A Menina que Roubava Livros

Cerca de 86 frases e pensamentos: A Menina que Roubava Livros
A Menina Que Roubava Livros é um drama do escritor australiano Markus Zusak, publicado em 2005, que conta a história de Liesel Meminger, uma jovem que vive com os pais adotivos, e que desenvolveu o hábito de roubar livros para ler para o amigo judeu que vive escondido em sua casa, na Alemanha nazista.

Decididamente, eu sei ser animada, sei ser amável. Agradável. Afável. E esses são apenas os As. Só não me peça para ser simpática. Simpatia não tem nada a ver comigo.

A Menina que Roubava Livros
407 compartilhamentos

O único dom que me salva é a distração. Ela preserva minha sanidade.

A Menina que Roubava Livros
573 compartilhamentos

E o riso dela? Era algo absolutamente dominador. Ninguém tinha a menor chance diante dele.

A Menina que Roubava Livros
307 compartilhamentos

Talvez esse seja um castigo justo para aqueles que não possuem coração: só perceber isso quando não pode mais voltar atrás.

A Menina que Roubava Livros
391 compartilhamentos

Está aí uma coisa que nunca saberei nem compreenderei - do que os humanos são capazes.

A Menina que Roubava Livros
335 compartilhamentos

Quando a morte conta uma história, você tem que parar pra ouvi-la.

A Menina que Roubava Livros
480 compartilhamentos

“Com um sorriso desses você não precisa de olhos…”

A Menina que Roubava Livros
181 compartilhamentos

Não me façam feliz. Por favor, não me saciem nem me deixem pensar que alguma coisa boa pode sair disso. Olhem para meus machucados. Olhem para este
arranhão. Estão vendo o arranhão dentro de mim? Estão vendo ele crescer bem diante dos seus olhos, me corroendo? Não quero ter esperança de mais nada.

A Menina que Roubava Livros
128 compartilhamentos

Algumas pessoas passam por sua vida, outros a acompanham até que não lhes seja mais possível, outro estão mais perto do que parecem.

A Menina que Roubava Livros
286 compartilhamentos

Lamentou acordar. Tudo desaparecia quando ela estava dormindo.

A Menina que Roubava Livros
87 compartilhamentos

Não resmungou nem gemeu nem bateu com os pés. Simplesmente engoliu a decepção e optou por um riso calculado - um presente dela para si mesma.

A Menina que Roubava Livros
198 compartilhamentos

"Ele lhe dera as mais belas páginas de sua vida."

A Menina que Roubava Livros
264 compartilhamentos

UMA DEFINIÇÃO NÃO ENCONTRADA NO DICIONÁRIO - Não ir embora: ato de confiança e amor, comumente decifrado pelas crianças.

A Menina que Roubava Livros
117 compartilhamentos

Uma ideia bonita:
Uma, roubava livros.
O outro, roubava o céu

A Menina que Roubava Livros
108 compartilhamentos

"O ser humano não tem um coração como o meu. O coração humano é uma linha, ao passo que o meu é um círculo, e tenho a capacidade interminável de estar no lugar certo na hora certa. A conseqüência disso é que estou sempre achando seres humanos no que eles têm de melhor e de pior. Vejo sua feiúra e sua beleza, e me pergunto como uma mesma coisa pode ser as duas. Mas eles tem uma coisa que eu invejo. Que mais não seja, os humanos têm o bom senso de morrer"

A Menina que Roubava Livros
170 compartilhamentos

Mas, afinal, será que é covardia reconhecer o medo?

A Menina que Roubava Livros
68 compartilhamentos

"O que uma pessoa diz e o que acontece costumam ser duas coisas diferentes.

A Menina que Roubava Livros
89 compartilhamentos

Sobre a morte...basta dizer que, em alguns ponto do tempo, eu me erguerei sobre você com toda a cordialidade possível.Sua alma estará em meus braços.Haverá uma cor pousada em emu ombro. E levarei,você embora gentilmente...

A Menina que Roubava Livros
50 compartilhamentos

A menina não o produzia com frequência, mas, quando ele surgia, seu sorriso era faminto.

A Menina que Roubava Livros
191 compartilhamentos

“As palavras sempre ficam.
Lembre-se sempre do poder
das palavras. Quem escreve
constrói um castelo, e quem
lê passa a habitá-lo.”

A Menina que Roubava Livros
80 compartilhamentos