MAGO DIONES

1 - 25 do total de 35 pensamentos de MAGO DIONES

Descobrir-se é um martírio divino.

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

A madrugada é hora do cérebro pensar de verdade...

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

MEDO DE ABELHA


Tenho medo de abelha,
é um segredo de orelha.
Não, só por conta da dolorosa ferroada,
mas, pelo tamanho que fico diante da danada.


O inseto, que naquele instante é maior do que eu;
Tentando fugir, me escondo dentro de mim, no grande breu.
Fico apavorado e saio correndo,
quando vejo o que aqui está vivendo...


Parece coisa de criança,
aflita sem segurança.
Mas, é sério mesmo seu doutor,
nem fantasma me dá tanto temor.


Prefiro enfrentar um leão,
que já saio na mão.
A maldita me joga na sarjeta.
É a filha mesmo do capeta.


Um demônio disfarçado
Perseguindo-me amedrontando
Remoendo minha alma
No inferno não tem calma


O zumbindo, em meu ouvido, diz:
_Não fuja do que é, pois eu lhe fiz;
Venenosa amarela.
Revela-me que sou ela.


É conhecendo-se que vai se encontrar.
Futucando nos medos que carregar.
Saber se é um homem que tem medo de abelha,
ou se é abelha que tem medo de cochichar, na própria orelha.

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

TESOURO DE POETA


Num mundo guardado, aqui dentro
Toda palavra tem peso de ouro
Mas pra pesar é um tormento
Tem daqueles que o juntam como tesouro


Sou dos que espalha por todo canto
Esqueço de tudo, a te de mim
Sabendo bem disso:_ nada de espanto
Quando encontrar um poema, com meu sorriso no fim

MAGO DIONES
2 compartilhamentos

RAINHA DO MAR


A vida, o mar.
Que acaba o castelo de areia.
Que puxa a gente pra dentro,
e empurra, de novo para fora.
Que levanta bem alto,
para ter queda maior.

O barco quebrado.
Faço mais forte.
E um dia vir a quebrar de novo.

O tempo ensina aos pescadores,
o tempo do mar
Que tem seu tempo para
deixar de ter tempo.
Ai, é só mar, só mar mesmo,
sem tempo nenhum,
e com todo tempo sobrando.

Assim, a rainha do mar,
nos ensina ficar peixe.

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

VERDE É VERMELHO


Imagine o mundo: que o daltônico tem
Pegar uma melancia VERMELHA,
Cortar e comer, ainda VERDE
Estando madura
_Por isto, vou acreditar em DEUS!!!

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

CASA DO SABER


Dentro da cabeça tem um mundo inteiro,
que vai crescendo a cada dia.
Neste mundo não tem porteiro,
que esconda a chave da sabedoria.

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

PORQUÊ LER POESIA?


Poesia só serve pra isso:
Tirar a gente
da gente e jogar
no mundo.

Depois…

Tirar a gente do mundo,
e guarda a gente
bem mais

F
U
N
D
O

na gente de novo.

Assim, os olhos dos
poetas são distantes
de tanto ir pro mundo e descer
mais profundo…

Que um dia de tanto




D
E
S
C
E
R
rasgará a alma
para fazer
poesia com
Deus.

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

POETA É CRIANÇA


Poeta é gente pra se esquecida.
De toda memória apagado.
Da face da terra riscado.

Para que viva à poesia FAZIDA

Assim mesmo, feito crianças
Que trazem, doces lembranças
Da livre inocência
Sem gramática, só crença…

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

ESPELHO


Vivia num mundo trocado
Tudo bem do avesso
O que falavam.
Em mim, não
Encontrava

Virei o mundo para mim
Tudo no mesmo avesso
O que sempre falei
Nos outros só
Encontrei
Quando em mim
Já estava

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

FRANGO DE PADARIA


Morei uma vida toda por um segundo
No olhar pidão de um cachorro zoíudo
O taco de frango, engordurado confundo:
Se como, ou saio daquele mundo?

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

QUARTO DE CRIANÇA


Uma girafa voando,
Um cavalo voando,
Um cachorro também,
Não sabia, nem falar direito
E eles voavam lé em cima.
Um dia cresci
E me contaram que estava
ERRADO
Se eu soubesse NUNCA
iria crescer
Para ter olhos
E ficar cego
Sem ver.

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

BERÇO DA VIDA


Desde novinho, figuei apaixonado
Pelo mistério imaginado
Que dentro da barriga
Da gravida
Mora um MUNDO gigante
Que um dia se torna gente.
Se você ver um barrigão, fique contente!

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

GÊMEOS DE BARRIGA


Casamento é gravidez
Da mulher buchuda
O homem também
Duas bolinhas esperando
Outra que vem.

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

O VENTO DE EROS


Toda calçada tem meu desejo
Impregnado no vestido florido
Bailando com o vento presepeiro
Dissimulado num olhar sorrateiro
Que desnuda à donzela, eternamente ligeiro
Colorindo-a de vergonha postiça: vermelho
No brilho do olhar malicia e sorriso inteiro
O vento sessa
A saia para
Balança
E a vida perde todo seu encanto

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

CRIANÇA É POESIA


Tou, tá, tamo.
Não sabo,
Te amo.

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

CONHECE-TE À TI MESMO


Certo dia fiquei estacado
Olhando dentro do espelho
Os meus, OUTROS olhos me engolindo
tentando sai do espelho e
ver o que nos MEUS olhos
estava refletido.

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

CAMA MACIA


Cama macia para sono pesado
Por um instante tornou-se retardo
Descansando, acordar para quê?
_Se nesse sonho lucido tudo vê

O frio da noite, o breu do dia
Estancada de joelhos em fé pia
Lágrimas banhavam a fria cova
A mãe rezava segurando a rosa

Carnaval apoteótico de vermes com fome
Cavucando carne gelada, a forma se some
Sem pressa, agonia vagarosa a alma consome

Uma chorrava em prantos, enquanto outra ria
A última trouxe a morte; Daquela, a sua luz sumia
Sonhando acordado em cama macia

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

SELF- SERVICE


A poesia é feita
do vômito
do próprio saber.

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

CRIAÇÃO


As cores devorando o papel
As cores devorando o pincel
As cores devorando a criança
A criança devorando a vida
A vida devorada por Deus
Que vomita: vida

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

ALEGRIA


Todo boneco escuta
Todo carro toca
Todo pião observa
Todo vídeo game é viciado
em alegria de criança.

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

A SEMENTE


O TODO contém o TUDO
O TUDO está contido no TODO
Do TODO veio o TUDO
E TUDO voltará ao TODO
Todos estão no TUDO
Ninguém está no TODO
O TODO é TUDO
Mas o TUDO não é o TODO

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

ARAÇÁ (A RODA DO TEMPO)


Quem tá, veio, porque já foi
Quem veio, tá, porque voltou
Quem voltou, já veio, porque tava
Quem foi, voltou, porque não tá
Quem vai, não vem, porque tá

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

OSSOS


Os ossos dos
meus
olhos
CALEJADOS
de tanto ver aquela
MENINA

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES

SALVE, DEDÉ SEIXAS


Conheci um atlante andando no chão
Vi com meu olhos, iludidos pelo ancião
Com meia idade, tinha saber de um milhão


Falou de uma universidade, por ele cursada com fervor
Daquelas que a vida, te coloca como aluno e professor
É um ser que se inventou, como homem, sábio e doutor


Maluco beleza, que veio aprender o que tinha pra ensinar
Não cresceu, pra esconder seu tamanho, e humildade mostrar
Aos olhos dos que carregam o mundo, nas costas a lhes esmagar


Os pensamentos e as palavras em medidas bem pitada
Encheu livros, cabeças, poemas e conversa animada
Percorreu o mundo, voltando pra amada


Em sua fome desenfreada, um tal de Nietzche devorou
Vomitou outro Seixas, aquele do rock and roll
Filosofraseando o mundo encantou




O Dom Quixote da Suíça Pernambucana
Desbravando o frio daqui, dentro do sertão em chama
Enfeitou-se de glória, sem espaço pra fama


Na simplicidade ocultou, os poemas da vida espalhada
Editores não enxergaram as obras, pelo leitor aclamada
Do poeta de fogo, que tira poesia, entre a cruz e a espada


Vou falar só uma vez, pra quem lê e quem não leu
Que mistério nele transcendeu, nas frases que escreveu
O pequeno se fez grande, e como sol a iluminar se deu

MAGO DIONES
Inserida por MAGODIONES
1 compartilhamento