Frases com Conveniência

Cerca de 263 frases com Conveniência

O diabo pode citar as Escrituras quando isso lhe convém.

William Shakespeare
O Mercador de Veneza (1600).

Saber é compreendermos as coisas que mais nos convêm.

Os homens, em sua maioria, aprendem a ler para satisfazer uma mesquinha conveniência, assim como aprendem a calcular a fim de organizarem sua contabilidade e não serem enganados no comércio, mas sabem pouco ou nada a respeito da leitura como um nobre exercício intelectual.

Não quero ser triste
Como o poeta que envelhece,
Lendo Maiakovski de conveniência.

Não puxo saco de ninguém, detesto que puxem meu saco também. Não faço amizades por conveniência, não sei rir se não estou achando graça. Odeio dois beijinhos, aperto de mão, tumulto, calor, gente burra e quem não sabe mentir direito.

Há os que por conveniência fingem não saber a diferença entre "viver de aparência" e "viver na transparência".

Algumas pessoas têm amigos por conveniência, eu prefiro ter amigos por consideração.

Cansei de abraçar sem vontade, sorrir por conveniência, dizer "sim" para agradar, de me calar por medo de ofender. Cansei.

Nunca fui e nunca serei amigo por conveniência. Tenho meus princípios e filosofia de vida. Não sei usar as pessoas conforme me convém. Então, quando eu digo que sou seu amigo, pode confiar que é mais pura realidade.

Observação: Não é porque sou amigo que tenho que ser otário.

Conviver com ignorantes não é conveniência nem conivência, é sobrevivência.

Não existe certo ou errado... Existe conveniência!

— A unanimidade comporta uma parcela de entusiasmo, uma de conveniência e uma de desinformação.

Todas as religiões são criação humana equivalentes e por conveniência pessoal e pelas circunstâncias escolhemos uma.

Não me aproximo por conveniência. Não beijo por beijar. Não transo com qualquer um. É preciso cativar algo dentro de mim que me motive a correr os riscos.

Essas amizades por conveniência são engraçadinhas, porque você sabe o real motivo de estar ali no meio e mesmo assim finge o contrário. Não, senhores, eles não vão mudar. Sabendo disso é muito mais tranquilo não carregar mais o arrependimento de ter dito algumas verdades. Boa tarde!

“Eu não confio na pessoa que abre mão de sua convicção pessoal por conveniência”

Não existe o certo e o errado. Existe o que é ético e o que é conveniente.

Os princípios morais de um indivíduo não podem ser negociados, se assim forem, das duas uma: ou os princípios nunca existiram, ou mudam conforme a conveniência, e, em ambos os casos, o que falta é o essencial: caráter.

Lindo dia para uma amnésia de conveniência. Esqueça quem te sacaneia, lembre quem te faz bem...

Conveniência

Já fingi amor
Já fingi alegria
Já fingi tristeza
Já fingi simpatia
Já fingi prazer
Já fingi ódio
Fingi tão sinceramente
Que cheguei a duvidar se deveras não senti