Celso roberto nadilo: O ar da solidão, E tudo será parte de...

O ar da solidão,
E tudo será parte de tudo
ao nada simplesmente por nada,
apesar do tudo não ser nada,
diferente do ar ao nada,
referir ao espaço da minha alma,
sem ninguém para sentir,
do apenas o momento sutil
verazmente para ultimo ato.

1 compartilhamento
Inserida por hellmouse666