Vivian Santos

Encontrados 2 pensamentos de Vivian Santos

Por que eu escrevo?
Acho que essas pessoas estão perdidas, solitárias, vazias, cheias demais, alegres, sorridentes, tristes, desoladas, apaixonadas, com raiva, felizes, indiferentes, confusas, curiosas, indignadas, inquietas, mas acima de tudo, presas, em algum lugar da minha mente.
Acho também que seria injusto da minha parte não dar-lhes um lar para viver.
É por isso que eu escrevo.

Vivian Santos
Inserida por Jean_Quintino

Um dia me disseram que amar era o mesmo que sofrer. Então se esse fosse o preço a pagar em troca do seu amor, por ela eu sofreria, amaria até morrer. Certas dores possuem seus valores, outras são essenciais para a mudança interna, porém, esta em especial é do tipo translúcido, quanto maior a intensidade mais visível são os sentimentos por trás, e juntos passam a amadurecer em um equilíbrio de hostilidade - do tipo que ajuda a compreender que nenhuma evolução é feita sem uma guerra, seja esta interna ou não.

A vida é uma metamorfose contínua, pessoas vem, outras vão, mas sempre deixando significados por dentre de "olá" ou "adeus". Algumas paixões não duram, e mesmo que tenha estado ali, talvez o propósito tenha sido apenas te ensinar algo, mostrar além do que pode ver, sabe? Por que quando é amor de verdade você nem mesmo percebe, só sente. E não importa a circunstância, a dificuldade, as diferenças, ele supera todos obstáculos.

Também há os problemas. Padrões, pressão, julgamentos, olhares tortos, comentários auto-destrutivos; dor.

É, eu vivo numa constante batalha de aceitação diária. Mas não importa o quanto eu afirme com toda convicção, tudo que eles dizem é que sou jovem demais para compreender tantas emoções, que eu não conheço nada além de obediência e obrigações.

Porém, o quão velho devo ser para poder _sentir_? O quão vívido tenho que ser para considerarem todas essas emoções reais? Aliás, por qual motivo _eles_ quem devem dizer o que sou ou não se _eu_ quem sinto?

Eu só preciso de ajuda para compreender tudo que ronda minha mente, são tantas coisas diferentes que não sei decifra-los.

_Você não sabe o que diz, o real sentido da vida_, é o que repetem dia após dia. Mas a vida não é sobre isso? Aprender mais a cada momento? Como pode se julgar tão sábio em relação a mim quando talvez nem conheça metade da minha história?

Minha religião, cor, nome, aparência, pensamento, personalidade, sentimento; tudo condiz a mim, tudo é sobre mim e somente isso. Então por que me compara a ti?

Sim, eu posso amar, chorar, sofrer, julgar, culpar, sentir. Eu tenho esse direito como qualquer um outro. Não há nada de errado ou contraditório. E é isso que me inspira a ser quem sou, a fazer o que mais gosto; aliviar por meio de palavras rimadas.

E então ela me olhou com ternura e me intrigou;
_O que é poesia? Te beijar até morrer?_
Fiquei abalado e respondi;
_Poesia é te querer!_

Poesia é também, acima de tudo, ser um poeta que transforma sua realidade árdua em prosas poéticas.

Vivian Santos
Inserida por Jean_Quintino
1 compartilhamento