Amizade de Infância

Cerca de 61 frases e pensamentos: Amizade de Infância

Tenho saudade da minha infância. Quando as amizades não tinham diferença de cor, classe social e religião. O amor fraternal acompanhava a amizade. A solidariedade, o companheirismo, amor e amizade eram palavras de destaque.
Da época que eu não sabia que era tão difícil falar "Eu te amo", que a aparência seria a chave de tudo, que o dodói no coração não se curaria só com um beijinho.
Ai, que saudade do meu tempo de criança...

Sarah Ghil
174 compartilhamentos

No jardim de infância, fiz amizades que só são lembradas ao olhar fotos. Até hoje levo algumas dentro dessa máquina pulsante que chamam de coração. Não espero perder ou achar pessoas que estejam dispostas a me suportar, nem que seja por alguns segundos. Em uma das minhas leituras vi que nunca podemos correr atrás das borboletas, mas sim preparar o jardim para que elas venham até nós. Isso me fez pensar no quão as borboletas são contraídas, tímidas, medrosas e cheias de contrariedades. Elas não ficam muito tempo perto de uma flor, nunca permanecem em um mesmo jardim. Então, se as minhas borboletas decidem voar, eu deixo. Se voltarem e escolherem o meu jardim, darei conforto e deixarei que decidam o tempo que quiserem ficar, mas prepararei meu coração para vê-las partindo novamente. Por em quanto, fico aqui regando as minhas flores, para que elas estejam lindas sempre. Adoro pintá-las em uma tela com cheiro de arte, observando-as serem beijadas por novas borboletas, e sorrindo para as que vêm me visitar.

Alice Andrade
19 compartilhamentos

As verdadeiras amizades são feitas na infancia as outras q vc vira a ter serão por consequencia

Danilo
41 compartilhamentos

Amizades antigas são pedras preciosas, garimpadas nas minas distantes da infância.

Lucêmio Lopes da Anunciação

Amizade:

Tua infância
A árvore da amizade
Ter um amigo
A palavra amizade
Amiga
Amizade e tecnologia
Pra ter um amigo...
Carta ao "amigo"

isalindinha10

Não importa se é de "infância", amizade mesmo, precisa ter apenas a inocência e a verdade de uma criança!

Rascunhos Escondidos

"Amizades de infância são construídas pelos pais."

Daniele N. Tubini

Estou tão cansada de tudo isso. As pessoas mudam muito. Amizades de infância as quais julguei eternas não existem mais. Lembro-me de pessoas dizerem estar ao meu lado para o que der e vier, mas sempre que preciso não há nada nem ninguém. Então, era tudo da boca para fora? Nada daquilo era sincero? Talvez naquele momento fosse. Porque, ao crescer, a maioria das pessoas mudam e muito. Velhos amigos se tornam novos desconhecidos.
E o que me incomoda é ouvir que morrem de saudades minhas pelas redes sociais afora, dizem me amar. E não há a mínima questão. Um mínimo esforço para acabar com essa “saudade”. Eu me pergunto. Que amor é esse?
Nos encontros ao meio da rua e eu penso "Onde está aquela intimidade, aquela amizade que duraria uma vida toda?" O "para sempre" se resume a uma conversa sem graça, que não passa de uma questão de educação. Um “oi” acompanhado de um meio sorriso. Me aborrece essas “amizades” com tom de linda melodia que, no fundo, nem para batuque de esquina.
De fato nada dura para sempre, mas o importante é sabermos que, apesar de as pessoas mudarem e certas amizades serem passageiras, sempre poderemos cultivar novos amigos e quem sabe estes são para sempre?

Barbara Silva

Eu tenho as melhores e mais engraçadas das companhias. Tenho amigas de infância, que cresceram ao meu lado, e mesmo que estejam brigando comigo por mais uma vez eu chegar alegremente alcoolizada da balada ou por qualquer idiotice que eu tenha feito, elas permanecem aqui, ao meu lado. Somos tão diferentes, mas tão unidas. Somos irmãs.

Ana Santos
40 compartilhamentos

Celebrar a vida é reencontrar amigos de infância.
Celebrar a vida é falar sobre o presente e o passado ao mesmo tempo.
Celebrar a vida é rir, e se emocionar, é resgatar e recordar com saudades a infância alegre que tivemos juntos.
Celebrar a vida é viver.
VIVA O REENCONTRO!!!

Rosicler Ceschin

Tem amigo que a gente lembra
do quanto conseguíamos ser radicais:
apostando corridas perigosíssimas
de velotrol em nossos quintais.

Sarah Magalhães, em Amizade (d)e infância

Amizade (d)e infância

Amizade não tem que começar quando criança,
mas quando quer que comece, tem que ser com confiança...


Tem muitas amizades que começam na infância
-com brincadeiras de roda,
giz de cera espalhados pelo chão,
pique-pega, pular corda,
jogar peteca, brincar de boneca-
e nos acompanham
enquanto tentamos crescer.


Tem amigo que a gente lembra
do quanto conseguíamos ser radicais:
apostando corridas perigosíssimas
de velotrol em nossos quintais.


Tem amigo que a gente lembra
de quando aprendeu andar de bicicleta
de quando levou tombo de patins
e desistiu do skate que não deu certo.


Tem coisa que é a cara da infância,
como comer bolo de chocolate
e se lambuzar.
Beber bastante refrigerante para ver
quem consegue o alfabeto arrotar.


Tem também aquele momento,
de sair correndo pelo asfalto,
tropeçar no próprio pé e cair.
Eis o tenso instante de decidir
entre chorar ou rir.
Chorar.


Logo passa.


O choro passa, a dor passa,
a infância vai passando, devagar...


Vai passando na memória
a lembrança de quando arqueólogos
queríamos ser...
Para encontrar ossos
de dinossauro no jardim,
enquanto estávamos cavando,
na terra a nos sujar.


Em vez de um crânio de t-rex,
catávamos minhocas, tatu-bolas,
brincávamos com as joaninhas
e depois íamos colher acerola.


As histórias nunca acabam, vão apenas piorando...


Vão de um simples joelho ralado
até um coração estilhaçado.


A amizade cresce junto com a gente,
com uma força indescritível
e mesmo que estejam distantes,
os amigos são amigos.


Confessos, travessos,
brincalhões, companheiros,
protetores, bobos, piegas,
bregas ou estilosos, metidos,
modestos, um shake de sentidos,
de sentimentos, de tudo o que vivemos.


Amizade é aquela coisa estranha,
que dá trabalho,
que cansa,
mas é necessária
e sempre traz alegria, esperança,
consolo ou alguma maré boa.


Traz alegria para a vida e conforto para o coração.

Sarah Magalhães
1 compartilhamento

Amizade de infância é terreno precioso, é garimpar até o fundo da memória e encontrar um tesouro que jamais estará à venda, por maior que seja o seu valor...

Penélope Duplat

Amizade de um nômade

Sinto falta tua, dos amigos de infância e dos outros também.
Minha vida é uma loucura só, mas a amizade me faz falta.
Quando se vive assim, meio nômade, pelo mundo, morando aqui e ali, fazemos sim muitos amigos, alguns perdemos pelo caminho e nos deixam saudades, outros não queremos perder de modo algum, mas a distância, a falta de tempo, nos afasta cada vez mais, mesmo sem querer.
Amigo é amigo, e sigo com eternas saudades e, quando tenho tempo, os vejo, e é tão bom. Dar gargalhadas das aventuras vividas, saber como tá a vida, o caminho que escolheu, a família que construiu, e até abraçar apertado como um afetuoso irmão.
Amigo, apesar de tudo, carregamos pra sempre dentro da alma e coração.

Édio Guimarães

Amizade é muito mais do que passar a infância ou ter passado muito tempo ao seu lado. Amizade que é verdadeira mesmo o tempo nao separa e nem a distância.
Amizade verdadeira é aquela que não precisa de muito pra se tornar especial, que com pequenos detalhes se torna única em nossa vida. É aquela que Deus manda pra nossa vida sabendo que vai nos fazer bem.
Você é minha amiga muito antes de a gente se conhecer como você mesma diz, então também acho isso. Porque é tão simples e ao mesmo tempo tão importante a nossa união, a nossa amizade. Você é aquela amiga que me entende.
Não temos muito tempo de amizade, mas já temos muitos momentos marcantes sim. O que importa nao é o tempo da amizade, e sim a intensidade com que ela acontece. Simplesmente amo muito essa doida estilosa que chamo de amiga, que é a melhor *-*

NilzaB

Laços familiares foram rompidos
amizades de infância dilaceradas
a arte que outrora amada, es asfixiada
chegava ao fim o baile de marcaras!

Eis o nosso avesso de berço
nossas mazelas veladas
renegadas e açoitadas
pela tal justiça social.
Bailam a marcha fúnebre
em tons de verde e amarelo!

Márcio de Oliveira

As verdadeiras amizades são aquelas que nascem na infância ou que se fazem através de pessoas, crianças que, apesar de adultas, ainda guardam consigo a necessidade de laços verdadeiros...

Patrícia Regina de Souza

Na minha infância foi onde tive as melhores e mais verdadeiras amizades, hoje a virtualidade ofusca o brilho do verdadeiro sentido de amizade, faz com que a causalidade se torne subjetiva, e os sentimentos plagiados, nossa! da uma saudade da minha infância...

Paulo Lucas Alves da Silva

Amizade de infância a gente nunca esquece.

Rafaela Nancy Petry Martins
Inserida por SabrinaNiehues

Minha infância não havia essas tecnologias, mas o encanto das coisas simples,e a doçura da amizade me mostrou o melhor do amor.

Srta Wrobel
Inserida por srtawrobel