Sandra Ceolin: Coisa de menina Desde pequena ensinei...

Coisa de menina
Desde pequena ensinei minha filha certas coisas femininas.
Um dia, quando ela ainda era bem pequena, comprei um presente importantissimo: uma pinça.
Expliquei que com aquela ferramenta ela teria o poder de cuidar das proprias sobrancelhas. Que deveria zelar pela pinça com carinho, não perder nem emprestar pra ninguém.
Mais tarde comprei um kit manicure e expliquei que uma menina tem que ter sempre as unhas bem lixadas e pintadas. Que ela guardasse aquele material com muito carinho.
Depois foi a vez dos batons, maquiagens e etc.
A lista de cuidados femininos é interminável e as vezes penso que é impossível ter tudo em dia. Se os cabelos estão escovados a sobrancelha está por fazer. Se consigo a depilação não sobra tempo de fazer as unhas...
A escravidão é total.
Minha filha agora tem vinte anos e se tornou uma mulher vaidosa. Faz quase tudo sozinha em casa e hoje tivemos uma tarde de meninas fazendo as nossas próprias unhas.
Descobri que ela roubou meu alicate e o resgatei de volta. Descobri também que ela deve ter uns trezentos esmaltes que ficam organizados por cores claras e escuras na sua caixinha de plástico colorida.
Sentadas essa tarde, com nossos respectivos materiais de manicure, jogamos conversa fora, botamos o papo em dia, rimos, brigamos, trocamos confidencias.
Coisa de mãe e filha.
Ela me deu algumas dicas novas e me emprestou um de seus esmaltes. Discutimos sobre as melhores combinações de cores, se o dourado novo é cafona ou chique, sobre como manter a acetona sem derramar e em que angulo é melhor lixar as unhas para não quebrarem. Coisas femininas.
Foi uma momento que vai ficar pra sempre nas minhas recordações. Uma tarde de amor e cumplicidade.
Coisa de família, onde as melhores lembranças se criam nos momentos simples do dia a dia.

#EuPrecisavaDizerIsto

1 compartilhamento
Inserida por svasconcelos