Calçada

Cerca de 321 frases e pensamentos: Calçada

Chego a mudar de calçada
Quando aparece uma flor
E dou risada do grande amor...

Chico Buarque
102 compartilhamentos

Noite de verão,
cadeiras na calçada,
assunto: calor.

José N. Reis
53 compartilhamentos

Se cada um varresse a calçada da sua casa, no fim do dia a rua toda estaria limpa.

Jean Vien Jean
281 compartilhamentos

Um Adeus

Se um dia me encontrares na rua, não precisa mudar de calçada.
Pense logo que somos estranhos e que entre nós nunca ouve nada.
Parra não cruzar teus olhos nos passarei por você sem rancor, sem lembranças que um dia entre nos ouve um grade amor.
Nossos sonhos nossos sonhos são tão diferentes assim o destino escreveu...
Tentarei encontrar m outros braços o amor que entre nós não viveu!

Desconhecido
37 compartilhamentos

Tive vontade de sentar na calçada da rua augusta e chorar, mas preferi entrar numa livraria, comprar um caderno lindo e anotar sonhos.

Caio Fernando Abreu
36 compartilhamentos

Amanhecer
O sol derrama, na calçada,
a sua bela, matinal urinada

Mario Quintana
Inserida por Stephany98

Eu jamais pediria desculpas por fazer tudo ao contrário. Se continuamos a dividir a mesma calçada, com a diferença de hoje adotarmos sentidos opostos, é porque eu caminhei rápido o bastante para chegar naquela esquina e perceber que não quero e não preciso atravessar a rua. Já me deixei atropelar por carros imprudentes e caminhões sem freios para hoje saber que, de escoriações e feridas, vou muito bem, obrigado. Portanto, já que é inevitável o nosso cruzar de olhares e caminhos, peço que tenhas a boa vontade de fazê-lo da forma menos chata possível.

Beeshop Johannes
15 compartilhamentos

TUA AUSÊNCIA

Sentado na calçada, sozinho e sem ninguém além de várias lembranças eu paro e começo a lembrar das coisas que vivi com você, momentos que contigo passei! Vejo que sem quer que eu perceba deixo cair de meus olhos algumas lágrimas; e logo vejo que são lágrimas das lembranças, lembranças essas que me fazem chorar de tristeza, saudades, solidão. Lágrimas, choro, sofrimento, angústia, tristeza, sentimento de perda; bebidas, caneta e papel; são companheiros meus nesta noite fria e solitária... Começo a me lembrar de como era lindo ver você me esperando, ouvir sua voz; sentir seu coração... Mais logo respiro bem fundo e vejo que nada mais é igual desde a sua partida... Foram lindos os momentos contigo; mais tenha certeza de que eles foram únicos, mágicos e especiais para mim. Afinal! São eles que me fazem chorar toda vez quando deles lembro! Percebo que ninguém anda nas ruas a não ser pessoas deprimidas que como eu que são amantes da noite e da solidão... De repente uma garoa fina começa a cair e confesso que fico meio sem jeito de saber diferenciar o que é chuva, do que são lágrimas em meu rosto! Não quero comover ninguém com minhas palavras; só precisava colocar pra fora o que há muito tempo vem me matando aos poucos... "A sua ausência”! Confesso que ontem mesmo desejei ter você junto a mim. Perguntas sem respostas começam a rondar a minha cabeça; e logo me pergunto se seria a morte o melhor caminho pra ver se esse meu problema passaria! Estaria eu rumo à depressão? Não; não! E elas insistem em voltar... Um homem como eu? Isso é falta de sono; logo vai passar; como diria você... Mais o tempo passa; e eu vejo que é algo mais serio do eu pensava! Ai! eu queria tanto você aqui do meu lado pra me abraçar, dizer que me ama; e que nunca, jamais, vai me deixar. Vejo que ninguém é capaz de entender o que há tempos tem tirado a minha paz, o meu sono, a minha vontade de ser feliz, vontade de sorrir, porque eu só queria voltar a ser quem eu realmente era! Apesar de tudo; percebo que aprendo com tudo isso... Mais confesso que são aprendizados difíceis; coisas que eu não gostaria de estar aprendendo! Mulheres passam a cada cinco minutos algumas delas as vezes mexem comigo; mais vejo que nenhuma me faz realizado como você me fazia, porém, me perdoe por não ter te feito feliz todos os dias da sua vida; mas também te perdoo por me fazer chorar e sofrer todos os dias... Sei eu que só queria alguém me entendesse, será que é tão difícil assim?! Alguém pra me abraçar, pra me proteger, alguém que me beije do melhor jeito possível, que me faça realmente feliz... Mas percebo que só você pôde ser esse alguém! Ai como eu sinto sua falta; falta do seu beijo, do sue abraço, do seu cheiro, do seu corpo, de quando nós brigávamos, de quando nós riamos juntos... Lágrimas de novo... Ou melhor; não sei como elas ainda existem; e insistem em rolar... Já é tarde e eu volto pra casa, em prantos! Mais conformado, por ter conseguido superar mais um dia sem você, mais uma noite de lágrimas, solidão e sofrimento... Medo, certeza; medo e certeza, estas sim são realmente as palavras para descrever tudo isso que hoje acontece comigo, mas não é medo do que passei ou do que ainda vou passar é porque tenho a certeza de que nunca mais vou deixar de te amar! Deparo-me com esse tanto de coisas boas que existem dentro de mim.
Coisas que me fazem sentir uma saudade absurda de você, cheiro, fotos, nossos momentos, músicas, cada canto, cada pedaço desse quarto e dessa casa.
Vivo hoje com a certeza de que o nosso amor é lindo e eterno...
AMO-TE E CONTINUAREI TE AMANDO SEMPRE! SAUDADES!

Yvon
11 compartilhamentos

Você não é bonita. É bela. Mulher bonita tem em qualquer rua, qualquer calçada, em qualquer lugar. A bela não. Mulher bonita te encanta apenas com um corpo ou rosto. A bela te encanta apenas com um sorriso, um olhar, pequenos gestos que faz qualquer homem se apaixonar. Mulher bonita todos sabem, todos conhecem, todos querem, muitos tem. A bela é para sortudos, para poucos, e poucos a conhecem.
Mulher bonita vira medíocre em sua vida quando você encontra uma bela. As belas são aquelas que você não esquece, você não desiste, mas acima de tudo você quer ver feliz.

Vaguinevaldo Júnior
13 compartilhamentos

Um dia quando era mais novo, ia passando pela rua e me deparei com um mendigo, jogado na calçada, sem comida, sem casa e sem familia. Fiquei pensando no que levaria uma pessoa a chegar em uma situação daquelas, confesso que fiquei intrigado. Então parei e ajudei-o a levantar, ele me agradeceu e comecei a perguntar sobre o que havia acontecido com ele, o que o levara àquela situação tão deprimente e humilhante. Não é uma pergunta que se faça a um estranho, mas não contive a minha curiosidade e resolvi ir logo perguntando.
Ele me respondeu que possuía uma esposa, cujos cabelos eram negros como a noite e o semblante carismático que tinha o poder de seduzir qualquer um que olhasse alguns segundos apenas para ela. E foi exatamente isso que havia acontecido, eles apaixonaram-se como em uma cena de filme, algo tão misterioso e mágico ao mesmo tempo. O velho mendigo ia balbuciando aquelas palavras e por dentro eu de certa forma ironizava aquilo que ele dizia, amor a primeira vista? Isso não existia, era apenas uma coisa que inventaram para entreter o público solitário que procurava nos filmes uma compensação para a sua vida com falta de afeto e por a ânsia de encontrar alguém perfeito, coisa que todos nós sabemos que não existe.
E aquele homem ia continuando a sua história e quanto mais ele falava menos eu acreditava, achei que seria talvez uma desculpa de um homem embriagado que não tinha coragem de assumir que estava naquela situação por causa do seu vício. Ele dizia que ele e sua amada se conheceram e logo engataram um namoro, era tudo perfeito, o jeito que ela olhava para ele o fazia ‘derreter’, o modo como ela o abraçava o fazia estremecer e as palavras doces que ela soltava por entre os lábios soavam como melodia aos seus ouvidos. Mas essa bela e história se tornara um pesadelo alguns meses mais tarde. Quando foi diagnosticada uma doença rara em Helena, esse era o nome da mulher com que ele se referia com tanto amor. Ele fez de tudo, foi aos melhores médicos, procurou ajuda espiritual e experimentou as melhores tecnologias, sim ele havia sido um jovem empresário bem sucedido. Mas o que realmente o levara àquela situação?
E foi continuando o velho a sua história, dizia que os médicos deram a sua namorada apenas mais 1 ano de vida. “ E foi o melhor ano da minha vida” – disse o velho.
Pedi ela em casamento, embora toda minha família fosse contra. Como poderia alguém casar-se com uma pessoa que morreria dali um ano? Que futuro poderia construir com alguém assim? Ninguém entendia como um romance tão recente havia mudado tanto aquele homem, duro e por certas vezes até ‘sem coração’ como alguns diziam. Mas ele casou-se com Helena mesmo assim. Na lua de mel foram à praia, pois ela nunca havia visitado e dizia ser um sonho que queria realizar antes de sua morte. Cada vez que ela falava de seu fim próximo o coração do velho se partia em milhares de pedaços e ele só não se punha a chorar para não desanimar a sua amada esposa.
Durante esse ano ele gastou todo o seu tempo e dinheiro realizando as vontades e fazendo mimos para a mulher que tomara conta do seu coração e que lhe trouxera a maior alegria da vida, uma alegria inimaginável segundo ele. E após terminar esta parte da história ele me perguntou se eu já havia amado alguém com tanta força que só de pensar em perder essa pessoa meu coração doía, que parecia que sua garganta iria fechar e seu coração parar de bater. Eu com toda minha arrogância respondi prontamente que não e que não acreditava nisso. O velho sorriu e me disse seu nome, Augusto era o nome dele. E após isso continuou sua história, disse que alguns dias antes do aniversário de um ano de casamento ele já temia o fim do seu paraíso e rezava todas as noite para que os médicos estivessem errados. E em uma noite tranqüila em que dormia abraçado com sua esposa, ele sentiu uma má sensação, uma sensação de que sua mulher estava para deixá-lo. Prontamente ele pulou da cama e a chamou para um passeio pelo parque a noite, ela não entendeu nada do que estava acontecendo, mas aceitou. E passearam pelo parque por alguns minutos, a noite estava linda e por fim sentaram-se a beira do lago admirando as estrelas, ela deitou-se em seu colo e ficaram a conversar por alguns momentos, quando ela como suas ultimas palavras produziu aquela doce melodia novamente com um EU TE AMO tão apaixonado e tão sincero que estremecera a alma de Augusto. Depois disso ela calou-se e ele sabia que ela havia o deixado. mas continuou ali a admirar as estrelas por mais alguns instantes, era uma despedida silenciosa mas nem sempre é com palavras que expressamos o que sentimos – disse o velho.
E após esse dia o velho perdera a razão de viver, não tinha mais vontade de trabalhar, pois com que gastaria seu dinheiro agora? E aquele velho com a face triste e sofrida, agora sim podia ser chamado de ‘sem coração’ pois com a morte de sua amada o seu coração havia se fragmentado em pedaços tão pequenos que nada mais lhe interessava a não ser esperar o dia de sua morte para reencontrar Helena.
Após ouvir aquela história eu não sabia o que dizer, e o velho com um sorriso que saia com dificuldade de sua boca me disse :
“ Eu tive a melhor mulher de todas que me fez o homem mais feliz, mesmo que por pouco tempo por força do destino, a única coisa que me arrependo foi por não tê-la conhecido antes. Se você encontrar a mulher da sua vida, assim como eu encontrei, não perca tempo com brigas e discussões por pouca coisa, pois o tempo que vocês têm para serem felizes pode ser curto” – saiu andando para dentro de um beco onde já não conseguia o ver mais.
Eu sai e caminhei para casa pensando na vida daquele homem, pensando se realmente seria possível um amor assim e o que seria essa verdadeira felicidade que ele dizia ter encontrado.
Alguns anos se passaram e hoje eu me recordo das palavras daquele homem, uma a uma, pois conheci você e senti exatamente a mesma coisa que ele havia dito ter sentido quando encontrou Helena. Agora eu sei o que realmente é felicidade e espero que passemos o resto de nossas vidas juntos, independente do quanto elas durarem, pois com você eu aprendi a ser feliz, por você eu mudei, você me deu um coração. TE AMO MAIS QUE TUDO NA MINHA VIDA e PRA SEMPRE.

Felipe Alves
7 compartilhamentos

Publicitário


Havia um cego sentado na calçada em Paris, com um boné a seus pés e um pedaço de madeira que, escrito com giz branco, dizia:

"Por favor,ajude-me,sou cego"


Um publicitário, parou e viu umas poucas moedas no boné. Sem pedir licença, pegou o cartaz e o giz, e escreveu outro anúncio e foi embora.


Mais tarde o publicitário voltou a passar em frente ao cego. Agora, o seu boné estava cheio de moedas. O cego reconheceu as pisadas e lhe perguntou se havia sido ele quem reescreveu seu cartaz, querendo saber o que havia escrito ali.


O publicitário disse:

- Nada que não esteja de acordo com o seu anúncio, mas com outras palavras".

Sorriu e continuou seu caminho. O cego nunca soube, mas seu novo cartaz dizia:


"Hoje é Primavera em Paris e eu não posso vê-la"

Derek Destito
28 compartilhamentos

A chuva estava diminuindo e a garota estava caminhando pelo centro da calçada com a cabeça erguida para que os esparsos pingos de chuva lhe caíssem no rosto. Ela sorriu quando viu Montag.
– Oi!
Ele respondeu o cumprimento e disse:
– Ainda estou maluca. A chuva é tão boa. Adoro andar na chuva.
– Acho que eu não gostaria – disse ele.
– Você gostaria se experimentasse.
– Nunca experimentei.
Ela lambeu os lábios.
– Até o gosto dela é bom.
– O que você faz, fica por aí experimentando de tudo? Perguntou ele.
– Tudo e mais um pouco.

Ray Bradbury
19 compartilhamentos

Havia um tempo de cadeiras na calçada. Era um tempo em que havia mais estrelas. Tempo em que as crianças brincavam sob a claraboia da lua. E o cachorro da casa era um grande personagem. E também o relógio da parede! Ele não media o tempo simplesmente: ele meditava o tempo.

Mário Quintana, in Caderno H

Mario Quintana
60 compartilhamentos

O Capoeira

- Qué apanhá sordado?
- O quê?
- Qué apanhá?
Pernas e cabeças na calçada.

Oswald de Andrade
96 compartilhamentos

"Na calçada da vida, minha alma
anda sempre descalça.

Menina dos Olhos

Não vale a pena enfrentar o mundo por quem não merece nem a calçada da sua casa... Se ame, se goste, se queira bem; seja você o número 1 da sua vida!

Agnaldo Mesquita

As vezes eu só quero sair por aí com alguém para bater um bom papo, dar uma volta sem destino certo, se sentar na calçada de alguma casa cujo o proprietário não fazemos a mínima ideia quem seja e esquecer do relógio

Jvih

"Em calçada interditada,crocodilo não pedi água".

Alessandro de Oliveira Feitosa
Inserida por AlessandroOLIVEI

sentada na calçada da igreja eu via,
a bela morena a descansar,
sentia dores nos pés,
de tanto em pé ficar.

na escuridão dessa calçada,
uma multidão passava,
mais ela não notava,
que eu estava a ela observar.

partilhava com suas amigas,
um grande e lindo sorriso,
que sentadas com ela,
que a mim metia perigo....

a festa acabou,
e ela a caminhar devagar,
não conseguia me ver,
que de tão perto que estava
ainda deixou de me perceber.

Fabricio Hermano da silva gomes
Inserida por Fabriciohermanos

Tem muita chuva dentro de mim descendo na calçada da vida.

Lorranne Gomes
Inserida por lorrannegomes