Textos Bíblicos

Cerca de 1722 textos Bíblicos

Então Jesus contou aos seus discípulos uma parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar.
Ele disse: "Em certa cidade havia um juiz que não temia a Deus nem se importava com os homens.
E havia naquela cidade uma viúva que se dirigia continuamente a ele, suplicando-lhe: 'Faze-me justiça contra o meu adversário'.
"Por algum tempo ele se recusou. Mas finalmente disse a si mesmo: 'Embora eu não tema a Deus e nem me importe com os homens,
esta viúva está me aborrecendo; vou fazer-lhe justiça para que ela não venha mais me importunar' ".
E o Senhor continuou: "Ouçam o que diz o juiz injusto.
Acaso Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele dia e noite? Continuará fazendo-os esperar?
Eu digo a vocês: Ele lhes fará justiça e depressa. Contudo, quando o Filho do homem vier, encontrará fé na terra?"

Bíblia Sagrada
Lucas 18:1-8.

Tu a quem tomei desde os fins da terra e te chamei dentre os seus mais excelentes, e te disse: Tu és o meu servo, a ti te escolhi e não te rejeitei.
Não temas, porque Eu sou contigo; não te assombres, porque Eu sou teu Deus: eu te esforço, e te sustento com minha destra da minha justiça.
(Isaías 41:9-10)

Salmo 136

1 Deem graças ao Senhor, porque ele é bom. O seu amor dura para sempre!
2 Deem graças ao Deus dos deuses. O seu amor dura para sempre!
3 Deem graças ao Senhor dos senhores. O seu amor dura para sempre!
4 Ao único que faz grandes maravilhas, O seu amor dura para sempre!
5 Que com habilidade fez os céus, O seu amor dura para sempre!
6 Que estendeu a terra sobre as águas; O seu amor dura para sempre!
7 Àquele que fez os grandes luminares: O seu amor dura para sempre!
8 O sol para governar o dia, O seu amor dura para sempre!
9 A lua e as estrelas para governarem a noite. O seu amor dura para sempre!
10 Àquele que matou os primogênitos do Egito O seu amor dura para sempre!
11 E tirou Israel do meio deles O seu amor dura para sempre!
12 Com mão poderosa e braço forte. O seu amor dura para sempre!
13 Àquele que dividiu o mar Vermelho O seu amor dura para sempre!
14 E fez Israel atravessá-lo, O seu amor dura para sempre!
15 Mas lançou o faraó e o seu exército no mar Vermelho. O seu amor dura para sempre!
16 Àquele que conduziu seu povo pelo deserto, O seu amor dura para sempre!
17 Feriu grandes reis O seu amor dura para sempre!
18 E matou reis poderosos: O seu amor dura para sempre!
19 Seom, rei dos amorreus, O seu amor dura para sempre!
20 E Ogue, rei de Basã, O seu amor dura para sempre!
21 E deu a terra deles como herança, O seu amor dura para sempre!
22 Como herança ao seu servo Israel. O seu amor dura para sempre!
23 Àquele que se lembrou de nós quando fomos humilhados O seu amor dura para sempre!
24 E nos livrou dos nossos adversários; O seu amor dura para sempre!
25 Àquele que dá alimento a todos os seres vivos. O seu amor dura para sempre!
26 Deem graças ao Deus dos céus. O seu amor dura para sempre!

Seja forte e corajoso, porque você conduzirá esse povo para herdar a terra que prometi sob juramento aos seus antepassados.
Somente seja forte e muito corajoso! Tenha o cuidado de obedecer a toda a lei que o meu servo Moisés lhe ordenou; não se desvie dela, nem para a direita, nem para a esquerda, para que você seja bem-sucedido por onde quer que andar.
Não deixe de falar as palavras deste Livro da Lei e de meditar nelas de dia e de noite, para que você cumpra fielmente tudo o que nele está escrito. Só então os seus caminhos prosperarão e você será bem-sucedido.
Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem se desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar.
(Josué 1:6-9)

Na minha angústia clamei ao Senhor; e o Senhor me respondeu, dando-me ampla liberdade.
O Senhor está comigo, não temerei. O que me podem fazer os homens?
O Senhor está comigo; ele é o meu ajudador. Verei a derrota dos meus inimigos.
É melhor buscar refúgio no Senhor do que confiar nos homens.
É melhor buscar refúgio no Senhor do que confiar em príncipes.
Todas as nações me cercaram, mas em nome do Senhor eu as derrotei.
Cercaram-me por todos os lados, mas em nome do Senhor eu as derrotei.
Cercaram-me como um enxame de abelhas, mas logo se extinguiram como espinheiros em chamas. Em nome do Senhor eu as derrotei!
Empurraram-me para forçar a minha queda, mas o Senhor me ajudou.
O Senhor é a minha força e o meu cântico; ele é a minha salvação.
Alegres brados de vitória ressoam nas tendas dos justos: "A mão direita do Senhor age com poder!
A mão direita do Senhor é exaltada! A mão direita do Senhor age com poder! "
Não morrerei; mas vivo ficarei para anunciar os feitos do Senhor.
O Senhor me castigou com severidade, mas não me entregou à morte.
Abram as portas da justiça para mim, pois quero entrar para dar graças ao Senhor.
Esta é a porta do Senhor, pela qual entram os justos.
Dou-te graças, porque me respondeste e foste a minha salvação.

Salmos 118:5-21

Por essa razão, ajoelho-me diante do Pai,
do qual recebe o nome toda a família nos céus e na terra.
Oro para que, com as suas gloriosas riquezas, ele os fortaleça no íntimo do seu ser com poder, por meio do seu Espírito,
para que Cristo habite em seus corações mediante a fé; e oro para que vocês, arraigados e alicerçados em amor,
possam, juntamente com todos os santos, compreender a largura, o comprimento, a altura e a profundidade,
e conhecer o amor de Cristo que excede todo conhecimento, para que vocês sejam cheios de toda a plenitude de Deus.
Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós,
a ele seja a glória na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre! Amém!

Efésios 3:14-21

Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá.
Quem semeia para a sua carne, da carne colherá destruição; mas quem semeia para o Espírito, do Espírito colherá a vida eterna.
E não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos.

Gálatas 6:7-9

Salmo 27

1 O Senhor é a minha luz e a minha salvação; de quem terei temor? O Senhor é o meu forte refúgio; de quem terei medo?
2 Quando homens maus avançarem contra mim para destruir-me, eles, meus inimigos e meus adversários, é que tropeçarão e cairão.
3 Ainda que um exército se acampe contra mim, meu coração não temerá; ainda que se declare guerra contra mim, mesmo assim estarei confiante.
4 Uma coisa pedi ao Senhor e a procuro: que eu possa viver na casa do Senhor
todos os dias da minha vida, para contemplar a bondade do Senhor e buscar sua orientação no seu templo.
5 Pois no dia da adversidade ele me guardará protegido em sua habitação; no seu tabernáculo me esconderá e me porá em segurança sobre um rochedo.
6 Então triunfarei sobre os inimigos que me cercam. Em seu tabernáculo oferecerei sacrifícios com aclamações; cantarei e louvarei ao Senhor.
7 Ouve a minha voz quando clamo, ó Senhor; tem misericórdia de mim e responde-me.
8 A teu respeito diz o meu coração: Busque a minha face! A tua face, Senhor, buscarei.
9 Não escondas de mim a tua face, não rejeites com ira o teu servo; tu tens sido o meu ajudador. Não me desampares nem me abandones, ó Deus, meu salvador!
10 Ainda que me abandonem pai e mãe, o Senhor me acolherá.
11 Ensina-me o teu caminho, Senhor; conduze-me por uma vereda segura por causa dos meus inimigos.
12 Não me entregues ao capricho dos meus adversários, pois testemunhas falsas se levantam contra mim, respirando violência.
13 Apesar disso, esta certeza eu tenho: viverei até ver a bondade do Senhor na terra.
14 Espere no Senhor. Seja forte! Coragem! Espere no Senhor.

Faze-me justiça, ó Deus, e pleiteia a minha causa contra uma nação ímpia; livra-me do homem fraudulento e iníquo.
Pois tu és o Deus da minha fortaleza; por que me rejeitaste? por que ando em pranto por causa da opressão do inimigo?
Envia a tua luz e a tua verdade, para que me guiem; levem-me elas ao teu santo monte, e à tua habitação.
Então irei ao altar de Deus, a Deus, que é a minha grande alegria; e ao som da harpa te louvarei, ó Deus, Deus meu.
Por que estás abatida, ó minha alma? e por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a ele que é o meu socorro, e o meu Deus.
(Salmo 43)

Paulo a Timóteo:

O Amor ao Dinheiro

6 De fato, a piedade com contentamento é grande fonte de lucro, 7 pois nada trouxemos para este mundo e dele nada podemos levar; 8 por isso, tendo o que comer e com que vestir-nos, estejamos com isso satisfeitos.

9 Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição, 10 pois o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram com muitos sofrimentos.

11 Você, porém, homem de Deus, fuja de tudo isso e busque a justiça, a piedade, a fé, o amor, a perseverança e a mansidão. 12 Combata o bom combate da fé. Tome posse da vida eterna, para a qual você foi chamado e fez a boa confissão na presença de muitas testemunhas.

1Timóteo 6:6-12

PAULO PREGA NO AREÓPAGO DE ATENAS:

Paulo, em pé no meio do Areópago, disse: “Homens de Atenas, em tudo vos vejo muitíssimo religiosos.
23 Percorrendo a cidade e considerando os monumentos do vosso culto, encontrei também um altar com esta inscrição: ‘A um Deus desconhecido’. O que adorais sem o conhecer, eu vo-lo anuncio!
24 O Deus, que fez o mundo e tudo o que nele há, é o Senhor do céu e da terra, e não habita em templos feitos por mãos humanas.
25 Nem é servido por mãos de homens, como se necessitasse de alguma coisa, porque é ele quem dá a todos a vida, a respiração e todas as coisas.
26 Ele fez nascer de um só homem todo o gênero humano, para que habitasse sobre toda a face da terra. Fixou aos povos os tempos e os limites da sua habitação.
27 Tudo isso para que procurem a Deus e se esforcem por encontrá-lo como que às apalpadelas, pois na verdade ele não está longe de cada um de nós.
28 Porque é nele que temos a vida, o movimento e o ser, como até alguns dos vossos poetas disseram: Nós somos também de sua raça...
29 Se, pois, somos da raça de Deus, não devemos pensar que a divindade é semelhante ao ouro, à prata ou à pedra lavrada por arte e gênio dos homens.
30 Deus, porém, não levando em conta os tempos da ignorância, convida agora a todos os homens de todos os lugares a se arrependerem.
31 Porquanto fixou o dia em que há de julgar o mundo com justiça, pelo ministério de um homem que para isso destinou. Para todos deu como garantia disso o fato de tê-lo ressuscitado dentre os mortos”.
32 Quando o ouviram falar de ressurreição dos mortos, uns zombavam e outros diziam: “A respeito disso te ouviremos outra vez”.
33 Assim saiu Paulo do meio deles.
34 Todavia, alguns homens aderiram a ele e creram: entre eles, Dionísio, o areopagita, e uma mulher chamada Dâmaris; e com eles ainda outros.
.......................................
18 1 Depois disso, saindo de Atenas, Paulo dirigiu-se a Corinto.

(Paulo Apóstolo, in Atos dos Apóstolos, cap.17-18,1

Finalmente, fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder.
Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo,
pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais.
Por isso, vistam toda a armadura de Deus, para que possam resistir no dia mau e permanecer inabaláveis, depois de terem feito tudo.
Assim, mantenham-se firmes, cingindo-se com o cinto da verdade, vestindo a couraça da justiça
e tendo os pés calçados com a prontidão do evangelho da paz.
Além disso, usem o escudo da fé, com o qual vocês poderão apagar todas as setas inflamadas do Maligno.
Usem o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus.
Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem na oração por todos os santos.

Efésios 6:10-18

Bendito seja o Senhor, pois ouviu as minhas súplicas.
O Senhor é a minha força e o meu escudo; nele o meu coração confia, e dele recebo ajuda. Meu coração exulta de alegria, e com o meu cântico lhe darei graças.
O Senhor é a força do seu povo, a fortaleza que salva o seu ungido.
Salva o teu povo e abençoa a tua herança! Cuida deles como o seu pastor e conduze-os para sempre.

Salmos 28:6-9

Quanto a mim, pouco me importa ser julgado por vocês ou por qualquer tribunal humano. Nem eu julgo a mim mesmo. / É verdade que a minha consciência de nada me acusa, mas isso não significa que eu seja inocente: quem me julga é o Senhor. / Por isso, não julguem nada antes do tempo; esperem que chegue o Senhor. Ele porá às claras tudo o que se esconde nas trevas, e manifestará as intenções dos corações.
1Coríntios 4, 3-5

Necessário que abandoneis vosso primeiro gênero de vida e vos despojeis do homem velho, que vai se corrompendo por paixões enganosas para uma transformação espiritual de vossa mentalidade e revestir-vos da nova natureza, criada segundo Deus em justiça e verdadeira santidade.
Efésios 4, 22-14

Salmo 37

1 Não se aborreça por causa dos homens maus e não tenha inveja dos perversos;
2 pois como o capim logo secarão, como a relva verde logo murcharão.
3 Confie no Senhor e faça o bem; assim você habitará na terra e desfrutará segurança.
4 Deleite-se no Senhor, e ele atenderá aos desejos do seu coração.
5 Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá:
6 ele deixará claro como a alvorada que você é justo, e como o sol do meio-dia que você é inocente.
7 Descanse no Senhor e aguarde por ele com paciência; não se aborreça com o sucesso dos outros nem com aqueles que maquinam o mal.
8 Evite a ira e rejeite a fúria; não se irrite: isso só leva ao mal.
9 Pois os maus serão eliminados, mas os que esperam no Senhor receberão a terra por herança.
10 Um pouco de tempo, e os ímpios não mais existirão; por mais que você os procure, não serão encontrados.
11 Mas os humildes receberão a terra por herança e desfrutarão pleno bem-estar.
12 Os ímpios tramam contra os justos e rosnam contra eles;
13 o Senhor, porém, ri dos ímpios, pois sabe que o dia deles está chegando.
14 Os ímpios desembainham a espada e preparam o arco para abater o necessitado e o pobre, para matar os que andam na retidão.
15 Mas as suas espadas irão atravessar-lhes o coração, e os seus arcos serão quebrados.
16 Melhor é o pouco do justo do que a riqueza de muitos ímpios;
17 pois o braço forte dos ímpios será quebrado, mas o Senhor sustém os justos.
18 O Senhor cuida da vida dos íntegros, e a herança deles permanecerá para sempre.
19 Em tempos de adversidade não ficarão decepcionados; em dias de fome desfrutarão fartura.
20 Mas os ímpios perecerão; os inimigos do Senhor murcharão como a beleza dos campos; desvanecerão como fumaça.
21 Os ímpios tomam emprestado e não devolvem, mas os justos dão com generosidade;
22 aqueles que o Senhor abençoa receberão a terra por herança, mas os que ele amaldiçoa serão eliminados.
23 O Senhor firma os passos de um homem, quando a conduta deste o agrada;
24 ainda que tropece, não cairá, pois o Senhor o toma pela mão.
25 Já fui jovem e agora sou velho, mas nunca vi o justo desamparado nem seus filhos mendigando o pão.
26 Ele é sempre generoso e empresta com boa vontade; seus filhos serão abençoados.
27 Desvie-se do mal e faça o bem; e você terá sempre onde morar.
28 Pois o Senhor ama quem pratica a justiça, e não abandonará os seus fiéis. Para sempre serão protegidos, mas a descendência dos ímpios será eliminada;
29 os justos herdarão a terra e nela habitarão para sempre.
30 A boca do justo profere sabedoria, e a sua língua fala conforme a justiça.
31 Ele traz no coração a lei do seu Deus; nunca pisará em falso.
32 O ímpio fica à espreita do justo, querendo matá-lo;
33 mas o Senhor não o deixará cair em suas mãos nem permitirá que o condenem quando julgado.
34 Espere no Senhor e siga a sua vontade. Ele o exaltará, dando-lhe a terra por herança; quando os ímpios forem eliminados, você o verá.
35 Vi um homem ímpio e cruel florescendo como frondosa árvore nativa,
36 mas logo desapareceu e não mais existia; embora eu o procurasse, não pôde ser encontrado.
37 Considere o íntegro, observe o justo; há futuro para o homem de paz.
38 Mas todos os rebeldes serão destruídos; futuro para os ímpios nunca haverá.
39 Do Senhor vem a salvação dos justos; ele é a sua fortaleza na hora da adversidade.
40 O Senhor os ajuda e os livra; ele os livra dos ímpios e os salva, porque nele se refugiam.

Salmo 55

1 Escuta a minha oração, ó Deus, não ignores a minha súplica;
2 ouve-me e responde-me! Os meus pensamentos me perturbam, e estou atordoado
3 diante do barulho do inimigo, diante da gritaria dos ímpios; pois eles aumentam o meu sofrimento e, irados, mostram seu rancor.
4 O meu coração está acelerado; os pavores da morte me assaltam.
5 Temor e tremor me dominam; o medo tomou conta de mim.
6 Então eu disse: Quem dera eu tivesse asas como a pomba; voaria até encontrar repouso!
7 Sim, eu fugiria para bem longe, e no deserto eu teria o meu abrigo.
8 Eu me apressaria em achar refúgio longe do vendaval e da tempestade.
9 Destrói os ímpios, Senhor, confunde a língua deles, pois vejo violência e brigas na cidade.
10 Dia e noite eles rondam por seus muros; nela permeiam o crime e a maldade.
11 A destruição impera na cidade; a opressão e a fraude jamais deixam suas ruas.
12 Se um inimigo me insultasse, eu poderia suportar; se um adversário se levantasse contra mim, eu poderia defender-me;
13 mas logo você, meu colega, meu companheiro, meu amigo chegado,
14 você, com quem eu partilhava agradável comunhão enquanto íamos com a multidão festiva para a casa de Deus!
15 Que a morte apanhe os meus inimigos de surpresa! Desçam eles vivos para a sepultura, pois entre eles o mal acha guarida.
16 Eu, porém, clamo a Deus, e o Senhor me salvará.
17 À tarde, pela manhã e ao meio-dia choro angustiado, e ele ouve a minha voz.
18 Ele me guarda ileso na batalha, sendo muitos os que estão contra mim.
19 Deus, que reina desde a eternidade, me ouvirá e os castigará. Pois jamais mudam sua conduta e não têm temor de Deus.
20 Aquele homem se voltou contra os seus aliados, violando o seu acordo.
21 Macia como manteiga é a sua fala, mas a guerra está no seu coração; suas palavras são mais suaves que o óleo, mas são afiadas como punhais.
22 Entregue suas preocupações ao Senhor, e ele o susterá; jamais permitirá que o justo venha a cair.
23 Mas tu, ó Deus, farás descer à cova da destruição aqueles assassinos e traidores, os quais não viverão a metade dos seus dias. Quanto a mim, porém, confio em ti.

Salmo 119

1 Como são felizes os que andam em caminhos irrepreensíveis, que vivem conforme a lei do Senhor!
2 Como são felizes os que obedecem aos seus estatutos e de todo o coração o buscam!
3 Não praticam o mal e andam nos caminhos do Senhor.
4 Tu mesmo ordenaste os teus preceitos para que sejam fielmente obedecidos.
5 Quem dera fossem firmados os meus caminhos na obediência aos teus decretos.
6 Então não ficaria decepcionado ao considerar todos os teus mandamentos.
7 Eu te louvarei de coração sincero quando aprender as tuas justas ordenanças.
8 Obedecerei aos teus decretos; nunca me abandones.
9 Como pode o jovem manter pura a sua conduta? Vivendo de acordo com a tua palavra.
10 Eu te busco de todo o coração; não permitas que eu me desvie dos teus mandamentos.
11 Guardei no coração a tua palavra para não pecar contra ti.
12 Bendito sejas, Senhor! Ensina-me os teus decretos.
13 Com os lábios repito todas as leis que promulgaste.
14 Regozijo-me em seguir os teus testemunhos como o que se regozija com grandes riquezas.
15 Meditarei nos teus preceitos e darei atenção às tuas veredas.
16 Tenho prazer nos teus decretos; não me esqueço da tua palavra.
17 Trata com bondade o teu servo para que eu viva e obedeça à tua palavra.
18 Abre os meus olhos para que eu veja as maravilhas da tua lei.
19 Sou peregrino na terra; não escondas de mim os teus mandamentos.
20 A minha alma consome-se de perene desejo das tuas ordenanças.
21 Tu repreendes os arrogantes; malditos os que se desviam dos teus mandamentos!
22 Tira de mim a afronta e o desprezo, pois obedeço aos teus estatutos.
23 Mesmo que os poderosos se reúnam para conspirar contra mim, ainda assim o teu servo meditará nos teus decretos.
24 Sim, os teus testemunhos são o meu prazer; eles são os meus conselheiros.
25 Agora estou prostrado no pó; preserva a minha vida conforme a tua promessa.
26 A ti relatei os meus caminhos e tu me respondeste; ensina-me os teus decretos.
27 Faze-me discernir o propósito dos teus preceitos; então meditarei nas tuas maravilhas.
28 A minha alma se consome de tristeza; fortalece-me conforme a tua promessa.
29 Desvia-me dos caminhos enganosos; por tua graça, ensina-me a tua lei.
30 Escolhi o caminho da fidelidade; decidi seguir as tuas ordenanças.
31 Apego-me aos teus testemunhos, ó Senhor; não permitas que eu fique decepcionado.
32 Corro pelo caminho que os teus mandamentos apontam, pois me deste maior entendimento.
33 Ensina-me, Senhor, o caminho dos teus decretos, e a eles obedecerei até o fim.
34 Dá-me entendimento, para que eu guarde a tua lei e a ela obedeça de todo o coração.
35 Dirige-me pelo caminho dos teus mandamentos, pois nele encontro satisfação.
36 Inclina o meu coração para os teus estatutos, e não para a ganância.
37 Desvia os meus olhos das coisas inúteis; faze-me viver nos caminhos que traçaste.
38 Cumpre a tua promessa para com o teu servo, para que sejas temido.
39 Livra-me da afronta que me apavora, pois as tuas ordenanças são boas.
40 Como anseio pelos teus preceitos! Preserva a minha vida por tua justiça!
41 Que o teu amor alcance-me, Senhor, e a tua salvação, segundo a tua promessa;
42 então responderei aos que me afrontam, pois confio na tua palavra.
43 Jamais tires da minha boca a palavra da verdade, pois nas tuas ordenanças
depositei a minha esperança.
44 Obedecerei constantemente à tua lei, para todo o sempre.
45 Andarei em verdadeira liberdade, pois tenho buscado os teus preceitos.
46 Falarei dos teus testemunhos diante de reis, sem ficar envergonhado.
47 Tenho prazer nos teus mandamentos; eu os amo.
48 A ti levanto minhas mãos e medito nos teus decretos.
49 Lembra-te da tua palavra ao teu servo, pela qual me deste esperança.
50 Este é o meu consolo no meu sofrimento: A tua promessa dá-me vida.
51 Os arrogantes zombam de mim o tempo todo, mas eu não me desvio da tua lei.
52 Lembro-me, Senhor, das tuas ordenanças do passado e nelas acho consolo.
53 Fui tomado de ira tremenda por causa dos ímpios que rejeitaram a tua lei.
54 Os teus decretos são o tema da minha canção em minha peregrinação.
55 De noite lembro-me do teu nome, Senhor! Vou obedecer à tua lei.
56 Esta tem sido a minha prática: Obedecer aos teus preceitos.
57 Tu és a minha herança, Senhor; prometi obedecer às tuas palavras.
58 De todo o coração suplico a tua graça; tem misericórdia de mim, conforme a tua promessa.
59 Refleti em meus caminhos e voltei os meus passos para os teus testemunhos.
60 Eu me apressarei e não hesitarei em obedecer aos teus mandamentos.
61 Embora as cordas dos ímpios queiram prender-me, eu não me esqueço da tua lei.
62 À meia-noite me levanto para dar-te graças pelas tuas justas ordenanças.
63 Sou amigo de todos os que te temem e obedecem aos teus preceitos.
64 A terra está cheia do teu amor, Senhor; ensina-me os teus decretos.
65 Trata com bondade o teu servo, Senhor, conforme a tua promessa.
66 Ensina-me o bom senso e o conhecimento, pois confio em teus mandamentos.
67 Antes de ser castigado, eu andava desviado, mas agora obedeço à tua palavra.
68 Tu és bom, e o que fazes é bom; ensina-me os teus decretos.
69 Os arrogantes mancharam o meu nome com mentiras, mas eu obedeço aos teus preceitos de todo o coração.
70 O coração deles é insensível; eu, porém, tenho prazer na tua lei.
71 Foi bom para mim ter sido castigado, para que aprendesse os teus decretos.
72 Para mim vale mais a lei que decretaste do que milhares de peças de prata e ouro.
73 As tuas mãos me fizeram e me formaram; dá-me entendimento para aprender
os teus mandamentos.
74 Quando os que têm temor de ti me virem, se alegrarão, pois na tua palavra
depositei a minha esperança.
75 Sei, Senhor, que as tuas ordenanças são justas, e que por tua fidelidade me castigaste.
76 Seja o teu amor o meu consolo, conforme a tua promessa ao teu servo.
77 Alcance-me a tua misericórdia para que eu tenha vida, porque a tua lei é o meu prazer.
78 Sejam humilhados os arrogantes, pois me prejudicaram sem motivo; mas eu meditarei nos teus preceitos.
79 Venham apoiar-me aqueles que te temem, aqueles que entendem os teus estatutos.
80 Seja o meu coração íntegro para com os teus decretos, para que eu não seja humilhado.
81 Estou quase desfalecido, aguardando a tua salvação, mas na tua palavra depositei a minha esperança.
82 Os meus olhos fraquejam de tanto esperar pela tua promessa, e pergunto: "Quando me consolarás?"
83 Embora eu seja como uma vasilha inútil, não me esqueço dos teus decretos.
84 Até quando o teu servo deverá esperar para que castigues os meus perseguidores?
85 Cavaram uma armadilha contra mim os arrogantes, os que não seguem a tua lei.
86 Todos os teus mandamentos merecem confiança; ajuda-me, pois sou perseguido com mentiras.
87 Quase acabaram com a minha vida na terra, mas não abandonei os teus preceitos.
88 Preserva a minha vida pelo teu amor, e obedecerei aos estatutos que decretaste.
89 A tua palavra, Senhor, para sempre está firmada nos céus.
90 A tua fidelidade é constante por todas as gerações; estabeleceste a terra, que firme subsiste.
91 Conforme as tuas ordens, tudo permanece até hoje, pois tudo está a teu serviço.
92 Se a tua lei não fosse o meu prazer, o sofrimento já me teria destruído.
93 Jamais me esquecerei dos teus preceitos, pois é por meio deles que preservas a minha vida.
94 Salva-me, pois a ti pertenço e busco os teus preceitos!
95 Os ímpios estão à espera para destruir-me, mas eu considero os teus testemunhos.
96 Tenho constatado que toda perfeição tem limite; mas não há limite para o teu mandamento.
97 Como eu amo a tua lei! Medito nela o dia inteiro.
98 Os teus mandamentos me tornam mais sábio que os meus inimigos, porquanto estão sempre comigo.
99 Tenho mais discernimento que todos os meus mestres, pois medito nos teus testemunhos.
100 Tenho mais entendimento que os anciãos, pois obedeço aos teus preceitos.
101 Afasto os pés de todo caminho mau para obedecer à tua palavra.
102 Não me afasto das tuas ordenanças, pois tu mesmo me ensinas.
103 Como são doces para o meu paladar as tuas palavras! Mais que o mel para a minha boca!
104 Ganho entendimento por meio dos teus preceitos; por isso odeio todo caminho de falsidade.
105 A tua palavra é lâmpada que ilumina os meus passos e luz que clareia o meu caminho.
106 Prometi sob juramento e o cumprirei: vou obedecer às tuas justas ordenanças.
107 Passei por muito sofrimento; preserva, Senhor, a minha vida, conforme a tua promessa.
108 Aceita, Senhor, a oferta de louvor dos meus lábios, e ensina-me as tuas ordenanças.
109 A minha vida está sempre em perigo, mas não me esqueço da tua lei.
110 Os ímpios prepararam uma armadilha contra mim, mas não me desviei dos teus preceitos.
111 Os teus testemunhos são a minha herança permanente; são a alegria do meu coração.
112 Dispus o meu coração para cumprir os teus decretos até o fim.
113 Odeio os que são inconstantes, mas amo a tua lei.
114 Tu és o meu abrigo e o meu escudo; e na tua palavra depositei a minha esperança.
115 Afastem-se de mim os que praticam o mal! Quero obedecer aos mandamentos do meu Deus!
116 Sustenta-me, segundo a tua promessa, e eu viverei; não permitas que se frustrem as minhas esperanças.
117 Ampara-me, e estarei seguro; sempre estarei atento aos teus decretos.
118 Tu rejeitas todos os que se desviam dos teus decretos, pois os seus planos enganosos são inúteis.
119 Tu destróis como refugo todos os ímpios da terra; por isso amo os teus testemunhos.
120 O meu corpo estremece diante de ti; as tuas ordenanças enchem-me de temor.
121 Tenho vivido com justiça e retidão; não me abandones nas mãos dos meus opressores.
122 Garante o bem-estar do teu servo; não permitas que os arrogantes me oprimam.
123 Os meus olhos fraquejam, aguardando a tua salvação e o cumprimento da tua justiça.
124 Trata o teu servo conforme o teu amor leal e ensina-me os teus decretos.
125 Sou teu servo; dá-me discernimento para compreender os teus testemunhos.
126 Já é tempo de agires, Senhor, pois a tua lei está sendo desrespeitada.
127 Eu amo os teus mandamentos mais do que o ouro, mais do que o ouro puro.
128 Por isso considero justos os teus preceitos e odeio todo caminho de falsidade.
129 Os teus testemunhos são maravilhosos; por isso lhes obedeço.
130 A explicação das tuas palavras ilumina e dá discernimento aos inexperientes.
131 Abro a boca e suspiro, ansiando por teus mandamentos.
132 Volta-te para mim e tem misericórdia de mim, como sempre fazes aos que amam o teu nome.
133 Dirige os meus passos, conforme a tua palavra; não permitas que nenhum pecado me domine.
134 Resgata-me da opressão dos homens, para que eu obedeça aos teus preceitos.
135 Faze o teu rosto resplandecer sobre o teu servo e ensina-me os teus decretos.
136 Rios de lágrimas correm dos meus olhos, porque a tua lei não é obedecida.
137 Justo és, Senhor, e retas são as tuas ordenanças.
138 Ordenaste os teus testemunhos com justiça; dignos são de inteira confiança!
139 O meu zelo me consome, pois os meus adversários se esquecem das tuas palavras.
140 A tua promessa foi plenamente comprovada, e, por isso, o teu servo a ama.
141 Sou pequeno e desprezado, mas não esqueço os teus preceitos.
142 A tua justiça é eterna, e a tua lei é a verdade.
143 Tribulação e angústia me atingiram, mas os teus mandamentos são o meu prazer.
144 Os teus testemunhos são eternamente justos, dá-me discernimento para que eu tenha vida.
145 Eu clamo de todo o coração; responde-me, Senhor, e obedecerei aos teus testemunhos!
146 Clamo a ti; salva-me, e obedecerei aos teus estatutos!
147 Antes do amanhecer me levanto e suplico o teu socorro; na tua palavra depositei a minha esperança.
148 Fico acordado nas vigílias da noite, para meditar nas tuas promessas.
149 Ouve a minha voz pelo teu amor leal; faze-me viver, Senhor, conforme as tuas ordenanças.
150 Os meus perseguidores aproximam-se com más intenções, mas estão distantes da tua lei.
151 Tu, porém, Senhor, estás perto, e todos os teus mandamentos são verdadeiros.
152 Há muito aprendi dos teus testemunhos que tu os estabeleceste para sempre.
153 Olha para o meu sofrimento e livra-me, pois não me esqueço da tua lei.
154 Defende a minha causa e resgata-me; preserva a minha vida conforme a tua promessa.
155 A salvação está longe dos ímpios, pois eles não buscam os teus decretos.
156 Grande é a tua compaixão, Senhor; preserva a minha vida conforme as tuas leis.
157 Muitos são os meus adversários e os meus perseguidores, mas eu não me desvio dos teus estatutos.
158 Com grande desgosto vejo os infiéis, que não obedecem à tua palavra.
159 Vê como amo os teus preceitos! Dá-me vida, Senhor, conforme o teu amor leal.
160 A verdade é a essência da tua palavra, e todas as tuas justas ordenanças são eternas.
161 Os poderosos perseguem-me sem motivo, mas é diante da tua palavra que o meu coração treme.
162 Eu me regozijo na tua promessa como alguém que encontra grandes despojos.
163 Odeio e detesto a falsidade, mas amo a tua lei.
164 Sete vezes por dia eu te louvo por causa das tuas justas ordenanças.
165 Os que amam a tua lei desfrutam paz, e nada há que os faça tropeçar.
166 Aguardo a tua salvação, Senhor, e pratico os teus mandamentos.
167 Obedeço aos teus testemunhos; amo-os infinitamente!
168 Obedeço a todos os teus preceitos e testemunhos, pois conheces todos os meus caminhos.
169 Chegue à tua presença o meu clamor, Senhor! Dá-me entendimento conforme a tua palavra.
170 Chegue a ti a minha súplica. Livra-me, conforme a tua promessa.
171 Meus lábios transbordarão de louvor, pois me ensinas os teus decretos.
172 A minha língua cantará a tua palavra, pois todos os teus mandamentos são justos.
173 Com tua mão vem ajudar-me, pois escolhi os teus preceitos.
174 Anseio pela tua salvação, Senhor, e a tua lei é o meu prazer.
175 Permite-me viver para que eu te louve; e que as tuas ordenanças me sustentem.
176 Andei vagando como ovelha perdida; vem em busca do teu servo, pois não me esqueci dos teus mandamentos.

Deus enviou Seu único Filho Jesus Cristo para morrer por nossos pecados.
Jesus e o Filho de Deus. Ele viveu uma vida sem pecados e morreu na cruz para pagar o preço por nossos pecados. "Mas Deus demonstra seu amor por nós pelo fato de ter Cristo morrido em nosso favor, quando ainda éramos pecadores." (Romanos 5:8) Jesus ressuscitou da morte e agora Ele vive no céu com Deus Seu Pai. Ele nos oferece o presente da vida eterna -- de viver eternamente com Ele no céu se aceitarmos Ele como nosso Senhor e Salvador. Jesus disse "Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim." (João 14:6) Deus te ama e deseja que você seja Seu filho "Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus." (João 1:12) Você pode escolher e pedir para que Jesus Cristo perdoe seus pecados e entre na sua vida como seu Senhor e Salvador.

A Ressurreiçao-Pascoa;
No primeiro dia da semana, de manha bem cedo, as mulheres levaram ao sepulcro as especiarias aromaticas que haviam preparado.
Encontraram removida a pedra do sepulcro, mas, quando entraram nao encontraram o corpo do Senhor Jesus. Ficaram perplexas, sem saber o que fazer. De repente, dois homens com roupas que brilhavam como luz do sol colocaram-se do lado delas.Amedrontadas, as mulheres baixaram o rosto para o chao, e os homens lhes disseram: " Porque voces estao proucurando entre os mortos aquele que vive?
Ele nao esta aqui! RESSUCITOU! Lembrem-se do que Ele lhes disse, quando ainda estavam com voces na Galileia: E necessario que o filho do homem seja entregue nas maos de homens pecadores, seja crucificado e ressucite no terceiro dia". Entao se lembraram das palavras de Jesus.