Ângela Beatriz Sabbag

1 - 25 do total de 452 pensamentos de Ângela Beatriz Sabbag

Despudoradamente, me despi
Descaradamente me vesti
Desafiadoramente o encarei
Desaforadamente me retirei.

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Pensei que fosse mais desafiador despir a alma do que o corpo. Talvez seja para uma jovem moça, mas na minha idade, percebi que é inúmeras vezes mais fácil escancarar a alma!

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Amizade
A amizade é um dos amores mais sinceros, é uma promissória assinada em branco, uma folha de cheque idem. Para escolher um amigo só precisa ter a alma irmã, ter tantas afinidades que deixam a pessoa boba.
Ser amigo é acreditar na culpa do outro só em ultima instância, com provas robustas e inequívocas, daquelas contra as quais não há argumentos.
Ser amigo é querer o bem do outro tanto quanto quer o seu próprio bem, é comprazer-se com o sucesso do outro como se fosse seu.
Para construir uma amizade sólida basta mostrar-se como é, sem máscaras ou subterfúgios. Ser amigo é estar ao lado em qualquer momento, em qualquer tormento. É ser sincero sem magoar, pois os amigos têm uma linguagem como a dos anjos, criticam sem magoar. Ser amigo é achar no outro somente virtudes pois até os defeitos fazem parte do charme daquela pessoa. Meu amigo não tem defeitos, sua presença torna qualquer lugar no melhor ambiente.
Ser amigo é mais fácil do que se imagina, pois para o amigo temos coragem de contar nossos segredos, nossas imperfeições, tudo com a maior naturalidade.
Eu sou uma amiga daquelas que defendem os amigos com unhas e dentes, que não admite nem ao menos ver o seu amigo chamado de feio. Gosto de exaltar as qualidades e ficar cega diante dos defeitos. Eu só sei ser assim: intensa, rasgada, apaixonada, despudorada.
Mas há também um porém: a amizade deve ser regada como uma planta delicada, como os cristais mais finos, porque podem até resistir a algum pequeno descuido, que o amigo corre a consertar...mas não podemos nos descuidar de algo tão precioso com todos os ingredientes que levam à culpa, como a negligência, a imprudência ou a imperícia.
De todas as pessoas que passam por nossas vidas, guardamos lições preciosas e, uma das quais levo sempre comigo, foi a que me deixou o meu primeiro namorado. À época, eu muito criança, não costumava avaliar muito bem o mal que lhe causava com certas atitudes que tomava, até que num certo dia, ele com a voz mansa e pausada me disse para que sempre que eu fosse fazer alguma coisa com alguém, me colocasse antes no lugar desse alguém, porque assim fazendo, diminuiria muito a possibilidade de magoar essa pessoa. Santo conselho!
Eu amo um amigo ao ponto de entregar a minha vida se for para salvá-lo, mas herdei uma característica da minha mãe, que outrora não entendia e agora exerço com a maior naturalidade, que é a de matar dentro do meu coração os amigos que me ferem de morte. Não é uma atitude belicosa, muito pelo contrário, pois não desejo mal a quem um dia foi depositário de todo o meu apreço, simplesmente apago da minha lembrança essa pessoa que não soube receber o meu amor.
O maior tesouro que possuo não é dinheiro e nem ouro, meu maior tesouro são as amizades que venho coletando ao longo da vida e, a julgar pelos anos vividos são eternas.

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag
1 compartilhamento

Sofro de amor com tanta intensidade que poderia medir meu abalo com a Escala de Richter.Talvez esteja minimizando meu sentimento, porque dele só sabem Deus e eu.

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Meu bem, eu quero algemas que prendam nossos corpos, nada além disso...alma, sonho e olhares sempre livres!

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Tenho a seriedade de quem carrega o mundo e a leveza dos descompromissados...não sei o que prevalece, temo que seja a seriedade.
Em cada canto ouço um canto, pensa que me causa espanto? Nunca, jamais, somente encanto!

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

A minha felicidade só depende de mim, mas às vezes depende demais!

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Ah, tá...É por isso que você quer me namorar: porque eu não lavo, não passo, não cozinho, não estou nem aí, fico só aqui...não causo embaraço, não invado seu espaço, não te mantenho no laço...em compensação, quando te vejo é só abraço, amasso e coração no descompasso!!!.

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Estou com tudo e não estou prosa, estou verso!

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Amo aquelas palmeiras que se perfilam aos montes nos países árabes e em Miami! Como amo as oliveiras de alguns países europeus...Elas imprimem uma identidade aos locais nos quais vicejam.

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Sou volúvel, volátil, voluptuosa...

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Viver? Também! Mas eu me atiro, me jogo, me lanço...

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Ata-me ao alcance das suas fantasias,
Prenda-me às suas alegorias,
Tatua-me nas suas partes frias.

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Estamos longe geograficamente...
Você já parou para pensar que as mesmas estrelas que iluminam sua noite aí também olham para mim aqui?

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Bela Adormecida e Alice num dia de Sol e Piscina
Assuntos amenos, risadas demais, diversão digna de uma parque da Disney.
A Bela quer por quer catequisar a Alice e aí é que o "Non Sense" impera. A Bela jura que fará de Alice uma católica praticante, pois isso se tornou para ela uma verdadeira obsessão. Conhecendo a Bela como conheço, teimosa como ela é, não duvido nada de que logre êxito em sua empreitada.
As discussões religiosas beiram ao hilário, mas se é para ser hilário que seja o de Gouveia, afinal trata-se de uma rua do Rio de Janeiro, onde a sonhadora Bela tenciona morar.
O embate religioso prosseguia até que houve um consenso, ufa! A Bela mencionou que acha o Padre Fábio de Melo tudo de bom e Alice concordou com ela em gênero, número e grau. Falei para Alice que ela não pode julgar a igreja pelos padres, pois eles são humanos e, portanto, tão sujeitos a falhas como quaisquer outros homens.
Estou muito esperançosa, já vejo uma certa receptividade na Alice relativa aos assuntos eclesiásticos. Em minha vida inteira já catequizei uma pessoa, não vou nomeá-la porque seria falta de ética. Agira, conseguindo levar minha querida amiga Alice para a igreja, vê-la tornar-se uma católica praticante, vai me levar às nuvens sem que seja preciso embarcar num avião.
Ela merece! Sei que será ainda mais feliz e encontrará o verdadeiro sentido da vida.

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag
1 compartilhamento

Meu bem,
Hoje preciso do seu abraço, tenho urgência do seu laço, dos seus beijos ardentes, do seu corpo quente...
Está tão frio aqui em Brasília, me sinto uma ilha cercada de saudades por todos os lados.

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

O amor está no ar,
Vejo-o em todo lugar,
Fico desligada a viajar,
Você quer me namorar?

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Engraçado...
Nós também acompanhamos o compasso das horas.
Amanhece,
Amanheço.
Entardece,
Entardeço.
Anoitece,
Anoiteço.

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Isso é que dá só ter beijantas distantes,
Dia do Beijo,
E você somente com beijos vacantes!

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Cada um prefere uma coisa e é ótimo que haja essa diversidade. Mas fazendo uma rasa analogia acerca de amor e paixão, prefiro "N" vezes a última. As labaredas saem pelos olhos, a urgência é enorme, ah, não preciso e nem consigo explicar...

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Queria tanto lhe esquecer...
Não propriamente de você,
Mas esquecer o amor que ficou tatuado no meu coração.
Sofro ao escutar certas músicas, muitas músicas, quase todas as músicas.
Dói fisicamente o que não deveria doer, posto que está na alma...
Mas tenho a impressão que o físico sofre no compasso da alma.

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Despudoradamente, me despi e vou deitar...Quem sabe o sonho da noite não se mostre ainda melhor ao despertar?

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Sou ordinária,
Sou mercenária,
Sou demais,
Sou de menos,
Sou inatingível,
Ou sou acessível demais?

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Totalmente borbulhante!
Champagne,
Alegria,
Ótimas companhias, Até a água foi full gás...

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag

Acho que estou apaixonada,
Até aí, grande novidade,
Nunca fui sólida, líquida nem tampouco gasosa,
Desde que me valha a memória vivo no estado apaixonada,
Aquele que você se derrama como líquido,
Fica sólida como uma gelatina,
E entrando em combustão aí já sabe, não é?

Ângela Beatriz Sabbag
Inserida por AngelaBeatrizSabbag