Jeozadaque Martins: Minhas ações. Todas foram...

Minhas ações. Todas foram interrompidas quando te vi apontar na rua. Eu caminhava bem, seguro de mim. Não havia nada que me intimidasse ou que me tirasse a pose de durão; embora eu tivesse só a pose mesmo. Mas foi só você aparecer, que minhas pernas ficaram bambas. Eu não sabia se continuava a andar ou se voltava correndo. Logo veio em minha mente: “como estou?”. Sabe, eu não sou o cara mais lindo desse mundo. Apenas eu queria que você me olhasse diferente. E parece que você sempre olha, não é?
Mesmo sabendo disso, eu queria estar perfeito pra você.
Não sabendo o que fazer, decidi seguir em frente, a seu encontro. Carros passavam, pessoas conversaram, crianças brincavam na rua, mas pra mim, naquele momento só existia eu e você. Afinal, aquele era nosso momento, nosso mundo.
Quando me aproximei, vi em seu rosto um quê de preocupação. Será que pensavas “Estou perfeita?” ou “Há alguma coisa se errado comigo?” Pois bem, se pensavas isso, saiba que não. Não havia nada de errado com você. Você estava linda como sempre.
Enquanto isso eu pensava o que falar. Além de me deixar desnorteado, você tirou de mim todas as palavras que eu pensava falar. Mas, às vezes, elas não são necessárias. Um gesto, um olhar, um sorriso já basta em certas ocasiões. E foi o que aconteceu no momento em que paramos em frente um do outro: um sorriso e um olhar. O sorriso mais encantador do mundo. O olhar mais penetrante que já vi em toda minha existência. Será que você olhava para dentro de mim? Será que sondavas meu coração? Não sei. Só sei que, apesar do embaraço do momento, do não saber o que fazer, só queria que ficássemos ali para sempre. Parados, de frente um para o outro mesmo. Eu não ligaria. Seria o nosso momento. Seria o nosso instante. Seria o nosso amor.

1 compartilhamento
Inserida por jeozadaquemartins