Carta de Retiro a uma Amiga

Cerca de 30 carta de Retiro a uma Amiga

Retiro e Isolamento Temporário!

É natural que por vezes precisemos fazer um "Retiro e Isolamento Temporário" para avaliar como a vida está transcorrendo, e fazendo isso com o mínimo de interferências do dia-a-dia, a fim de que se possa rever o que está acontecendo de coisas boas e também daquilo que não é conforme.

Esse retiro pode levar muitos dias senão semanas. Espera-se que o resultado seja o de dar a condução aos seus assuntos pessoais e profissionais de tal forma que resultem positivos e favoráveis, no presente e no futuro, em conformidade com as suas metas (passos) e objetivos (alvos).

Não há como separar o pessoal (sentimentos e relacionamentos) do profissional (trabalho e compromissos). O sucesso depende da harmonia de ambas as atividades.

A perseverança e a persistência podem gerar Alegria e também Felicidade, mas às vezes, há que se tomar decisões que até podem doer, pois não tomar uma decisão já é uma decisão, e a inércia não é o melhor caminho.

A inércia, o improviso, a falta de foco, o desinteresse pelas realizações dos outros precisa ser transformada em ação, decisão, foco, interesse e compartilhamento.

Evitar as reclamações e buscar a compreensão dos motivos de qualquer ação da contraparte, pode gerar empatia, tolerância e prazer em viver saudavelmente.

Jean Charles Rinelli
2 compartilhamentos

Precisou vir um vírus para nos lembrar da importância de um simples abraço e de uma conversa pessoalmente entre amigos.
Precisou uma pandemia para nos fazer valorizar o nosso lar, um momento em família, nossa reconexão com quem mais amamos.
Nesse momento de necessidade de resguardo, temos a oportunidade de renovarmos e fortalecermos nossos laços mais íntimos.
É tempo de desacelerar. De olhar em volta e dar valor para as coisas mais simples e preciosas da vida.
Que desse caos, brote a humanidade nos corações egoístas e maldosos.
A todos nós, que fique a lição: Não somos máquinas, nem semideuses.
Somos frágeis. Somos pó.
E nossa casa não é uma prisão. Prisão é ter de respirar através de um aparelho, sem saber se haverá a chance de ao menos um adeus.
Os que podem ficar em casa, fiquem por aqueles que não podem.
Os que não podem, se cuidem o quanto puderem.
Vamos conter esse vírus!

Ket Antonio
Inserida por ketantonio

Decidido...

Quando estamos indecisos, talvez seja melhor dar uma pausa e fazer um retiro estratégico antes de marcar um sim ou um não na opção, decidido.

O silêncio, acaba sempre respondendo melhor e dá chance para corrigir o que não estava de acordo em nossos planos.

Não é preciso subir na árvore, podemos encontrar o ninho para chocar nossas decisões, dentro de nós e analizar friamente, cada detalhe, dali mesmo, onde a porta se fecha e a ausência de som, se torna nosso único aliado.

A quietude é um isolamente eficaz para coordenar o que deixamos exilado, relegado a um segundo plano, durante tanto tempo.

by/erotildes vittoria

Erotildes Vittoria

Quando,
retiro as minhas folhas.
É para me vestir de amor.
Hoje quis ser,
uma arvore adolescente.
Formosa!
Com saia rodada,
rosa menina,
delicada.
Para encantar o meu amor.
Hoje eu o trago para mim.
Não será pardal,
nem bem-ti-vi.
Será meu beija-flor.
Hoje, quero beijos delicados.
Quero um doce amor.
E só ele sabe beijar, tão bem assim.
Por isso me visto de flor

Dayse Sene

Meu coração é um retiro espiritual
Onde encontro a paz da dor que se sente
Onde posso refletir e cura-me de todo o mal
Que a vida sem dó causou em minha mente

Independente do que eu possa ser
O que quero que seja meu jamais terei
Se o que sou sem nada ter
Nunca nada serei

Quase perco a alma com a dor
Por ter dado tudo o que tive
Sem a força da alma morre todo o amor
E o coração sem amor não vive

Como me restou o amor apenas
Amo a mim próprio nesta vida
Antes que muitas dores pequenas
Se tornem uma só grande e irreversível ferida.

R Silveira

Nesse exato momento retiro meu óculos do rosto e repouso-o sobre o livro que até agora lera com toda a atenção. Guardando displicentemente meu material de estudo num canto qualquer ao lado da cama, olho para o lado oposto. Procuro em vão sua presença, que a pouco estivera ali, mas que agora se faz real apenas como uma doce lembrança. Queria lhe dar um beijo discreto, que não chegasse a perturbar teu sono, mas que pudesse sutilmente repousar em seu ombro como uma prece. Uma prece, um pedido inocente, quase que infantil, para que nada de ruim lhe aconteça, agora ou no dia que se aproxima. E que essa prece, sincera, na forma de um beijo dure apenas pelo tempo de um dia, para que na noite seguinte eu possa mais uma vez orar por ti.

Boa Noite,

C.R

volto a escrever,volto a pensar,volto a viver,volto a morte,morrer.
no sinônimo perfeito me retiro do verbo,realço o sabor do gosto da solidão.
o tempo é tudo o tudo passou,versos e rimas é o que si restou.
idéias secretas,não mentem a sois,tormenta o espírito no ato levar.
na verdade a verdade são todas mentira da verdadeira verdade.
me anulo, antes tudo dos olhos, avante,diante dos olhos,bárbaro admiro não vive por fim,
restam tropeço para o fim.
agora dizendo, noite é fria,sono desvairado pensando,as vezes no sono as vezes eterno.

LAPYERRE---(MOISES DA SILVA )

"E sozinha retiro cada uma das peças de tecido que cobrem meu doce corpo...
O toque suave de meus dedos me trazem arrepios...
Solto os cabelos, liberto meus seios e ventre, nada mais se oferece de obstáculo para que minhas mãos se rendam aos desejos que me dominam pela intensidade dos pensamentos...
Desejos, lembranças, fantasias vão tomando corpo e criando vida dentro de mim, até que sejam tão grandes que escapem sob a forma de gemidos ousados e abundante líquido melado que é deliciosamente provado."

Lore Knust Hayek

Procuro uma rosa

Retiro as pétalas de uma rosa
Pra saber do meu amor,
Ela me ama...
Ela não me ama...
Ela me ama...
Ela não me ama...
Procuro uma rosa pra mudar o meu destino,
Ela não me ama...
Estou pensando em minha amada em cada pétala que eu arranco,
Enquanto eu aguardo em silêncio o tempo de sua chegada.
“Ela me ama...”.
E aqui estando, será ela a dona do meu coração.

Edney Valentim Araújo

Edney Valentim Araújo

E da ferida necrosada, retiro a carne morta e limpo-a para que cicatrize.
Devoro os cadáveres e deixo a terra pronta para o plantio.
Adubo o solo já seco e árido, ainda que não vá ver as flores que ali brotarão.
Eis que sou como os corvos, com sua aura de morte e dor, vivendo a par da humanidade
E ficando apenas o tempo necessário para fazer o que é preciso.
Ainda que não vá comer do fruto das futuras arvores, ainda que nem chegue a pousar em seus frondosos galhos, ainda assim faço meu trabalho.
E alço voou sem nunca ter um abrigo fixo.

Fragmentos e Pensamentos - Nina Henker

Primavera.

Reviro as bordas de cadeias
Inclusas nas inércias mortalhas
Retiro braços, auréolas, surfadas na mente.
Decente

Incapaz, se desfaz em ira no legado inerte
Redundando ondas celestiais azuis
Normais
Aliás, são nuvens dispersas.
Nos porões das sacras profanas idéias
Será um grito,
Ou apenas um mito?

Que motivam ainda que mero acaso
O descaso da serpente
Inocente, morta por flores carnívoras.
Que devoram.
Silencioso manjar

Alvo de nossa rebeldia, outro dia falece.
Enobrece anciões forjados
No lume da reticência mal contada
De uma vida jogada na vala

História de tirar o gosto
Era agosto
Mas se bem me lembro
Suas cores, pleno setembro...

Oscar de Jesus Klemz

E agora eu retiro meu guardador de idéias e venho a refletir sobre a vida, aquilo que é louco, fora do comum.
O que seria o estado de loucura? Algo inexplicável, fora de tradução!
Cada um vive da forma que o convém, pode ser loucura pra mim, aquele seu momento insano, no local que nada nem ninguém faz sentido, porém também não consigo definir o sentido do insano. Meu estado mental esta guardado, assim que venho a me deitar e deixar na imaginação o que o mundo não pode explicar.

priscila rodrigues

.QUEM SOMOS?
E.C.
Quem somos...Você responde?
Do alto do seu retiro?
Aonde a alma se esconde,
Quando inexiste o respiro?

Será que sonho ou deliro,
Buscar respostas aonde?
Na Bíblia irmão, eu sugiro,
Só ela a tudo responde!

Somos o quê?... somos só,
(-Na verdade somos apenas)
Um punhadinho de pó!

Vaidade é o que somos sim,
Que o fogo em segundos crema,
É tudo chega a seu fim!

"E o homem vai a sua eterna morada! "

Eclesiastes 12:5

Edison Coelho
Inserida por EdisonCoelho

...
Aqui

Onde retiro minha coroa ,
onde posso sentar no chão .
Ouvir o som do vento passar , ditando mensagens
no meu coração .
...
Aqui
Onde me faço linda e bela , posso ser princesa ou singela .
Ou mesmo uma menina tagarela .
Sem prato de porcelana , apenas uma tigela .
...
Aqui

Onde posso ser o vento suave e forte
ser sul , e ser norte .
me contendo em pensar em você .
Somente ... Aqui.

Autora : Gislene Pascutti .
Inserida por GislenePascutti

16 de fevereiro

Retiro

Retiro...
Lugar ideal
para almas igual a minha.

Poderia esta agora no carnaval
Mas, não gosto muito de festas,
em mim se faz vivas as perdas!
Me faz lembrar...
De algo que não tenho.

Me faz lembrar
que não tenho ninguém
Que sou completa solidão.
E que estiver se agora no carnaval
estaria sozinho no meio da multidão.

Mais aqui... Aqui no retiro.
Eu posso sentir meu corpo
a alma em mim
Viva... Acessa é entendida.

Não perdida?
Mas tal vez desencontrada
Adormecida no interio
dos meus erros.

Mais aqui me fez perceber
O quanto fui tolo,
Todas as vezes que falei
estou só
Enquanto todo esse tempo
Estive na companhia de Deus.

Aqui agora nesse exato momento
posso afirmar que o retiro
e um lugar ideal. Ideal!
Para almas perdidas
igual a minha.

E por não fazer parte da igreja
Partirei com essa mágoa!
Mas por outro lado
com o coração inundado!
Inundado de amor.

Daniel johny
Inserida por DanielJohny

Retiro das verdades
.
Quem chegar primeiro leva.
Quem tiver mais dinheiro leva. Quem for mais bonito leva.
Quem possuir um palavreado romântico leva.
Quem dominar todos os assuntos leva.
Quem for mais educado leva. Quem tiver uma bela casa leva. Quem tiver um belo corpo.
Só não leva aquele que ama de verdade.

Johnny Kwergiu
Inserida por JohnnyKwergiu

Me retiro,
Abandono o palco,
Me coloco atrás da cortina,
E já não vejo a platéia,
Apenas à escuto...
Hoje estou de luto,
E finjo não ter nada a dizer,
Algo que de fato
Já nem me culpo.
Eu não me iludo mais
Com quem não me olha nos olhos,
Com quem se camufla atrás dos próprios sonhos,
E se perde dentro de seus pequenos planos.
Eu simplesmente faço o que eu não deveria conceber...
Eu apenas me retiro,
Abandono o palco,
Me coloco atrás da cortina,
Mas agora nem escuto a platéia,
Ela já não está mais alí...

Ricardo Branco
Inserida por ricardobranco

Retiro emocional...
Algumas vezes, precisamos diminuir o ritmo, prestar mais atenção ao nosso redor, ouvir nosso coração, organizar as ideias, tomar novo fôlego, criar novas metas, sonhar novos sonhos...
E vou seguindo, em ritmo de reflexão, todos os sentidos em alerta, buscando a minha verdadeira plenititude...
Peito, coração e braços abertos...
Hoje e sempre...
Mergulhando em mim

Érika Ribeiro Pinheiro
Inserida por erikarpinheiro

SONETO EM RETIRO

Quem dera, a saudade, que agora sinto
Da ausência de um alguém, fosse ilusão
E a mim e de mim apenas uma invenção
Eu seria no fado felizardo, e não absinto

Quem dera, este poema falasse de paixão
E fosse correspondido neste amor faminto
Pra cochichar doces versos que pressinto
E só pensa em você, e só pra ti faz menção

Mas a realidade é que estás na distância
E a solidão comigo veio num oferecido
Me sufocando nesta saudade em questão

Mesmo para ti eu não ter mais importância
Serei sempre um devoto e comprometido
Por ti... Pois este amor vai além da razão.

Luciano Spagnol
Junho de 2016
Cerrado goiano

Poeta mineiro do cerrado - LUCIANO SPAGNOL
Inserida por LucianoSpagnol

Com paciência retiro cada espinho que jogaram em meu caminho
Com mansidão suporto todas as criticas e humilhações
Com sabedoria procuro superar todos os obstáculos que
a vida me impõe
Com esperança me levanto todas as vezes que tropeço e
caio
Com fé sigo o meu caminho sempre acreditando que o
Meu amanhã será bem melhor e que minha vitória vinrá!

Angel Rosalva
Inserida por camilyrosario