Poemas de Alexander Pope

Cerca de 21 poemas de Alexander Pope

Feliz é a inocente vestal!
Esquecendo o mundo e sendo por ele esquecida.
Brilho eterno de uma mente sem lembranças
Toda prece é ouvida, toda graça se alcança

Alexander Pope The Works of Alexander Pope

Nota: Trecho do poema "De Eloisa para Abelardo"

Um homem nunca deve sentir vergonha de admitir que errou, o que é apenas dizer, noutros termos, que hoje ele é mais inteligente do que era ontem.

Alexander Pope The Works of Alexander Pope

Não é um lábio ou um olho o que chamamos de beleza, / Mas a força global e o resultado final de todas as partes.

Alexander Pope The Works of Alexander Pope

Quem pensa ver algo sem falhas / pensa naquilo que nunca existiu, que não existe, e que nunca existirá.

Alexander Pope An Essay on Criticism

É preciso ensinar aos homens como se não ensinasse realmente, / propondo-lhes coisas que não sabem como se as tivessem apenas esquecido.

Alexander Pope The Works of Alexander Pope

Basta sujar um livro com notas e observações para se adquirir o título de homem de letras.

Todos os deveres humanos se encerram nestes dois pontos: resignação à vontade do Criador e caridade para com os nossos semelhantes.

Quão feliz é o destino de um inocente sem culpa. O mundo em esquecimento pelo mundo esquecido. Brilho eterno de uma mente sem lembranças. Cada orador aceito e cada desejo renunciado

Alexander Pope The Works of Alexander Pope

Nota: Trecho do poema "De Eloisa para Abelardo"

A natureza e as leis da natureza estavam imersas em trevas; Deus disse "Haja Newton" e tudo se iluminou

Alexander Pope The works of Alexander Pope

Feliz é o destino da
inocente vestal!
Esquecendo o mundo,
e sendo por ele esquecida.
Brilho eterno de uma
mente sem lembranças.
Toda prece é ouvida,
toda graça se alcança.

Alexander Pope The Works of Alexander Pope

Nota: Trecho do poema "De Eloisa para Abelardo"

Feliz quem seus prazeres e cuidados a alguns hectares paternos limita, contente em respirar o ar nativo em sua própria terra.

Alexander Pope The Works of alexander Pope

A esperança brota, eterna, no animal humano/ o homem nunca é mas sempre será abençoado/a alma, inquieta e confinada em sua casa/ repousa e se expatria numa vida que ainda virá.

Alexander Pope An Essay on Man

Quem diz uma mentira não sabe a tarefa que assumiu, porque terá de inventar vinte vezes mais para sustentar a certeza da primeira.

Alexander Pope The Works of Alexander Pope

A esperança brota eternamente no peito do homem. Ele nunca é, mas espera sempre ser feliz.

Alexander Pope Ensaio sobre o Homem

As palavras são como as folhas; e quanto mais abundam, mais raramente se encontram entre elas muitos frutos do bom senso.

Alexander Pope Ensaio sobre a Crítica

No vasto oceano da vida, velejamos de formas diversas; a razão é o nosso mapa, mas o vento forte é a paixão.

Alexander Pope An Essay on Man

A ordem é a primeira lei do Céu; se nisto estais, alguns são, e tem de ser, maiores que os demais.

A natureza e suas leis se escondiam na escuridão. Deus disse: "Faça-se Newton!"
E tudo se iluminou.

"Conhecimento pouco é coisa perigosa, beba tudo ou nem prove da fonte pieriana"

Ensinemos aos outros como se não o fizéssemos, apresentando coisas desconhecidas como apenas esquecidas.