Pensamentos de Bertrand Russell

Cerca de 35 pensamentos de Bertrand Russell

A experiência não permite nunca atingir a certeza absoluta. Não devemos procurar obter mais que uma probabilidade.

Quando se diz às pessoas que a felicidade é uma questão simples, querem-nos sempre mal.

Na vida nunca se deveria cometer duas vezes o mesmo erro. Há bastante por onde escolher.

A matemática é a única ciência exata em que nunca se sabe do que se está a falar nem se aquilo que se diz é verdadeiro.

Mesmo quando todos os especialistas estão de acordo podem muito bem estar enganados.

Quanto mais o homem procura apenas que o admirem, mais longe está de conseguir o seu objetivo.

É a ambição de possuir, mais do que qualquer outra coisa, que impede os homens de viverem de uma maneira livre e nobre.

Pedir demasiado é a maneira mais segura de receber ainda menos do que é possível.

O coração humano, tal como a civilização moderna o modelou, está mais inclinado para o ódio do que para a fraternidade.

O amor sob a sua forma mais elevada revela valores que sem ele ficariam ignorados.

Quantos mais motivos de interesse um homem tem, mais ocasiões tem também de ser feliz e menos está à mercê do destino, pois se perder um pode recorrer logo a outro.

Eu acredito que quando morrer, irei apodrecer e nada do meu ego sobreviverá. Mas me recuso a tremer de terror diante da minha aniquilação. A felicidade não é menos felicidade porque deve chegar a um fim, nem o pensamento e o amor perdem seu valor porque não são eternos.

Se houvesse no mundo um grupo grande de pessoas que desejasse mais a sua própria felicidade do que a infelicidade dos outros, em breve teríamos o paraíso.

A liberdade é algo maravilhoso, mas não quando o preço que se paga por ela tem de ser a solidão.

"...quando se vence ao medo começa a sabedoria."

As ciências se desenvolveram na ordem inversa ao esperado: o que estava mais longe foi trazido primeiro para o domínio da lei e, depois, o que estava mais perto. Primeiro foi o céu, depois a terra. Em seguida, a vida animal e vegetal. Finalmente, foi a vez do corpo humano e, por último, da mente humana - até agora, muito imperfeitamente.

De todas as formas de cautela, a cautela no amor é talvez a mais fatal para a felicidade.

De todas as características que são vulgares na natureza humana a inveja é a mais desgraçada;o invejoso não só deseja provocar o infortúnio e o provoca sempre que o pode fazer impunimente,como também se torna infeliz por causa da sua inveja

O pensamento é grande livre e rápido: é a luz do mundo e a glória mais alta do ser humano.

No seu sentido mais elementar, liberdade significa a ausência de controles externos sobre os atos de indivíduos ou grupos. Trata-se, portanto, de um conceito negativo, e a liberdade, por si só, não confere a uma comunidade qualquer alta valia.
(Realidade e Ficção)