Coleção pessoal de CikaParolin

1 - 20 do total de 1325 pensamentos na coleção de CikaParolin

Eu também acredito em ANJOS...
Não, necessariamente, naqueles com asas
e longas roupas brancas!
Mas naqueles se apresentam como pessoas
que cruzam meu caminho
apontando-me saídas,
inspirando-me bons sentimentos.
Cika Parolin

Cika Parolin 10 de outubro 2015

Em apreciar a caminhada
está o grande "lance" de seguir adiante...
Se mirarmos apenas o horizonte,
perderemos as belezas da paisagem.
Cika Parolin

Cika Parolin 13 de novembro de 2017

Todos os dias são especiais... Viva-os intensamente!
Não fique esperando aquele dia sensacional e inesquecível.
Lá na frente, você poderá perceber
que o mais lindo deles passou...
Cika Parolin

Cika Parolin 18 de novembro de 2017

Sempre que eu bato no peito
e afirmo que, em alguma coisa,
sou melhor que meu semelhante,
estou apenas provando minha total incapacidade
de admitir que os outros poderão realizar coisas
tão ou mais belas do que eu.
CikaParolin

Cika Parolin 18 de novembro de 2017

Às vezes o que me "queima a alma"
é essa coisa que se repete todo o dia;
essa dura certeza de que o tempo se esvai
e não deixa nenhuma magia.
Cika Parolin

Cika Parolin 13 de novembro de 2017

Sou adepta do "deixar o tempo resolver", jamais do confronto...
Se reconheço um erro eu peço desculpas...
Se me pedem desculpas sinceras... eu desculpo
Bastante simples...
Cika Parolin

Cika Parolin 12 de novembro de 2017

Se só por alguns instantes nos colocássemos no lugar do outro
(amigo ou não) e nos perguntássemos:
"Como eu me sentiria se estivesse no lugar dele?" ,
muitas atitudes desrespeitosas não seriam cometidas.
A insensibilidade, o desrespeito, a falta de solidariedade
são atos que só se corrigem quando nos doem na própria carne.
Cika Parolin

Cika Parolin 12 de novembro de 2017

Qual é o mérito e o que uma alma ganha
depreciando o sofrimento alheio?
De minha parte fico chocada com a dureza de certos corações que não se comovem, não se solidarizam
e muito menos mantém um silêncio respeitoso diante da morte.
Como se não tivessem família, filhos, pais...
Triste, feio, desumano... julgar sentimentos
e a forma como cada um expressa sua dor.
Cika Parolin

Cika Parolin 12 de novembro de 2017

Algumas pessoas permanecerão
mesmo que, apesar de.
Outras, por quase nada, partem...
Talvez essas nada tivessem a nos ensinar
ou o ensinamento estivesse na partida delas.
Cika Parolin

Cika Parolin 20 de setembro de 2017

Reclamamos da falta de tempo,
no entanto, almas pequenas
o gastamos com o que nada acresce...
Isso nada mais é que ignorar a sacralidade do tempo.
Cika Parolin

Cika Paroilin 09 de novembro de 2017

Fazer das palavras... Sementes!
Para humildemente semear alegrias
e levezas nos corações.
Se brotarem lágrimas
ou florirem sorrisos
então terá valido a pena
cada pequeno instante de inspiração.
Cika Parolin

Cika Parolin 08 de novembro de 2017

Viver exige valentia...
Valentia pra sorrir apesar de tudo,
para perdoar as ofensas
e para superar as adversidades
que nos atingem de tempos em tempos.
Cika Parolin

Cika Parolin 12 de setembro de 2017

Pego-me, por vezes, saudosa
do que poderia ter sido...
Daquilo que deixei de experimentar,
dos risos e até das lágrimas que deixei de verter.
Como saber das alegrias e das dores
se me acovardei ante os riscos do viver?
Cika Parolin

Cika Parolin 05 de novembro de 2017

Agir com correção e ética,
mesmo que ninguém mais saiba da sua atitude,
é por si só o que mais importa.
A admiração alheia pouco acrescenta
se não se inicia nos nossos gestos,
dignos dela. Cika Parolin

Cika Parolin 04 de novembro de 2017

Quando gastamos alguns minutos para auxiliar... estamos revelando nosso melhor ângulo que ficará registrado na fotografia mais importante de nossa existência... a única que não desbotará com o tempo... Pois estará guardada, qual tesouro precioso, na alma de quem foi auxiliado.
Cika Parolin

Cika Parolin 02 de novembro de 2017

Eu sou a fé "vestida de esperança"...
Convicta, inabalável ...
Feita de erros e acertos,
mas calcada na certeza de que cá estou
para aprender as lições
que a mim a vida destina.
Cika Parolin

Cika Parolin 23 de outubro de 2017

Alimentemo-nos de bondades...
Elas estão nos pequeninos gestos, nas ações gentis,
no desejo de construir um mundo mais amigo.
Somente as bondades poderão afastar os ventos do desamor.
Cika Parolin

Cika Parolin 23 de outubro de 2017

Vagas lembranças do que fomos...
O encontro dos nossos olhos já nada diz
e eles quase não se buscam mais.
Nossas bocas já sem juras, sem palavras...
Nenhum gesto... tudo se diluiu.
Nossa história naufragou
nas ondas do silêncio
que se fez escuridão...
E agora só há essa noite
que abafa os sussurros agonizantes
do amor que tenta fazer-se ouvir, em vão.
Cika Parolin

Cika Parolin 28 de outubro de 2017

Talvez fosse setembro... não se sabe ao certo o ano... mas era de tenra idade e já tinha de ser mais adulta do que de fato era. Sentia culpa por poder correr e brincar... enquanto seu gêmeo apenas olhava com o rosto contra a vidraça.
Um tempo em que tudo o que ela pedia a Deus, aquele Senhor de barbas brancas, era que ELE ajudasse a inventar algo que fizesse seu irmão a andar. Claro que ele não inventou nada a tempo e o levou bem antes disso. Ficaram lembranças de um menino inteligente, que desenhava e adorava orquestrar travessuras que ela cumpria passo a passo.
Muitos e muitos anos depois, ainda restam os porquês dos desígnios e ironias da vida que "premiam" alguns com cruzes demasiado pesadas e outros com cruz nenhuma.
Parece algo triste, mas não... são as lições de humildade que se aprende à duras penas e que se carregam até o fim.
Cika Parolin 29 de outubro de 2017

Cika Parolin 29 de outubro de 2017

É da minha natureza compreender e seguir regras...
Entendo que desde o momento em que as aceito,
mesmo que seja difícil cumpri-las,
deverei seguir honrando minha palavra.
Há uma premissa inglesa que diz :
" É difícil, é duro, mas se é a lei ..." e de alguma forma a sigo.
Tudo isso para falar da falta de observância, de algumas pessoas, às regras básicas de boa convivência como a pontualidade, o cumprimento à palavra empenhada, o aceitar as regras combinadas...Simplesmente compreender que: "Nada que tenha sido acertado com antecedência custa caro demais".
Cika Parolin

Cika Parolin 28 de outubro de 2017