Coleção pessoal de jeozadaquemartins

1 - 20 do total de 309 pensamentos na coleção de jeozadaquemartins

Não se exponha tanto. Não vale a pena. O melhor é viver sem medo e sentir em segredo. Um certo cantor já dizia que o que você ganha e o que você perde ninguém precisa saber. A vida é tão boa, a felicidade até existe... E esse teatro chamado vida se torna melhor ainda quando a plateia não sabe de nada.

Jeozadaque Martins

Quando você está bem, até entre os destroços você encontra beleza. Tudo vira amor. Tudo se torna poesia.

Jeozadaque Martins

Duas coisas que não se nega a ninguém: uma flor e um amor.

Jeozadaque Martins

Quando você amadurecer, mas só apenas quando você amadurecer, você fará coisas boas e certas mesmo que não haja recompensas. Mesmo que não haja reconhecimento. Sem mais.

Jeozadaque Martins

Minhas ações. Todas foram interrompidas quando te vi apontar na rua. Eu caminhava bem, seguro de mim. Não havia nada que me intimidasse ou que me tirasse a pose de durão; embora eu tivesse só a pose mesmo. Mas foi só você aparecer, que minhas pernas ficaram bambas. Eu não sabia se continuava a andar ou se voltava correndo. Logo veio em minha mente: “como estou?”. Sabe, eu não sou o cara mais lindo desse mundo. Apenas eu queria que você me olhasse diferente. E parece que você sempre olha, não é?
Mesmo sabendo disso, eu queria estar perfeito pra você.
Não sabendo o que fazer, decidi seguir em frente, a seu encontro. Carros passavam, pessoas conversaram, crianças brincavam na rua, mas pra mim, naquele momento só existia eu e você. Afinal, aquele era nosso momento, nosso mundo.
Quando me aproximei, vi em seu rosto um quê de preocupação. Será que pensavas “Estou perfeita?” ou “Há alguma coisa se errado comigo?” Pois bem, se pensavas isso, saiba que não. Não havia nada de errado com você. Você estava linda como sempre.
Enquanto isso eu pensava o que falar. Além de me deixar desnorteado, você tirou de mim todas as palavras que eu pensava falar. Mas, às vezes, elas não são necessárias. Um gesto, um olhar, um sorriso já basta em certas ocasiões. E foi o que aconteceu no momento em que paramos em frente um do outro: um sorriso e um olhar. O sorriso mais encantador do mundo. O olhar mais penetrante que já vi em toda minha existência. Será que você olhava para dentro de mim? Será que sondavas meu coração? Não sei. Só sei que, apesar do embaraço do momento, do não saber o que fazer, só queria que ficássemos ali para sempre. Parados, de frente um para o outro mesmo. Eu não ligaria. Seria o nosso momento. Seria o nosso instante. Seria o nosso amor.

Jeozadaque Martins
1 compartilhamento
Tags: amor frases

Quantas mordaças são necessárias para calar o que você sente?

Jeozadaque Martins
1 compartilhamento

Nessa busca exacerbada pelo ter e pelo poder, muitas pessoas esquecem-se de ser. Gentileza, honestidade, bondade, solidariedade... são palavras que cada vez estão se extinguindo do dicionário humano. As pessoas querem ter o poder nas mãos, querem se achar donas disso ou daquilo, mas se esquecem que o Dono de tudo veio justamente a esse mundo como servo. Ah, que exemplo mais difícil de ser seguido...
Hoje em dia eu quero mandar e não ser mandado, quero que os outros me obedeçam, mas não quero obedecer, quero ser ouvido, mas não quero ouvir. Que egoísmo!
Eu conheço uma pessoa cujo característica maior é ser servo. Isso é lindo.
Servir aos outros. Um certo homem disse uma vez o seguinte: "Quem não nasce para servir não serve para nada." E é verdade. Não há mais coisa mais linda que ver alguém que poderia exigir atenção, obediência, fidelidade, sendo fiel, obediente e dando atenção aos outros.
Às vezes, nós achamos que somos tantas coisas, que valemos tanto, mas nosso corpo é apenas pó. Se não tomarmos banho, nós poderemos feder. Nossa carne fede. Mas, infelizmente, alguns de nós, achamos que somos grandes coisas, que nascemos para sermos servidos, obedecidos quando na verdade é totalmente o contrário. Humildade, obediência, solidariedade, bondade, honestidade... Essas são palavras que devemos colocar na primeira folha do nosso dicionário ignorando ordem alfabética.

Jeozadaque Martins
1 compartilhamento

Eu sempre dizia a minha mãe que queria morrer antes dela. Não suportaria a dor de perdê-la. Ela sempre me repreendia, me mandava calar a boca, falava que uma coisa dessas não se dizia, que certas coisas não se diz em voz alta, pois o destino pode acatar nosso pedido. Ela dizia que a ordem natural das coisas era o filho enterrar seus pais, e não o inverso. Mas eu nunca admitia tal ordem.
Hoje pela manhã sai de casa, fui à escola.
Moro numa cidade agitava, muito agitava, os carros zumbem pra lá e para cá. Minha mãe sempre diz para eu ter cuidado ao atravessar o semáforo. E eu sempre tenho.
Mas certas coisas não dependem só de nós. Por mais que tenhamos cuidado, algumas vezes iremos nos machucar. A dor faz parte da vida tão quanto a alegria.

Foi questão de segundos. Um motorista alcoolizado ultrapassou o sinal vermelho e me acertou em cheio. Até a música que eu ouvia pelo fone de ouvido deu sinal a uma melodia triste e nesse instante todas as imagens da minha vida passaram por mim num piscar de olhos.
Ah! Os instantes da vida... Uma hora estamos alegres, fazemos planos para nosso futuro, sonhamos com aquela casa, aquele carro, aquela pessoa... Mas basta o ponteiro do relógio andar apenas um segundo e todo cenário muda. E a gente passa a ver que tolos nós somos. Fazemos planos para o futuro, mas esquecemo-nos de viver o presente.
Tudo isso passou em minha mente em apenas alguns segundos.
Parece que o tempo é diferente para aqueles que sofrem.
Tudo foi ficando em tom avermelhado, em seguida, tudo ficou escuro. Não lembro mais de nada. Só ouvia vozes bem distantes, mas não reconhecia nenhuma, muito menos o que diziam.
Acordei dias depois. Isso foi o que me disseram.
Quando abri meus olhos vi um rosto cansado. Parecia que ele estava ali há dias. Era minha mãe. Seus olhos, embora cansados, transmitiam agora uma alegria imensa. Foi aí que percebi que eu estava ligado a alguns fios. Parecia que a minha situação era séria. Ouvi uns gritos. Era minha mãezinha. Ela não sabia o que fazer: se ficava ao meu lado ou se abria a porta e corria apara chamar o médico. Mas foi o que ela fez: correu em direção à porta e gritou pelo nome de Guilherme. Acho que esse era o nome do doutor que cuidava de mim durante todo esse tempo. Eu estava fraco. Eu sentia isso. Minutos depois minha mãe voltou com um senhor alto, cabelos brancos que transmitiam experiência. Era o doutor.
Sabe a melhora da morte? Acho que foi isso que aconteceu comigo. Acordei apenas para dar a última alegria a minha mãe. Acordei apenas para ver seu último e mais lindo sorriso.
Meus olhos se fecharam lentamente como se eu estivesse assistindo um filme em câmera lenta. Eu só via o teto do hospital, minha mãe gritando, um grito que parecia não ser de felicidade, mas de agonia. Outros médicos apareceram. Um deles pegou com delicadeza nos braços de minha mãe e pediu para que ela saísse. Eles precisavam agir com calma e ter minha mãe ali, aos prantos, só pioraria as coisas. Mesmo contra sua vontade minha amada mãe foi deixando o quarto, enquanto isso meus olhos continuavam se fechando. A última coisa que pude ver e ouvir foi um médico levando minha mãezinha embora enquanto ela dizia desesperadamente: "Eu te amo, filho. Viva!"
Não foi o que aconteceu...
Contra minha vontade acho que não vivi. Apesar de estar contando isso agora, não vivi. Sei disso porque ouvi um equipamento no quarto do hospital gritando um "piiiiii" infinito.
Eu tive que ir embora.
Parece que o destino acatou meu pedido. Me levou embora primeiro que minha mãezinha...
Hoje ela sofre.
Meus Deus! Que tolo eu fui! Não queria sofrer a morte dela, mas a fiz sofrer a minha!
Embora tarde demais, e pela maneira mais triste, aprendi que o amor tem desses inocentes egoísmos.

Jeozadaque Martins
19 compartilhamentos

Não sabia o que fazer para que ela me notasse.
Sempre fui daqueles caras que gosta de chamar atenção.
Tocava violão, cantava,
Contava piadas na intenção de ver o sorriso dela…
E nada.
Certa vez, cheguei até a fumar um cigarro do meu colega para mostrar a ela que eu não era mais um garoto, que eu havia crescido, me tornado homem.
Nem sequer um olhar, nem sequer um “oi” eu ganhava.
Decidi então ficar quieto. Em silêncio.
E não é que ela me notou?
Agora, ela sempre procura puxar assunto comigo.
Pega qualquer noticiário e faz dele uma ponte para iniciar nossas conversas.
Isso é estranho.
Foi aí que percebi que pessoas gostam de decifrar enigmas.
As pessoas gostam do que ainda está encoberto.
Foi aí que percebi que o silêncio também atrai

Jeozadaque Martins

Ser feliz o tempo todo deve ser um saco.
Ser amigável todas as horas deve estragar qualquer relacionamento. Nada que é meloso dura muito tempo.
Acredito que sorrir o tempo todo cansa. E que ser bonzinho vinte e quatro horas por dia é um tédio.
Acho que devemos sim, ser rebeldes em certos momentos. Falar desaforos e depois voltar arrependido.
Às vezes é bom sentir medo de perder quem a gente ama, por que são nesses momentos que a gente aprende a cuidar, a dar valor.
Acredito que devemos sim, chorar.
Às vezes é bom ficar triste. Ouvir o silêncio.
Às vezes é bom desabotoar a camisa, andar de short rasgado, chinelo sujo, cabelo despenteado...
É bom bagunçar.
É na bagunça que tudo se ajeita.

Jeozadaque Martins

Muitos dizem que desistir é para os fracos. Não concordo. Às vezes, desistir significa ato de sabedoria, de coragem e, às vezes, a gente precisa voltar atrás, desistir mesmo. Não porque somos fracos, mas por achar que Deus tem preparado algo melhor pra gente.
São tantos planos que eu tenho e que dariam certo se eu tivesse tempo para colocá-los em prática, mas pelo que eu vejo, meu tempo está sendo desperdiçado com algo que não é sólido, com algo passageiro, que dia após dia vem me desgastando mais e mais. Acho que preciso de sabedoria, e ela só Deus pode me dar. Eu preciso desistir. E isso não é sinônimo de fraqueza. É de coragem.

Jeozadaque Martins

Enfrente para seguir em frente.

Jeozadaque Martins

Ao nos decepcionarmos com uma pessoa, dizemos que ela morreu pra gente. Mas, vez ou outra, nos deparamos em frente ao seu túmulo perguntando porque teve de ser assim. Então percebemos que a pessoa não está morta o suficiente a ponto de te deixar neutro do que você sentia (na verdade, ainda sente) por ela. Isso acontece porque talvez você ainda a ame. Talvez você ainda sinta uma pontinha de esperança de que tudo ainda pode dar certo, de que o jogo ainda não acabou. Então você percebe que é a esperança que é cega, burra, e não o amor.
Mas no fim das contas o único que pode dar a cartada final nesse enredo é o tempo. Ele que tem poder para fazer do maior sentimento apenas uma vaga lembrança de que tudo na vida passa. Ele que sempre sussurra o tempo todo: "Espera, vai passar. Sempre passou, lembra?"
Então você aprende que a tristeza é só uma fase. E que a alegria também. Percebe que o amor é apenas aquela plantinha que você conserva no quintal de casa, e que basta você parar de regar para ela morrer. Mas o pior de tudo é se convencer disso, parar de encher o recipiente com água e parar de regá-la.

Jeozadaque Martins
1 compartilhamento

Jesus usou a frase "Aquele que não tiver pecado que atire a primeira pedra" para que nós soubéssemos que todos somos pecadores e não devemos nos colocar na posição de julgar os outros. Mas tem gente que usa essa frase como desculpa para pecar.

Jeozadaque Martins

Algumas teorias não sobrevivem à prática.

Jeozadaque Martins

Há dois momentos em que devemos ficar calados: o primeiro é quando não temos nada de proveitoso a falar. O outro é quando não queremos magoar quem amamos.

Jeozadaque Martins

Entre verdades e mentiras a vida tem um jeito engraçado de nos pregar uma peça. E quando se trata das confusões do coração isso se torna ainda mais notório. Coração é teimoso, masoquista, gosta de levar golpes. A razão não. Ela está sempre do outro lado do nosso ombro, implorando para ser ouvida. E nós, caçadores de emoções, sempre procuramos o jeito mais difícil de aprender as coisas: pela dor, pela decepção. Somos tão teimosos que só acreditamos que certas coisas não vão dar certo quando ouvimos a famosa frase: "Eu te avisei!".
É a razão implorando mais uma vez ser ouvida. E então, os bons momentos acabam da maneira mais triste. Mas aí outros momentos vêm. E dessa vez vamos fazer tudo diferente, certo? Errado.
Esqueceu que somos teimosos? Esqueceu que somos crianças brincando com fogo. Esqueceu que ignoramos os danos que essa brincadeira pode causar? E sabe o porquê de tudo isso?
Porque o que vale para nós são as emoções, a perda de fôlego, o coração acelerado. Acredito que lá no fundo, sentimos uma tímida alegria em sofrer. Acredito também que nunca poderemos ignorar a lição que o sofrimento traz. Sofrer por algo o por alguém é a maior prova de amor que alguém pode dar. E apesar de todas as dores que o sofrimento pode causar, o coração suporta. Ah, suporta... Coração tem sete vidas.

Jeozadaque Martins
1 compartilhamento

Impossível não criar expectativas diante de uma coisa que você vê possibilidade que aconteça.

Jeozadaque Martins

Meu desejo é maior que a realidade. Por mais que ela diga que não, vou sempre acreditar que sim, que nós podemos ficar juntos pelo resto de nossas vidas.

Jeozadaque Martins

Não se aproxime, é melhor. Estou tentando me manter afastado.

Jeozadaque Martins