Sarah Figueiredo

1 - 25 do total de 45 pensamentos de Sarah Figueiredo

Imagino
O sofrimento
O ecoar da dor
As lágrimas
O olhar rogando por misericórdia

Imagino
Se tudo tivesse sido diferente
Sem dor
Sem lágrimas

Imagino
Se a igualdade social predominasse
O preconceito fosse extinto
E o respeito usado

Por todos
Que sofreram
Por todos
Que sofrem

Imagino
Um mundo melhor
E a todos
Que não puderam usar a sua voz
A todos não podem usar a sua voz

Ecoou e ecoa em lágrimas
A dor
Em marcas
Ecoa a luta por liberdade

Ecoa também
Na história
Pessoas
Negros
Seres humanos

Julgados por sua cor
Sem direito
A nada
A não ser
O choro

Liberam em lágrimas
O desejo por liberdade
A vontade de sair de casa
Tendo a certeza
De que irá voltar

Liberam em lágrimas o medo
De ser machucado
De ser julgado
O medo de nunca
Nunca
Conseguir a tão sonhada
Liberdade

Sarah Figueiredo
17 compartilhamentos

Escrevo porque te amo
E é por amar-te que escrevo
Ecoa em palavras
O meu amor
O desejo ardente que sinto

Por você
O meu coração bate
E é em cada batida
Que encontro razão
Pra viver

E
Ao te ver
Perco o ar
Perco a fala
Perco minha sanidade
E dou espaço para a insanidade

Em meio a incertezas
A única certeza que tenho
É que vivo
Por você
Pra você

Sarah Figueiredo
Inserida por sarahfigueiredo

Ah!
Quem me dera ter a sorte de te ter
Quem me dera ter a sorte de te escrever
E você ler
Quem me dera ter a sorte de me entrelaçar em seus braços
E ali permanecer

Quem me dera ter a sorte de ter o calor do seu olhar
Sobre mim
Quem me dera ter a sorte de ser a dona dos seus eu te amo’s
E do seu coração
Quem me dera ter a sorte de ser lembrada
Quando no radio tocar aquela velha canção

Ah!
Quem me dera ter a sorte de você ler isso
E sentir
Quem me dera ter a sorte de você ler isso
E ser tocado
Quem me dera ter a sorte de você ler isso
E saber que é amado
Por mim
Pra sempre

Ah!
Quem me dera.

Sarah Figueiredo
Inserida por sarahfigueiredo

Em versos, a minha dor se faz.
Em versos, a minha dor se desfaz.
Em versos, eu me acho.
Em versos, eu me perco.
Em versos, eu choro.
Em versos, comemoro.
Mas acima de tudo, em versos, eu me escrevo.

Sarah Figueiredo

Não é um sentimento fácil, caro amor
É árduo
É sofrido
É fogo que consome

Não é fácil te amar, caro amor
O meu coração fica em pedaços
E se reconstrói
Queima a alma
E me destrói

Não é fácil tentar não desatar o nó, caro amor
E quando já não aguento
Deixo que em cada palavra
Fique a marca de minhas lagrimas

Deixo que em cada palavra
Fique a minha dor
As noites em claro
O meu amor

Sarah Figueiredo
Inserida por sarahfigueiredo

Eu escrevo sobre o amor, ou o amor me escreve?

Eu escrevo sobre o amor quando digo que amar é um sentimento puro
E o amor me escreve quando eu amo outro alguém
Eu escrevo sobre o amor quando digo que posso senti-lo
E o amor me escreve quando eu escrevo sobre você

Quando escrevo sobre você eu tento
De todas as formas
Tocá-lo com palavras
Tento
De todas as formas
Aproximar-te desse sentimento

E quando o amor me escreve ele tenta
De todas as formas
Fazer com que eu toque você com palavras
Ele tenta
De todas as formas
Fazer com que eu aproxime você desse sentimento

O amor não só me escreve como nos escreve
Porque seja na paixão, daquelas que vem do fundo da alma
Paixão amor
Ou em um ato de solidariedade
O amor nos escreve

E quando ele nos escreve
Ele nos envolve
E então
Somos um só.

Sarah Figueiredo

Eu observo,seriamente,tudo á minha volta. Mas não é curiosidade,é bem diferente disso: é poesia. sim. Poesia. Pode parecer estranho,mas é isso. Eu busco inspiração. Um encontro de harmonia, em cada olhar, em cada gesto e em cada sorriso.
- Uma jovem poeta

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh

A amizade floriu e suportou mais uma estação.
- uma jovem poeta

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh

Quanto mais distante voce estiver de Deus, mais prolongado será seu sofrimento.
- Uma jovem poeta

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh

Eles são monomios diferentes, mas que se tornam semelhantes, quando se trata de amor e reciprocidade.
- uma jovem poeta

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh

as estrelas brilham tanto quanto nossos olhos quando se olham.
- uma jovem poeta

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh

Enquanto o cravo agia de forma ríspida, a violeta recendia seu perfume no jardim.
- uma jovem poeta

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh

Não mude seu jeito, seus gostos, suas manias e até mesmo sua maneira de falar. Não mude só para que seus amigos gostem mais de você ou para que você não se sinta estranha no meio deles. Não mude por ninguém, exceto por si mesma. Até porque o que você tem de diferente é o que você tem de mais bonito.

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh

Benditas sejam as madrugadas que tanto são úteis como inspiração para os poetas.
- uma jovem poeta

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh

O tempo...
Passa tão rápido.
Como em um piscar de olhos
E você pode acabar
perdendo uma oportunidade.
Cuidado para não adormecer,
E quando acordar,
Ter perdido o trem
Fique atento!!
Lute pelos seus sonhos.
Não seja tolo em rejeitar o amor
Ame. Espalhe o amor
Por onde você for.
Pratique boas ações
E elas,
Vão refletir coisas boas pra você.
Seja gentil
E seja grato:
hoje, amanhã e sempre.

- Uma jovem poeta

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh

"Não acredito mais no que você diz". Foi essa a frase dita por aquele rapaz, depois do júbilo sentido pela moça, ao receber a ligação de seu amado. Ela sorriu, seus olhos brilharam como há tempos não brilhavam; suas mãos gelaram, seu coração batia acelerado. Ela ia vê-lo. Contemplar o seu sorriso novamente. Ia ouvir os suspiros suave da voz de rapaz,mesmo que através de uma tela. Isso era um mero detalhe. Mas,tudo isso não passou de mais devaneio da jovem. Ele não mostrou o rosto;nem falou uma palavra se quer. Não concedeu nenhum sinal de interesse. Apenas indagou a frase dita no início. Foi como se tivesse quebrado um vidro,e espalhasse os pedaços. Despedaçou-se o coração da tão fragilizada moça. Desesperada, almejando ver o rosto do garoto,sendo que ele foi contraditório. Apenas era frio, apenas era rude. Contudo, a moça, com sua imensa fé e com sua concepção de que nunca se deve desistir do amor; ainda presumia que tudo entre eles iria se resolver. Ela vai dormir com o pensamento de que amanhã tudo seria diferente. Tola garota! Só mais uma de suas idealizações. No dia que excede, ela ver o rapaz pronunciar que seu coração não está gostando de ninguém. Todavia, a jovem se decepciona e fecha seu coração.
- Apesar de tudo, existiu amor

(S.F - uma jovem poeta)

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh
1 compartilhamento

"As vezes, esquecemos o que queríamos lembrar, e lembramos o que queríamos esquecer".

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh

Imenso como o céu é o meu amor por você...<3
(S.F- uma jovem poeta)

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh

Quem sabe ser luz, brilha até mesmo nos lugares mais obscuros...
- poesia e um rabisco
(- uma jovem poeta)

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh

Ela é um mistério, desde da cabeça até a ponta do pé. Do olhar ao sorriso. Ela é sol, mas também é lua(tem lá suas fases). Ela é gelo, e paradoxalmente, fogo.
- Uma jovem poeta

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh

"Então, segure minha mão e vamos ver o pôr-do-sol juntos".
- Uma jovem poeta

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh

Mesmo em turbulência ela sorrir. Sim,sorrir. Uma vez que tem a certeza de que a ferida do seu coração, Deus já está cicatrizando.
- Uma jovem poeta

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh

Quem dera se,
num desses
desencontros da vida,
a gente se encontrasse...
- Uma jovem poeta

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh

As lâmpadas da cidade apagadas,apenas a luz das estrelas. Imensidão delas que me fazem lembrar de você...
- Uma jovem poeta

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh

Ninguém sofre em vão. Por trás de todo sofrimento, há sempre uma razão.
- Uma jovem poeta

Sarah Figueiredo
Inserida por Sarinhahh