Textos de Amizade de Infância

Cerca de 23 textos de Amizade de Infância

Tenho saudade da minha infância. Quando as amizades não tinham diferença de cor, classe social e religião. O amor fraternal acompanhava a amizade.A solidariedade,o companheirismo,amor e amizade eram palavras de destaque.
Da época que eu não sabia que era tão difícil falar EU TE AMO,que a aparência seria a chave de tudo,que o dodói no coração não se curaria só com um beijinho
Ai que saudade do meu tempo de criança...°°

Sarah Ghil
169 compartilhamentos

No jardim de infância, fiz amizades que só são lembradas ao olhar fotos. Até hoje levo algumas dentro dessa máquina pulsante que chamam de coração. Não espero perder ou achar pessoas que estejam dispostas a me suportar, nem que seja por alguns segundos. Em uma das minhas leituras vi que nunca podemos correr atrás das borboletas, mas sim preparar o jardim para que elas venham até nós. Isso me fez pensar no quão as borboletas são contraídas, tímidas, medrosas e cheias de contrariedades. Elas não ficam muito tempo perto de uma flor, nunca permanecem em um mesmo jardim. Então, se as minhas borboletas decidem voar, eu deixo. Se voltarem e escolherem o meu jardim, darei conforto e deixarei que decidam o tempo que quiserem ficar, mas prepararei meu coração para vê-las partindo novamente. Por em quanto, fico aqui regando as minhas flores, para que elas estejam lindas sempre. Adoro pintá-las em uma tela com cheiro de arte, observando-as serem beijadas por novas borboletas, e sorrindo para as que vêm me visitar.

Alice Andrade
3 compartilhamentos

Eu tenho as melhores e mais engraçadas das companhias. Tenho amigas de infância, que cresceram ao meu lado, e mesmo que estejam brigando comigo por mais uma vez eu chegar alegremente alcoolizada da balada ou por qualquer idiotice que eu tenha feito, elas permanecem aqui, ao meu lado. Somos tão diferentes, mas tão unidas. Somos irmãs.

Ana Santos
37 compartilhamentos

Minha infância

Queria voltar à infância
Queria voltar a brincar
Brincar de casinha e bonecas
pular, correr e nadar.

Queria esquecer a vida,
esquecer a obrigação,
Queria esquecer os sonhos,
o dia a dia , a decepção

Daria tudo pela infância
que ficou como outrora,
voltar a ser criança,
época alegre e gostosa

Queria rever os amigos,
a dúvida , a ingenuidade,
as brigas de criança,
sem ódio e sem maldade.

Por que, meu Deus por que?
Deixais ela ir embora?
Se é a melhor de todas,
Por que não fica e demora?

marilia Fonte Boa Oliveira
Inserida por MariliaFonteBoaOliv

Amigos
Tem aqueles amigos de infância.
Aqueles que conhecemos durante a adolescência e aqueles depois de adulto.
Os de infância, quer lembrar daquela queda que você teve aos 7/8 anos.
Os da adolescência, quer lembrar das primeiras festas e dos grandes micos.
Já os adultos, bom, quando eu chegar nessa parte eu conto. Kkk
Eu não estou escrevendo sobre esses amigos, mas uns em especiais.
Vou falar sobre aqueles que independente da hora, eles irão até você para ajudar.
Aqueles que te acolhem em sua casa e você se senti seguro.
Aqueles que só em olhar sabe o significado, tem aquele que tem o melhor abraço de todos, tem o que enfrenta tudo com você e depois tira sarro (Eu te avisei).
Tem o que só está ao seu lado, sem dizer nada, mas você já se sente bem, por ele estar ali lhe fazendo companhia.
Tem a engraçada/sonhadora, daquelas que ver uma balinha e já faz planos com ela, a tem a que admiramos, não só pela beleza por fora, mas principalmente a de dentro.
Tem aquela que só fica no canto, só observando, mas feliz por estar no meio de pessoas maravilhosas.
Tem o que nos ouve desabafar por horas e horas, e a melhor fala é : eu estou aqui, tudo ficará bem.
E é incrível ter essas pessoas em minha vida, sou muito grata por te los em minha vida!
K.B

Kelly Benacci K.B
Inserida por kellyBenacci
1 compartilhamento

Estou tão cansada de tudo isso. As pessoas mudam muito. Amizades de infância a quais julguei eternas, não existem mais. Lembro-me de pessoas dizerem estar ao meu lado para o que der e vier, mas sempre que preciso não há nada nem ninguém. Então,era tudo da boca para fora ? Nada daquilo era sincero? Talvez naquele momento fosse. Porque ao crescer a maioria das pessoas mudam e muito. Velhos amigos se tornam novos desconhecidos.
E o que me incomoda é ouvir que morrem de saudades minhas pelas redes sociais a fora, dizem me amar. E não há a mínima questão. Um mínimo esforço para acabar com essa “saudade”. Eu me pergunto. Que amor é esse?
Nos encontros ao meio da rua,eu penso onde está aquela intimidade, aquela amizade que duraria uma vida toda? O para“sempre” se resume a uma conversa sem graça, que não passa de uma questão de educação. Um “oi” acompanhado de um meio sorriso. Me aborrece essas “amizades” com tom de linda melodia que no fundo,nem para batuque de esquina.
De fato nada dura para sempre, mas o importante é sabermos que apesar de as pessoas mudarem e certas amizades serem passageiras,sempre poderemos cultivar novos amigos e quem sabe estes são para sempre?

Barbara Silva
2 compartilhamentos

Amizade (d)e infância

Amizade não tem que começar quando criança,
mas quando quer que comece, tem que ser com confiança...


Tem muitas amizades que começam na infância
-com brincadeiras de roda,
giz de cera espalhados pelo chão,
pique-pega, pular corda,
jogar peteca, brincar de boneca-
e nos acompanham
enquanto tentamos crescer.


Tem amigo que a gente lembra
do quanto conseguíamos ser radicais:
apostando corridas perigosíssimas
de velotrol em nossos quintais.


Tem amigo que a gente lembra
de quando aprendeu andar de bicicleta
de quando levou tombo de patins
e desistiu do skate que não deu certo.


Tem coisa que é a cara da infância,
como comer bolo de chocolate
e se lambuzar.
Beber bastante refrigerante para ver
quem consegue o alfabeto arrotar.


Tem também aquele momento,
de sair correndo pelo asfalto,
tropeçar no próprio pé e cair.
Eis o tenso instante de decidir
entre chorar ou rir.
Chorar.


Logo passa.


O choro passa, a dor passa,
a infância vai passando, devagar...


Vai passando na memória
a lembrança de quando arqueólogos
queríamos ser...
Para encontrar ossos
de dinossauro no jardim,
enquanto estávamos cavando,
na terra a nos sujar.


Em vez de um crânio de t-rex,
catávamos minhocas, tatu-bolas,
brincávamos com as joaninhas
e depois íamos colher acerola.


As histórias nunca acabam, vão apenas piorando...


Vão de um simples joelho ralado
até um coração estilhaçado.


A amizade cresce junto com a gente,
com uma força indescritível
e mesmo que estejam distantes,
os amigos são amigos.


Confessos, travessos,
brincalhões, companheiros,
protetores, bobos, piegas,
bregas ou estilosos, metidos,
modestos, um shake de sentidos,
de sentimentos, de tudo o que vivemos.


Amizade é aquela coisa estranha,
que dá trabalho,
que cansa,
mas é necessária
e sempre traz alegria, esperança,
consolo ou alguma maré boa.


Traz alegria para a vida e conforto para o coração.

Sarah Magalhães
Inserida por sarahmagalhaes
1 compartilhamento

AMIZADES X DENTES

As amizades se assemelham aos dentes, na infância são os de leite, quando aparecem são motivo de festa, não são duradouros, logo os perdemos, mas alguns dão tanta importância que o guardam como recordação.
Na adolescência somos descontentes com eles, queremos endireita-los ao nosso jeito, assim como dentes com aparelho.
Quando jovem algumas amizades só dão dor de cabeça, não tem muita utilidade, tipo o ciso.
Quando adulto surgem os permanentes, perde-los trará um prejuízo tremendo, sem eles algumas pessoas até deixam de sorrir.

Anderson Alves
Inserida por andersonalvesluz

Amizade é muito mais do que passar a infância ou ter passado muito tempo ao seu lado. Amizade que é verdadeira mesmo o tempo nao separa e nem a distância.
Amizade verdadeira é aquela que não precisa de muito pra se tornar especial, que com pequenos detalhes se torna única em nossa vida. É aquela que Deus manda pra nossa vida sabendo que vai nos fazer bem.
Você é minha amiga muito antes de a gente se conhecer como você mesma diz, então também acho isso. Porque é tão simples e ao mesmo tempo tão importante a nossa união, a nossa amizade. Você é aquela amiga que me entende.
Não temos muito tempo de amizade, mas já temos muitos momentos marcantes sim. O que importa nao é o tempo da amizade, e sim a intensidade com que ela acontece. Simplesmente amo muito essa doida estilosa que chamo de amiga, que é a melhor *-*

NilzaB
Inserida por Nilzab

Encontro com amigos, de longas datas
De infância, escotismo, consideração
Amizades que se prezam, quase irmãos
São professores da vida, que nos brindam
Já pescadores de muitas outras histórias
A Patrulha do Chopp, um nome polêmico
Que retrata amizades de outros tempos
Fórum de conversas, risadas e causos
Cervejas, franguinho, polenta e batata
Tem que não possa, isso nem importa
Lembramos de todos com todo carinho
Brindamos por eles, mas continuaremos
Tentando juntar maior numero presentes
Se quer se juntar é somente aparecer
Todos são muito bem vindos, bons amigos
Queremos sempre ter......

Salvador Faria
Inserida por salvafaria

Uma amizade de infância que se transforma em algo inesperado, um carinho de amigos que virou algo a mais, uma atitude, uma decisão, que me chamou atenção e aumentou minha admiração, você mostrou-se forte ao aceitar a pequena Eloá, sei que por muitas vezes sentiu medo do que iria enfrentar, porem isso não a fez desanimar, você e uma grande mãe e por mais que pense que não eu tenho certeza que sim, e foi esta sua qualidade que a tempos despertou algo em mim, e no momento só quero que esta angustiante incerteza tenha fim, e que você venha ficar junto a mim.
Gosto de você pelo que você é, uma grande mãe e uma linda mulher...

Jrsotnas
Inserida por Jrsotnas

Amizade de um nômade

Sinto falta tua, dos amigos de infância e dos outros também. 
Minha vida é uma loucura só, mas a amizade me faz falta. 
Quando se vive assim, meio nômade, pelo mundo, morando aqui e ali, fazemos sim muitos amigos, alguns perdemos pelo caminho e nos deixam saudades, outros não queremos perder de modo algum, mas a distância, a falta de tempo, nos afasta cada vez mais, mesmo sem querer. 
Amigo é amigo, e sigo com eternas saudades e, quando tenho tempo, os vejo, e é tão bom. Dar gargalhadas das aventuras vividas, saber como tá a vida, o caminho que escolheu, a família que construiu, e até abraçar apertado como um afetuoso irmão. 
Amigo, apesar de tudo, carregamos pra sempre dentro da alma e coração.

Édio Guimarães
Inserida por Acropolle

Passo a passo

Na infância o lado bom da vida; a inocência, as amizades puras, os incontáveis por que?
Na adolescência; as descobertas, um novo mundo acontecendo a cada dia, as paixões que machucam e parecem não ter fim, o despertar de novos desejos difíceis de serem controlados, um novo mundo de opções, oportunidades e escolhas, a liberdade sendo aproveitada como um presente insaciável.
No início da fase adulta as responsabilidades; as paixões se consolidando e se transformando em amor; os novos aprendizados sendo explorados; a busca por respostas sobre; o que? Quando? Como? Aonde?
Já na metade da fase adulta as conquistas e realizações profissionais, materiais e amorosas se tornam reais; os sonhos ganham força e se materializam, sejam eles; aquela viagem, um carro, uma casa ou o nascimento de um ou mais filhos.
Enfim; chegou a terceira idade; o trem está passando muito rápido, as emoções afloram com tantas lembranças e sonhos realizados; o desejo de viver mais um pouco logo será interrompido; só posso dizer de peito aberto que valeu!
Então; o botão de start é apertado; vai começar uma nova vida, um novo ciclo...

RICARDO SANTOS DE SOUZA
Inserida por Ricardossouza
1 compartilhamento

Infância

O doce sabor das lembranças
Estão vivas em meu pensamento
Fecho os olhos para ver na memória
A felicidade guardada no tempo.
Sorrisos e muita alegria
Brincadeiras e grande folia
Bola, peteca, amarelinha
Gira o mundo na ponta do peão.
O mundo cabe na palma da mão
Sou a bailarina que dança no salão
Sou o pirata em uma nau na guerra
Sou astronauta em volta da terra.
No balanço eu voo bem alto
Toco um pedaço do céu
Toco as nuvens de algodão
Tão doces feito o mel.
Vou girando na ciranda
Na ciranda cirandinha
Saudades de ser criança
Vem minha lembrança
Tão minha.

Rosana Santos

Infância

Quando se é pequena, tudo é mais fácil,
Não há responsabilidades financeiras
E nem amorosas.
O mundo é só de curtição:
A mais alegrias do que tristezas,
A mais presentes do que contas,
A mais pureza do que pecado,
A mais vida do que morte,
A mais joelhos ralados
Do que o coração partido.
A mais amizade do que inimizades frustradas,
A mais choro por coisas simples
Do que por coisas complexas
Que só os adultos têm.
O mundo dos pequenos é cheio de aventuras,
Amizades, brincadeiras, chocolate, algodão doce,
Sorvete de frutas, sorrisos soltos,
Abraços apertados,
E muita diversão.

Lorena Ramalho
Inserida por lorenaramalho

Durante minha infância depois de uma brincadeira de barra bandeira prometi a três amigos que os defenderia, que lutaria por eles.
Eles olharam pra mim cansados, porem seus olhos brilharam e o sorriso tomou conta dos seus rostos, me abraçaram e apertaram minha mão, confiantes, e em conjunto falaram confiamos em você.
E desde aquele dia luto e acredito no que há verdadeiro dentro da amizade. Literalmente dou o meu melhor, dou meu amor. Acredito na amizade especialmente quando o alicerce desse laço é a verdade. Tem que existir cordialidade e respeito. É necessário anular a mentira para que uma amizade seja forte, confiante.

Fred A Lima
Inserida por FredLima

Sobre o Dia do amigo,

Comemoramos amigos, de longas datas
De infância, escotismo, e de consideração
De trabalho, almoços, confraternização,
Primos, sobrinhos, vizinhos, cunhados,
Amizades que se prezam, quase irmãos.

São professores da vida, que nos brindam
Tem pescadores de muitas outras histórias
Da Patrulha do Chopp, de nome polêmico
Que retratam amizades de outros tempos
Fóruns de conversas, risadas e causos,
Cervejas, franguinhos, polentas e batatas.

Lembramos de todos com todo carinho
Brindamos por todos, e continuaremos
Tentando manter o maior numero deles
Quando puder se juntar, será só alegria
Todos muito bem guardados, aos amigos

Feliz dia dos amigos !!!!

Salvador Faria
Inserida por salvafaria

Hoje choveu.
O cheiro de terra veio tomando conta. Senti-me inebriado com as lembranças de infância.
Pés descalços, pulando nas possas e escurregando no barro.
Hoje choveu!
Delicia de molecagem que molhou o corpo franzino de criança.
Hoje sentido a chuva, senti a inocência e a criança que não morreu dentro de mim.
Cresci!
Hoje sinto a chuva que molha meu rosto, vem com mesmo cheiro de terra, e não molha o corpo do menino.
Hoje choveu!
Ela é linda! Tem frescor e molha o meu corpo.
Hoje choveu!
Senti à leveza; à alegria; e às lembranças do homem com alma de criança que a observou e não a esqueceu.
Hoje choveu.

Por Rica Almada

Rica Almada
Inserida por RICAALMADA

A infância é doce:
Um doce sem exagero
De um gosto saboroso
De um suave cheiro...
Quando os erros são acertos
Quando os acertos são risos
Quando a reclamação é choro
Quando um grito é um bico
Tombos são esforços
Esforços são passos
Passos é liberdade...
Inocência...
Doce infância.

Régis L. Meireles
Inserida por regismeireles

Descobrir que amizade não é apenas ter passado a infância ao lado de alguém, pois nem sempre essa pessoa continua sua amiga. Amizade é muito além disso, é confiar, acreditar, passar momentos juntos, rir ou chorar, se for preciso, é ter medo de perder, felicidade; é simplesmente amor só que um que nunca acaba. É tudo e muito mais.

NilzaB
Inserida por Nilzab