Éder J. Ramos: Angel Na silhueta do teu corpo...

Angel Na silhueta do teu corpo frágil... Construí meu castelo de desejos lúdicos... E no desfilar do teu andar harmônico... Não contive a manifestação do meu co... Frase de Éder J. Ramos.

Angel

Na silhueta do teu corpo frágil...
Construí meu castelo de desejos lúdicos...
E no desfilar do teu andar harmônico...
Não contive a manifestação do meu corpo físico!

Tua voz maviosa adentrou minha mente...
Como se fosse cântico de anjos múltiplos...
Tuas mãos carinhosas afagaram meu corpo...
Que respondeu prontamente ao chamado implícito!

O prazer vem como avalanche...
Que meu corpo insiste em querer conter...
Mas tudo que sei é que você somente...
Feliz em meus braços quer adormecer!!!

Ah , como é bom amar...
Fazer parte de seus anseios...
Alimentar teus desejos...
Ah como é bom te amar!!!

1 compartilhamento
Inserida por TamieAngie