Ludmila Mothé

Encontrados 8 pensamentos de Ludmila Mothé

Diário de um anjo

Não sei quem sou, ao menos tento ser aquilo que querem, aquilo que me fizeram ser, me sinto além de qualquer evolução, não que eu seja um sábio, ou um gênio da física, sou um segredo um mistério divino, algo dentro de mim grita pedindo que eu consiga controlar o que sinto o que tento sentir, às vezes me comparo com uma flor aquela que quando colocamos a mão se desmancha aquela que se arrancarmos a sua raiz ela morre, sou ao menos um alguém que um grito provoca uma destruição total em fibras de sentimentos, sou um pedaço de seda que ao um toque agressivo se desmancha, sou sentimentalismo puro, sou alguém que não consegue viver se outro alguém.
Não sei o porquê insisto em investir na humanidade, às vezes penso que ela não sabe distinguir seus sentimentos e não sabe compreender os sentimentos de outros humanos, não sabem amar, não sabe sentir, não sabem compartilhar, o homem não tem salvação, o homem não sabe viver.
Deus, agora entendo o porquê o senhor às vezes chora, criou mãos perfeitas criou órgãos perfeitos, e criou o coração, para que tanto trabalho se os próprios os destroem para que tanta perfeição se não sabem usar. Minhas missões Deus tentei cumprir porem não encontrei o que ouvi, entendi que para pessoas o que importa é o egoísmo próprio e suas ambições, não entendi quando ouvi essas palavras de meus amigos “Amor” que perto de ti mencionavam mas agora entendo seu significado, senti muito Deus porém não obtive sucesso, peço Pai que me escute e me tire daqui, minha missão eu digo a vos que tentei cumprir, porém só me machuquei, mesmo se ao chegar vos tire meu merecimento de anjo e castigue-me, vos peço senhor me leve de volta ao seu reino, pois é perto de vos que quero ficar.
Deixo aos mortais um significado para se pensa ainda em vida, e se goste de alguém tente fazer a diferença desses humanos.
Aprenda uma coisa Deus nos deu a vida perfeita e coloca, pessoas para que nos tornamos especiais. Aproveite as suas “Mãos para acariciar” “Os seus olhos para admirar”, Sua Boca para sorrir, E o seu coração para Amar, pois um dia a pessoa que você ama pode não estar mais com você, e vos não terá mais a chance de mostrar a ela o quanto ela foi importante em sua vida...

Ludmila Mothé
Inserida por lutheangel
1 compartilhamento

Existem anjos sim

Existem anjos colados
ao teu corpo,
abençoando o teu nascimento!
Desenham-te os olhos claros,
os lábios bem delineados,
sinais evidentes na pele clara!
Anjos cantaram o teu nascimento,
abriram o céu, fizeram-te ave de um
imenso planalto, abrindo tuas asas ao mundo!
Anjos guardam a tua vida,
caminhada extensa de alguns sofrimentos,
desilusões a rolar no coração enorme e,
tão guardado no varandim dos sentimentos!
Anjos adormecem a noite,
cantam-se silêncios de chuvas,
calam-se serras inóspitas,
deslumbram-se estrelas que recebem
o sorriso da lua e,
ditam-se frases de Salomão!
Existem sempre anjos
embrulhados em túnicas de veludo,
que adornam o chão, traçado para caminhares!

Ludmila Mothé
Inserida por lutheangel
1 compartilhamento

Eu era assim.

Tão pequenina e inocente que nem me lembro. Tão perfeitamente ingénua que não dei por isso. Era tão inexperiente, tão além do mundo. Toda a gente me dizia que parecia um elefante de maiot quando usava vestidos cor-de-rosa, toda a gente se assustava com os meus olhos grandes, cor de avelã, toda a gente apertava as minhas mãos bolachudas e as minhas bochechas apetitosas. Toda a gente se ria das minhas brincadeiras inocentes de criança, menos eu que não sabia porque se riam. Todos se riam quando olhavam para mim. Ninguém me disse a verdade. Deixei passar, não percebia. Passou a ser todos os dias, todos os dias se riam de mim. Dos meus vestidos, das minhas mãos, da minha cara. Na escola ficava sozinha rodeada de crianças tão iguais a mim, ou pelo menos eu achava-os iguais. Eles gozavam-me por ser diferente, diziam eles. Até que houve um dia.Que cai em 15 anos,e vi que aparentemente mudei totalmente,mas que continuo tentando buscar o máximo de pureza possível,e sempre acreditando que sem o amor de Deus eu nada seria.

Ludmila Mothé
Inserida por lutheangel
1 compartilhamento

"Ensina-me a não sonhar com imposivel ,não amar o quem sabe do futuro e nem alcançar o inalcansável".
A Utopia

Ludmila Mothé
2 compartilhamentos

O conhecimento é a única virtude e ignorância é o único vício, então não queira vendar-se para a realidade saiba que o amor é condicional.

Ludmila Mothé
Inserida por lutheangel
1 compartilhamento

Ninguém presta atenção em você, até você cometer um erro!

Ludmila Mothé
Inserida por lutheangel
1 compartilhamento

Tudo pode ser dito em uma frase,então ao menos defina-me em uma palavra!

Ludmila Mothé
Inserida por lutheangel
1 compartilhamento

Tentando encontrar um significado, sabendo que eu acabei de deixar tudo para trás e ainda sim,sinto o cheiro de suavidade remanescentes.

Ludmila Mothé
Inserida por lutheangel
1 compartilhamento