Clarice Lispector

Clarice Lispector

Escritora e jornalista brasileira
276 - 300 do total de 1944 pensamentos de Clarice Lispector

Enquanto escrever e falar vou ter que fingir que alguém está segurando a minha mão.

Clarice Lispector

A verdade não me faz sentido! É por isso que a temia e a temo.Desamparada,eu te entrego tudo - para que faças disso uma coisa alegre.Por te falar eu te assustarei e te perderei? mas se eu não falar eu me perderei,e por me perder,eu te perderia.

Clarice Lispector

A verdade não faz sentido,a grandeza do mundo me acolhe

Clarice Lispector

Eu antes vivia de um mundo humanizado,mas o puramente vivo derrubou a moralidade que eu tinha.
É qye um mundo todo vivo tem a força de um Inferno

Clarice Lispector

eu me trato como as pessoas me tratam,sou aquilo que de mim os outro vêem

Clarice Lispector

E é só o que posso a dizer a meu respeito?!
Ser "sincera"?!Relativamente sou.Não minto para formar verdades falsas.Mas usei demais as verdades como pretexto pra mentir.Eu poderia relatar a mim mesma o que me lisonjeasse,e também fazer o realto da sordidez.Mas tenho que tomar cuidado de não confundir defeitos com verdades

Clarice Lispector

O leve prazer geral - que parece ter sido o teom em que vivo ou vivia - talvez viesse de que o mundo não era eu nem meu:eu podia usufruí-lo.Assim como também aos homens eu não os havia feito meus,e podia então admirá-los e sinceramente amá-los,como se ama sem egoismos,como se ama uma idéia.Não sendo meus,eu nunca os torturava.

Clarice Lispector

Fotografia é o retrato de um concavo,de uma falta,de uma ausencia

Clarice Lispector

Dá-me a tua mão desconhecida, que a vida está me doendo, e não sei como falar - a realidade é delicada demais, só a realidade é delicada, minha irrealidade e minha imaginação são mais pesadas.

Clarice Lispector

A garantia única é que eu nasci. Tu és uma forma de ser eu, e eu uma forma de te ser: Eis os limites de minha possibilidade.

Clarice Lispector

Ali estava eu, a menina esperta demais, e eis que tudo o que em mim não prestava servia a Deus e aos homens. Tudo o que em mim não prestava era o meu tesouro.

(Desastres de Sofia) in A Legião Estrangeira.

Clarice Lispector

Eu uso essa palavra porque nunca tive medo de palavras. Tem gente que se assusta com o nome das coisas.

Clarice Lispector

Como é chato lidar com fatos, o cotidiano me aniquila, estou com preguiça de escrever esta história que é um desabafo apenas. Vejo que escrevo aquém e além de mim. Não me responsabilizo pelo que agora escrevo

Clarice Lispector

Estou me interessando terrivelmente por fatos: fatos são pedras duras. Não há como fugir. Fatos são palavras ditas pelo mundo.

Clarice Lispector

Quando eu era pequeno pensava que de um momento para outro eu cairia para fora do mundo.

Clarice Lispector

Eu preciso de algumas horas de solidão por dia senão “me muero”.

Clarice Lispector

...não passava de um coração solitário pulsando com dificuldade no espaço.

Clarice Lispector

Ninguém pode entrar no coração de ninguém

Clarice Lispector

... se conectava com o retrato de Greta Garbo quando moça. Para minha surpresa, pois eu não imaginava Macabéa capaz de sentir o que diz um rosto como esse. Greta Garbo, pensava ela sem se explicar, essa mulher deve ser a mulher mais importante do mundo. Mas o que ela queria mesmo ser não era a altiva Greta Garbo cuja trágica sensualidade estava em pedestal solitário. O que ela queria era parecer Marylin.

Clarice Lispector

Cada vez mais ela não sabia explicar. Transfomara-se em simplicidade orgânica. E arrumara um jeito de achar nas coisas simples e honestas a graça de um pecado. Gostava de sentir o tempo passar. Embora não tivesse relógio, ou por isso mesmo, gozava o grande tempo. Era supersônica de vida. Ninguém percebia que ela ultrapassava com sua existência a barreira do som. Para as pessoas outras ela não existia. A sua única vantagem sobre os outros era saber engolir pílulas sem água, assim a seco

Clarice Lispector

Será que o meu ofício doloroso é o de adivinhar na carne a verdade que ninguém quer enxergar?

Clarice Lispector

Não sei como se faz outra cara. Mas é só na cara que sou triste porque por dentro eu sou até alegre. É tão bom viver, não é?

Clarice Lispector

É que só sei ser impossível, não sei mais nada. Que é que faço para conseguir ser possível?

Clarice Lispector

As boas maneiras são a melhor herança.

Clarice Lispector

Que os mortos me ajudem a suportar o quase insuportável, já que de nada me valem os vivos.

Clarice Lispector