O Óscar é uma das premiações de maior prestígio dentro da indústria cinematográfica mundial!

Porém, pouca gente sabe que muitas das histórias que emocionaram pessoas pelos cinemas de todo o mundo são adaptações de obras literárias.

Selecionamos os 10 filmes baseados em livros que ganharam estatuetas do Óscar e se consagraram eternamente como grandes clássicos do cinema mundial. Confira!

1. O Poderoso Chefão (The Godfather)

poderoso chefao

Este clássico do cinema, dirigido por Francis Ford Coppola, foi lançado em 1972 e indicado a nove categorias do Óscar de 1973: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Mixagem de Som, Melhor Figurino, Melhor Edição e Melhor Trilha Sonora.

“O Poderoso Chefão” levou os prêmio de Melhor Filme, Melhor Ator (Marlon Brando) e Melhor Roteiro Adaptado.

Este filme foi baseado na obra “O Poderoso Chefão” de Mario Puzo, lançado inicialmente em 1969.

Um homem que não se dedica à família jamais será um homem de verdade.

Don Vito Corleone

2. A Lista de Schindler (Schindler's List)

lista de schinder

Dirigido por Steven Spielberg, “A Lista de Schindler” é um dos filmes mais emocionantes sobre o Holocausto!

Lançado em 1993, este filme norte-americano foi nomeado para doze categorias do Óscar de 1994.

Entre todas as indicações, “A Lista de Schindler” conquistou sete prêmios: Melhor Filme, Melhor Diretor (Steven Spielberg), Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Trilha Sonora Original, Melhor Montagem, Melhor Fotografia e Melhor Direção de Arte.

O roteiro do filme é baseado no romance Schindler's Ark, do australiano Thomas Keneally, lançado inicialmente em 1982.

3. Um Estranho no Ninho (One Flew Over The Cuckoo's Nest)

estranho no ninho

Este filme é baseado no romance “One Flew Over The Cuckoo’s Nest” (“Um Estranho no Ninho”, na tradução para o Brasil), de Ken Kesey e lançado em 1962.

A versão cinematográfica foi dirigida por Miloš Forman e lançada em 1975.

No Óscar de 1976, o filme foi indicado para nove categorias, vencendo cinco: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator (Jack Nicholson), Melhor Atriz (Louise Fletcher) e Melhor Roteiro Adaptado.

4. Hamlet

hamlet

A clássica peça de teatro escrita pelo icônico poeta e dramaturgo inglês William Shakespeare, entre 1599 e 1602, ganhou a sua primeira adaptação cinematográfica em 1948.

Com direção de Laurence Olivier, Hamlet foi indicado em sete categorias no Óscar de 1949.

Foi vencedor de quatro prêmios: Melhor Filme, Melhor Figurino – preto e branco, Melhor Direção de Arte – preto e branco e Melhor Ator (Laurence Olivier).

5. Onde os Fracos Não Têm Vez (No Country for Old Men)

onde os fracos não tem vez

Com direção dos Irmãos Coen (Ethan Coen e Joel Coen), “Onde os Fracos Não Têm Vez”, lançado em 2007, foi inspirado na obra No Country for Old Men, de Cormac McCarthy.

Na premiação de 2008, este filme levou quatro estatuetas pelas categorias de: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Ator Coadjuvante (Javier Bardem) e Melhor Roteiro Adaptado.

Escolha, amigo.

Anton Chigurh

6. Dança com Lobos (Dances With Wolves)

dança com lobos

Baseado no livro “Dances With Wolves”, de autoria do norte-americano Michael Blake, “Dança com Lobos” foi um grande êxito, sendo indicado para doze categorias no Óscar de 1991.

Com direção de Kevin Costner, o filme venceu sete prêmios: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Fotografia, Melhor Montagem, Melhor Trilha Sonora, Melhores Efeitos Sonoros e Melhor Roteiro Adaptado.

7. O Paciente Inglês (The English Patient)

paciente ingles

O Paciente Inglês, com direção de Anthony Minghella, foi vencedor de nove prêmios no Óscar de 1997.

Este filme foi baseado na obra homônima (The English Patient), do canadense Michael Ondaatje.

Os prêmios conquistados foram: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Atriz Coadjuvante (Juliette Binoche), Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia, Melhor Figurino, Melhor Edição, Melhor Trilha Sonora de Drama e Melhor Mixagem de Som.

8. Grande Hotel (Grand Hotel)

grand hotel

Outro clássico imperdível para os admiradores da sétima arte! Grande Hotel, lançado em 1932 e com direção de Edmund Goulding foi o grande vencedor do Melhor Filme na entrega dos Óscars em 1932.

O filme é baseado no romance Menschen im Hotel (título original), publicado em 1929, e de autoria da escritora austríaca Vicki Baum.

9. O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (The Return of the King)

senhor dos aneis

Este é um dos filmes com maior número de indicações e prêmios recebidos na história da premiação do Óscar!

“O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei” é o terceiro e último filme da série “Senhor dos Anéis”. Com direção de Peter Jackson, este clássico da fantasia conquistou onze estatuetas na premiação de 2004!

Todos os filmes da série “O Senhor dos Anéis” foram baseados nos livros de J.R.R. Tolkien, premiado escritor inglês. O último livro desta série (O Retorno do Rei) foi inicialmente publicado em 1955.

No total, o filme foi indicado a 11 categorias, vencendo todas: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Roteiro Adaptado, Melhores Efeitos Visuais, Melhor Direção de Arte, Melhor Edição, Melhor Figurino, Melhor Maquiagem, Melhor Mixagem de Som, Melhor Trilha Sonora e Melhor Canção Original.

Esse silencio é o ultimo respiro profundo antes do mergulho!

Legolas

10. O Pianista (The Pianist)

o pianista

A emocionante autobiografia do músico polaco Wladyslaw Szpilman foi a base para a criação deste filme, dirigido pela renomado Roman Polanski.

O Pianista foiindicado para sete categoriasdo Óscar 2003, vencendo como: Melhor Diretor (Roman Polanski), Melhor Ator (Adrien Brody) e Melhor Roteiro Adaptado.

As memórias de Szpilman foram inicialmente publicadas no livro Morte de Uma Cidade (Śmierć Miasta, título original).

11. Sem Novidade no Front | Nada de Novo no Front (All Quiet on the Western Front)

sem novidade no front

Com direção de Lewis Milestone, Sem Novidade no Front ganhou o Óscar de Melhor Filme e Melhor Direção, em 1930.

O longa conta a história de um grupo de estudantes alemães que são convencidos por seu professor a servir o exército durante a Primeira Guerra Mundial. No entanto, ao chegarem no coração da batalha, começam a refletir sobre a natureza da guerra e dos princípios duvidosos de "honra" que esta defende. 

O filme foi lançado em 1930 e é uma adaptação do romance Im Westen nichts Neues do escritor alemão Erich Maria Remarque

12. O Grande Motim (Mutiny on the Bounty)

o grande motim

Drama dirigido por Frank Lloyd e com roteiro baseado no romance O Grande Motim, de Charles Nordhoff e James Norman. A história narrada no livro é, por sua vez, inspirada em relatos reais.

O filme mostra como teria sido o notório motim no navio inglês Bounty, comandado por Fletcher Christian, em 1789. A partir deste episódio, houve uma intensa mudança no modo como os capitães da marinha britânica comandavam as suas embarcações. O longa ganhou o Óscar de Melhor Filme em 1936.

13. Emile Zola (The Life of Emile Zola)

Emile Zola

Este drama biográfico foi baseado no livro homônimo de autoria de Matthew Josephson. A história se foca na luta de Zola pela defesa do capitão Alfred Dreyfus, que foi acusado de traição apenas por ser judeu.

Teria sido como forma de desafiar os militares da época que Emile Zola publicou a obra J'accuse, um manifesto em defesa do capitão. 

Com direção de William Dieterle, o filme de Emile Zola levou três estatuetas do Óscar em 1938: Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante (Joseph Schildkraut) e Melhor Roteiro.

14. ... E o Vento Levou (Gone with the Wind)

e o vento levou

Um verdadeiro clássico do cinema mundial, E o Vento Levou tem direção de Victor Fleming (O Mágico de Oz) e roteiro baseado na obra homônima de Margaret Mitchell.

O filme recebeu 13 indicações ao Óscar de 1940, vencendo em 8 categorias: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Atriz (Vivien Leigh), Melhor Atriz Coadjuvante (Hattie McDaniel), Melhor Roteiro Adaptado (Sidney Howard), Melhor Edição (Hal C. Kern), Melhor Fotografia (Ernest Haller e Ray Rennahan), e Melhor Direção de Arte (Lyle R. Wheeler). 

Francamente, minha querida, eu não dou a mínima.

Rhett Butler

15. Como Era Verde o Meu Vale (How Green Was My Valley)

como era verde o meu vale

Baseado no livro homônimo do escritor gales Richard Llewellyn, Como Era Verde o Meu Vale (1941) foi indicado a 10 categorias no Óscar de 1942, levando cinco estatuetas para casa: Melhor Filme, Melhor Diretor (John Ford), Melhor Fotografia em Preto e Branco, Melhor Ator Coadjuvante (Donald Crisp), e Melhor Direção de Arte em Preto e Branco.

No drama acompanhamos a história de Huw Morgan que relembra todos os problemas que enfrentou ao longo da vida, principalmente o declínio de sua família.

16. A Luz é Para Todos (Gentleman's Agreement)

a luz é para todos

Filme baseado no livro homônimo escrito por Laura Z. Hobson. Dirigido pelo cineasta greco-americano Elia Kazan, A Luz é Para Todos foi uma das primeiras produções cinematográficas de Hollywood a tratar o preconceito racial, um assunto bastante polêmico para a época.

O longa ganhou três Óscares em 1948: Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Atriz Coadjuvante (Celeste Holm).

17. A Grande Ilusão (All the King's Men)

a grande ilusão

A Grande Ilusão é baseado na obra de Robert Penn Warren, ganhador do Prêmio Pulitzer de Literatura por este romance.

A adaptação cinematográfica de 1949 foi dirigida por Robert Rossen e venceu três categorias no Óscar de 1950: Melhor Filme, Melhor Ator (Broderick Crawford), e Melhor Atriz Coadjuvante (Mercedes McCambridg). Além dos prêmios da Academia de Hollywood, o longa também ganhou várias categorias do Globo de Ouro.

O filme mostra como o ser humano pode ser corrompido com o poder, transformando-se no seu pior inimigo.

18. A Um Passo da Eternidade (From Here to Eternity)

a um passo da eternidade

Baseado na premiada obra From Here to Eternity do escritor norte-americano James Jones, o filme tem direção de Fred Zinnemann e narra a vida das pessoas em Pearl Habor pouco antes dos fatídicos ataques durante a Segunda Guerra Mundial.

O longa foi indicado a várias categorias da Premiação dos Óscares de 1954, vencendo como: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator Coadjuvante (Frank Sinatra), Melhor Atriz Coadjuvante (Donna Reed), Melhor Edição, Melhor Fotografia Preto e Branco, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Som.

Além do Óscar, A Um Passo da Eternidade ainda recebeu prêmios no Globo de Ouro, Festival de Cannes, BAFTA e Prêmio NYFCC (New York Film Critics Circle Awards).

Ninguém nunca mente sobre ser solitário.

Robert E. Lee "Prew' Prewitt

19. A Volta ao Mundo em 80 Dias (Around the World in Eighty Days)

volta ao mundo em 80 dias

Esta é uma das obras mais famosas de Júlio Verne, e que foi adaptada para às telonas por Michael Anderson, Kevin McClory e Sidney Smith em 1956.

A história conta a aventura de Phileas Fogg e seu fiel criado Passepartout enquanto tentam dar a volta ao planeta em apenas 80 dias, para que o nobre cavalheiro inglês possa ganhar uma aposta. 

O longo ganhou em cinco categorias na premiação do Óscar de 1957: Melhor Filme, Melhor Roteiro adaptado, Melhor Montagem, Melhor Fotografia e Melhor Trilha Sonora.

20. A Ponte do Rio Kwai (The Bridge on the River Kwai)

a ponte do rio kwai

Com direção de David Lean, o longa é baseado no romance Le Pont de la Rivière Kwai, do escritor francês Pierre Boulle.

A trama narra a história de um grupo de prisioneiros ingleses que foram obrigados a construir uma ponte de ferro sobre o rio Kwai e trabalhar ao lado de seus inimigos, os japoneses.

O filme ganhou vários prêmios em diferentes festivais, com destaque para as 6 estatuetas do Óscar que recebeu em 1958: Melhor Filme, Melhor Diretor (David Lean), Melhor Ator (Alec Guinness), Melhor Fotografia, Melhor Edição, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Trilha Sonora. 

21. Gigi (Gigi)

gigi

Um cômico musical baseado na obra homônima da escritora francesa Sidonie Colette, publicada em 1944. O filme foi lançado em 1958, com direção de Vincente Minnelli e atuações de Leslie Caron (Gigi), Maurice Chevalier (Honoré Lachaille), Louis Jourdan (Gaston Lachaille), entre outros.

O longa venceu várias categorias na premiação da Academia de Hollywood, como: Melhor Filme, Melhor Diretor (Vincente Minnelli), Melhor Direção de Arte, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Fotografia Colorida, Melhor Figurino, Melhor Canção Original, Melhor Trilha Sonora e Melhor Edição.

22. A Noviça Rebelde (The Sound of Music)

a noviça rebelde

Um dos filmes mais icônicos do cinema mundial, a história de A Noviça Rebelde também foi baseada numa obra literária. 

The Story of the Trapp Family Singers é o título do livro de memórias da baronesa Maria von Trapp, e que serviu de inspiração para a produção deste longa. 

A trama fala sobre a história real da família de cantores von Trapp, se focando na personagem de Maria (a protagonista), desde os seus anos como noviça em Salzburgo, na Áustria, até o momento em que precisam fugir da ocupação nazista.

A Noviça Rebelde ganhou como Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Montagem, Melhor Som e Melhor Trilha Sonora na premiação dos Óscares de 1966.

Devo sonhar com as coisas que busco. E eu busco a coragem que me falta.

Maria von Trapp

23. Oliver! (Oliver!)

oliver

Nomeado para onze categorias no Óscar de 1968, Oliver! é baseado na icônica obra de Charles Dickens, Oliver Twist

O filme é dirigido por Carol Reed e inspirado num musical homônimo de Lionel Bart. Assim como a obra de Dickins, em Oliver! acompanhamos a história de um jovem rapaz que foge de um orfanato e encontra um grupo de garotos treinados para serem "batedores de carteira".

O musical ganhou a estatueta do Óscar como: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Adaptação Musical, Melhor Diretor de Arte e Melhor Som.

24. Perdidos na Noite (Midnight Cowboy)

perdidos na noite

Com roteiro baseado na obra homônima de James Leo Herlihy, Perdidos na Noite conta a história de um humilde e jovem texano que se muda para Nova York, onde começa a trabalhar como garoto de programa de mulheres ricas.

O longa tem direção de John Schlesinger e foi ganhador do Óscar de Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Roteiro Adaptado, em 1970. Além disso, Perdidos na Noite também foi premiado em diversos outros festivais, como o BAFTA, o Globo de Ouro, e o NYFCC, por exemplo.

25. Gente como a Gente (Ordinary People)

gente como a gente

Adaptação cinematográfica do romance homônimo de Judith Guest. O longa foi lançado em 1980 e conta a história de transformação de uma família após uma tragédia se abater sobre a vida de todos. 

Gente como a Gente tem direção de Robert Redford e venceu quatro prêmios da Academia de Hollywood: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator Coadjuvante (Timothy Hutton) e Melhor Roteiro Adaptado. 

26. Laços de Ternura (Terms of Endearment)

laços de ternura

Inspirado no romance de Larry McMurtry, Laços de Ternura foi lançado em 1983, com direção de James L. Brooks.

O filme é focado na relação conflituosa entre mãe e filha, e como esse relacionamento é afetado quando são expostas a sentimentos extremos de alegria, medo, tristeza e amor.

O filme foi indicado ao Óscar de 1984 e venceu nas categorias: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Atriz (Shirley MacLaine), Melhor Ator Coadjuvante (Jack Nicholson) e Melhor Roteiro Adaptado.

27. Quem Quer Ser um Milionário? (Slumdog Millionaire)

quem quer ser um milionário

O filme dirigido por Danny Boyle foi indicado a 10 Óscares, vencendo oito: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Fotografia, Melhor Edição, Melhor Trilha Sonora Original, Melhor Canção Original e Melhor Mixagem de Som. 

A história é baseada na obra Q & A, do escritor indiano Vikas Swarup.

Nunca esqueci. Nem por um momento. Eu sabia que te encontraria no fim. É nosso destino.

Dinheiro e mulheres. Os motivos para cometer erros na vida. Parece que você misturou os dois.

Inspetor da polícia

28. Argo (Argo)

argo

Dirigido por Ben Affleck em 2012, Argo foi adaptado a partir do livro The Master of Disguise, escrito pelo agente Tony Mendez, ex-membro da CIA.

O filme se passa no Teerã, no Irã, e aborda importantes situações que ocorreram durante a "crise de reféns" em 1979.
Argo ganhou vários prêmios, entre eles o Óscar de Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Edição.

29. 12 Anos de Escravidão (12 Years a Slave)

12 anos de escravidao

Este incrível drama histórico foi baseado na autobiografia de Solomon Northup, um negro livre que foi sequestrado e ilegalmente vendido como escravo, em 1853. 

Com direção de Steve McQueen, 12 Anos de Escravidão foi indicado para 9 categorias no Óscar, ganhando três: Melhor Filme, Melhor Atriz Coadjuvante (Lupita Nyong'o) e Melhor Roteiro Adaptado.

Eu não quero sobreviver. Eu quero viver.

Solomon Northup