Prof lourdes Duarte: DIFÍCIL SER NATURAL NA SOCIEDADE ATUAL...

DIFÍCIL SER NATURAL NA SOCIEDADE ATUAL
Autora : Prof Lourdes Duarte


É curioso como é difícil ser natural, nessa sociedade conturbada pelo egoísmo, preconceito, posição social ou status social elevado, pela valorização da beleza física e não da beleza interior. Uma sociedade em que as leis existem, mas difícil ser cumpridadas à risca, quando necessário. Uma sociedade em que os valores e os bons costumes estão sendo esquecidos e que a maioria das pessoas vivem por si, pensando mais em ter do que ser. Vivem , sem pensar no outro, na verdadeira amizade, no verdadeiro amor e no irmão que sofre.

Difícil ser natural, sem se deixar influenciar, vivendo numa sociedade em que todos se acostumaram a rotina e a um único ideal, aqueles que não opinam da mesma ideia ou aqueles que não respeitam essa ideia são massacrados, gerando conflitos, manifestações. Onde o mundo vai parar com tantas crises, corrupção e falta de amor!

Infelizmente, poucos são os que se preocupam com bem estar do próximo, acreditam que fazendo uma única boa ação já é o suficiente, mas não fizera apenas que sua obrigação e se vangloriam por causa disso, esquecendo-se que somos apenas um instrumento de Deus nesse mundo carente de amor.

Hoje, a sociedade família está deixando de lado o que há de mais sagrado, a educação em valores éticos e morais dos seus filhos e muitas vezes entregam seus filhos as escolas como se a elas fossem exclusividade, ensinar e educar. Esquecem-se de que a família deve caminhar lado a lado com as escolas, acompanhando a educação dos filhos e suas aprendizagens.

Então, as pessoas começam a se questionar, por que tantas distorções, por que tanta violência nas sociedades atuais? Tanta corrupção? O devemos fazer? Quando isso vai mudar?

Então, começam elencar uma série de culpados. De uma coisa é certa. Os pais dificilmente ensinaram ou ensinam seus filhos a serem corruptos, preconceituosos, delinquentes ...

Li certa vez um autor desconhecido , ele diz “Somos seres de muitas faces e múltiplas cascas que trocamos no decorrer da vida , buscando o cerne e a essência de nossa humanidade. O que realmente somos”.

Por vezes temos uma grande dificuldade em sermos autênticos, em sermos nós mesmos. Muitas vezes agimos não porque achamos correto, mas para agradar os outros.

O importante é que sejamos Nós! Que sejamos o que pensamos e o que dizemos, sem que isso nos confunda ou engane. Pois a capacidade de acertos é maior que as dos erros.

Martin Luther King diz que “ Não há nada mais trágico neste mundo do que saber o que é certo e não fazê-lo. Que tal mudarmos o mundo começando por nós mesmos?”.

Pense nisso!

Inserida por lourdesduarte