Poesias de José de Alencar

Cerca de 47 poesias de José de Alencar

Queres saber como se faz análise em política? Em vez de examinarem-se as necessidades do país, examinam-se as necessidades deste ou daquele indivíduo, nomeiam-o para um bom emprego criado sem utilidade pública, e o país se incumbe de alimentá-lo por uma boa porção de anos.

José de Alencar

Cada região da terra tem uma alma sua, raio criador que lhe imprime o cunho da originalidade. A natureza infiltra em todos os seres que ela gera e nutre aquela seiva própria; e forma assim uma Família na grande sociedade Universal.

José de Alencar

A política e a administração, deixando de ser um sistema, reduz apenas a uma série de fatos que não são a consequência de nenhum princípio, e que derivam apenas das circunstâncias e das necessidades do momento.

José de Alencar

O sorriso, é esta exalação da alma, que nos momentos de calma e tranqüilidade vem desabrochar nos lábios, e abrir-se como uma dessas flores silvestres que ao menor sopro desfolha.

José de Alencar

Todo trabalho é nobre, desde que é livre, honesto e inteligente; toda arte é bela e sublime, logo que se eleva à altura do espírito e do coração.

José de Alencar

O amor tem a crença ingênua da eternidade; quem o sente acredita sinceramente que ele não se extinguirá nunca.

José de Alencar
Inserida por maria_rita_miranda

O amor, porém, é contagioso, com especialidade na solidão, onde a alma tem necessidade de uma companheira, e quando de todo não a encontra, divide-se ela própria para ser duas: uma, esperança; outra, saudade.

José de Alencar
Inserida por Celina23