alegres, enfim, que a felicidade anestesia o cérebro.

Eu acho justamente o contrário: cultivar a infelicidade é que é uma burrice. O que não falta nessa vida é gente sofrendo pelos mais diversos motivos: ganham mal, não têm um amor, padecem de alguma doença, sei lá, cada um sabe o que lhe dói. Todos trazem uns machucados de estimação, você e eu inclusive. No que me diz respeito, dedico a meus machucados um bom tempo de reflexão, mas não vou fechar a cara, entornar uma garrafa de uísque e me considerar uma grande intelectual só porque reflito sobre a miséria humana. Eu reflito sobre a miséria humana e sou muito feliz, e salve a contradição.

Felicidade depende basicamente de duas coisas: sorte e escolhas bem feitas. Tem que ter a sorte de nascer numa família bacana, sorte de ter pais que incentivem a leitura e o esporte, sorte de eles poderem pagar os estudos pra você, sorte por ter saúde. Até aí, conta-se com a providência divina. O resto não é mais da conta do destino: depende das suas escolhas.

Os amigos que você faz, se optou por ser honesto ou ser malandro, se valoriza mais a grana do que a sua paz de espírito, se costuma correr atrás ou desistir dos seus projetos, se nas suas relações afetivas você prioriza a beleza ou as afinidades, se reconhece os momentos de dividir e de silenciar, se sabe a hora de trocar de emprego, se sai do país ou fica, se perdoa seu pai ou preserva a mágoa pro resto da vida, esse tipo de coisa.

A gente é a soma das nossas decisões, todo mundo sabe. Tem gente que é infeliz porque tem um câncer. E outros são infelizes porque cultivam uma preguiça existencial. Os que têm câncer não têm sorte. Mas os outros, sim, têm a sorte de optar. E estes só continuam infelizes se assim escolherem.

Um sorriso tem o poder de reabilitar as forças,
quando estanos desistindo de alguma coisa,
quando a nossa vontade é vencida pelo desânimo.

Um sorriso tem o dom de acalmar;
a criança que chora, mesmo com fome,
o velho que se lamenta, mesmo diante da dor,
o homem angustiado, mesmo diante da humilhação,
a mulher desenganada, mesmo diante da cirurgia,
ao animal ferido, mesmo abandonado,
ao cristão abatido, mesmo sem fé,
ao servo humilde, mesmo diante das injustiças.

O sorriso é a porta aberta da felicidade interior,
é dádiva que ilumina não apenas o rosto, mas toda a alma,
é um bem sem preço, que estimula o que recebe,
alimenta quem o dá, e toca sinos lá longe, lá no alto,
direto e sem mistérios, o sorriso é como luz,
é mensageiro divino de uma força maior,
de um amigo que tudo vê, o amigo Jesus .
Sorria!

O amor é igual a uma borboleta: quando você tenta pegá-la, ela foge, mas quando você está distraído, ela vem e pousa em você!

Você já pensou na força e no poder da lágrima?Pense agora um pouco no que vale esta gotinha de sentimento que nasce na genuína fonte do seu ser emotivo e cai dos seus olhos como expressão de você mesmo.Ela é o retrato molhado do sofrimento, do mesmo modo como é a doce resposta do amor e da felicidade. Ela vem dizer cá fora tudo o que você está sentido lá, bem no fundo do seu ser. Ela é o brilho de uma dor que o Pai abençoou, mas é também a melhor prova do agradecimento pela alegria sentida. A sua lágrima é a linguagem mais expressiva da sua sinceridade,nascida em seu coração!!

É preciso não esquecer nada:
nem a torneira aberta nem o fogo aceso,
nem o sorriso para os infelizes
nem a oração de cada instante.

É preciso não esquecer de ver a nova borboleta
nem o céu de sempre.

O que é preciso é esquecer o nosso rosto,
o nosso nome, o som da nossa voz, o ritmo do nosso pulso.

O que é preciso esquecer é o dia carregado de atos,
a idéia de recompensa e de glória.

O que é preciso é ser como se já não fôssemos,
vigiados pelos próprios olhos
severos conosco, pois o resto não nos pertence.

"Não pense que o amor, para ser genuíno, tenha que ser extraordinário.
O que é preciso é amarmos sem nos cansarmos de fazê-lo."
"Cada vez que você sorri para alguém, é uma ação de amor,
um presente a essa pessoa, uma coisa linda"

Jamais te sonhei mar...

Jamais te sonhei mar,
imensidão, infinitude.
Mas sempre ambicionei
que em ti o meu nado
fosse poema e deslumbramento,
carícia total em gesto conhecido.
Elegância escolhida sempre.
Sempre quis que as palavras
fossem passos paralelos dando voz
a caminhos convergindo ao sublime.
Por isso nunca me seduziram os murmúrios
nem as mensagens pouco firmes das lágrimas,
em emoções que a dúvida profana.
Por isso nunca olhei menos longe
que a distância confortável da abstração,
onde se difusam as formas e os medos.
Por isso nunca disse em sussurros
o que o peito me ordenava aos gritos.
Por isso tantas vezes calei a alegria
da erva molhada das manhãs,
insisti em não entender céus luminosos
e fiz-me surdo a dobrados de sinos bucólicos,
que me remetiam a outros tempos
- onde o tempo ainda não era um luxo
e, resultando de um lento passado,

preconizava um futuro

onde tudo estava por escrever.

FLOR DAS FLORES
Há em ti choro de plátanos e de rosas,
doendo em cada lágrima vertida:
olhos de amêndoa lisa, cristais de vida,
raiando nas madrugadas mais frondosas.
Só de perto se distingue o amarelo das mimosas;
pequenos sóis em cachos, pendendo a vida
das minhas mãos suspensas, negando a despedida.
Só de perto se distingue o amarelo das mimosas.
Que pode um cravo apenas branco,
da imensa e tão breve primavera, quando
mil flores colorirem o chão a aguarela?
Enquanto não cativar e for cativo,
jardineiro de jardim onde não sirvo,
regarei, lágrima a lágrima, a flor mais bela.

Mulher mais do que perfeita...

Quando sou teimoso
Quando sou ciumento
Vc apenas sorri
E administra o momento.

Se estou de mau humor
Você me dá colinho
Pra todos os meus problemas
Você tem sempre um jeitinho.

Você é uma mulher perfeita
És um anjo, és uma fada.
Por isso sempre te agradeço
Pois és muito mais do que mereço.

Poesia infantil
é gostosa brincadeira.
Tem bexigas, tem palhaços,
pirulitos e chupetas.

Se você não entendeu nada,
tem um jeito, leve a sério.
Volte logo a ser criança,
para não morrer de tédio.

A vida é assim...
Um dia semente,
outro margarida.
Um dia em primavera,
outro em campo esquecida.

O que nos leva a escolher uma vida morna? A resposta está estampada na distância e na frieza dos sorrisos, na frouxidão dos abraços, na indiferença dos "bom dia", quase que sussurrados.

Gosto desta ideia: que o amor é uma forma de conversação em que as palavras agem em vez de serem faladas.

Esquece todos os poemas que fizeste. Que cada poema seja o número um.

A vaidade é o caminho mais curto para o paraíso da satisfação, porém, ela é, ao mesmo tempo, o solo onde a burrice melhor se desenvolve.

Tem um aviso na porta do meu coração: Quem não dança conforme o ritmo da casa, não perca tempo tocando a campainha.

Quero para mim o espírito desta frase, transformada a forma para a casar com o que eu sou: Viver não é necessário; o que é necessário é criar.

Há na sensualidade uma espécie de alegria cósmica.

Pense como um homem de ação, atue como um homem de pensamento.

Pois o que faço não é o bem que desejo, mas o mal que não quero fazer, esse eu continuo fazendo.