Coleção pessoal de Vinischuartz

141 - 160 do total de 2422 pensamentos na coleção de Vinischuartz

⁠Firmei meu pensamento no que realmente vale a pena, olhei a minha volta e vi gente com problemas, somos tão racionais ao ponto de sermos menos unidos do que formigas ou abelhas.

⁠Muitas vezes, já pensei em me matar, não é incentivo, eu só quis me retratar; quantos leriam isso pra depois vir me julgar? Deixa a alma falar, deixa o que faz sentido na vida antes que o corpo retorne ao mar, ao lar de flores que caem, olhares que traem. Sou eu ou meu pai? Disseram que viver era um sacrifício, que se morre a cada dia por ofício. Firmei meu pensamento no que realmente vale a pena, olhei a minha volta e vi gente com problemas, somos tão racionais ao ponto de sermos menos unidos do que formigas ou abelhas. Pobres somos, reis de tronos que depois ninguém se lembra. Me deixa reintegrar com fragmentos de verdades. São palavras que revelam um segredo. Miragens são solidificadas quando não assumimos porquê viemos. Mas como saberemos? Para que seremos? Por que lutaremos? Após a morte, continuaremos?

⁠Essa saudade nunca me abandona, falando nisso, cada um de nós carregará o peso das correntes da vaidade, listei em poemas palavras chave, palavras essas que que eram mais que uma identidade. Olhei pra dentro e vi que é só questão de tempo. A vida é desse jeito, não adianta chorar ou suplicar, quando a hora chega algo vem nos buscar, quantas vezes me perdi na bebedeira, enquanto meus sentimentos congelados dentro de uma geladeira. Pra abrir meu pensamento fiz do verso, britadeira, disseram que é besteira, quero ver qual deles se assemelha ao descaso, são dores e fracassos de quem não tem jogado. Me diz qual o motivo de tanta disputa? Sei que somos engrenagens à procura do que nos suga, a felicidade de verdade vem da valorização do que já temos, dizem que Deus cura o sofrimento, me pergunto quem deixou o mundo desse jeito? A resposta viria quando cada um pensasse nisso se olhando no espelho.

⁠A ansiedade antecipa a morte em recortes, o coração é um ato de honestidade, frente a roteiros de herdeiros dessa cidade. Necessidade de auxílio, recluso, incluso, suspeito, frente a necessidade de atenção, ninguém sabe porque veio, tem horas que tudo me irrita, deve ser essa ansiedade que me revisita, sempre me lembra do estresse de lidar com situações, percebi na vida que nada é por acaso, tudo tem seu motivo, o olho que percebe carrega consigo o segredo, olhares em meio ao nevoeiro, me perdi em caminhos que juravam me guiar ao sol, cheguei as nuvens e observei o quando somos pequenos, vi um carro desgovernado acabando com o que foi belo.

⁠A reflexão é consequência do cultivo do silêncio.

A paixão é chama que se torna brasa.
O amor é a brasa que se torna chama.

Alucinógeno como o THC da fumaça,
a consequência da trapaça,
o efeito da cachaça, maldita raça
que quer cuidar da minha vida,
uma passagem só de ida, pensamento suicida.

-Inglês

⁠Às vezes, bate aquela tristeza, sinto uma agonia imensa, queria me esconder debaixo da mesa; no fim, seremos desprezados, qual o sentido de tanto trabalho? Preciso viver o momento, e se o momento for o tormento, então escapo no tempo? A humilhação da esmola de quem te sustenta. Já faz um tempo que da vista retirei a venda, observei pela fenda, diziam que se não sabe, aprenda. Quem se reinventa, se orienta. Abri a gaiola do meu pensamento, antes de olhar pra fora, me sondei por dentro.Perguntei pra Deus: “Qual a função do sofrimento”?

Como encontrar incentivo no fracasso? No recomeço, utilizando a experiência em prol da excelência?
Como estar racional o tempo inteiro? Buscando o conhecimento de si mesmo, me preocupando com tudo além da extensão dos meus membros?

⁠Se não podemos provar que Deus existe, como conseguimos provar que ele não existe?

Se Deus não existir,
por que fazer o bem?

Se a vida não tiver sentido, qual é o sentido de continuar vivendo?

Na roleta russa, cada tentativa é uma vida. Quem desiste de tudo é quem se arrisca.

⁠Me deixa expressar a forma que eu interpreto o mundo, vejo somente o que me interessa, sou um ignorante de outras conversas, Deus me livre de cometer fofoca, quem o comete não limpa a própria alma. Sou fruto do acaso ou um plano ocasionado. Ser liberto ou aprisionado, depende do momento. Sou um pensamento vivendo entre textos, olhar atento ao sentimento. Castigo ou livramento? Razão ou emoção? O que move o batimento do fundo peito? Materno igual Deus, paterno igual Deus. Fraquejo entre os meus pra que eu seja sincero entre os meus. Cansei de ficar calado enquanto via tudo e fazia vista grossa. Sou um navegante cursando a rota, no mar, sem ver chão, apenas meu reflexo na água, o balanço do barco provocado pela tempestade muda o contexto da viagem.

⁠Me considero corajoso por sobreviver no mundo, mas é preciso ser mais corajoso para desistir de tudo.

⁠Dizem que o abstrato é irreal, e que o real é detectável pela razão. Mas o que realmente importa está além de qualquer filosofia, crença ou ciência.
É o desejo que move toda à existência.

⁠Se quiser que não falem da sua vida, então deixe de existir. Mesmo assim, isso não garantirá que não exista inveja em outra vida.

⁠Deus é um insight.

⁠Mesmo que o gênio publique sua obra em vida. o verdadeiro reconhecimento virá após a sua morte. Porquê seu objetivo não é a fama, mas sim a mudança do mundo.

⁠Alguns dizem que Deus não existe, por falta de interação; outros dizem que ele se faz presente estando no controle de qualquer situação. O fato é que, segundo a razão, existe o bem e o mal, a força geradora não se importa com o sofrimento ocasionado, tudo faz parte de um plano que está além da compreensão humana.

⁠Quando eu não acreditava em mim mesmo, Deus me deu um novo recomeço. Quando eu esqueci do meu valor, Deus me levantou. Ele estava presente em cada ato, em cada ser que interage, sou eternamente grato pela criação da arte.

O dinheiro é o nome do único Deus real criado pelo⁠ homem. O único real que eu acredito é o amor, a essência do eterno que nos criou.