Pensamentos de Friedrich Nietzsche

Cerca de 239 pensamentos de Friedrich Nietzsche

Aquilo que se faz por amor está sempre além do bem e do mal.

Friedrich Nietzsche
Além do bem e do mal. São Paulo: Companhia de Bolso, 2005.

Nota: Adaptação de trecho do livro "Além do bem e do mal".

...Mais

Há sempre alguma loucura no amor. Mas há sempre um pouco de razão na loucura.

Friedrich Nietzsche
Assim Falou Zaratustra. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

O que não provoca minha morte faz com que eu fique mais forte.

Friedrich Nietzsche
Crepúsculo dos Ídolos. São Paulo: Cia das Letras, 2006.

Nota: Adaptado da frase "O que não me mata, me torna mais forte" de Friedrich Nietzsche.

...Mais

Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar.

Friedrich Nietzsche
Aurora. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

O verdadeiro homem quer duas coisas: perigo e jogo. Por isso quer a mulher: o jogo mais perigoso.

Friedrich Nietzsche
Assim Falou Zaratustra

É mais difícil ferir a nossa vaidade justamente quando foi ferido o nosso orgulho.

A recompensa final dos mortos é não morrer nunca mais.

Nossos pensamentos são as sombras de nossos sentimentos, sempre mais obscuros, mais vazios, mais simples que estes.

Quando se toma a resolução de tapar os ouvidos mesmo aos mais válidos argumentos contrários, dá-se indícios de caráter forte. Embora isso também signifique eventualmente a vontade levada até a estupidez.

Eu não sei o que quero ser, mas sei muito bem o que não quero me tornar.

Sim, sei de onde venho! Insatisfeito com a labareda ardo para me consumir! Aquilo em que toco torna-se luz. Carvão aquilo que abandono. Sou certamente labareda!

Aquele que sabe mandar encontra sempre quem deva obedecer.

O homem que vê mal vê sempre menos do que aquilo que há para ver; o homem que ouve mal ouve sempre algo mais do que aquilo que há para ouvir.

Friedrich Nietzsche
Humano, Demasiado Humano

Quem só tem o espírito da história não compreendeu a lição da vida e tem sempre de retomá-la. É em ti mesmo que se coloca o enigma da existência: ninguém o pode resolver senão tu!

Encontra-se sempre, aqui e ali, algum semi-deus que consegue viver em condições terríveis, e viver vencedor! Quereis ouvir os seus cantos solitários? Escutai a música de Beethoven.

Para a mulher, o homem é um meio: o objetivo é sempre o filho.

As próprias mulheres, no fundo de toda a sua vaidade pessoal, têm sempre um desprezo impessoal - pela mulher.

Se se tem caráter, tem-se também uma experiência típica própria, que sempre retorna.

O sucesso tem sido sempre um grande mentiroso.

Como fenômeno estético, a existência é sempre, para nós, suportável ainda.