Avós

Cerca de 561 frases e pensamentos: Avós

Vovô e vovó
Guardam no olhar e na pele as marcas de toda uma vida. Guardam em si uma infinidade de conhecimentos que nos transmitem, é com eles que aprendemos. Aprenderam a lidar com as "feridas" de uma forma admiravel. Dão-se intensamente em cada dia... Devolver-lhes o amor é o minimo que podemos fazer. Tanto para dizer que faltam as palavras...

Blue Shell
562 compartilhamentos

Sou
Pra mamãe: A mocinha!
Pro papai: A menininha!
Pra vovó: A inocente!
Pros primos: A insuportável
Pros amigos: A doida!
Pros desconhecidos: A metida!
Pros inimigos: Ela!
Pros admiradores: A linda!
Pros carinhosos: A princesa!
Pros incompreensíveis: A chata!
Pra mim: Apenas uma pequena menina com sonhos de uma grande mulher tentando ser feliz no seu mundinho com seu jeitinho de ser...

Paloma
1.1 mil compartilhamentos

Ser vovô é a coisa mais louca
Ser vovô é muito engraçado
Ser vovô é fantástico
Ser vovô é uma loucura
Os netos riem de nosso jeito
As noras ignoram nosso jeito
Os filhos admiram nosso jeito
Ser vovô é bom demais
Aqui a gente é feliz
Ali a gente é velho
Lá eu somos um pobre que não tem a menor graça
mas cá entre nós , precisa ser velho pra ser avô
Ser vovô não é para qualquer um!

joão dantas
519 compartilhamentos

Na casa da Vovó


Na casa da Vovó tudo é mais gostoso. No café da manhã tem bolo de fubá, pão de queijo, leite, café, iogurte, suco de pêssego, de manga, de acerola, de morango, de laranja tudo natural, tudo de bom e mais um pouco, coisa de louco!
No almoço nem se fala, da água na boca. Arroz, feijão caseiro, feijão tropeiro, sem contar as carnes e os peixes grelhados, chego a cometer o pecado da gulodice, repetindo varias vezes. Mas como resistir a seus temperos?
Como diz a minha mãezinha. Sua vovó tem mãos de fadas. Além de suas comidas, vovó é um amor de pessoa. Sempre com sorriso no rosto e de braços abertos a receber todos os seus netos e bisnetos.
Ela é realmente uma segunda mãe e ao seu lado me sinto protegido. Não que seja o seu neto preferido. É que seu amor é muito grande e cabem todos dentro de seu coração.
Quando fico em sua casa o dia passa que nem percebo. Com tanto cuidado, com tanto amor, com tanto zelo, acho que estou ficando mau acostumado. Tem algo aí de errado?
Claro que não!
Vovó é tudo de bom! Sempre que posso visita-la não penso duas vezes. Mamãe é pra casa da vovó que eu quero ir. Quero me divertir.
Hoje amadurecido tendo fazer o mesmo com meus filhinhos. Quando chega o final de semana é pra casa de mamãe que eu vou. Como todos já sabem na casa da vovó tudo é mais gostoso!

Sandro Costa
3 compartilhamentos

Você cresce. Não tem mais bochechas fofas, não é mais a queridinha da vovó, não é mais a princesinha do papai e até o pobre do bicho papão te abandona. Você perde os amigos imaginários, não vive mais cercada de pessoas querendo te mimar e fazer suas vontades. Você não pode mais simplesmente chorar para não ir á escola, não pode mais morder as professoras quando se irrita e nem ser mau educada e dar desculpas de que é muito criança pra entender que certas palavras magoam. Ninguém te põe pra dormir contando as historinhas preferidas. Você perde todas as regalias e passa a ser responsável pelo que cativou. Você não brinca mais de boneca, você não tem mais elas pra destruir e pintas cabelos. Todos os seus lápis de cera e brinquedos sumiram e deram lugar a grandes e grossos livros! Você cresce. Você aprende, você erra. Você ganha!

Desconhecido
11 compartilhamentos

Não existe caridade espiritual sem a caridade social. Pois é difícil levar a palavra de Deus a quem tem fome.

Vovó Benedita
Inserida por gm-amorim
1 compartilhamento

Silêncio! O poeta sonha. Com a medonha realidade para os mortais, os homens de sorte material

Paulo Vovô
Inserida por paulovovo
1 compartilhamento

Falam tanto de mundo
Eu mudo
não ouço nada.

Paulo Vovô
Inserida por paulovovo
1 compartilhamento

"Menina, lindos olhos tem seu rosto. Ricas faces para mim ver. E as delícias da sua feição menina, é quem me traz para você.
Fui a cadeia cupida, saber da minha prisão, por isso peço compaixão por me ver padecer.
Porque lindos olhos tem seu rosto e ricas faces para me ver.
E as delícias da sua feição menina, é quem me traz para você.

Manoel José da Cunha (Vovô Cunha)
Inserida por tassiobarreto
1 compartilhamento

_______ Carta para Catarina
Querida e amada netinha Catarina - minha flor!
Aproxima-se o dia do meu retorno a minha casa - a casa da vovó. Depois dessa longa e deliciosa temporada em seu agradável e aconchegante lar, aqui em Birmingham-UK, volto, sentindo-me impotente diante da distância que vai nos separar...
Já estou sofrendo só de pensar em arrumar as malas, separar- me de sua mamãe, de seu papai - nem imagina o que meu coração já experimenta pensando que, em breve, irei separar-me, temporariamente, de você - meu anjo encantado e cheio de deliciosos trejeitos…
Como me prevenir da tristeza da despedida? Como não sentir falta de você, uma criança tão esperta, carinhosa, interativa e especial em seus tão poucos 17 meses? Cheia de sapequice, peraltice e tão curiosa sobre as manifestações das pessoas a sua volta!
Como não sentir falta da suas mãozinhas quentinhas e, às vezes, tão geladas, tocando meu rosto para me acordar de manhãzinha.
E mandando-me beijos com seus olhinhos espertos, piscando, fazendo aquele charminho que é a sua marca, com um sorriso dissimulado, por baixo da chupeta, para conseguir o que quer?
E ver você carregando livros escorregando pelos seus minúsculos braços - ou os arrastando casa afora, porque é o que mais adora fazer o dia inteiro.
E a farra que faz quando vê a mamãe chegar, sabendo que ela carrega sua garrafinha de leite ambulante?
E o ‘nhammnhamnham’ para as comidinhas e as frutas que gosta - os verdinhos que adora - pepino, alface, brócolos… O tomate o queijo… as cerejas e as mexericas... hummmm!!!
E o brilho do olhar quando ganha livros e brinquedos novos;
E a alegria de atender às chamadas do Whatsapp da bisa Ivone, das tivós e dos tivôs;
A paixão com o seu papai que você chama de ‘Déddo’, quando fala que é hora do banho;
A euforia gostosa quando a gente te chama para passear - um momento surreal - você correndo para escolher a roupinha, os sapatos - pura alegria e contentamento! Mas não gosta dos laços que a vovó tanto adora! Ohhhhh!!!
A felicidade de ver o verde da grama dos parques, os brinquedos dos parquinhos - a gangorra, o escorregador e os ‘auaus’ correndo pelas gramas, e vc querendo ir atrás - é muita energia! Contamina a gente.
E quando você quer o tablet ou o celular para ver os seus desenhos preferidos ou ouvir as músicas que mais gosta, engostosando-se no colo do vovô Cláudio?
Ah!!! Um gosto muito eclético, porque não é somente cirandinhas de criança, mas Elton John (tão apaixonada com o vídeo da propaganda dos avestruzes querendo voar), Mick Jager, Leon Russel, John Denver ou Gilberto Gil - ele as seleciona com capricho, para que você possa conhecer músicas de qualidade…
(Músicas que, quando ouve, larga tudo, onde estiver, e corre para assistir os vídeos, bem de pertinho).
Ah!!! Mas o que mais me encanta e emociona é saber que você, com tão pouca idade, ama ouvir estórias infantis e músicas Clássicas (Andréa Bocelli e Sarah Brighton, Plácido Domingos, David Gareth - Viva la vida do Coldplay - que nem a vovó). Só mesmo você!!!
E, como prometi a sua mãe, em resposta ao bilhete que ela me enviou pelo Face, no Dia das Mães, viemos passar um tempo aqui na Inglaterra, para matarmos a saudade dessa família que tanto amamos e curtirmos um pouco o turismo criativo.
Viajar pelos típicos recantos ingleses (amei conhecer Chipping Campden, Buford e lindos castelos nas cercanias, bem como o País de Gales). Um sonho viajar pelo Velho Mundo… Fizemos tudo isso eu, você e nossa pequena família. Adoramos conhecer tantos lugares maravilhosos, com você se comportando lindamente - a melhor companhia para os nossos brindes em várias cidades dos oito países que visitamos. Somente em um dia passamos por 4 deles. E você lá, sem reclamar nadica de nada. Bela garota!!! Visitamos minha amiga Aida e Abel, em Portugal e você deu um show de bom comportamento e sociabilidade...
Como prometi, treinei muito para lhe contar estórias infantis, mas você tem tantos livros lindos, que nem tive que me esforçar muito para agradá-la e, de quebra, conheci a estória do Grufallo - que não existia na época da sua titia Lulu e da sua mamãe.
É fantástico ver você interagindo com a cultura, já participando, feliz e disciplinada, do teatro que seus pais, Gelson e Lorena, fazem, com propriedade, para contar a deliciosa estória do Gruffalo - tão lindo ver vocês três!!! Isso não tem preço!
Realizei meu desejo de poder niná-la em meus braços, cantarolando nossas cantigas de dormir preferidas (e tantas doideiras que a vovó inventa para você relaxar e dormir) e de amanhecer com você sob os edredons ouvindo as estorinhas que tanto gosta! E são tantas!!!
Não obstante, voltarei tranquila porque sei que ficará mais crescida e independente, como sempre esteve - adaptada, feliz e amada em seu abençoado lar…
E porque também sei que, nesses dois meses que aqui estivemos, Cláudio e eu colaboramos muito com o seu crescimento, com o seu desenvolvimento cognitivo e participamos da sua crescente agilidade em resolver seus probleminhas do dia a dia… Como você amadureceu! E como você cresceu em tão poucos dias - tão boa menina, alegre, companheira e feliz. Você é uma bebê muito inteligente. Somente vendo-a com os dedinhos deslizando sobre as telinhas do celular e do tablet, já escolhendo joguinhos, que até eu acho complicados e difíceis … isso me arrepia, sempre! Surreal!
Deus te abençoe, minha neta querida e mais que amada - fique bem… colabore sempre com seus pais, para que cresça bem criada e saudável. Desejo que seus muitos sonhos sejam grandes, assim como você, que já pensa e vê com os olhos do futuro - parece ter vindo de outro planeta.
Um dia desses a gente se encontra de novo, em qualquer parada, em outros aeroportos, como tem sido até então. Penso que nem vou reconhecê-la, pois, bebês se desenvolvem tão rapidamente… E você, meu pingo de gente, é tão sabida e esperta… sempre irá me surpreender.
Mil beijos, incontáveis abraços e todos os aconchegos do mundo.
Te amo. Te amo. E te amo!
Dizer TE AMO nunca será o bastante… Sempre irei querer amá-la mais e mais e muito mais!
______ Com carinho e muito amor, Vovó Delza, Birmingham-UK, 21 de Ago de 2017
P.S. Parabéns! Hoje é seu ‘mesversário’. Deus te guie, ilumine, acompanhe e te proteja!!! Amém!
__________________ DelzaMarques

Delza Marques

eu acredito que todo mundo tem direitos aos erros da vida, mas tanbém as oportunidades boua que avida oferece(())mas nem todo mundo tem huma segunda chance.

raphael hema
Inserida por raphaelhema
1 compartilhamento

"(...)Ai depois eu comecei a ter mais prazer pra cuidar do Vovô,quando eu fiquei com ele uma vez no hospital apareceu uma borboleta dentro do quarto, ele ficou apontando pra borboleta e me mostrando direto, ai ele tentava dormir,mas ficava impaciente olhando a borboleta voando pelo quarto do hospital, até que se levantou, eu perguntei pra onde ele ia, de repente ele SUBIU em cima do sofá, eu disse: "Vô cuidado, o senhor vai cair. O que é que o senhor quer? Abrir a janela? Eu abro,espere. " Mas ainda assim ele não desceu do sofá, e eu segurava ele com cuidado, até que eu pude entender quando vi ele pegar a borboleta com a mão,abriu a janela, e colocou a borboleta pra voar lá fora. Eu fiquei encantada! Vovô era incrivel nos menores atos dele.
Lembro que eu fazia de tudo pra agradar ele, chegava banana pra sobremesa ai ele disse que tinha abusado banana, eu lembrei que tinha levado umas laranjas, ofereci, ele olhou meio assim sem interesse, eu descasquei a laranja toda, tirei toda a pele branca e cortei em pedaços até encher toda a vasilha, ai eu disse pra ele comer comigo os gominhos de laranja cortado, ele comia feito uma criança, depois me olhou e perguntou se tinha mais... pra mim, não tinha nada que pagasse aquilo,a minha tamanha satisfação! Ai assim fui descobrindo como cuidar dele, como se cuida de criança mesmo! Um tempo que eu nunca vou esquecer! (...)"

Gabriella Zeidan
Inserida por gabriellazeidan
1 compartilhamento

Futebol Só atras do poste

Vovo zica da balada bengala feelings in your cabeça
Inserida por mateustomazine
1 compartilhamento

VOVÓ @. COM



Raquel de Queiroz me encanta sempre que leio “A arte de ser avó”, que mais parece uma declaração de amor do que uma crônica. Além do manejo perfeito das palavras, não há como desvincular o texto da serena figura da escritora, com aquele jeito de avó. Fofinha, de óculos, sorriso complacente, meiguice e doce cumplicidade. Vovó como mandava o figurino. Como foi a minha e a de tantas vovós de hoje.
Pois é, como tudo mudou com a aceleração da modernidade, as avós mudaram também. Não no mais importante, creio eu, que é no quesito amor maternal elevado à potência dez, mas na forma como esta relação tão especial acontece entre netinhos e vovós nos tempos de @.com.
Mudaram as avós ou mudaram os netos? Inclino-me a afirmar que a mudança maior atingiu as avós. Simples, as mulheres mudaram e isso independe do grau que ocupam na hierarquia familiar. Dos vinte aos oitenta os cosméticos, a academia, o vestuário muda muito pouco. Os hábitos também. Não causaria nenhuma surpresa encontrar a avó curtindo a mesma balada que a neta, visitando a mesmas lojas de jeans, fazendo o maior sucesso nas rodinhas de conversa. Afora as experiências e histórias que compartilham com os jovens sem nenhum constrangimento. Tem ainda a confiança inabalável e o prestígio que uma avó possui com seus netos. Mãe é para educar, reprimir , colocar limites, dizer não, impedir. Vó não, esta é para defender, dar cobertura às peraltices que mãe não tolera, ouvir segredinhos (e guardá-los), alcançar aquele dinheirinho extra, comprar e dar de presente um tênis de marca que o neto nem precisava, sercúmplice do namorinho escondido e até permitir que os pombinhos se encontrem na sua casa, sem que os pais desconfiem nem em sonho. E avós modernas têm Orkut, sabem usar o computador, fumam, namoram e dirigem automóvel. São tão arteiras como os netos. Gostam de música, de filmes de ficção científica e adoram comer porcarias, de preferência no schoping. Não que não encarem a cozinha para satisfazer a gula dos marotos. Muitos bolos, chocolates e brigadeiros no melhor estilo abre-embalagens de semi- prontos, melhora a classificação da vovó no ranking e no prestígio familiar. E o que é melhor em tudo isso é que essa vó moderna é fofa também, mesmo não tendo nada de matrona ela dá colo gostoso, abriga na sua cama, faz chá de camomila e curte a dor-de-cotovelo, sempre que essa desgraça acontece com seus netos. Muitos dizem “minha vó é uma fofa”, querendo dizer querida, amorosa, parceira, macia, gostosa de conviver.
Vó é tão especial, que mesmo sendo modernas, joviais e cibernéticas, não se importam nem um pouco em dividir o espaço em sua cômoda, abarrotada de frascos de perfumes e de batons vermelhos, com porta-retratos ostentando aquelas carinhas, que só ela sabe, são o maior e mais descarado amor que uma mulher é capaz de sentir.


Maria Alice Guimarães

Maria Alice Guimarães
Inserida por deusadasaguas7
1 compartilhamento

Vovó Atenciosa
Quem já teve ou tem uma avó assim, com essa característica atenciosa, acompanhante, zelosa, vigilante, isso resume-se em amor ! Ou quem lembra dela?????????????????
Vó, Joana, mulher do século passado, muito altiva, determinada, sua palavra era ouvida e respeitada, que o diriam os genros. Eu a conheci já viúva com oito filhos, sóbria, com uma casa relativamente grande, cozinha com mesa e cadeira para toda a família. Imaginem o tamanho da mesa rsrsrs, cadeira só na sala, porque na cozinha eram bancos para abrigar a todos rsrs... Ah, que saudades...
Animada nas festas em família que era na sua casa, dançava o tempo todo, pois a alegria era muita. Também pudera a matriarca em continência a receber os seus...
Ela recebia não só os seus, como amigos também. Ah, e como era boa amiga, fazia suas visitas e eu a acompanhava, eta época boa...
Eram muitos folguedos entre os primos...
E as viagens a São Paulo na tia Alice, no Guarujá, em São Vicente...não havia dificuldades... Espero ser uma avó assim.Vamos aguardar!

Ivete Maurília
Inserida por ivetemaurilia
1 compartilhamento

Vovó Atenciosa
Quem já teve ou tem uma avó assim, com essa característica atenciosa, acompanhante, zelosa, vigilante, isso resume-se em amor !

Elmar Santos
Inserida por ElmarSantos
1 compartilhamento

Carta para os meus avós...

Meu vovô e minha vovó...
Eu amo vocês...
Na realidade ñunca irei ter palavras suficientes para agradecer aos dois por toda sua bondade!
Mas com essa singela carta quero poder traduzir em palavras o quanto sou a grata a vocês por tudo!
Vovó nos meus momentos de aflições você também esteve ao meu lado, também me aconselhou...
Foi e é uma amiga e mãe pra mim!
Meu vovô sempre quando tinha duvidas na vida, o senhor sempre me aconselhou e me ajudou..a ti sou eternamente grata!

Tenho um enorme medo de perder vocês..., porque os amo demais...
Só quero que vocês saibam que não deixarei para amanhã o que posso dizer hoje , vocês significam muito para mim...e de uma forma simples e complexa: EU AMO VOCêS ATÉ O FIM....
(...)
:/

Giovanna bells
Inserida por giovannabells
1 compartilhamento

Coisicas de Vovó e Vovô

Dia dos avós é o ícone de pessoa querida, nos transporta para momentos inesquecíveis vivenciados por tão ilustres seres amadurecidos de amor.
Minha vó é da época desse desenho, quituteira, prendada e carinhosa. As avós de antigamente eram lindas enrugadas, com voz aveludada, cheiro de alfazema, batas ou vestidos estampados com fita na cintura, colocavam sua dentadura dentro do copo para descansar durante o sono. Batalhadoras desprovidas de preguiça, rainhas do lar e parideira, minha vó teve 13 lindos filhos. A profissão de uma avó de antigamente era CASAR.
Meu avô se preocupava com o sustento da casa, era o único provedor, trabalhava muito e ajudou a fazer os filhos supracitados. Tinha uma maneira rígida de educar, não impunha respeito e sim medo, os 13 filhos tinham medo do meu atual meigo vovô.
Falar de vó e de vô é sentir saudade, sentir cheiro de infância, sentir vontade de voltar ao tempo, valorizar com juros e correção cada momento vivido, cada emoção.
É lembrar de superstições que você acha engraçada, mas impossível esquecer: ao ver um chinelo emborcado, porque alguém vai morrer; um garfo, colher ou faca que cai no chão, porque tem gente chegando; a vassoura atrás da porta para sintonizar a visita de que é hora de partir.
Tudo se curava com chá, com ervas, com remédio caseiro, com copaíba, andiroba, crajiru, com garrafada, ninguém ia no ortopedista antes de ir no senhor que põe os ossos no lugar, ou na rezadeira.
Os avós de hoje são jovens, bonitos, antenados e internautas, lutam, buscam, materializam seus sonhos e comemoram conquistas. Os avós são mães e pais açucarados, com receitas inéditas de mimos, paparicos e proteções.
Feliz Dia dos Avós

Arcise Câmara
Inserida por Arcise
1 compartilhamento

DIA DOS AVÓS

Vovô e vovó, seu dia

Hoje o dia é de amor dobrado
É colo de infinita sabedoria
Nos nossos dengos parceria
Vovô e vovó, aqui destacado

Eles, pelo amor tudo renuncia
Ao inteiro dispor do neto amado
Queridos de um afeto açucarado
Em nossas vidas, acolhedora alegria

Como pode ter tanto amor guardado
Neste duplo coração, uno, de magia
Que levamos na lembrança amainado

Vovós, na proteção duplicada, folia
No seu reino o netinho faz reinado
Deste amor geminado com garantia

Luciano Spagnol
Cerrado goiano

Poeta mineiro do cerrado - LUCIANO SPAGNOL
Inserida por LucianoSpagnol
1 compartilhamento

Ah que saudade de quando eu era menina, ouvir historia da vovó, brincar de pique e peteca, esconde-esconde e boneca. Ah que saudade de quando eu era menina, sentar no colo do papai, falar besteiras sem receio e chorar de medo do trovão. Eu não me importava de sair com o cabelo bagunçado eu fugia do banho gelado, se brigava com uma coleguinha volta e meia estava a lhe abraçar. Menina, eu era uma grande menina e hoje eu sou uma pequena mulher. Cheia de afazeres, horários marcados, amigos interessados no que tenho e não no que sou.. Eles dizem: Que legal ela tem carro importado, fazendas em São Paulo e pai empresário... Mas se eles vessem a tristeza em meu sorriso, passariam noites e noites chorando comigo.

Taysis Rocha
2 compartilhamentos