Júlio Dantas: O amor não é uma futilidade ou um...

O amor não é uma futilidade ou um divertimento; é um sentimento profundo, que decide de uma vida. Não há o direito de o falsificar.... Frase de Júlio Dantas.

O amor não é uma futilidade ou um divertimento; é um sentimento profundo, que decide de uma vida. Não há o direito de o falsificar.

176 compartilhamentos
Inserida por agf