Pensamentos de Franz Kafka

Cerca de 199 pensamentos de Franz Kafka

Quem possui a faculdade de ver a beleza, não envelhece.

Entre muitas outras coisas, tu eras para mim uma janela através da qual podia ver as ruas. Sozinho não o podia fazer.

O tempo é teu capital; tens de o saber utilizar. Perder tempo é estragar a vida.

Talvez haja apenas um pecado capital: a impaciência. Devido à impaciência, fomos expulsos do Paraíso; devido à impaciência, não podemos voltar.

Um livro deve ser o machado que quebra o mar gelado em nós.

Todos os erros humanos são impaciência, uma interrupção prematura de um trabalho metódico.

Toda a educação assenta nestes dois princípios: primeiro repelir o assalto fogoso das crianças ignorantes à verdade e depois iniciar as crianças humilhadas na mentira, de modo insensível e progressivo.

A única coisa que temos de respeitar, porque ela nos une, é a língua.

Só podia encontrar a felicidade se conseguisse subverter o mundo para o fazer entrar no verdadeiro, no puro, no imutável.

Crer-se no progresso não significa que já tenha tido lugar qualquer progresso.

Desde que alberguemos uma única vez o mal, este não volta a dar-se ao trabalho de pedir que lhe concedamos a nossa confiança.

Não é necessário sair de casa.
Permaneça em sua mesa e ouça.
Não apenas ouça, mas espere.
Não apenas espere, mas fique sozinho em silêncio.
Então o mundo se apresentará desmascarado.
Em êxtase, se dobrará sobre os seus pés.

De um certo ponto adiante não há mais retorno. Esse é o ponto que deve ser alcançado.

As sereias, porém, possuem uma arma ainda mais terrível do que seu canto: seu silêncio.

Você não sabe a energia que reside no silêncio.

A solidariedade é o sentimento que melhor expressa o respeito pela dignidade humana.

Queremos livros que nos afetem como um desastre. Um livro deve ser como um machado diante de um mar congelado em nós.

Apenas deveríamos ler os livros que nos picam e que nos mordem. Se o livro que lemos não nos desperta como um murro no crânio, para que lê-lo?

Quando eu começava a fazer alguma coisa que não te agradava e tu me ameaçavas com o fracasso, então o respeito pela tua opinião era tão grande que com ele o fracasso era inevitável.

Há esperanças, só não para nós.