Fim de Relacionamento

Cerca de 492 frases e pensamentos: Fim de Relacionamento

Quem põe ponto final numa paixão com o ódio, ou ainda ama, ou não consegue deixar de sofrer.

Se inviável é a correção, oportuno é o ponto final.

Alguns relacionamentos nem precisam chegar ao fim pra sabermos como será o final.
Algumas coisas nunca vão dar certo,certas pessoas não nasceram pra ficarem juntas, e se colocássemos isso na cabeça nos poupariamos de sofrer, de muitas lágrimas e borboletas mortas no estômago.Mas a gente é bobo,insistimos na falta de amor do outro como se pudéssemos amar por dois,mas isso é loucura.Amor mendigado é sofrimento dobrado.É tristeza,é agonia,é solidão mesmo com alguém do lado.E isso não vale a pena,não vale o esforço,não vale o tempo desperdiçado.Aprenda,que a gente pode não escolher por quem vai se apaixonar,por quem vamos sofre.Mas podemos escolher a hora de parar.de dar fim a dor.E é isso que importa.

Caixa de Sapato

"Preciso de um tempo." Foi o que ela disse... Ou melhor, foi o que ela quis dizer.
Nas entrelinhas do que escreveu, estava lá: me dê um tempo. Motivo, ou desculpa, também havia. Não chamaria de motivo bobo; pelo contrário, era um motivo que eu respeitava, assim como respeitaria qualquer decisão dela.
O problema é que eu estava cego... Cego de amor. Confesso que mesmo que parecesse tão claro o que aconteceria em seguir, ainda me restou uma dúvida, uma esperança. Foi como se ela me jogasse de um precipício, mas segurasse uma de minhas mãos enquanto eu estava pendurado e a esperança de que ela me desse sua outra mão, e me puxasse de volta, não passou de uma ilusão. Eu cai.
Talvez o problema tenha sido eu, mas não me arrependo de nada que fiz.
A todo momento fui sincero sobre o que sentia; mas talvez ela devesse ter dito a verdade logo de uma vez: foi lindo o que aconteceu com a gente, mas não dá mais. Me pouparia do sofrimento, e a pouparia de usar uma desculpa.
"Eu te amo", ela disse. Mas um amor como ela descrevia não se acabaria em dias, em semanas. Pensava comigo mesmo: "talvez eu não fosse bom pra ela", mas esse não é o ponto. Tudo o que fiz foi tratá-la com respeito, com afeto, com amor; mas parece que, pra ela, eu fui só mais um.
Ela precisava de um tempo, e eu dei esse tempo, mesmo eu não querendo isso. Mas foi o melhor a se fazer.
De que adiantaria a ter do meu lado, se o que, ou quem, ela queria não estava ali? Eu mesmo respondo: nada.
Eu apenas estaria me enganando.
"Nunca vou esquecer o que aconteceu com a gente, o nosso amor"; Não, farei o possível para esquecer, porque, por mais lindo que tenha sido, aquela gota de esperança que ela deixou pingar sobre mim, me machucou ainda mais hoje.
Guardei os bons momentos em uma caixa, e essa caixa... Bem, essa caixa sempre estará ali, quando quiser me lembrar de tudo; mas como uma caixa de sapato, que guardamos no fundo de um armário, e esquecemos lá, espero que o mesmo aconteça com essas lembranças.
O amor? Não o culpo, mas quero esquecer. Não por raiva, não por ódio a ele, mas por mim, pra que eu possa me sentir bem. Apesar do amor ser aquilo que nos mantém vivos, eu não estaria vivo por dentro mesmo que eu quisesse. Eu a amei incondicionalmente, com todas as minhas verdades, mas se não era o suficiente: paciência.
Quem sabe, um dia, encontrar alguém para quem o que eu tenho a oferecer realmente valha a pena, alguém que me ame da mesma forma. Até lá desejo a ela toda felicidade do mundo, e pra mim... Bom, pra mim eu desejo que cada dia mais aquelas lembranças sejam esquecidas, e que todas as palavras ditas e digitadas voem pelo ar, e se dispersem com o vento, e, além disso, felicidade plena, aguardando, não desesperadamente, mas sim que inevitavelmente ela apareça; nao qualquer uma, mas aquela que Deus modelou.

E ali ficou...
Diante aquela porta a qual havia batido por tantas vezes e ouvido somente o forte eco de suas vãs batidas.
A casa estava vazia.
Ninguém mais habitava ali...

Todo relacionamento que não acaba com separação, acaba em morte. Tudo desmorona no final.

Final de relacionamento: Um lado, refaz a vida do jeito que quer, o outro, do jeito que pode.

No momento que ela decidiu a musica final do relacionamento, nada a fez voltar atrás afinal, a vida dela sempre por trilhada por músicas agora não seria diferente.

Não existe término de um grande relacionamento por futilidade, se acabou é porque não existia amor.

Nunca deposite sua felicidade em coisas,relacionamentos e pessoas , pois as coisas quebram, os relacionamentos terminam e as pessoas se vão.

Desculpa incomodar, mas eu preciso falar.
Queira ou não saber, já estou dizendo. Me senti muito mal esses dias, desde sábado.
É um peso, uma angústia, não sei nem se consigo te explicar.
Não estou tentando mais nada, como você mesmo pediu, eu só preciso desabafar porque guardar está me sufocando...
Fazia tempo que eu não me sentia assim e se eu não falasse, continuaria mais mal.
É uma dor tão grande que parece que vou morrer. E eu não estou usando metáforas, eu realmente não estou bem.
Tô passando mal, com dor no peito.
Eu conheço os limites do meu corpo e passar por isso nessa idade, chega me dar medo.
Senti vontade de me matar, juro. Mas até pra isso eu sou covarde.
Mas seria realmente o fim de tudo, e não haveriam mais problemas de quaisquer tipo. É tentador.
O que eu sinto por você, parece que não tem cura. E eu juro, eu não queria sentir mais nada por você. Porque eu não aguento mais te aborrecer e ficar mal assim.
Eu não tenho psicológico pra passar por certas situações, e coisas relativas a você mexem muito comigo.
Eu sinto, mas não consigo mais demonstrar. Talvez, por mágoa.
Aliás, até consigo. Mas não quero.
Desculpa. Mas tem tanta raiva dentro de mim que está me corroendo, e eu só consigo sentir vontade de me vingar de você.
Estou triste, mas isso não é nada do qual eu já tenha passado antes. Uma hora passa e se não passar, eu finjo que passou, como já fiz antes. Só que cada vez é pior e mais intenso.
Eu tenho que dar um fim nisso de alguma forma. Mesmo que pra isso eu tenha que me magoar ou magoar você...
Uma hora passa. Tem que passar.
Talvez eu arrume um filho logo. Seria uma coisa que mudaria totalmente o rumo das coisas e te afastaria de vez de mim.
Não que eu queira isso, mas ao invés de viver junto de você, eu estou morrendo aos poucos.
E te matando também.

O que era pra ser para sempre

E quando dois destinos estão fadados ao fracasso. Como reconhecer aquilo que não se quer ver? Como nos contos de fadas, nas comédias românticas, nos romances "shakespearianos" em que duas almas se encontram, se acham no meio de tantas outras e se aproximam, pois algo de especial os une. Como acreditar que o mesmo destino que os uniu os distanciou? Como aceitar que em meio a tantas diferenças que apesar de marcantes foram deixadas de lado em nome de algo que se sentia, apresentou-se de forma tão relevante em tão pouco tempo? Ela combustível ele comburente, dois pares altamente inflamáveis que, assim como, quaisquer produtos químicos e elementos instáveis da natureza se tornaram incapazes de reverter uma reação que deu origem a um produto de gosto amargo, instável e que ao ser experimentado provocou efeitos adversos. Formou-se então um sentimento que ainda os machuca, os fere e que apesar disso é o que ainda os une. A decepção do adeus, a desilusão da mentira, o fracasso por não ter sabido reverter aquilo que deveria ter sido para sempre. E como nos dramas mais rebuscados cheios de altos e baixos onde o desfecho é em sua maioria o desencontro ou a morte daquilo que deveria permanecer vivo, se desencontraram, perderam a chance de provar não aos outros mas a si próprios que seria sim possível fazer brotar uma rosa no deserto.

Maturidade é saber a hora de ir embora da vida de alguém.

Se acaso sentir saudades, só me procure em você.
Talvez eu ainda esteja dentro do seu coração...
Se acaso não me encontrar, faça um favor pra nós dois:
Aceite o fim e me esqueça.

Tem motivo maior pra você deixar a pessoa ir embora do que ela não te amar mais?
Não adianta,amor nenhum resiste a tua falta de tempo,
o sentimento ficou perdido no meio das tuas indecisões.
Me deixa ir,seguir,partir,seja lá como você chama essa vontade louca que eu estou de ir embora.
Já to cheia desse nosso relacionamento vazio,insisti,persisti e agora desisti,
ciente que fiz de tudo por você que nem meu pouco merecia.
Não me arrependo de te conhecer,
eu precisava cometer esse erro pra poder
valorizar meus acertos lá na frente.

Passaram-se alguns meses da última vez que nos vimos e foi tudo tão confuso e ao mesmo tempo tão triste, confuso porque não sabia o que seria de nós dali por diante, triste porque todas as nossas despedidas me deixavam dilacerada por dentro. Mas como eu já esperava não foi um ponto final foi mais um ponto na enorme reticência que nossa história se tornou. A verdade é que tudo me lembra você, das coisas mais intensas as absurdamente mais comuns, você sempre foi a ilusão mais palpável da minha vida. Toda vez que em minha solterice assumida eu quero me lembrar de alguém pra construir um nós é você que vêm a cabeça. Quando alguma coisa nova acontece no meio da monotonia dos meus dias é você a primeira pessoa que eu queria contar. Talvez você nunca irá saber disso, mas você foi e está sendo mesmo de longe o homem da minha vida, o homem dos meus sonhos, todos esses clichês repetitivos que ouvimos desde sempre você é pra mim. Você é o meu melhor clichê, e a minha melhor novidade também porque toda vez que eu te vejo eu descubro uma nuance nova para o teu sorriso. A gente nunca vai dá certo eu sei disso e pode acreditar não sofro mais com essa verdade, não vou te dizer que ela não está engasgada na minha garganta porque ainda está, mas ela não dói mais. O que me dói é saber que todo esse meu amor não vai servir pra nada, o que me dói é saber que um dia eu vou me casar com alguém e esse alguém não vai ser você. Nossa história vai ser meu quase mais triste. Poxa, eu quase passei no vestibular, eu quase ganhei aquele sorteio, eu quase tive você. Eu vejo tantas pessoas fazendo planos e quase sempre encontrar alguém está na lista, na minha sempre esteve reencontrar alguém. Porque por mais que eu conheça gente nova todo dia, eu sempre antes de dormir desejo sentir de novo tua pele quentinha com cheiro de paz, porque por mais que eu conhecesse o mundo seus braços continuariam sendo o melhor lugar pra eu voltar.

Se acostume com o "adeus"

Se acostume com o fato de ir dormir o resto dos teus dias sem ouvir meu "boa noite", sem desejar que durma bem ou que tenha ótimos sonhos. Se acostume a não enlouquecer ao sentir o meu perfume, não ouvir minha voz nos momentos de aflição, não sentir meu abraço nos momentos de insegurança. Se acostume com o fato de que eu estou bem em minha nova vida, e que não tenho a intenção de abandoná-la. Se acostume a não me chamar de amor, nem falar de mim para as pessoas. Se acostume a não pensar em mim quando ouvir uma música ou assistir um filme, ou até ler um livro que sabe que é o tipo que eu gostaria de ler. Se acostume viver a vida sem mim, não espere que eu vá te buscar. Se acostume a amar outra pessoa que não seja eu, a canalizar seus sentimentos e não usá-los em demasia com pessoas que não valham a pena. Não estou pedindo que me esqueça, que esqueça o que sente ou fez por mim, apenas peço que... Se acostume!

Eu não planejei esse momento e por isso ele pode te parecer meio imperfeito. Logo você que gosta de tudo tão certinho, ter que lidar com isso talvez seja difícil. Vou facilitar pra você ok. Dizer tudo o que tenho que dizer, sem um pingo de medo. Tem certeza disso? Preparada? Então tá. Nós chegamos ao fim. Não chora, por favor, não chora. Isso é também muito difícil pra mim. Não tinha como continuar, não dava mais. Acredita em mim, vai ser melhor pra nós dois. Não diga isso. Eu nunca deixei de te amar e talvez nunca deixe. Mais é o fim. Ou melhor. É o começo. O início do resto de nossas vidas. Vou fazer as malas e voltar pra casa dos meus pais. Eu sei que é estranho um cara de trinta anos que volta para a casa dos pais sozinho. Mais antes só do que mal acompanhado. Brincadeira. Eu sei que eu sou um idiota. Eu sei que isso faz você gostar ainda mais de mim. Vai ser melhor assim. Por que acabou? Essa é um pergunta difícil. É difícil porque eu sei exatamente que a minha atitude de pôr fim nisso é o melhor a se fazer, embora eu não saiba bem o por que. O problema não é com você! Não diz isso! Você é linda! Nós dois erramos, acho que foi isso. Fomos ficando distantes um dos outro, até o momento em que nos tornamos dois estranhos morando na mesma casa. Eu sei, nós fomos muito felizes aqui. Lembra daquela vez que eu te fiz uma surpresa de aniversário? Você chegou cansada do trabalho, louca pra descansar e eu tinha espalhado pétalas de rosas em todos os cantos da casa sonhando com uma noite romântica e você sonhando com um pouco de paz pra sonhar. Você fica linda assim. Sorrindo com os olhos cheios de lágrimas. Não que eu goste de te ver chorar, mas isso transparece a sua inocência, tão doce, tão meiga e tão minha. Vai ser melhor assim. Você vai encontrar um cara melhor do que eu. Alguém que te valorize de verdade. Alguém que te dê todo o carinho que eu não dei. Eu sei que você gosta de caras românticos, inteligentes e elegantes e é por isso que nós chegamos ao fim, eu sei que nunca vou corresponder as suas expectativas. Olha só como sou bonzinho, eu estou te poupando de ter que terminar comigo. Você não faria isso? Faria sim! Eu só me dei conta um pouco antes de algo que você vai entender daqui a algum tempo. Não! Eu não estou me precipitando. Só estou antecipando algo que ia acontecer a qualquer momento. Você pode ficar com a cama, lá em casa ainda tem a minha cama de solteiro. Lá em casa? Na casa dos meus pais. Você pode ficar com o apartamento, tem alguns meses de aluguel já pagos, por mim tudo bem. Não me olha assim. Nós caminhamos pra isso. Juntos. Eu e você. Mais nós podemos ser amigos? Eu não quero te perder. Vou fazer a malas agora e vou embora amanha de manha. Vou dormir no sofá da sala. Não fala isso, você é perfeita! O problemático sou eu. Você pensa em terminar a faculdade, casar, ter filhos e viver um futuro brilhante. Eu só quero fazer um mochilão sem destino e depois, sei lá, depois eu resolvo. É disso que eu não gosto em você. Tudo programado, planejado e regido. Você sabe disso. Seu livro da vida já tem titulo, começo, meio e fim e capa dura e ilustração, já eu nem sei se quero fazer um livro, eu sou um monte de papel rabiscado e espalhado pelo chão. Você vai encontrar alguém! Eu tenho certeza disso! Alguém melhor do que eu! Eu te amo, é por isso que vou ir embora, eu seria incapaz de fazer você feliz. Eu te amo tanto, é por isso que vou te deixar livre, porque eu te amo e te desejo um cara melhor do que eu, que escreva com você uma bela história de vida, que te dê lindos filhos e que te faça feliz, de um jeito que eu jamais faria.

Sabe quando você pensa que é o fim de tudo só porque o relacionamento que você tanto deseja acaba, então é nesses momentos que você tem que ser forte e amadurecer, pois é a partir dessas dores que o seu coração sente, que a gente aprende a jogar aquele jogo chamado: VIDA REAL.

Acho que o fim de um relacionamento é sempre difícil, a saudades das coisas mais banais fazem parecer que seu mundo acabou, mas não... a vida continua e um dia a dor passa, é só você querer, pode demorar um dia, uma semana, um mês, um ano. Mas um dia passa.



Temos a impressão que a pessoa é nossa, que nos pertence como se fosse alguma coisa que compramos, mas ela tem seus direitos, de não te querer mais, de não querer falar com você e de simplesmente querer lembrar que foi uma coisa boa.



Ficamos loucos como se tivéssemos perdido um pedaço de nós.



E querendo ou não, temos que chegar a conclusão que acabou, e que não foi por causa de uma coisa ou outra ou que foi por causa de você ou dele(a), acabou porque acabou!

E foi bom enquanto durou, deu certo durante um tempo!!! A melhor coisa a se fazer e ficar quieto não procurar, não ligar, não fazer nada. Pense.



É difícil aceitar isso, mas é o jeito! E se for pra ser... um dia vai ser, um dia volta.



Exaltemos as coisas boas, mas temos que lembrar que também existiram coisas ruins, mas a nostalgia é assim; reciclada, cortamos o que faz mal e editamos as partes felizes como um filme de auto-ajuda.



E por favor, não se acomode, varie sua rotina, saia com pessoas diferentes, até mesmo aquelas que você não quer ver, vá a lugares diferentes! Experimente! Às vezes as melhores experiências estão nas oportunidades mais inesperadas. Faça isso sozinho e em especial com a pessoa que está do seu lado.



Não se critique demais nem se parabenize demais, suas chances vão continuar sendo as mesmas.



Cometemos muitos erros enquanto estamos de cabeça quente e solitários, o problema é que só percebemos isso depois. Mas isso é bom porque não os faremos de novo. Por isso lembre-se quando estiver nervoso, não faça nada, por mais que queira gritar, ligar, brigar, fique quieto, quando estiver mais tranqüilo pense e depois disso pense de novo, não estrague as coisas por causa de um impulso.



A vida da outra pessoa é dela, e dela somente, não podemos interferir, nem dar opinião, nem conversar com as pessoas próximas dela, lembre-se, se acabou... Acabou!



Não fique com raiva da outra pessoa, ela não tem culpa por não te querer mais, ou às vezes até quer, mas a convivência estava tão difícil que é melhor ficar separados, pode ser para sempre, pode ser por um tempo, mas reflita sobre isso. Só o tempo irá dizer.



E depois de um tempo... é bom conversar, colocar as cartas na mesa, pedir desculpas! O ressentimento não faz bem a ninguém, o carinho sim... este faz bem, não falo daquele carinho louco que temos quando o amor nos domina, mas o carinho de que a pessoa foi especial e mudou sua vida de um jeito impressionante. Deixe isso claro, nunca sabemos o que pode acontecer no futuro.



Tiremos nosso próprio tempo para pensar, amadurecemos sozinhos!



Escute seus amigos mais experientes eles sabem o que dizem, escute seus pais, eles só querem seu bem.



A saudade como disse antes pode voltar quando você menos imagina, não fique pensando que é uma coisa ruim, é bom você lembra de um momento bom da sua vida, mas pense que isso só te acrescentou e foi uma forma de aprendizado.

Quando pensar nos seus erros, não sofra pois é com eles que você verdadeiramente aprendeu.



E assim é a vida... uma série de ciclos, que começam e terminam. Alguns voltam outros não! Mas deixe que eles se fechem naturalmente, não se force a sentir coisas que você sabe que não são verdadeiras, se for para chorar, chore. A sinceridade umas das coisas mais lindas da vida.



Todo mundo sofre por amor, quem não ama não vive.



O amor é assim, enquanto te traz a maior felicidade do mundo também te traz a maior tristeza. É um paradoxo.



O amor é lindo somente quando sabemos perdoar, e nunca se iluda que existe uma pessoa perfeita, todos temos defeitos, e em uma relação lembre-se deles, nunca se esqueça, pois eles ajudam a você entender a pessoa que está a seu lado. Escute a pessoa que te fala para mudar ou para maneirar em algumas coisas, ela só quer seu bem. Tente se colocar no lugar dela.



Tente entender as preferências e as atitudes dos outros, respeite-as.



Não implique, não xingue, não brigue, saiba lidar com as diferenças puramente humanas, não nascemos todos na mesma família não vivemos no mesmo meio, não somos iguais, mas nos entendemos e isso sim é amor.



Também não seja um santo, quando alguma coisa te incomoda, fale o que pensa, o que quer, isso constrói base indestrutíveis, mostra caráter, maturidade. Ninguém quer estar sempre certo, precisamos ser contrariados. Uma relação nunca vai ser sempre linda, cheia de paz, querendo ou não e por mais absurdo que pareça brigas ajudam.



Não temos uma conexão divina com o outro, temos carinho, amor e respeito, infelizmente este último muitas vezes é esquecido.



O amor vem em ondas, tem dias que não queremos ver a pessoa, tem dias que queremos ficar abraçados 24 horas. Respeite essas escolhas, não exija que fiquem com você, simplesmente por que você quer, essa pode ser a pior forma de egoísmo da mundo. Essas ondas podem não voltar como também podem voltar depois de um longo tempo.



A distância dá saudade. Ficar juntos é ótimo, mas também precisamos entender que a temos vidas separadas que também são felizes, e que juntos somos mais ainda. Muito mais. Tenha seu próprio espaço, sua própria individualidade, sua própria felicidade. Não sufoque a pessoa, não exija o que não pode ser dado, só por que você quer, isso machuca, estraga. Respeite o espaço e as escolhas.



Não seja indiferente com os sentimentos dos outros e não deixe que sejam com os seus, uma palavra pode doer mais do que mil facadas.



Assim é o amor, ao mesmo tempo que nos conforta ele também maltrata.



Incompreensível... Imprevisível....



Quem sabe um dia ele bate na sua porta de novo... melhor e maior.







Mas quem sou eu para falar disso, só tenho a consciência que percebi essas coisas tarde demais.