Coleção pessoal de carlinharios

141 - 160 do total de 519 pensamentos na coleção de carlinharios

E no final de todos os dias, eu só peço a Deus que só o que for verdadeiro permaneça na minha vida.

“Não bloqueio críticas. Apenas excluo gente que não soma nada, não entende textos, fatos, ironias… Não me interessam essas pessoas.”

Tô numa fase da minha vida que não to mais fazendo questão de nada. Se quiser ficar aqui, tudo bem. Se não, amém.

“Três regras: não prometa nada quando estiver feliz; não responda nada quando estiver irritado; não decida nada quando estiver triste.”

“Senti pena. Foi isso. Pena. A pior coisa que se pode sentir por alguém.”

“Ele é só um cara perdido como muitos outros caras que você encontrou, e perdeu. Ele é só um cara. E você já esqueceu outros caras antes.”

Tati Bernardi

É gostoso demais ser feliz por sua causa.

Não adianta você me achar isso ou aquilo se, ao final de toda frase em que me coloca pra cima, encaixa uma vírgula e um "mas". Veja bem, eu quero ser de alguém sem porém.

Gustavo Lacombe

A gente é um enrosco. É uma confusão que, admito, eu gosto. Pode colocar aí: relacionamento enrolado. Por que não? Na frente dos outros, amigos. Por trás do muro, é mais gostoso proibido. Nem é. Mais gostoso é consentido. Com sentido, então. Só que a gente é bagunça e nem tudo é racional. Já viu alguém ir pra longe achando que assim pode encontrar o melhor final? Entende não. Alguns casos, se tivessem explicação, perderiam toda a graça.

Gustavo Lacombe

“Eles se amam. Todo mundo sabe mas ninguém acredita. Não conseguem ficar juntos. Simples. Complexo. Quase impossivel. Ele continua vivendo sua vidinha idealizada e ela continua idealizando sua vidinha. Alguns dizem que isso jamais daria certo. Outros dizem que foram feitos um para o outro. Eles preferem não dizer nada. Preferem meias palavras e milhares de coisas não ditas. Ela quer atitudes, ele quer ela. Todas as noites ela pensa nele, e todas as manhãs ele pensa nela. E assim vão vivendo até quando a vontade de estar com o outro for maior do que os outros. Enquanto o mundo vive lá fora, dentro de cada um tem um pedaço do outro. E mesmo sorrindo por ai, cada um sabe a falta que o outro faz. Nunca mais se viram, nunca mais se tocaram e nunca mais serão os mesmos. É fácil porque os dias passam rápidos demais, é difícil porque o sentimento fica, vai ficando e permanece dentro deles. E todos os dias eles se perguntam o que fazer. E imaginam os abraços, as noites com dores nas costas esquecidas pelo primeiro sorriso do outro. E que no momento certo se reencontrem e que nada, nada seja por acaso.”

Muitas vezes as reviravoltas servem para nos sacudir, para nos fazer acordar. Para mostrar que a gente merece mais, muito mais. Não vale a pena se desgastar com ignorância, fofoca e falsidade. Não faz bem para a saúde conviver com mesquinharia. Ambientes carregados não fazem bem para a alma de ninguém.

Você deixa um alfinete cair no chão do seu quarto e pensa “daqui a pouco eu pego". Horas depois você se esquece, se distrai, e acaba pisando em cima, sente uma dor terrível. Você sabe que poderia ter evitado com um simples gesto, mas mesmo assim fica com ódio por ter se machucado de forma tão idiota. Você se recusa a acreditar que algo tão inofensivo no momento possa te fazer algum mal. Se esquece que pequenas coisas podem causar dores insuportáveis. Mas aprende que nem toda dor é física.

Seja forte, a vida exige isso de você.

“Você dormiu com o celular embaixo do travesseiro. Porque até uma ligação dele bêbado, de madrugada, te querendo como última opção, pode ser melhor que esse silêncio.”

Eu sofro sendo assim, eu sofro porque, quando você acha mais da metade do mundo babaca, você passa muito tempo sozinho.

Ele disse para ela ir se tratar, e então foi isso que ela fez. Tratou o cabelo, tratou a pele, tratou do corpo, tratou de conhecer gente nova, tratou de viajar, tratou de rir, tratou de se divertir… E foi se tratando que percebeu que não precisa dele pra ser amada, e sem ele tratou de ser feliz.

Uma caixa inteira de Bis pra não ligar pra ele. Saudade não mata, mas engorda.

“Queria estar contigo nesse momento, te abraçando… aliás eu queria te abraçar para sempre, e mesmo assim acho que não seria o suficiente. Queria sentir o calor do seu beijo. Te dar carinho, fazendo de tudo para arrancar um sorriso seu. Ah, o seu sorriso, como pode existir uma coisa tão perfeita como o seu sorriso? […] Ainda sonho com o dia que vamos nos encontrar, dar risadas juntos, fazer o tempo parar. Quero contigo aprender o que é amar, e esquecer a palavra abandonar. Juro estar com você quando você mais precisar, fazer sorrir quando sua vontade for chorar.”

“E no meio da noite, quando eu decido que estou ótima afinal de contas tenho uma vida incrível e nem amava mesmo você, eu me lembro de umas coisas de mil anos e começo a amar você de um jeito que, infelizmente, não se parece em nada com pouco amor e não se parece em nada com algo prestes a acabar.”

“Chega, chega. Pra que isso? Se ele estiver com alguém agora, e daí? Ele e eu não temos nada a ver, certo? Porque era bom e tal. Aliás, meu Deus, como era bom. Mas não era bom pra ficar junto, certo? Então pronto. Chega. Adulta, adulta…”

“Talvez eu até esteja errada, mas que se dane. Se uma pessoa não tem paciência nem pra conquistar minha confiança e afastar meus medos, o que eu posso esperar então? Sou quebra-cabeça de 500 mil peças, quem não tiver capacidade, tenta um jogo mais fácil. Eu supero e agradeço.”

“Mas o que dói mesmo é esse finalzinho de dia. A hora que eu validava a minha existência com a sua atenção. A hora que eu representava o mundo para a única plateia que me interessa. A hora que eu me irritava um pouco, porque fazia parte. E então tudo isso que pensei e vivi ganhava um motivo maravilhoso e digno que era virar imagem no seu ouvido. Virar realidade. Agora fico aqui me perguntando se eu existo mesmo. Porque se não me conto pra você, o que eu sou? Pra que serve?”

“Tenho medo de decepcionar as pessoas, de magoá-las, de fazê-las cansarem de mim. Só queria que elas também tivessem esse medo.”

“Já que não tenho coragem de assumir minha loucura, queria que ao menos algum canto do mundo me acolhesse. E me abraçasse e dissesse que tudo bem, tudo bem de vez em quando eu perder assim a razão ou o equilíbrio. Eu queria que existisse um canto do mundo que nunca me dissesse ‘’ei, você se expõe demais’’ e que me deixasse ser assim e apenas me deixasse ficar quietinha e quente quando o mundo resolvesse me magoar porque eu sou briguenta, mas sou mais sensível que maria-mole na frigideira.”

Tati Bernardi
3 compartilhamentos

Os que não se entregam totalmente em uma relação por medo do término são os mesmos que odeiam domingo porque amanhã é segunda.

Eu me chamo Antonio
39 compartilhamentos

Ontem, ouvi o mundo desabar e você estava nele. Magnífica, imensamente magnífica, feito uma águia que cruza pela primeira vez a primavera dos céus de Paris. Exuberante, imensamente exuberante. E esperançosa. Sim, imensamente esperançosa. Quem ama (ou voa) sempre encontra uma sobra de esperança que cobra nossas atitudes e cobre os nossos medos com lençóis abençoados de coragem.
Eu ainda espero as suas sobras de esperança e coragem.
Somos imbecis, meu amor. Dois belíssimos imbecis vagando por este mundo que desaba, interpretando os sinais vitais e os eteceteras e tais que a vida nos dá: o amor, por exemplo.
Nos escombros, seus ombros feridos ainda me dão aquela esperança. Sim, aquela magnífica e corajosa esperança.
Paris, em ruínas, continua iluminada.

Às vezes, o destino dá um nó(s). É aí que os nossos caminhos se cruzam.

Eu me chamo Antonio
19 compartilhamentos

Você vai achar que ele não foi feito pra você depois de uma briga, vai achar que ele é perfeito depois de uma noite inesquecível, vai ficar em dúvida depois de uma decepção, vai morrer de saudade depois de uma ligação de madrugada, vai ficar chateada depois que comprovar que ele esquece as datas importantes, vai ficar rindo à tôa quando ele se declarar na frente dos amigos, vai se sentir vulnerável depois de dizer que ama, vai morrer de ciúmes e se perguntar se ele é aquilo tudo que diz depois que o pegar conversando com outra, e vai achar mais um monte de outras coisas depois de outras.
Mas, antes disso tudo, vai ter certeza que é amor. Antes e depois.

O bom é que, para se apaixonar, não precisa ser sábado, não precisa estar sol, não precisa ser o melhor momento, não precisa ser o dia em que nos sentimos bem, não precisa querer, não precisa conhecer a outra pessoa tão bem, não precisa de contrato, não precisa de pré-aprovação de crédito, não precisa estar com o coração desocupado, não precisa de que os planeta se alinhem com a Terra. Aliás, não é preciso quase nada, nem ao menos saber o que é estar apaixonado. Mais, nem ao menos é necessário estar prestando atenção. A gente se apaixona, às vezes, sem nem ao menos perceber como isso aconteceu. Quando vê, já foi.
Para se apaixonar, basta estar vivo.

Gustavo Lacombe
1 compartilhamento

Preferi pensar em você como se fosse inalcançável. Como as estrelas do cinema, mudo, antigo. O cinema de hoje não tem nenhum apego. As divas são todas iguais: produzidas, facilmente recicláveis. A beleza natural morreu. Mas você sobrevive. É atemporal. É bonita agora, brilharia nos anos 70 dedilhando o solo de Stairway To Heaven em uma guitarra imaginária, teria um charme único na década de 20 lendo as notícias sobre as consequências da Primeira Guerra, e seria sem dúvida a mais bela descoberta do Renascimento, no século XV, ou daqui a 100 anos, (na lua?), onde ainda nem sequer existe padrão estético para defini-la. Preferi pensar em você como se fosse inalcançável; só assim posso me distanciar sem doer de qualquer coração em qualquer época, em qualquer tempo, sem qualquer medo. O esquecimento forçado e a lembrança calejada também são atemporais.

“Se você estiver ocupado demais para me ligar, eu vou entender. Se você não tiver tempo para me mandar mensagens, eu vou entender. Se você tiver fazendo algo mais importante e não puder me ver, eu vou entender. Se você fingir que não está nem ai pros meus sentimentos e continuar me ignorando, eu vou entender. Se você continuar desperdiçando seu tempo de vida com coisas fúteis, eu vou entender. Mas se eu parar de te procurar, aí é a sua vez de me entender.”

Eu me chamo Antonio
11 compartilhamentos

O problema de alguns homens é ficarem assustados demais diante de um futuro com alguma mulher. Aí, viram meninos, querendo correr de uma vida séria e responsável demais por fazer outra pessoa feliz. Uma pena. Tantas histórias morrem por falta de coragem. Tantas mulheres desperdiçadas na mão de meninos. Enfim, alguns deles mal sabem segurá-las.

Ela é deliciosamente bonita. Tem o tamanho exato das minhas vontades, seja no encaixe de uma conchinha preguiçosa no sofá ou no chão do box que conhece o peso dos nossos corpos deitados sobre ele. Fico bobo admirando aquele corpo num biquíni ou aqueles olhos por trás da câmera enquanto brinca de parar o mundo. Mal sabe ela que o meu mundo para toda vez que ela entra ou no pensamento (e rouba a concentração do que estiver fazendo) ou na cena (aí, então, desviando o foco de todos e direcionando só pra ela). Seu melhor vestido é o sorriso e sua melhor fala é o abraço. Nem o mau humor que em alguns momentos a pega tira a graça. Ela fica nervosa e mais bonita ainda do que já é. Acho divertido quando ela balança a cabeça pra frente e pra trás tentando colocar o cabelo no lugar depois do banho. Para e pergunta, com um ar debochado "o que você tá olhando?". Eu? Nada, imagina. Só como você é deliciosamente linda. Ela não concorda e diz que não, logo antes de dizer que está gorda, que eu sou cego e um bobo.
Deliciosamente ela.

Dica do dia: não desperdice oportunidades de ser feliz com as pessoas que realmente te querem bem. Claro que sempre existirão aquelas que irão torcer por isso, mas que não desejarão estar tão perto assim. Então, se cerque de quem quer e, principalmente, fazer e ser seu bem. Ficar de longe apenas torcendo pode até ser um pensamento bonito, mas maravilhoso é entrar na vida de alguém com o intuito de fazê-la ter mais cor.
Não desperdice quem deseja colorir a sua.

Não, o amor não tem explicação. Nem pra ir, nem pra vir, nem pra ficar ou partir. Nasce de lugares estranhos, em épocas estranhas e, por mais estranho ainda que pareça, sempre é justo. Bom, bem-vindo eu não sei. Há quem ache um karma, uma praga. Há quem se incomode, quem lute contra. Há quem aceite, abrace e incorpore o sentimento. Há de tudo. Sendo, então, toda forma de amor justa, não há porque se preocupar com as origens do amor. Não importa se foi no primeiro olhar, toque ou encontro. Na primeira palavra, na primeira noite ou seja lá o que for. À título de recordação, tudo bem. Sempre bom lembrar momentos exatos em que nossas vidas foram tocadas. Mas fundamental mesmo é não procurar uma razão para senti-lo. Se houvesse alguma lógica no amor, amor já não seria mais. Seria qualquer um desses sentimentos que você consegue racionalizar e controlar.

A vida é muito preciosa para ser guardada. É preciso aproveitá-la. Um diamante na caixa não encanta ninguém.

Gustavo Lacombe
2 compartilhamentos

"Eu bebi pra ver se o mundo rodopiava na minha frente e me deixava de frente pra alguma versão de você que me quisesse."

Eu nunca te vi, te cheirei e te ouvi. Mas já te desenhei, colei o teu retrato junto ao meu e aprendi a amar esses sorrisos que vêm na minha imaginação. É dessas histórias que nunca aconteceram e que a gente sabe de cor. De coração. - Daniel Bovolento

“Você resolveu ir embora de vez e se despedir da minha covardia. Justo!!! Também não gosto de gente indecisa que diz que ama e faz completamente o contrário... Não nasci pra ser segunda opção de ninguém... Olha pra mim!!! Você não tem culpa de não conseguir ver onde está o meu lugar."

Ele é todo esguio e escorregadio, me escapa pelas mãos e para na soleira da porta antes de me dar boa noite. Ele é uma agonia des-per-ce-bi-da que sobe, sobe mais um pouco, sobe até eu mandar parar e fica cutucando a garganta com marcas de mão no pescoço e no cabelo. Ele tinha tudo pra sufocar e não sufoca, me toca, me inspira e respira pra me botar no mundo de novo. - Daniel Bovolento .

"E diz pra mim onde eu encontro a tal borracha branca, onde eu arranco a folha, onde eu tomo o remédio certo pra apagar você como você fez comigo."

"E do nada eu percebo que você já não me incomoda tanto assim, que eu consigo acordar e passar por você sem ter um aperto, sem me sentir perdido, sem ter nó na garganta e uma crise de alergia pra disfarçar as mãos suando e o efeito da sua presença. Do nada passa e é tão estranho quando passa."

"Sem nada que justifique essa manha de sempre ligar e jogar pesado para te fazer voltar aqui – e concluir no minuto seguinte que a gente não dá certo junto pela milésima vez."

"Eu gosto do jeito que você tenta tirar a minha atenção quando paro tudo pra te olhar. Você precisa entender que te olho pra te decorar e te aprender, você precisa saber que te fotografo com meus olhos e isso não se nega a ninguém. Gosto do teu meio sorriso. Ele tem um ar de mistério, de algo que não estaria ao alcance do meu entendimento."

"Não sei a partir de quando eu comecei a me afastar de você, mas sei que naquela noite que você não me ligou, eu saí por aí e revisitei o mundo. E não senti tanta falta assim de você. Aquilo doeu, sabe? Sabe quando dói porque a brecha vai deixando escorrer o sangue todo até não sobrar mais nada? Eu tava assim."

Que eu possa te fazer sonhar. Que eu possa realizar os teus maiores sonhos e te consolar caso alguma coisa dê errado no meio do caminho. Que eu não saia nunca do seu lado, nem quando você pedir. Que os seus dias de TPM sejam lembrados com risadas e justifiquem aqueles quilos a mais que você ganhar com o brigadeiro. Que você chore bastante. Chore de rir, chore de saudades, chore de alegria.

"Me peguei perdido entre caminhos e escolhi alguns. Escolhi seguir naquilo que eu queria, ou acreditava, ou não sabia se seria o melhor pra mim, mas sempre botei cara, garra e coração na frente e deixei ser puxado. Coisas surgiram, e pessoas também. Coisas se desfizeram, e pessoas me desfizeram também."

"Você colocou suas expectativas nas alturas. Claro que a maioria das mulheres quer encontrar um cara que ganhe bem, more sozinho, tenha uma personalidade incrível e uma ótima relação com a mãe dele. [...] Claro que você pode ter sorte e encontrar um príncipe encantado, mas a estatística real indica que não."

"No dia em que você chegou eu não botei o lixo pra fora. Não varri nada pra baixo do tapete e nem escondi as fotos feias, não fechei o laptop com todas as abas abertas, não sumi com a pilha de louça na cozinha nem com as minhas camisas separadas por cor. A minha parte feia tava confortável com você e tirou a vassoura de trás da porta, foi gentil e nem se incomodou com o que você ia achar da minha bagunça. "

“Não tem como tratar como desconhecido quem um dia já foi alvo das suas cócegas, a tua ligação na madrugada ou o teu pedido de socorro. Não tem como passar uma borracha e seguir em frente por inteiro. Superar é uma coisa, esquecer é outra e apagar é um processo completamente impossível.”

"Pra você gostar de mim, eu dispenso o felizes para sempre, e tento fazer com você, o felizes por agora."

"Você deve se perder na bagunça dela. Ela é totalmente fora de ordem e gosta desse jeito. Vai dizer que você não se sente bem no caos que ela representa? O seu ritmo acelerado arranca caras e bocas de quem quer mais. É que ela brinca com você sem você se dar conta. Não é inocência, rapaz. É determinação mesmo."

"E ela já cansou de heróis, de resgates, dessa coisa toda de menina-mulher que todo mundo conta. Ela quer escrever uma história com você, sem você, por essa noite ou na manhã seguinte. Não importa. Só deixe que ela quebre as regras e o conduza. Ela vai segurar a sua cabeça e agarrar os seus cabelos com força. Deixar que ela seja convencional é uma afronta séria às características dela."

"Ela não fala pra você, mas ela sente. E não sabe que tem culpa das coisas continuarem as mesmas justamente porque não diz e não diz porque tem medo de mudar demais as coisas. Paradoxo indesejado. Não foi o que pediu no menu de entrada. Dá o jeito e limpa o que quase escapa da boca dela com o guardanapo."

"E do nada eu percebo que você já não me incomoda tanto assim, que eu consigo acordar e passar por você sem ter um aperto, sem me sentir perdido, sem ter nó na garganta e uma crise de alergia pra disfarçar as mãos suando e o efeito da sua presença. Do nada passa e é tão estranho quando passa."

“E diz pra mim onde eu encontro a tal borracha branca, onde eu arranco a folha, onde eu tomo o remédio certo pra apagar você como você fez comigo.”

"As coisas mudam, embora nunca tivessem sido diferentes. É só a nossa percepção que muda de lado. De amantes a semi-conhecidos declarados em guerra."

Daniel Bovolento - Entre todas as coisas
2 compartilhamentos

Você ainda não sabe, mas… Bom, vou falar sem rodeio: Eu ainda te carrego na mochila. É, é, eu sei que deveria ter te devolvido por inteiro, mas não deu. Desculpa! Eu simplesmente não consegui abrir mão desses seus pequenos fragmentos.
Não uso sempre, só em casos de emergência. Diferente do que fiz quando o tinha por completo, não desperdiço essas pequenas porções. São tudo o que me resta de você: Um pouco do seu jeito de falar, aquela gíria que você usava sempre, a sua mania de morder o dedo quando o sinal está fechado e um gosto inexplicável por aquela banda alemã.
Te carrego seguro. Não quero perder essas doses, até porque não sei quanto tempo elas irão durar. Dias atrás, ainda tinha uma porção de “ordem correta para lavar a louça”. Quando percebi, não comecei pelos talheres – o que era totalmente contra a sua regra. Aquele montante acabou.
Ah, e já que estou aqui confessando, tem mais uma coisa…
Aquele nosso sonho também ficou comigo. Está no fundo, para eu não correr o risco de usá-lo na primeira oportunidade, num desespero momentâneo. Ele é único e, portanto, devo ter cautela. Pensar bem antes de tirá-lo do fundo da mochila e trazê-lo à tona.
Desculpa se fiquei com coisas demais e devolvi de menos. Mas, você também ficou com partes de mim. E, na real? Pode ficar, não as quero de volta. Mas também peço que não me desperdice. Não me use mal. Não me use sempre, porque até o pra sempre termina. O nosso acabou… E só nos sobraram pedaços do que, um dia, foi eterno.

Leca - Entre todas as coisas
2 compartilhamentos

O problema de alguns homens é ficarem assustados demais diante de um futuro com alguma mulher. Aí, viram meninos, querendo correr de uma vida séria e responsável demais por fazer outra pessoa feliz. Uma pena. Tantas histórias morrem por falta de coragem. Tantas mulheres desperdiçadas na mão de meninos. Enfim, alguns deles mal sabem segurá-las.

Gustavo Lacombe

Ela trouxe palavras bonitas e alguns cigarros. Trouxe também aquele sorriso de canto e contou algumas histórias engraçadas. Rimos tanto, tanto, tanto, entretanto ela pediu para que eu esboçasse um gesto de entendimento: eu não conseguia entender uma palavra sequer. Ela então apagou seu último cigarro com a naturalidade de quem está acostumada a enterrar os primeiros amores. Rasgou os meus contos ainda não escritos e escreveu no espelho, com a delicadeza de uma mão trêmula, "eu te amo tanto que prefiro não te estragar. Adeus". Depois de rir e vir tantas vezes pelo meu mundo, desapareceu levando os silêncios, as cinzas, os contos e esse coração aprendiz que, de tanto esperar, desaprendeu a ter paciência.

fiz uma cicatriz com todos os pontos que você perdeu comigo.

Rasguei a minha timidez para costurar eu te amo.

Eu me chamo Antonio

Alguns de nossos pares funcionam assim: precisam estar longe para sentir o quanto querem estar perto. É estranho? Sim, mas te garanto que é perfeitamente entendível. Querem um tempo. O Tempo é tão único que cada um tem o seu. Enquanto estar ao redor de alguém não for bom pra um dos dois, tenha certeza que nada frutificará. Pelo contrário. Tentar agradar demais, elogiar demais, se mostrar disponível demais, apenas o fazem se tornar mais um rapidamente.
E isso nada tem a ver com saber – ou não – dar valor.

Ela também gosta do Caetano, do Chico e do John, mas se derrete me vendo tocar violão (sou exibido pra ela, sim). Dona do melhor abraço, posso sentir suas mãos nas minhas costas em momentos de crise em que não está ao meu lado, mas dentro de mim. De tudo isso que eu disse, ela é mais um pouco também. Quem resumiria em tão poucas linhas tão complicado, incrível, interessante e gostoso de amar alguém? Dessas que gostam de pasta, Itália e salada, ela é uma das coisas que eu menos gosto: ficar sem palavras. Fazer o quê se ela rouba todos os pensamentos naqueles olhos castanhos que certas vezes me estranham?
Tudo isso. O dito e o não dito. Quase um vício.
Ela; meu amor.

Você não faz ideia do quanto esperei pra poder ser amado.

Gustavo Lacombe
2 compartilhamentos

Que você possa contar comigo, possa dormir comigo, possa brigar comigo. Que você não se arrependa naqueles momentos em que a gente questiona o amor, que você tenha orgulho de me mostrar pras suas amigas e que elas tenham inveja de você.

Julieta Solitária

Eu tentei, eu juro que tentei de tudo pra gente dar certo...
Eu segurei a sua mão quando você não conseguia dar um passo sequer...
Eu te abracei quando todos te abandonaram e você não tinha mais com quem contar...
Eu te ouvia quando os seus problemas te sufocavam tanto que você até chegava a pensar em desistir...
Eu te ligava preocupada para saber como você tinha passado noite...
Te apontava uma nova direção quando todas as outras opções que você tinha se frustraram...
Eu estava sempre ao seu lado quando você pensava que ninguém mais se importava.
Eu te dei amor quando você já não mais amava...
Eu te fiz sonhar quando você achava que não poderia mais.
Eu tentei de tudo. Eu dei o melhor de mim, talvez de um jeito torto, descontrolado, mais eu tentei.
Paro por aqui. Porque você não permitiu que esta linda história continuasse... Você não quis caminhar lado a lado comigo.
Eu não te culpo, todos nós temos o livre arbítrio para fazer as nossas escolhas e você escolheu viver sem mim.
Eu sei que um dia eu voltarei a amar alguém. Mais você pode estar certo que ninguém jamais vai te amar como um dia eu te amei.

Julieta Solitária
1 compartilhamento

Resolvi aceitar algumas coisas da vida, sem dor. Ninguém vai ser como você sonha, não espere consideração nem que os outros façam o que você faria. Não espere que valorizem seu esforço. Não espere que lhe ofereçam a mão. Apenas viva. Aceite que é preciso deixar o orgulho de lado e dizer preciso-de-você-agora. É preciso entender que o outro é diferente e de vez em quando ele vai lhe magoar (e você precisa lidar com isso, senão vive só). Não espere compreensão. Não espere que a vida seja fácil. Nem sempre ela é. Não espere para viver, tem coisa que não volta.

Clarissa Corrêa

"Foi nos seus lábios que eu encontrei o que eu não sabia que estava procurando esse tempo todo. Menina, bastou eu estar ali uma vez, pra eu ter certeza que era ali que eu queria estar o resto da minha vida. Meus lábios tem o molde dos seus e agora parece difícil me encaixar em outros."

Daniel Bovolento - Entre todas as coisas

"Eu bebi pra ver se o mundo rodopiava na minha frente e me deixava de frente pra alguma versão de você que me quisesse."

Daniel Bovolento - Entre todas as coisas

"Por mais que todas as terapias do mundo, todas as auto-ajudas do universo e todos os amigos experientes do planeta me digam que preciso definitivamente não precisar de você, minha alma grita aqui dentro que, por mais feliz que eu seja, a festa é sempre pela metade. É você quem eu sempre busco com minha gargalhada alta, com a minha perdição humana em festejar porque é preciso festejar, com a minha solidão cansada de se enganar!"

“Eu não fumo, eu odeio cigarro, eu odeio atravessar a festa inteira pra chegar até lá fora, eu odeio a amizade instantânea das rodinhas de fumantes que não se conhecem, eu odeio festas em geral, eu odeio papos de festa, eu odeio conhecer gente que não tem nada a ver comigo, e sorrir para os papos mais furados do mundo. Eu sei, eu deveria beber. Mas pra quê? Pra achar essas pessoas legais? Pra suportar o insuportável? Sou cínica demais pra dar esse gostinho ao mundo.”

“A gente alonga a história, nem que seja para dizer que chorou. Porque terminá-la, colocar um ponto definitivo, é duro demais. A gente vira dor para não virar fim.”

“Não consigo ser extremamente discreta. Falo alto, dou risada das desgraças dos outros, adoro falar. Confiante. Contraditória. algumas Cicatrizes. várias Histórias. Dizem que no inesperado Deus abre várias portas. E é disso que eu gosto. Eu me viro. Tudo certo como 2+2=5.”

“Impressionante como a gente sofre por nada.”

“Comédias românticas. Criando falsas expectativas no mundo desde 1959.”

“Antes de dormir orei, pedi a Deus que perdoe tanta ingratidão de minha parte, por não enxergar tudo de bom que a vida me oferece, e continuar aqui me lamentando.”

E deixa para trás o que te magoou, amanhã é outro dia.

Tati Bernardi
1 compartilhamento