Arcise Câmara: Autoestima Tenho uma autoestima...

Autoestima

Tenho uma autoestima altíssima e por conta disso tava pensando na Sagrada, ela é a minha proteção para um mundão de coisas, mas tenho consciência que muitos delinquentes, pessoas que se acham superiores e más pessoas também tem essa característica nata. Porém, acho importante quando você reconhece o que pode ser bom ou mau. Uma faca, um carro podem ser uma arma ou um objeto de utilidade. A autoconfiança é quase irmã gêmea da autoestima, ela encanta, nos impulsiona a independência, não nos freia em medos, é um passo além. O problema clássico da autoconfiança é: sempre achamos que sabemos as respostas para tudo, sempre temos respostas prontas para resolver nossos problemas e de quem mais nos pedir conselhos ou a intimidades nos permitir palpitar mesmo ninguém nos perguntando. E aí mora o perigo. Tem momentos na vida em que você larga tudo por algo que acredita e cai de cabeça no raso, se quebra toda e por pouco não ganha uma perda total e vai parar num ferro velho. Às vezes respiramos fundo 257 vezes e não acreditamos como que nós temos que dizer isso àquela pessoa, como podemos abrir seus olhos, se tudo é tão simples.

1 compartilhamento
Inserida por Arcise