Poesias Evangélicas

Cerca de 1781 poesias Evangélicas

Uma liderança bíblica, reconhecida pelas Escrituras, tem tudo para ser bem-sucedida e alcançar seus propósitos com
a cooperação dos seus liderados.

Helgir Girodo
Inserida por HelgirGirodo

Você acredita em Deus? Sim ou não?

“Se você acredita em Deus e nas Escrituras e estiver certo, será beneficiado com a ida ao paraíso.
Se você acredita em Deus e nas Escrituras e estiver errado, não terá perdido nada.
Se você não acredita em Deus e nas Escrituras e estiver certo, não terá perdido nada.
Se você não acredita em Deus e nas Escrituras e estiver errado, você irá para o fogo eterno." (Pascal)

Pois, pois, my friend... agora é com você... mas antes deixa eu dar um palavrinha... :)

'Se você [...] ida ao paraíso'... punto e basta.

Não, não, não... só acreditar em Deus (não vou entrar em detalhes aqui em acreditar ou não nas Escrituras) não lhe garante o paraíso, não. Fosse assim, o diabo seria seu companheiro no céu... porque ele acredita... ah! se acredita... acredita tanto que o tempo todo ele quer é fazer com que desacreditemos... (ops, acho melhor 'não acreditemos'.... 'desacreditemos' pode gerar um sentido que não é o caso aqui).... em Deus.

Não mesmo... pra ter um espaçozinho no paraíso é preciso muito mais do que acreditar em Deus...

Não, não... não vou explicar o que mais é necessário... sei, você ficou curioso e quer saber!? Pois bem, brother, é só ler as Escrituras - lá está tudo explicadinho, explicadinho.

Não fosse a última frase do Pascal, seria tudo tão mais simples, né?

Não... não mesmo. Ou não!?

Rosangela Calza
Inserida por RosangelaCalza
1 compartilhamento

PRECIOSA OCASIÃO.
(Recebida como apresentação)
As Escrituras ensinam que o corpo físico é uma gaiola, e a alma humana, uma ave.
A morte física representa o fim da gaiola, tão somente.
A ave da alma não teme nem lamenta pelo rompimento da gaiola.
Quando o coração enfim aquietar, a ave da alma prosseguirá a sua jornada infinita.
Outros mundos, outros reinos nos esperam.
Outras realidades que por ora não temos condição de acesso.
Os dias terrenos são sublimes, são importantes ...
...pois representam uma preciosa ocasião para fortalecermos as nossas asas espirituais.
“Um funeral entre os homens talvez seja uma festa entre os anjos”...
...nos ensina Gibran Khalil Gibran, nosso querido poeta.
O que sabemos sobre as festas dos anjos?
Que lugar nossa alma ocupará no dia em que for convocada a deixar o mundo para trás e partir?
Que céus, que alturas nos domínios celestiais, ela será capaz de alcançar?
Nossa condição nos mundos vindouros dependerá daquilo que fazemos aqui e agora.
Convém recordar que todo o dinheiro e todos os bens materiais que durante esta vida terrena acumulamos ...
...como nada se afigurarão, no exato instante que deste mundo partirmos.
A moeda dos mundos espirituais não se chama dinheiro, mas amor.
A moeda nos mundos espirituais são os jardins da nossa interioridade.
As rosas da compaixão, os jacintos da generosidade.
Os lírios da pureza de coração, as orquídeas da gratidão e da verdadeira felicidade.
“Purificai vossos corações dos desejos terrenos e deixai que as virtudes angelicais sejam vosso adorno.” (O Báb)

Carlos Haddad
Inserida por sueligarcia
1 compartilhamento

Se pudesse escrever algumas as igrejas, escreveria a igreja:
- CATÓLICA, estudem as escrituras;
- METODISTA, preguem o evangelho de Cristo não o vosso umbigo;
- UNIVERSAL, parem de fazer de Cristo vossa fonte de riquezas materiais;
- MANA, o evangelho é de Cristo não de Ap. Jorge Tadeu;
- MUNDIAL, Deus opera pela sus graça, adorem ao Senhor;
- ASSEMBLEIA DE DEUS, não se corrompam com este mundo, preguem o pecado;
- TESTEMUNHAS DE JEOVÁ, cuidado com a vossa procura por santidade neste mundo;
- ANGLICANA, ainda existe raízes do vaticano em vos;
- APOSTOLoS DOS ÚLTIMOS DIAS, fujam da ira que vem sobre vos.
E para todas, Amem o Senhor vosso Deus acima de todas as coisas, e amem o vosso próximo, nisto é toda lei.
Acima de tudo somos todos um só corpo de Cristo mas esta não pode ser a justificação pelos nossos erros porque quando carregamos a nossa cruz devemos nos lembrar para onde vamos é um lugar diferente deste mundo é algo melhor.

Lovemore Barnabé
Inserida por Bugato

ABELARDO

Teólogo e filósofo defendeu o exame crítico das Escrituras à luz da razão por acreditar na capacidade da mente humana de alcançar o verdadeiro conhecimento natural. Estudou em Paris e foi professor da catedral de Paris (Notre Dame), a clareza do seu espírito atraiu uma multidão de discípulos. É conhecido, popularmente por sua ligação amorosa com Heloísa, sobrinha do cônego Fulbert, tornando-se famosa a correspondência que trocaram, pois refletem o temperamento a um só tempo espiritual de Abelardo. Seu livro mais famoso, Sic et non (Sim e não) foi escrito em 1121-1122. Nele apresenta argumentos contra e a favor de quase todas as grandes teses filosóficas da época, método que santo Tomás de Aquino retomaria na Suma teológica. Abelardo chama esse jogo lógico de "dialética" e o acha importante para aguçar o espírito. Sua filosofia é em grande parte uma análise da linguagem, que se torna notável ao estudar o problema dos "universais".

Dicionário de Filosofia
Inserida por Filigranas

Devemos memorizar as Escrituras, todos os dias, de modo que possamos alimentar nossa fé, hora após hora, durante todo o dia. Somente algumas pessoas têm o privilégio de abrir a Bíblia a cada hora. Mas todos nós podemos consultar nossa memória a cada hora. De fato, nós precisamos disto.

Portanto, com todo o meu coração, encorajo-o a fazer isto. Quando você tiver seus momentos de devoção na Palavra de Deus, encontre uma frase ou um versículo — um bocado para a sua alma — e memorize-o. Isto é semelhante a colocar o alimento da fé na despensa de sua mente. Durante todo o dia, você pode ir lá e comer uma porção daquele bocado. Pode ser algo tão simples como: “De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei” (Hebreus 13.5). Pegue-o e mastigue-o a cada hora. A nutrição alimentará a sua fé, e esta se tornará forte. Você orará por frutos, e estes surgirão.

Pr. John Piper
Inserida por Poliana16

Alma Em Voo

É o cúmulo da insensatez
A demência das escrituras
Tal qual uma ninhada de cães
Numa noite de vigília
O mundo anda cambaleante
Com suas torrentes esgotadas.
Eu sou um raio de luz
O real e o irreal
Massa voraz
Repleta de sofismas mágicos
Sou uma engenhosa metáfora
Nas gavetas do meu cérebro
Os dias são trêmulos
Como novas paixões
Ou como um teatro ácido
Ou as ruínas das Civilizações.
Os elétrons fogem
Com o vento furioso
Estou plena de seiva
Povoada por claras estrelas
Que agem tal audazes estupefacientes
A magia da linguagem
Se faz tão antiga
Como as trevas milenares
Desejo a música
Antes de qualquer coisa
Desafio às estrelas
Com seus jatos violentos
Em ondas cósmicas
Os negros fantasmas
Reproduzem as moléculas
A tarefa sagrada
E o vento crispado
Me faz pensar
Que a ação não é a vida
A revolução dos meios
A suprema simplicidade
Virá com a marcha dos tempos.

Paulette Virgínio
Inserida por sanathy

Esquecer de se alimentar das Escrituras é tão problemático
quanto esquecer de tomar os remédios.

Helgir Girodo
Inserida por HelgirGirodo

Para as pessoas que falam que o homossexualismo fere as leis que estão nas escrituras sagras e procuram condená-lo por tal razão, eu digo que prestem atenção nesse ensinamento bíblico que se segue, pois mesmo sendo um exemplo diferente, o ensinamento dele é o mesmo que se deve aplicar ao tema que tratamos:

Dirigiu-se Jesus para o monte das Oliveiras.

Ao romper da manhã, voltou ao templo e todo o povo veio a ele. Assentou-se e começou a ensinar.

Os escribas e os fariseus trouxeram-lhe uma mulher que fora apanhada em adultério.

Puseram-na no meio da multidão e disseram a Jesus: Mestre, agora mesmo esta mulher foi apanhada em adultério.

Moisés mandou-nos na lei que apedrejássemos tais mulheres. Que dizes tu a isso?

Perguntavam-lhe isso, a fim de pô-lo à prova e poderem acusá-lo. Jesus, porém, se inclinou para a frente e escrevia com o dedo na terra.

Como eles insistissem, ergueu-se e disse-lhes: Quem de vós estiver sem pecado, seja o primeiro a lhe atirar uma pedra.

Inclinando-se novamente, escrevia na terra.

A essas palavras, sentindo-se acusados pela sua própria consciência, eles se foram retirando um por um, até o último, a começar pelos mais idosos, de sorte que Jesus ficou sozinho, com a mulher diante dele.

Então ele se ergueu e vendo ali apenas a mulher, perguntou-lhe: Mulher, onde estão os que te acusavam? Ninguém te condenou?

Respondeu ela: Ninguém, Senhor. Disse-lhe então Jesus: Nem eu te condeno. Vai e não tornes a pecar.

Jesus disse ainda: “Não julgueis, para que não sejais julgados, porque com o juízo com que julgardes sereis julgados.”

Herbert Alexandre Galdino Pereira
Inserida por hagp
1 compartilhamento

Um dia declara outro dia...diz as escrituras sagradas.
É preciso experimentar cada dia sabendo que o hoje é o anúncio de outro dia, que um instante é referência ao próximo instante, que o presente não existe sem o passado, que o passado só existe porque chegou o hoje e que o futuro é uma possibilidade que o presente manifesta sempre.
Raquel Amélia dos Raquel Amélia Santos

Raquel Amélia dos Santos
Inserida por pedagoraquel

Pare de ficar lendo supostas escrituras sagradas que nada têm a ver comigo. Se não pode me ver num amanhecer, numa paisagem, no olhar dos teus amigos, nos olhos do teu filhinho... não me encontrará em nenhum livro! Confie em mim e deixe de me pedir. Pare de me pedir perdão. Não há nada a perdoar. A única coisa que te peço é que preste atenção à tua vida, esta vida não é uma prova, nem um degrau, nem um ensaio, nem um prelúdio para o paraíso. Esta vida é a única que há aqui e agora! E a única que você precisa. EU te fiz absolutamente livre. Não há prêmios nem castigos. Não há pecados nem virtudes. Para de ter tanto medo de mim... eu não te julgo, nem te critico, nem me irrito, nem te incomodo, nem te castigo. Para de me pedir perdão. Não há nada a perdoar. Se Eu te fiz... EU te enchi de paixões, de limitações, de prazeres, de sentimentos, de necessidades, de incoerências, de livre-arbítrio... como posso te culpar se você responde ao que EU coloquei em você? Como posso te castigar por ser como você é... que tipo de Deus pode fazer isso? Esqueça qualquer tipo de mandamento, lei, são artimanhas para te manipular, para te controlar, que só geram culpa em você. Respeite o teu próximo... EU te fiz absolutamente livre.___DEUS - De Spinosa
*Essas palavras foram ditas em pleno Século XVII por

Baruch Spinoza
Inserida por Vargas
1 compartilhamento

Tudo que precisas saber sobre os homens e os deuses está em Homero.
As escrituras sagradas dos indianos falam um pouco mais dos imortais.
Vai com Sócrates, a Platão e Aristóteles, não te esqueças de Voltaire e de Descartes. Antes disso leia os épicos universais.
Pense em Dante, na suprema poesia, e com Shakespeare experimenta a maestria, dos fantasmas recitando a humanidade.
Vai a Proust entender a descrição e o ciúme... Anda ao lado de Cervantes e Dom Quixote, nos caminhos deste gênio inventor da liberdade.

Evan do carmo
Inserida por EvandoCarmo

“Comece com esta primeira lição. Não apenas alardeie que você domina a Bhagavad Gita (escrituras), a leu mais de cem vezes e memorizou todos os versos e os comentários escritos até o momento. Entre todos os milhões de pessoas que foram instruídas na Gita, somente Arjuna teve a percepção de que este universo é apenas uma manifestação parcial de Sua glória incomensurável (Vishwarupa Darshana)! Por que é que estes grandes estudiosos não tiveram essa experiência? A realização dessa realidade pode acontecer apenas para o aspirante que a merece. Arjuna alcançou o estágio mais elevado de rendição; quando o ensinamento começou, e durante o processo, ele tinha concentração insuperável. Não admira que ele fosse abençoado. A menos que se tenha o mesmo grau de rendição, o mesmo anseio e concentração, como se pode esperar o resultado que Arjuna alcançou? O caminho da entrega (Saranagathi ou Prapatti) que a Gita estabelece não é fácil; ele exige dedicação e persistência. (Discurso Divino, 16 de março de 1966) ”

Sathya Sai Baba

Sathya Sai Baba
Inserida por NiravaGulaboBeth
1 compartilhamento

DICA DO EDITOR - CONTRA A VAIDADE LITERÁRIA

Lembro de uma passagem das sagradas escrituras, onde um homem doente pede esmola a dois irmãos do Cristo. Contudo, eles dizem para o homem aleijado. "Nada temos para lhe oferecer, nem prata nem ouro, apenas uma coisa: o Cristo."

Me pego a pensar sobre meu trabalho de editor, se realmente tem alguma relevância este meu trabalho, ou se o que faço é alimentar a vaidade e o orgulho, inflar a alma de autores não publicados, especialmente quando a edição é gratuita, para aqueles que não podem pagar para realizar o sonho de ter uma obra publicada...

Nada é mais insuportável do que a vaidade de escritores novatos, de poetas que passam do anonimato das redes sociais para o mundo real, com uma obra publicada e impressa.

Um livro em mãos ou na cabeça não superar em nada o valor de um autor, o que ele tem que não pode ser roubado está em sua mente, sua leitura sobre o mudo e sua capacidade de filtrar o que pode ser aproveitado para escrever em seu livro verdadeiro e eterno, a sua existência, este será seu real legado.

Um livro não pode mudar um mundo nem deve mudar o homem que o escreve, contudo, alguns homens que nada escreveram, como o Cristo, foram capazes de mudar toda humanidade.

Evan do carmo
Inserida por EvandoCarmo
1 compartilhamento

os SAGRADOS ESCRITOS não são uma cena de um filme;
as ESCRITURAS SAGRADAS são ""O FILME"" !!!

______________PastorIsaias Lima

Andre Alexandre
Inserida por AndreAlexandre

Qualquer ensinamento
que não se enquadra nas
ESCRITURAS, deve ser rejeitado mesmo que faça CHOVER milagres todos os dias!

joão rodrigues
Inserida por Joaojosy07

Judas, o fiel amigo de Jesus
Não desacredito e nem acredito convictamente em “escrituras sagradas”. Penso que todas – bíblia , alcorão ,Bagavadguitá, etc – são importantes livros históricos, ferramentas para crescimento espiritual e pessoal. O que leva ao fanatismo é crer convictamente que somente uma delas é portadora da “verdade absoluta”. Por isso o caos no mundo, guerras em nome de uma religião, todos querem impor a sua verdade como única e suprema. Loucura não acha?
Quem escreveu a bíblia não foi Deus, quem escreveu o alcorão não foi Alá. Todas as escrituras foram escritas por discípulos, pessoas comuns como você e eu. Quem nos garante que eles descreveram da forma correta determinado fato? Quem nos garante que eles não faltaram com a verdade? Quem nos garante que por pressão da sociedade – não diferente da de hoje – dados não foram maquiados, retirados, colocados com a intenção de garantir o interesse dos que estavam (estão) no poder?
Depois de toda essa reflexão, pensemos em Judas. Se realmente Jesus foi um "ser superdotado", com poderes, ele já sabia o que lhe aconteceria, certo? Judas então seria parte do “plano”, teria ele executado a mais difícil missão dos discípulos, no entanto que o conflito interno – não o diabo – fez com que ele comete-se suicídio. Você não pensa que estigmatizar ele, como a maioria de nós faz no ocidente até hoje, não seria um tanto quanto injusto?

Emanuel Becker
Inserida por beckerema
1 compartilhamento

A verdade vai confrontar e por muitas vezes até doer. Mas se essa verdade está nas Escrituras, não pode ser calada. Doa a quem doer, o Evangelho tem que ser pregado.

Clinton Ramachotte
Inserida por PensadorBiblico

Vejo certos teólogos dando “triplo carpado” e “Salto mortal”, para querer fazer as Escrituras dizer o que ela não está dizendo.

Wilmar Leitte
Inserida por WilmarLeitte

Vamos falar o português claro: várias das igrejas "evangélicas" foram criadas por organizações maçônicas, que têm até mais experiência de infiltração e parasitagem do que os comunistas. O biblismo radical só existe para criar confusão.

Olavo de Carvalho
17 compartilhamentos