Namorados ter ou não é uma questão

Cerca de 57 frases e pensamentos: Namorados ter ou não é uma questão

Ter ou não ter namorado, eis a questão.

Artur da Távola

Nota: Trecho do livro "Amor a sim mesmo".

Não consigo ter amor de amigo por uma pessoa que eu amo de verdade.

Quero me casar com você. Ter filhos e constituir uma família. Não pretendo e nem quero que seja perfeito. Apenas quero que seja do nosso jeito. Te levarei para lugares até então desconhecidos, singelos, porém, que jamais serão esquecidos. Irei aprender coisas novas com você, assim como, também comigo aprenderás. Iremos viajar... conhecer lugares novos e consecutivamente nos encantar. Seremos felizes, independentemente de onde estivermos. Por mais simples que seja o nosso lar, de nada importará, pois estaremos felizes e jamais nos esqueceremos dos momentos que juntos passamos. O que faz de um momento único e inesquecível não se refere a “ostentação”, mas, sim, a magnitude da companhia que tivermos ao nosso lado.

Eu me pergunto o porquê de não ter te conhecido antes, pelo menos um tempo suficiente pra poder te convencer de que teu lugar é ao meu lado, assim, te levaria comigo pra onde quer que eu fosse. Eu te levaria agora mesmo comigo, mas nossas metas não são as mesmas, nossos rumos são outros. Se eu te conhecesse antes, nós teríamos criado objetivos, sonhos. Sonhos que fariam com que crescêssemos juntos. Pego-me sonhando acordada com um futuro lindo contigo. Às vezes esqueço que não posso chorar, mas é inevitável. Desde o início eu sabia o desfecho dessa história, mas não parecia realidade, e só percebemos o tamanho do problema quando o coração apertou. O coração chorou. Queria aproveitar estes últimos instantes sorrindo ao teu lado, olhando pro mar e me perdendo em teus beijos, mas tudo o que consigo nesse momento é chorar. Eu não posso chorar! Não agora que ainda te tenho, mesmo que por pouco, perto de mim. Precisamos ser fortes e sorrir. Sorrir por todos os momentos bons que passamos juntos, e por podermos nos conhecer. Aprendi contigo, dei gargalhadas e até senti ciúmes tolos. Eu só tinha medo de te perder. Quero que saiba que vou te levar pra sempre comigo, em meu coração. Vou lembrar do teu cheiro, do teu sorriso, do teu cabelo, da tua voz e sentirei a maior saudade que tu possa imaginar.

Posso ter namorado alguém e até gostado, mas na verdade quem eu amo é você! ❤

Ter ou não ter namorado

Quem não tem namorado é alguém que tirou férias não remuneradas de si mesmo.
Namorado é a mais difícil das conquistas.
Difícil porque namorado de verdade é muito raro. Necessita de adivinhação, de pele, saliva, lágrima, nuvem, quindim, brisa ou filosofia. Paquera, gabiru, flerte, caso, transa, envolvimento, até paixão, é fácil.
Mas namorado, mesmo, é muito difícil. Namorado não precisa ser o mais bonito, mas ser aquele a quem se quer proteger e quando se chega ao lado dele a gente treme, sua frio e quase desmaia pedindo proteção. A proteção não precisa ser parruda, decidida; ou bandoleira basta um olhar de compreensão ou mesmo de aflição.
Quem não tem namorado é quem não tem amor é quem não sabe o gosto de namorar. Há quem não sabe o gosto de namorar. Se você tem três pretendentes, dois paqueras, um envolvimento e dois amantes; mesmo assim pode não ter nenhum namorado.
Não tem namorado quem não sabe o gosto de chuva, cinema sessão das duas, medo do pai, sanduíche de padaria ou drible no trabalho.
Não tem namorado quem transa sem carinho, quem se acaricia sem vontade de virar sorvete ou lagartixa e quem ama sem alegria.
Não tem namorado quem faz pacto de amor apenas com a infelicidade. Namorar é fazer pactos com a felicidade ainda que rápida, escondida, fugidia ou impossível de durar.
Não tem namorado quem não sabe o valor de mãos dadas; de carinho escondido na hora em que passa o filme; de flor catada no muro e entregue de repente; de poesia de Fernando Pessoa, Vinícius de Moraes ou Chico Buarque lida bem devagar; de gargalhada quando fala junto ou descobre meia rasgada; de ânsia enorme de viajar junto para a Escócia ou mesmo de metrô, bonde, nuvem, cavalo alado, tapete mágico ou foguete interplanetário.
Não tem namorado quem não gosta de dormir agarrado, de fazer cesta abraçado, fazer compra junto.
Não tem namorado quem não gosta de falar do próprio amor, nem de ficar horas e horas olhando o mistério do outro dentro dos olhos dele, abobalhados de alegria pela lucidez do amor.
Não tem namorado quem não redescobre a criança própria e a do amado e sai com ela para parques, fliperamas, beira - d'água, show do Milton Nascimento, bosques enluarados, ruas de sonhos ou musical da Metro.
Não tem namorado quem não tem música secreta com ele, quem não dedica livros, quem não recorta artigos; quem gosta sem curtir; quem curte sem aprofundar.
Não tem namorado quem nunca sentiu o gosto de ser lembrado de repente no fim de semana, na madrugada, ou meio-dia do dia de sol em plena praia cheia de rivais.
Não tem namorado quem ama sem se dedicar; quem namora sem brincar; quem vive cheio de obrigações; quem faz sexo sem esperar o outro ir junto com ele.
Não tem namorado quem confunde solidão com ficar sozinho e em paz.
Não tem namorado quem não fala sozinho, não ri de si mesmo e quem tem medo de ser afetivo.
Se você não tem namorado porque não descobriu que o amor é alegre e você vive pesando duzentos quilos de grilos e medos, ponha a saia mais leve, aquela de chita e passeie de mãos dadas com o ar. Enfeite-se com margaridas e ternuras e escove a alma com leves fricções de esperança. De alma escovada e coração estouvado, saia do quintal de si mesmo e descubra o próprio jardim.
Acorde com gosto de caqui e sorria lírios para quem passe debaixo de sua janela. Ponha intenções de quermesse em seus olhos e beba licor de contos de fada. Ande como se o chão estivesse repleto de sons de flauta e do céu descesse uma névoa de borboletas, cada qual trazendo uma pérola falante a dizer frases sutis e palavras de galanteria.
Se você não tem namorado é porque ainda não enlouqueceu aquele pouquinho necessário a fazer a vida parar e de repente parecer que faz sentido. ENLOU-CRESÇA.

Artur da Távola
Amor A Sim Mesmo

Nota: A autoria tem vindo a ser atribuída erroneamente a Carlos Drummond de Andrade.

...Mais

Mas o que eu tinha a ver com isso? Homens traem, querida. Você não quis ter um namorado? Azar o seu.

Inserida por nadyapaz

⁠Confie em mim. Você não pode ser uma estrela do K-pop e se apaixonar. Ter um namorado não é só difícil, é perigoso.

É motivo de vergonha nao ter namorado??
Posso até estar sozinha mas pelo menos nao estou sendo rapariga dos outros, pelo menos eu me dou valor que tenho.
Enquanto umas se contentam com pouco , eu quero o MUITO ou NADA, nao esqueca que sozinha eu estou bem acompanhada...

Inserida por Taynara03

Não quero ter que salvar você, mas vou. Sou seu melhor amigo. Deve me ajudar a ajudar você.

Inserida por pensador

Não queria ser seu amigo,
queria ser seu namorado.
Não queria ter sua amizade,
queria ter você.
Não queria apenas te fazer feliz,
e sim ser feliz com você.
Não queria estar aqui só,
e sim estar ai com você.

Você não precisa ter tido uma extensa lista de namorados para saber o que quer e o que aceita. E, olha, tem certas coisas eu não aceito mais. Porque não sou mais criança, porque apesar das minhas celulites, dos meus quilos extras, do meu siso que entortou o dente da frente, da minha mancha no pescoço que parece um chupão, do meu dedão da mão direita ter braquidactilia, das minhas imperfeições visíveis e invisíveis eu me amo. Me amo, sim. Me amo muito. E antes de amar meu namorado,eu me amo.

Não gosto de vadias dando em cima do meu namorado, me dá vontade de matá-las. Não vejo a hora de ter licença para assassinar todas elas!

Deus não me deu
um namorado
deu-me
o martírio branco
de não o ter

Vi namorados
possíveis
foram bois
foram porcos
e eu palácios
e pérolas

E é Dia dos namorados, e quando falo que prefiro estar sozinha, não significa desdenhar ter um namorado. Mas que para eu querer alguém quero muito mais do que ter um homem junto comigo. . . não foi nada fácil para mim chegar até aqui, não quero me preocupar com o futuro, mas também não quero ter receios das intenções de quem estiver comigo, quero poder sentir sinceridade nas palavras, no olhar, . . não procuro alguém que seja perfeito, mas alguém que venha para somar. Que queira me ver feliz e nunca queira me fazer chorar. Não que não faça, pois choro a toa, e não que eu queira alguém perfeito, mas alguém que também saiba pedir desculpas, e que admita as vezes errar. Alguém que não siga simplesmente os padrões de como conquistar, mas que faça isso com emoção, com intenção realmente de ficar.

Não procuro alguém que pague as minhas contas, não procuro alguém que me leve a passear até ao outro lado do mundo, quero alguém que saia da rotina, que me surpreenda com atitudes de carinho e com um “amo-te”. Quero alguém que seja sincero. Não apenas seguindo uma "cartilha" de como conquistar uma mulher. Mas que venha do coração a capacidade de amar.

Que seja alguém com quem eu possa ser transparente, a quem possa dizer-lhe o que me atormenta e também o que me enche de alegria, alguém que me conte da sua vida, dos seus problemas, que me veja como o seu apoio, como o seu confidente. Não quero alguém que faça parecer que tudo na vida é perfeição. Quero alguém sincero, correto, não um santo, mas que tenha um bom coração.

Quero que seja alguém que elogie as minhas qualidades, que ao me ver sorria, que busque a minha mão, que busque abraçar-me. Não para chamar a atenção dos que assistem, mas para ter-me dentro de seu abraço. Sentir meu coração, meu cheiro, . . E minha respiração.

Alguém que não minta para mim, e mais uma vez digo, não precisa ser perfeito, alguém que entenda que não precisa ser forte a vida inteira, alguém que aceite que também erra, mas que tenha sentimentos nas atitudes. Que também aceite criticas e não saiba somente criticar.

Procuro alguém que saiba que prefiro atitudes carinhosas e sincera a um presente mais caro. Eu não preciso de ter a meu lado alguém que possa gastar milhões a “fazer-me feliz”, preciso de alguém que entenda que para fazer-me feliz, não é suficiente apenas eu o amar, mas importa também que por mim esteja apaixonado. Por que se não for assim, . . Antes sozinha, do que mal acompanhada.

Eliani Silva de Oliveira.

Ter qualquer namorado, sem se importar com quem seja, não vai fazer você feliz ou mudar quem você é.

Não sei porque as pessoas tem a necessidade de ter alguém do lado! um namorado(a) um(a) pegueti..
parece que não tem família e amigos po..
todo mundo casa um dia e felizes pra sempre.

a única dificuldade é saber lidar com isso!
o ser humano é fraco. Sempre precisa de outro para consolar ou acolher.
Nariz pra cima e bola pra frente que o mundão ta ai.

Inserida por BrunoCarneiroQueiroz

Você pode ser morena e sua amiga ser loira, ser paciente e seu namorado não;
Você pode ter olhos castanhos e seu irmão ter olhos verdes... ter paternidade diferente;
Você pode gostar de vermelho e sua mãe detestar;
Gostar de jazz e sua prima de rap;
Você pode odiar filmes de terror, mas aquele seu colega de trabalho adora;
Você pode até não acreditar no AMOR, mas a sua professora sim.
Não importa se você é branco, negro, ruivo, alto, baixo, magro, gordo, bonito, feio, rico, pobre...
O que quero dizer é que no fim das contas, somos todos iguais.
Temos sonhos, desejos, prioridades, conhecimentos, arrependimentos, saudades...
E, acima de tudo, precisamos de Deus a todo instante, a cada piscar de olhos.
Mas, pode ter certeza que Ele também precisa de nós.

(H.A.)

Inserida por hosanaamaro

FELICIDADE não se resume em ter um namorado.
Pelo amor de Deus, é muito mais do que isso.
A verdadeira felicidade está dentro de você.
Só você é capaz de se fazer feliz.
Essa responsabilidade é sua e de mais ninguém.

Inserida por gaaabidutra

'Queria poder ter sido seu primeiro namorado!
Assim você não teria chorando por alguém que não te merecia[...]
Queria poder ter te dado o seu primeiro beijo assim não teria ficado com lagrimas nos olhos[...]
Eu queria tanta coisa, mais o que posso fazer além de dizer que sou louco por você!?'

Inserida por Rafaeldisouza