Textos sobre Caminhos

Cerca de 1320 textos sobre Caminhos

Contra o tempo
3 minutos, vivo o desespero repentino me invadir. E agora?
Faço o que gosto? Ou passei toda minha vida sem saber onde chegar?
Não tenho todo o tempo do mundo.
Quanto e como viver, sorrir não nos faz sofrer!
Sempre que agimos o mundo reage, qual o caminho você escolheu? O da flor ou o do espinho, ambos podem te fazer feliz e isso só depende de você! Vamos cuidar de nossos copos ou de nossos corpos?
Não se esqueça que o tempo que lhe resta é incerto e esta é a única certeza.
Felicidade é viver!

Guilherme Previati
Inserida por GuiPreviati
1 compartilhamento

Muitas vezes sendo bonzinhos não somos reconhecidos pela bondade, outras vezes sendo autênticos não somos reconhecidos pelo excesso de autenticidade, podendo até ser mal interpretado, muitas vezes distribuímos sorrisos para sermos retribuídos com o silencio ou até mesmo ausência de sentimento ou estimulo, por isso é importante nos dedicarmos a pessoas que se importam com nós e nossas atitudes.
As vezes pode ser doloroso investir segundos, minutos ou horas do dia dedicando pensamentos para pessoas que muitas vezes nem se importam, pensam ou lembram de nós, contudo isso é uma escolha que pode mudar a qualquer momento! De certa forma estou repleto de cansaço ao ver todos aderindo às conversas dos iguais, às falsas impressões repletas de atitudes vazia, repletas de jogo, impeto carnal, ou ausência da declaração de sentimentos e expectativas reais e verdadeiras, mas como de certa forma meu maior defeito é ser o que sou não consigo deixar de ser diferente apesar de muitas vezes parecer não fazer a diferença ou surtir algum impacto, mas não me importo com isso, mas sim na mensagem "passada"
Estou levemente enjoado daqueles de sentimentos negativos e falsos personificados em seres que assumem forma de gente e andam por ai abraçando indivíduos repletos de mentiras, cansado de pessoas que mentem pra si mesmas, pessoas que fabricam tristezas, falsas crenças e medo, cavando seu próprio buraco, sua própria cova, tornando o destino previsível e desejando o imprevisível em que sua zona de conforto ou barreiras as impedem de construir ! Medo de amar, medo de largar, medo de fugir, medo de se esconder, e admiradoras de uma inércia repleta de observação e regras que racionalizam o que devem ser espontâneo.
A minha maior vontade na maioria das vezes é de mandar muita coisa pro ar e recomeçar do "zero" fingindo que não percebi e que desconheço tais capacidades repletas de incapacidades, mas a grande verdade que me rodeia e que de certa forma me atormenta, e me motiva, é o fato de ser difícil viver sem isso! Sem essa incerteza, sem essa luta continua pelo entendimento e compreensão! É a vida sendo vida, é a percepção proporcionando evolução através das atitudes, prioridades e escolhas certas, vida se resume a isso!
Sem esse cansaço desgastante, sem essa angústia apavorante e temor latente, não existe aprendizado! Muito menos vida, muito menos graça! Entretanto algo é muito presente: O caminho escolhido que leva a dor! E nossa! Como dói quando o escolhemos não é mesmo? Ele nos expõe, nos revela e nos machuca, mas é uma dor passageira! São dores que são fruto da nossa entrega repleta de expectativas falsas criadas e alimentadas por poemas que lemos, filmes que assistimos, músicas que ouvimos e pessoas extremamente deslumbrantes e perfeitamente erradas nas quais depositamos confianças e expectativas, todavia assumimos tais riscos por simplesmente ESCOLHER, até porque entendemos com clareza onde belas escolhas e caminhos podem nos levar, entendemos que uma vez que partimos do ponto de partida só voltamos nele quando a corrida termina e tudo chega ao fim, e mesmo assim o fim trás um novo caminho, só que desta vez mais curto! Isso se você souber aproveitar bem!

Luis Ricardo Teiga Ramalho
Inserida por luisrtr
1 compartilhamento

Comigo Levava Flores!

[...] eu
já sabia,
que o caminho
era longo,
desde bem
pequena!
Mas nunca me
desanimei de seguir...
Comigo levava flores.
E oferecia aos amigos,
que pela estrada eu fazia.
Deixava
meu cheiro,
para que eu fosse
inesquecível.
E os amigos que nessas
minhas andanças encontrei...
São inesquecíveis!
Caminham até hoje comigo.
Os amores se perderam...
Mas sigo em frente...
Em busca desse sentimento
que move o mundo.
A minha alma.
O meu corpo!

Dayse Sene
Inserida por daysesene
1 compartilhamento

O que realmente estou fazendo? Essa é uma ótima pergunta a se fazer... As vezes me sinto como aquele cão arremessado do trem em movimento.
Na verdade não há beleza rara em tudo que se pode ver.
Isso não quer dizer muita coisa.
Porém, acredito no invisível que está muito acima dessa poeira que embaça meus olhos e suja me corpo.
Está além do salto inevitável e do chão duro ao meu encontro.
É fascinante saber que mesmo sem poder ver.
Há um único trilho que leva a dois caminhos.

Renilmar Fernandes
Inserida por renew
1 compartilhamento

Caminhos de pedra

Pelos caminhos gretados,
Duas paixões são divididas,
Por caminhos estreitos,
Às vezes existem barreiras

Impedem o florescer
De uma paixão a dois,
E o amor, tão grande,
Não consegue derrubá-las

Mas, pelos labirintos de pedra,
Sempre haverá vida,
Uma rosa...
Vermelha, branca ou colorida.

O amor imenso, pode não derrubar,
Mas o que lhe impede de desviar?
Seguindo este longo caminho
São encontrados espinhos,
É encontrado escuridão.

Mas no fundo, sabem de sua paixão.
E, todo caminho que tem espinhos,
No final/ápice traz um botão
Que floresce da união de dois corações.

Douglas Azevedo
Inserida por AZEVEDODouglas
1 compartilhamento

Era uma vez...
Não é assim que começa uma história (ou estória?)?
Enquanto isso...É o que passa no seu desenrolar
Alegria, tristeza, glória, dor, encontros, desencontros, amizade, brigas,
amor , desamor, sonhos (muitos sonhos), pesadelos ...Enfim o importante é a busca pelo final feliz!
E viveram felizes para sempre...não é desta forma que termina a história?
Ou será que é o início de uma nova? Novos caminhos?
São todos estes questionamentos que faço quando chego ao final de um conto...de um livro!
A Felicidade será para sempre? Ou será que caminhamos sem saber para onde vamos?
Será que realmente ” Nós não precisamos saber aonde vamos...só precisamos ir”?
Estou acordado vou começar de novo...É uma vez...Sou desta vez...Serei desta vez...vou desta vez...Irei desta vez...Afinal acho que realmente não preciso saber aonde ir...só preciso ir!

Junior Campos
Inserida por JUNIORFERINHA
1 compartilhamento

Somos humanos e é por isso que temos o direito e o dever de crescer todos os dias. Posso deixar para trás caminhos, que sempre percorri, mas posso aprender a trilhar um novo caminho. Entretanto, só eu posso decidir por este renascer diário.
Marilina Baccarat no livro "Pelos Caminhos do Viver"

Marilina Baccarat - escritora brasileira
Inserida por MarilinaBaccarat
1 compartilhamento

Os caminhos do destino são regidos por uma força maior, as vezes sendo bem diferentes de nossos próprios planos e caminhos. Aprendi que sempre escrevem certo por linhas tortas, escrevem torto por linhas certas, mas nunca escrevem reto por linhas retas.
"Eis um dos grandes mistérios que regem a vida e a fé dos homens."

(Callegari)

Valdir Callegari
Inserida por ValdirCallegari
1 compartilhamento

Um dos maiores problemas das pessoas é acharem que apenas elas estão certas, mas no entanto esquecem que existem inúmeras verdades. A questão maior é, qual é a sua verdade?
São muitos caminhos, e em todos eles contêm respostas diferentes.
Então, apenas siga a sua estrada, siga o seus dogmas, o que acha certo, o que te convém. Afinal, ninguém tem direito de interferir, somos livres! Mas tem um detalhe... Você tem suas idéias, mas não se esqueça que elas não válidas para todos. O que você segue não é uma lei para seu próximo.
O caminho da felicidade não é igual para todos... Somos diferentes com apenas um proposito: Fazer a diferença

Vitória Reis
Inserida por vitoriareisfrases
1 compartilhamento

"A cada passo que dou pelas estradas da vida mais sinto a eterna transformação que o lapidar da vida nos proporciona, então, entendi que todas minhas lágrimas foram para curar minha alma,e, com isso o processo Fênix se iniciou...
Quantas vezes não temos noção do quão frágeis somos e que a vida não nos quer assim, por isso nos coloca em situações extremas, pois assim despertará o que de mais belo há em nós.
Hoje sou uma FÊNIX, pois renasço das minhas próprias cinzas...
Apenas aqueles puros de alma e que não temem queimar-se conseguirão provar dos meus encantos e segredos."
(Hélia Michelin)

Hélia Michelin
Inserida por SementinhaDeLuz
1 compartilhamento

Outra vez

Se o acaso nos quisesse, seriamos dele por todo fim.
Mas resolvemos dizer sim a caminhos diferentes,
No fim da noite na hora de dormi.

Costumávamos a lembrar das coisas bobas da infância, que podiam ainda existir.
Mas o acaso não nos condenou a sermos assim,
Por uma coisa boba, pagamos o preço no fim da tarde, na hora de ver o sol partir.

Lembra-se dele, eram tantas coisas, tantas cores, de mil formas e infinitos sins.
Era teu sorriso, era tua forma de me dizer fique aqui,
Era teu sorriso, que cantava em meus olhos, era tua boca, enroscada em meu rosto de mil formas sem fim.
Era tua voz, era tuas músicas que me embalavam em teus braços, meu sono acordado sem fim.

Era teu sorriso, era tua forma, teu jeito exagerado,
Exagerado jeito de expressar o teu sorrir, intenso e delicado eras tu ser sem fim.
Eram tantas coisas, tantas cores, de mil formas e infinitos sins...
E se, o acaso nos quisesse, outra vez,
Você diria sim?

Andria Thalia
Inserida por LOMiranda
1 compartilhamento

Uma promessa

Quando o coração está aos borbulhões.
Quando você se compromete e não pode deixar por menos.
Quando se coloca todas as energias para cumprir tua promessa.
Não podemos colocar à ninguém a tua carga.
Podemos aprender a não aceitar um peso maior do que aquele que se pode carregar, com pena da frustração e de permitir energia espúrias em teu caminho.
Melhor, respirar fundo. Aceitar tua decisão é seguir em frente.
Não cabe reclamar nem colocar o vírus da culpa ou ignorância no aprendiz.
Será Sempre melhor calar, e AGIR para que os "Arcanjos" te protejam e te liberem os caminhos futuros.
Que nossa Luz seja sempre brilhante e plena.

Ivan Madeira
Inserida por marciacristtiane
1 compartilhamento

A vida é interessante! Um monte de acontecimentos em uma sequência estranha que às vezes parece acontecer de forma contraria ao que vc queria. E aí ela continua, seguindo um rumo programado, e te leva pra lugares aos quais você nunca sonhou ir. E assim ela segue, cheia de altos e baixos, encantos e desencantos, erros e acertos, sorriso e dor, amizades e inimizades, encontros e desencontros. E te faz sorrir, e te faz chorar...
E nesse vai e vem de emoções parece que o que menos importa é a sua vontade.

Cléia Lima
Inserida por CleiaSLima
1 compartilhamento

Estrada incerta
A vida é uma estrada incerta... ora sinuosa, ora serena. Se mostra inquieta em busca de tantas respostas, em um mundo às vezes de costas!
Na perenidade, ou por receio, insegurança ou temor, deixamos perdidos no meio do caminho os sonhos, o amor, a esperança e a garra para seguirmos enfrente. Deixamos de ser o condutor desta vida etérea, e assim, sem darmos conta, nos abandonamos feito as placas de sinalização empurradas pelo vendaval da realidade, completamente perdidas nos acostamentos do ontem.

Ana Stoppa
Inserida por AnaStoppa
1 compartilhamento

Achamos que temos o controle de tudo, não é mesmo?

Vou acordar as sete;
Vou almoçar arroz com feijão;
Vou concluir aquele trabalho antes das três.

E assim seguimos débeis em nossas rotinas. Mas a verdade é que não temos controle sobre nada. Um dia podemos acordar e já ter 80 anos ou simplesmente ver que tudo que vivíamos era uma doce ilusão. Ah! Matrix.

O fato que mais me chama atenção nessa falta de controle toda é saber que vale muito mais a pena se perder e se encontrar nas esquinas da vida do que nunca ter tido a chance de se descontrolar.

Eu acordei em um dia chateada. Trabalho, curso, provas… E pra completar meu dia ‘maravilhoso’ uma greve de ônibus fez muita gente ir andando pra casa. Foi a gota d’água para mim. Eu estava realmente brava com minha vida.

A última coisa que eu imaginava encontrar naquele dia era uma pedra preciosa pelo chão. E andando sozinha pelas ruas, confusões, badernas… Naquele cenário de fim mundo eu acabei encontrando algo realmente valioso.

Quando dei por mim estava caminhando junto a um grupo de garotos que seguiam na mesma direção que eu. Nós não nos conhecíamos, mas a desgraça nos uniu de certa forma.

De repente surge uma carona, alguém para e chama aqueles garotos para entrar, exceto eu. Claro! Não havia lugar para uma desconhecida deles. Eu seguiria sozinha naquela estrada longa, brava e irritada até com meus cadarços.

Porém, uma garota que estava naquele grupo não entrou no carro. A menina continuou a pé comigo.

Pausei por um instante meu exercício de “Ódio ao dia” e perguntei o porquê dela deixar a canora com os amigos para seguir comigo. Ela respondeu que não iria deixar uma garota continuar a pé sozinha naquela estrada e, afinal de contas, nós estávamos indo para o mesmo lugar.

Aquela jovem não me conhecia, ainda assim, ela tomou o controle daquele fato inesperado rompendo a hegemonia do caos.

Ela tomou o controle do fato, porém perdeu para o destino.

Ela não seguiu a programação do acaso e continuou com seus colegas aproveitando a carona que viria muito a calhar naquele dia.

Ela se permitiu perder o controle. Apostou na companhia de uma estranha que caminhava emburrada pela estrada de asfalto e da vida.

Ela não se importou com os quilômetros que andaríamos a pé.

Ela não se importou em me falar da sua vida e dos seus problemas.

Ela não se importou em dar umas risadas comigo daquela situação toda.

Conversamos quase todo caminho, incessantes. Era uma busca desesperada por saber sempre mais. Eu tinha medo que o assunto acabasse e ainda faltasse mais estrada para caminharmos. E este não foi apenas o motivo, aquela garota era alguém realmente interessante de se conhecer.

E depois de tantas coincidências, amigos em comum, lugares frequentados… Percebemos que deveríamos ter nos conhecido desde crianças. Mas de alguma maneira nunca havíamos nos esbarrado por ai. E talvez até tivéssemos, porém sem ter controle algum para nos perceber.

Naquele dia eu decidi que eu nunca mais iria querer ter o controle da minha vida nas mãos, mesmo que fosse possível. Pois até então eu não sabia, mas eu havia conhecido uma das pessoas com quem eu mais iria me importar dali em diante.

Hoje celebro muitas amizades que tenho. Sou sempre grata a Deus e a falta de controle em nossas vidas que nos permitem conhecer pessoas magníficas, até mesmo quando o caos domina o dia e nada concorre para o bem.

E posso dizer com toda certeza àquela garota que conheci na estrada. Que não importam os caminhos que a vida a leve, se houver uma estrada difícil para caminhar eu deixarei qualquer atalho ou qualquer “carona” pra seguir com ela.

E mesmo que os caminhos que possamos percorrer sejam árduos, as pedras preciosas que encontraremos pela estrada valerão a pena cada passo dado, cada espinho pisado e cada tropeço que daremos.

Estas pedras de valor inestimável são nossos amigos, a família que podemos colher com as mãos. Sãos os amores que vem para sarar as feridas dos nossos pés, mas que acabamos guardando no coração. São aquelas pessoas que ainda não estão em nossas vidas, mas que de alguma forma, já estão pela estrada à frente esperando nossos passos cruzarem seus destinos.

Que deixemos perder o controle de nossas vidas mais vezes. A gente nunca sabe o quão valioso bem podemos encontrar em meio ao caos.

Texto em homenagem ao aniversário de uma grande amiga.

17 de fevereiro de 2017

Nêssa Souza
Inserida por WanessaPriscila
1 compartilhamento

A alegria dirige o sentido da vida.
Sem alegrias a vida é como uma mochila cheia de pedras.
Nada nos interessa falta o essencial.
Para viver com mais alegria, desperte em você as coisas simples e o espírito de reverencia e agradecimento a tudo.
Caminhe nessa gratidão.
A alegria verdadeira é simples , mas extremamente profunda, não se esvai com as decepções e sofrimentos. Sinta-a.
A alegria atrai as brisas e ventos da paz.
A entrega do coração a fé, faz surgir alegrias e novos caminhos de vida.

(Callegari)

Valdir Callegari
Inserida por ValdirCallegari
1 compartilhamento

A vida nos leva a caminhos estranhos muitas vezes até intransitáveis mas para você isso não pode se tornar uma caminhada impossível.
Acredito que se tem fé e determinação será possível desbravar e tornar transitável este novo caminho e descobrir que depois da escuridão a um novo mundo cheio de oportunidades.

Wilker Sátiro
Inserida por wilkersatiro
1 compartilhamento

Re-fazer caminhos há muito tempo não percorridos, ou pouco via de acesso foi re-construir uma ponte. Habitamos por ser homens e construímos a todo tempo no decorrer de nossas vidas.

Re-fazer os caminhos que um dia foram percorridos ou que são às vezes a via de acesso nos leva, ou nos trás a paz que temos no fundo bem guardados.
O tempo nos pertence, o passado nos pertence. Temos a liberdade de poder re-pensar e re-viver o que já se foi vivido.
Temos a capacidade de re-viver momentos que um dia foram únicos e que são e que serão. Mesmo que o tempo nos leve para longe, ainda assim voltaremos no passado com a liberdade que nos cabe. Tudo que dedicamos a nós e a outros, tudo que demonstramos, tudo que construímos, tudo que habitamos e tudo que pensamos, floresce como o campo. Os frutos aparecem a partir da construção, a partir do que se planta.

Preservar dentro de nós aquilo que um dia habitamos no passado, é como poder re-construir uma ponte a qualquer momento e voltar lá como se fosse a primeira vez. Proteger esse patrimônio ?que não cresce? mas que sustenta a memória é andar sobre a ponte que liga o passado ao presente como se fossem as margens de uma represa que acabou de nascer e que precisa se encontrar.

Essa coisa que chamamos de ponte, polissomicamente têm suas características. Referido-nos a ponte quando ligamos o tempo, o passado e o presente. Lembramos-nos de ponte quando re-fazemos caminhos que necessitam da transição de um lugar para outro, de um bairro a outro bairro. Pensamos em ponte quando nos lembramos de que criança fomos e hoje adulto existimos.

Percorremos o mundo, percorremos os espaços, percorremos no tempo, percorremos na ponte da vida. Na linha do passado que se passa no presente a avança para o futuro, não saímos da ponte que nos faz transitar nessa caminhada. É verdade que atalhos existem, mas sempre voltarão na mesma caminhada, na mesma ponte que nos leva além. Construímos por habitar, habitamos porque construímos, e pensamos porque já somos habitantes que construíram. O espaço é nosso, por isso vivemos, pois, o espaço não está em oposição a nós e sim com nós, conosco, existente. Se existimos é porque temos espaço, pois ele faz parte de nós, e nós partes dele.

Traçar a nossa rota é caminhar pela ponte da vida que liga ao passado nos fazendo lembrar-se de um instante ímpar. Ao futuro, no qual estamos habitando, construímos a ponte que se estenderá infinitamente, à medida que habitarmos e pensarmos no que fomos e no que somos.

Reginaldo Aparecido Silva
Inserida por ReginaldoSilva
1 compartilhamento

BOM DIA – 16/08/2017 – BRILHO DO OLHAR DE DEUS
Bom dia! Que Deus acompanhe-nos na turbulência dos dias, segura a nossa mão e guia-nos pelos caminhos inóspitos da terra e mostre-nos as cores do Seu olhar de perdão, de serenidade e profundo amor. Desejo que o colorido olhar de Deus brilhe no nosso dia!

Sezar Kosta
Inserida por sezarkosta
1 compartilhamento

Ei, desligue o "piloto automático" de sua vida. A sua versão "manual" é cheia de detalhes e são eles que, no fim das contas, fazem a diferença, que te ensinam e te fazem perceber as verdadeiras maravilhas do caminho.
As vezes, ficamos tempos demais apenas sobrevivendo aos dias, às situações, passando por tudo como se tivéssemos ligado o piloto automático de nossas vidas e apenas deixado ela seguir qualquer rumo, sem destino certo.
E aí, em determinado momento, percebemos que esses rumos eram bem diferentes do que gostaríamos de ter tomado, do que precisaríamos ter tomado.
Mas, se você chegou ao ponto de perceber isso é porque ainda há tempo, é porque você ainda pode
tomar a direção e guiar sua vida para o destino que quiser. Guie em direção aquele Horizonte que está aí, dentro de sua memória e que você anseia tanto em ver de novo.
Só não se esqueça de aproveitar o caminho... Não foque apenas no destino. Não deixe de aproveitar a paisagem que vai encontrar, de perceber os pequenos detalhes que farão sua caminhada ter valido a pena. Foque no momento, na apreciação e execução de cada tarefa que precisar executar (em sua unicidade, simplicidade e complexidade), foque no auxílio e na beleza das amizades que fará.
Ah, e não tenha pressa! Esqueça essa coisa chamada "tempo". Você não está em uma competição. Você está apenas retomando o controle natural sobre sua vida e se permitindo a se reencontrar, se reconhecer (e isso leva tempo, talvez o mesmo tempo que você perdeu deixando tudo seguir no piloto automático).
Se você tomou a direção e está disposto a aproveitar cada momento dessa "viagem", logo você chegará ao seu destino, isso é inevitável. Enquando isso, aproveite...

Iara Triers
Inserida por triers
1 compartilhamento