Coleção pessoal de beatrizsoaresbezerra

21 - 40 do total de 95 pensamentos na coleção de beatrizsoaresbezerra

Você lembra quando nós ficávamos e éramos felizes, e você fazia de tudo pra destruir com aquilo ?! Lembra como eu tinha que esconder o amor que sentia por ti graças a sua falta de coragem ridicula de assumir tudo o que sentia por mim ?! Você lembra de todas as coisas que seus "amigos" falavam sobre mim ?! Pois é, eles esqueceram de te falar o quanto eu sou fria, grossa, e como eu sei me defender de você. E agora, querido. Você só terá que lamentar... Acabo de descobrir que não vou morrer se você for embora,descobri também que minha felicidade não depende de você. E que posso sim esquecer tudo o que vivemos. Eu me libertei da dor,do sofrimento. Eu me libertei de você. E não vai ser uma simples noite fria, uma pequena misera saudade que vai me fazer voltar atrás. Digamos que me encontrei, estou muito bem assim. Sozinha e feliz. Você devia fazer o mesmo. Sempre achei que esquecer era a melhor solução para mim. Hoje vejo, que esquecer é a melhor solução para nós. Esqueça-me, querido. Segue teu caminho.

Beatriz Soares Bezerra
1 compartilhamento

Se vou soubesse como me sinto bem com você ... porque mesmo sendo um canalha, você me faz bem. E daí que de manhã você vai estar com ela ? foi comigo que você passou a noite. E depois, quando eu estiver triste eu sei que vou lembrar de alguma coisa ridícula que você me disse, e vou sorrir. Um sorriso leve... to tranqüila. Você me acalma. Você e seus 25 anos de drama... e como eu gosto do seu drama. Do seu sorriso, e da sua orelha que é motivo de piada entre as amigas. Como eu gosto da falta que eu sinto quando você some. Como eu gosto quando você volta ... meu Deus, como eu gosto de você. Gosto mesmo, gosto sem medo. Porque mesmo com toda sua implicância e sua mania compulsiva de me irritar você me faz bem. Simples assim. Gosto de me iludir com você. Eu não esqueço quem somos, eu não me apaixono por você. Eu só, sei lá. Gosto de você. Gosto , porque você me trouxe um pouquinho de felicidade. Talvez felicidade errada. Mas não deixa de ser felicidade. Gosto de você porque você não me faz mal. E se não me faz mal, deixo como estar. Felicidade errada é melhor do que infelicidade certa.

Beatriz Soares Bezerra
2 compartilhamentos

Queria que você me desculpasse por ser assim, uma chata. Me perdoe por viver em uma TPM sem fim. Eu sei que muitas vezes eu te magôo com minhas palavras. Quando eu podia simplesmente dizer “eu só quero ficar sozinha...”, mas você me conhece. Sou “forte” demais pra assumir que sou fraca. Eu sou a contradição em pessoa. Você não ver, mas sabe. E eu sei que sabemos. Me desculpa pelas vezes que eu esqueci que tínhamos um encontro. Pelas vezes que eu fui dormir, ou sai com os amigos e não te avisei e você ficou me esperando. Sei que você se apega a detalhes. Mas o detalhe maior sou eu. Me perdoa por ser assim. Por as vezes te cansar. Por está longe quando você precisa, e depois voltar como se nada tivesse acontecido. Sabe, eu não sou pra sempre. Você não é. Nós não somos. E ainda que nossa história linda de amizade e amor esteja eternizada em pensamento e lembranças, pra mim não é suficiente. Eu vou embora quando você menos imaginar, e não quero que sinta minha falta. Por isso eu sou assim. Só pra você não morrer quando me procurar no vazio que eu sou e não me encontrar. Mas saiba, que mesmo assim ausente, eu te amo. Muito. Talvez bem mais do que você imagine. E não importa em que cama eu acordar amanhã. Eu vou pra sempre lembrar de você ao anoitecer. Se cuida. Me perdoa. Te amo.

Beatriz Soares Bezerra
1 compartilhamento

No mais estou ótima. Tenho amigos maravilhosos, estudo em uma boa escola, minha família apesar de meio louca, é a melhor do mundo. E aos poucos as coisas vão se ajeitando. Um acerto aqui, outro ali. Ando tão bem que tenho até medo de perder as pessoas que estão ao meu redor. Tenho estado tão bem que tenho me silenciado. Tenho gasto menos meu sorriso. Agora sorrio por coisas poucas. Coisas que realmente valem a pena. Agora eu não amo mais todo mundo ou o mundo todo. Amo poucos. De certa forma, estou bem! Bem vazia, mas bem ... se é que você me entende.

Beatriz Soares Bezerra

Eu sei que sou uma fofa e que tenho um sorriso bonito. Eu sei que quando me beijam no pescoço eu fico arrepiada e com um jeito bobo. Eu sei que sou tímida principalmente quando o assunto é meu corpo. Eu sei que meus olhos estão sempre brilhando e que isso é lindo. Eu sei que apesar de usar uma “capa” dura por fora, dentro, eu sou totalmente flexível. E sei também que apesar de demonstrar o contrario eu sou cheia, lotada , repleta de sentimentos. Mas eu continuo fingindo não me conhecer. Na esperança que um dia alguém queira me “descobrir” e me arrancar do meu mundo e fazer com que eu me descubra, constantemente , todos os dias, todas as horas e que talvez quem sabe, sempre ou para sempre.

Beatriz Soares Bezerra
11 compartilhamentos

Se você precisa muito de amor, faça o obvio. Ame-se ! Não espere de ninguém aquilo que só você pode se dar ... esperar amor de alguém, é o mesmo de esperar ganhar na loteria.. é possível, mas é bem difícil. E quem é que vive tentando ganhar ?! me digam, quem é que vive pra isso.. pra ganhar na loteria ?! são poucos. Viver para ser amado não faz sentido, porque amar não é difícil, difícil é ser amado. Então, porque ?! porque viver por uma coisa assim, “sem sentido” amor é milagre, amor de verdade gosta de fazer surpresa.. vem quando menos espera, e dói e machuca, e alegra. Amar e ser amado é misto de sentimentos, é montanha russa... mas não vale a pena esperar. Não desistir, mas também não morrer tentando... em vez de sair procurando em qualquer esquina, filme, boteco, em qualquer canalha, procure em você. Ame-se ... “engole teu coração e se ama por dentro ...”

Beatriz Soares Bezerra

Prometi que não ia me importar. Nada de ataques de ciúmes, nada de gostar, nada de querer estar perto. Muito menos de sentir saudades do cheiro da pele. Eu entrei nessa sabendo de todas as conseqüências. Você acabou de sair de um relacionamento. Só quer diversão. E eu tentei. Deus sabe o quanto eu tentei não me importar, não querer ligar no fim de tarde porque eu queria um beijinho do carinha que peguei. Deus sabe o quanto eu tentei não preencher o vazio que tem aqui. E quando menos espero, já estou eu fazendo tudo errado de novo. Já estou doando tudo o que eu tenho de mais bonito pra qualquer um. Nada contra você, eu até gosto de você. E aí é que está o problema. As coisas não podiam ser assim. Não tão cedo. E eu me pergunto ... até quando meu Deus ?! até quando eu vou ficar me enchendo de falsas promessas, acreditando em falsas palavras, procurando sinais em atitudes inexistentes. Até quando eu vou me encher de mentiras , mesmo sabendo que nelas não existem nem um pouco de verdade. Até quando eu vou ser tão sozinha assim ?! A verdade, é que não importa o quanto eu sei, importa o quanto eu finjo não saber, enxergar ou sentir. O que importa são as vezes que eu me jogo no mesmo abismo, e caio. E me espedaço e deixo pra trás pedaços meus que jamais serão recolocados, ficando cada vez mais incompleta, vazia e talvez, desesperada.

Beatriz Soares Bezerra
2 compartilhamentos

Eu sempre fui a garota sorriso da turma. A menina doidinha, a que nunca tava nem aí pra nada. O que eles não sabiam é que eu sempre fui a que mais sentia. Sabe aquela história de que os quietos são os mais atentos, observadores e espertos ?! então, pode ser verdade. Mas eles não são os únicos. Eu sempre vi muita coisa, observei muita gente. Em meio a risadas, gritos escandalosos e palhaçadas intermináveis. Eu sempre fiz piada do que eu sentia, porque sentir é ridículo. Ou pelo menos grande maioria pensa assim. Quem quer ser amigo da chatinha sentimental ? ninguém. Quem quer ser namorado da menina que é feia, que não usa maquiagem, do cabelo crespo mas que tem um grande coração ?! ninguém. E aí você passa a ser aquilo que eles querem, só pra você não virar ninguém também... mas nada é eterno. E até quando você vai se submeter a não ser quem você é ?! eu cresci pesada, calando sentimentos, escondendo verdades. Mas dói ser quem não se é. Aquela história de que “os amigos verdadeiros contamos nos dedos...” não existe verdade maior. Imagina só depois de anos você resolver ser quem realmente você é. É de se contar nos dedos os que vão aceitar a “mudança” do que agradava todos, pra o que se agrada. A verdade, queridos é que ninguém gosta de gente de verdade. E vocês tem que entender que assumir ser quem realmente se é, é uma responsabilidade enorme. Mas que vale a pena. Você não vai mais viver rodeado de muitos, mas estará rodeado dos que realmente são “necessários” ... viver é aprender. Desapegar é um dom. Ninguém é tão alguém que não precise de outra pessoa ... mas isso não significa que você tenha que deixar de ser você para agradá-la.Afinal, se ela te ama, se ela é tua amiga, ela te aceita do teu jeito. Não adianta fingir ser quem não se é,é pedir pra viver na dor, no vazio. Porque todos vão estar satisfeitos, menos você. E de quem é essa vida mesmo ?! e quem é mesmo que tem que ser feliz nessa história ?! ser feliz e pensar em si não significa egoísmo, e se significar ... quem se importa ?! não fique surpreso se em uma bela manhã o mundo resolver te mostrar aquilo que estava na sua cara e você fingiu não ver. Afinal, você está acostumado com a mentira. Aprendi que mudanças são necessárias. Mesmo que doa. Aprendi também que toda dor trás felicidade, é aprendizado. Amar nem sempre é tão bom assim. E que sim, amor não correspondido também é amor. Outra coisa muito importante .. sofrer é horrível, péssimo, a pior coisa do mundo.. MAS NÃO MATA. Então nada de ficar se martirizando. O sofrimento vem de nós e tem que terminar por nós. Porque depois você vai rir de tudo isso. Não Deixe de ser quem é, não esconda sentimentos, não deixe de falar suas verdades. Não abaixe a cabeça, não se esconda. Não deixe se agradar para agradar os outros. A vida é sua, e olha, ela é apenas uma. E foi aos trancos e barrancos que eu aprendi que na vida... “Algumas coisas não se perde, se livra!!”. Mudar é a lei da vida. E para toda a decepção, uma alegria. O segredo é respirar fundo e seguir em frente. Essa, talvez, seja a lei da vida. Pelo menos da minha ... agradar-me , da primeira a ultima pessoa. Viver é basicamente isso.

Beatriz Soares Bezerra
2 compartilhamentos

Eu e o meu medo absurdo de você. Você e sua mania ridícula de mim. Outro dia fiquei me perguntando a noite toda porque você me olhava daquele jeito enquanto eu bebia um simples copo com água. Meu Deus, porquê ?! eu só estava bebendo água, eu nem me molhei. E você me olhava com cara de bobo, como se eu fosse a primeira pessoa no mundo a tomar um liquido especial que você tivesse preparado. Depois, naquele dia , no seu trabalho, você me abraçou forte como se não quisesse mais me soltar, e quase me deixou sufocada. E eu quase não quis mais sair dali. Você não sabe, mas eu não respondi seu sms, aquele que você me mandou dizendo que não me queria só por uma noite... só pelo medo de admitir que eu também não te quis só por uma noite. Olha, eu não quero casar com você, não quero planos pro futuro. Eu não quero nem amanhã. Eu só queria hoje. Pra amanhã eu te querer de novo. Mas você não pode saber disso, não quero que você vá embora. E é por isso que eu me calo, me guardo , me trancafio. Você sabe que eu tenho medo imenso de você, enorme, profundo. Só não sabe porque... eu não tenho medo do seu sorriso, nem do seu jeito leve de andar. Não tenho medo da sua sinceridade, nem dos seus 5 anos longos anos mais velho que eu. Eu tenho medo é da falta. Do que vai ser se você for... Assim como foram todos os outros. Por isso não te respondo, não te elogio e não me apaixono por você. Só pra poder te ter hoje, amanhã, e quem sabe, depois. Só pra poder deitar no seu colo sem medo de você ir embora. Porque assim, se você for, não leva nada meu. Já me tiraram pedaços demais. Eu não posso perder mais um. E por isso,só por isso, morro de medo de você. Porque gostar de você é assinar um papel aceitando que você será apenas mais um. E não é isso que eu quero. Me desculpa por ser assim. Mas procure ler e entender as entre linhas. E por favor, não esquece “quem menos demonstra é quem mais sente” ...

Beatriz Soares Bezerra
1 compartilhamento

Não tem nada mais bonito do que sentar em um banco, em qualquer praça, acabada, sem beleza, e nela enxergar as coisas mais bonitas do mundo. O amor tem dessas coisas,de fazer você sorrir por besteira, de amar o vento, só porque ele venta e pronto. Tem coisa mais linda do que dormir de conchinha ouvindo a respiração do outro?! Você me chama de louca, mas a minha loucura é baseada no amor que eu sinto por você. Adoro a sua cara quando eu do nada corro pra junto e encho esse seu rosto lindo e fofo de beijos. As vezes, me passa pela cabeça que talvez, eu possa perdê-lo. E por um segundo eu sinto meu coração acelerar, um dor fina, no canto esquerdo. Então me viro e me jogo nesses seus braços e me sinto outra vez a mulher mais feliz e mais protegida do mundo. Amar é lindo. Mais lindo ainda é saber que eu jamais vou sentir aquilo por nenhum outro homem. Só se ama um. E vai ser pra sempre você. Mesmo que amanhã você se revolte, se canse de aturar a metamorfose ambulante que eu sou e resolva ir embora. Eu vou quase morrer, só não vou porque minhas amigas não vão deixar. E depois vão aparecer milhares de outros idiotas lindos e fofos para me fazer sorrir em um final de tarde estressante. Mas nenhum vai ter a essência que você tem. Eu sou jovem, não conheço quase nada da vida. Mas pelo pouco que sei, tenho certeza que é amor. Se não fosse, eu não planejaria viver com você o resto da minha vida. Eu não sonharia contigo todas as noites e não te ligaria no meio da noite só pra dizer que você é o maior imbecil do mundo, e que você não podia ter me feito passar aquela vergonha na fila dos correios. Eu sei que é amor, porque eu sinto um alivio enorme quando te olho e digo AMO VOCÊ, porque pela primeira vez é verdade. AMO VOCÊ, VOCÊ EU AMO, TE AMO, e se eu pudesse, eu diria pro resto dos meus dias. Eu até imagino nosso casamento, nossos filhos, porque nenhum outro homem no mundo vai ser melhor pai que você. Outro dia senti uma saudade imensa de você , e peguei aquela foto linda que a gente tirou em um dia lindo, assim como todos os outros que eu passei com você... peguei a foto, olhei, e vi o quanto seu rosto de menino inocente é lindo. E fiquei te imaginando velhinho, como será que seus olhos vão ficar ? não importa. Eu te aceitaria até caolho. Eu sei que é amor, porque quando eu respiro fundo e fecho os olhos é a sua imagem que vem na minha mente. Porque quando eu estou com cólica e insuportavelmente chata é você que fica ali do meu lado, calado, ou tentado me animar. Eu sei que é amor, porque eu me senti culpada quando fui embora, sem olhar pra trás, sem te ouvir. Eu sei que é amor, porque eu sempre te aceito de volta. Independente do que você tenha feito. Eu sei que é amor, porque mesmo eu negando alguma coisa que você me pede eu sempre penso bastante antes de te dar qualquer resposta. Eu soube que era amor desde o primeiro dia que bati os olhos em você, e você sínico, pegou meu pirulito sem nem me conhecer. E sorriu pra mim. O sorriso mais lindo do mundo. Eu sei que é amor, porque por mais que eu fale ou escreva, nada , nunca vai explicar o que eu sinto por você. E amor é isso. Amor é quando o sentimento já não cabe mais dentro da gente e transparece da alma pros olhos, pro andar, pro falar. Enfim, amor é amar. Amor são as noites que eu não durmo, rolando de um lado pro outro na cama a sentir tanta coisa que a gente não pode explicar quando se ama. Amar é carregar dentro de si uma bomba relógio sem tempo marcado pra explodir.

Beatriz Soares Bezerra
1 compartilhamento

E não importa de quem veio, ou se essa pessoa significa ou não alguma coisa pra você. A verdade sempre vai te afetar de algum jeito. Bom ou ruim. E por mais que você levante a cabeça e finja que não se importou com aquilo, a noite, quando você deitar, você não vai conseguir esquecer. Porque a verdade é assim mesmo, ela vem, invade, agride... quase mata. Mas ensina. Tem verdades que vão doer pra sempre e existem verdades que você só vai se permitir ouvir uma vez. E assim você vai vivendo, se prendendo de fazer as coisas ,de tomar atitudes, porque os outros vão jogar as suas inúmeras verdades na sua cara. E isso vai doer. E por isso você vai deixar de viver. Afinal, na maioria das vezes, ouvir as verdades alheias é o mesmo de tentar agradar pessoas desagradáveis. E quem não quer tentar agradar essas pessoas ?! eu! Eu não quero. Aprendi a ouvir dessas inúmeras verdades apenas as que vão realmente me levar pra frente. E enquanto a todo o resto, finjo que escuto e faço piada depois. Quem sabe um dia, quando eu estiver magoada não vira texto ?! verdade é sempre verdade meu amigo. Não importa de quem venha.

Beatriz Soares Bezerra
1 compartilhamento

Sou uma caixa de madeira. Não daquelas pequenas que se guarda jóias. Sou uma caixa grande, pesada, daquelas com o nome frágil bem grande na frente. E quem quer carregar uma caixa dessas ?! quem quer levar a responsabilidade de carregar consigo uma dessas caixas. Sem nem ao menos saber o que tem dentro. E quem tem coragem de abrir ? ninguém. É frágil, e isso é a única coisa que se sabe. Será que vale a pena ? não tem chave, não tem cadeado, não tem prego nem fita. Não tem nada. Mas só eu consigo abrir essa caixa que me tornei. Mas aqui vai a verdade. Eu tenho tanto medo. Medo de assumir que gosto de alguém, e eu gosto. Gosto muito. Gosto de verdade. Mas não sei dizer. Só sei escrever. Só sei deixar guardado, trancafiado e amor guardado apodrece .... Quando se ama tem que se expor. Amor só é bonito do coração pra fora. Não sei se um dia irei conseguir me libertar. Mas se não, olha que bonito. Vou apodrecer de amor. Tem coisa mais linda ?!

Beatriz Soares Bezerra

Minhas amigas são do tipo “meninas burrinhas” daquelas que vão lá, metem a cara, se apaixonam por mil em uma só semana. E depois vem sempre chorando pro meu colo “aí amiga, como eu queria ser igual a você ...” Se elas soubessem o quanto é ruim ser eu. Meu Deus, como é péssimo não acreditar. Sorrio, balanço a cabeça e dou os mesmos conselhos de sempre ... mas como eu daria tudo pra ser só um pouquinho menos espertinha. Até já tentei me fazer de burrinha, mas não consigo. Qual será a sensação de acreditar nas juras de amor, de beijar sem culpa, de amar, de perdoar de coração os mesmos erros de sempre. Como eu queria ser um pouco menos desconfiada. Ser menos desligada, menos espertinha. Imagine só, eu sendo amada e iludida por um dia. Seria tão perfeito. Tomara que um dia eu encontre um mágico e ele me hipnotize, me cegue, sugue da minha mente tudo o que eu aprendi com meus amigos homens. Ou quem sabe, eu encontre algum rapaz que esteja mesmo falando a verdade ... mesmo assim, prefiro acreditar no mágico. Ele ainda dá pra achar.

Beatriz Soares Bezerra
1 compartilhamento

Sempre brinco com a melhor amiga, “você é uma doida, psicótica, precisa se tratar...” mas na verdade, a doida sou eu. Eu e meus medos, eu e minhas manias. Não me importo nunca com a opinião dos outros, mas seria tão bom que todo mundo gostasse de mim... odeio essa minha mania idiota de me perder nos meu defeitos, de não caber nas minhas inseguranças. É tão ruim achar que qualquer coisa ou pessoa no mundo pode ser melhor do que você. É sempre assim.. ah, mas meu cabelo é feio, e eu sou gordinha, meu nariz é estranho e eu estou sempre rindo de tudo ... porque ele ia me querer ? e quando eu acho que ele está lá , me desejando, por um minuto que seja, vem a loira com suas belas pernas, a morena e seu cabelo enorme e sedoso e a ruivinha com suas sardas e seus olhos claros.. e eu quase sinto vontade de morrer. Porque eu sou inteligente, tenho o sorriso bonito. E isso, infelizmente não basta. Odeio os padrões de beleza, e odeio mais ainda essa minha mania de querer me encaixar em qualquer um deles.

Beatriz Soares Bezerra
1 compartilhamento

Joguei fora, apaguei, deletei, exclui tudo o que era seu. Tudo o que me trazia suas lembranças. Eu não te amo mais,então pra que ter você aqui ?! Hoje acordei com um vazio enorme dentro de mim. Eu te olhei de longe e meu coração quase se partiu ... eu vi crianças na rua e só lembrava de “Sofia” a nossa filha, você lembra ?! íamos ter um casal. E o menino você escolheria o nome, mesmo você sempre fazendo piada e colocando nomes horríveis. Eu adorava a idéia de te ter como pai dos meus filhos, afinal. Você era, ou talvez seja, o homem da minha vida. Achava que as coisas não podiam piorar, resolvi me distrair com coisas úteis, então fui arrumar meu quarto e achei no meio da bagunça aquele papelzinho, pequenininho mas de valor enorme onde você escreveu “ você nunca vai entender o meu jeito, mas é do meu jeito que eu amo você.” E você estava certo, eu jamais entendi. Fiquei horas olhando aquele papel. Lembrando das tardes juntos, das risadas, das brigas. Eu nunca quis brigar com você. Porque aquilo me destruía. E todas as vezes que eu olhava para aquele papel procurava entender porque ele não tinha ido pro lixo junto com todas as outras coisas ... procurava entender porque você não vai pro lixo junto com todas as outras coisas. A verdade, é que não adianta eu me enganar. Eu sempre vou sentir alguma coisa por você.. nem que seja apenas um frio na barriga. Mesmo que meus filhos não sejam seus filhos, mesmo que eu case com qualquer outro. Mesmo eu não te vendo nunca mais. Sempre que eu ouvir teu nome, eu vou te amar. Nem que seja apenas por um minuto.

Beatriz Soares Bezerra
1 compartilhamento

Todas as manhãs ela acordava triste, cabisbaixa. Onde estaria aquele rapaz que todas as noites a alegrava ? ele não tinha ido na noite anterior, nem na semana passada ... na verdade, fazia tempo que ele não ia. Ela sentia saudades, e o coração dela quase se espedaçava. “não agüento mais” repetia sozinha, com a cabeça no travesseiro. Por um momento quase derramava uma lágrima, mas era orgulhosa. Saudade era grande, apertava. Mas o orgulho era ainda maior. Fez do orgulho o seu soro cicatrizante das feridas feitas pela falta do amor. Mal sabia, que esse soro era uma espécie de droga, vicia e prejudica. E só fazia a ferida inflamar mais e mais. Quase morreu, coitada. Ela jamais o procuraria, e a essa altura do campeonato, acho que ele não iria até ela sozinho ... a não ser que existisse amor. Mas e se ele a amasse ? será que ela abriria mão de todo o seu orgulho ? não sei, ela não sabe ... ele jamais voltou. E ela seguiu seu caminho, hoje é mais fria e pesada que qualquer ice Berg. Pobre menina. Espero que um dia o sol esquente, e quem sabe assim ela derreta ...

Beatriz Soares Bezerra
1 compartilhamento

Ele chega me falando indecências no msn, me tira do sério. Acaba com todo meu lado menina pura e quieta. Como foi mesmo que ele falou outro dia ? ah, “ a princesinha”. Tive vontade de rir na cara dele, rapaz ingênuo. Não demorou muito , ele virou o vilão. E olha aí, eu adoro vilões. Odeio príncipes, eles são fofos. Mas de fofa já basta eu. Gosto mesmo dos vilões, me tirando do meu castelo sem pensar nas conseqüências, se arriscando como se não houvesse amanhã. Destruindo os meus medos, transformando meus desejos em realidades. Por mais que eu ache lindo os casais e seus namoricos de fim de tarde, minhas aventuras em série são importantes. E do nada ele vira príncipe de novo. Perfeito, encontrei meu príncipe vilão. Ele me leva pra passear no meio da floresta só pra me dar um beijo doce. Acho lindo o jeito que ele me deseja, me devora com os olhos e ao mesmo tempo me protege. “cuidado com a boca, moça” “olha o tamanho dessa saia, adoro quando você usa roupa curta. Mas só comigo. Ta bom ?” “você não pode fazer isso, você é muito pequena. Vai acabar se machucando” “vem cá , deixa eu te ajudar a colocar o sapato” (depois que tirou toda minha roupa sem pudor) e não tem nada mais lindo do que aquela risada ridícula dele de “deixa de mal criação,menina. Tem que aprender a respeitar os mais velhos.” Ele não me deixa encantada e isso só me deixa mais próxima dele.. porque quando eu penso em amá-lo ele some, e me deixa confusa. E quando eu penso em detestá-lo ele volta e me deixa feliz. Ele é um doce e sua carie, a felicidade e sua tristeza, o não e o sim, o ruim e o bom, ele é o nada e o tudo, o agora e o depois. Ele é a falta de descrição, de caracteres para descrevê-lo. Mas não precisa. Ele é ele e nada mais importa.

Beatriz Soares Bezerra
1 compartilhamento

Se ele soubesse o quanto me destrói toda vez que ele me deixa lá, falando sozinha. Não é por nada, é só por que atrás dessa minha cara de pirralha birrenta existe uma menininha carente e insegura. Eu não quero ele junto de mim o tempo todo.. mas não custa nada um sms me surpreendendo, um carinho, um afago. Sei lá. Hoje me peguei triste, mais uma vez, por quem não merecia. .. E eu, que já tinha colocado na minha cabeça que não ia me importar, acabei me importando.

Beatriz Soares Bezerra

Acordei com uma alegria boa de viver... aquela que sinto sempre que acho que alguma coisa vai dar certo. E foi ai que a ficha caiu. Eu acho que vai dá, mas nunca dá. Talvez esse seja meu problema, estou sempre correndo no caminho da ilusão. E por isso, acabo sempre tropeçando. Caindo no abismo que é a realidade.

Beatriz Soares Bezerra

Ele é igual a todos os outros. Não quer meu amor, assim como os outros não quiseram ... Ele não me quer do lado dele para sempre. Ele quer comigo o que grande maioria dos homens quis. E pela primeira vez, eu não ligo. Ele tem papo de “homem mais velho e experiente” e isso me encanta ... e muito. Mas é desejo, e só. Não sinto medo, e quando chega um sms minha barriga não gela achando que seja ele. Gosto de provocá-lo e seguro o riso quando ele tenta testar minha paciência... ( mesmo ficando fula da vida com isso). Convencido, charmoso, chato, tem um sorriso lindo ... anda como homem, fala como homem e te deseja descaradamente. Como uma criança deseja por um doce. Ele é um convite para o pecado. E pela primeira vez eu não estou com medo do inferno ...

Beatriz Soares Bezerra