Jorge Ferreira dos Santos

1 - 25 do total de 76 pensamentos de Jorge Ferreira dos Santos

Só se apaixona quem é sensível, quem não é! usa os outros!

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Chamaram-me covarde, por amar quem não podía!

Covardía é: Porem-te uma arma na mão, mandarem-te para uma guerra que não é tua, mandarem-te matar quem não conheces, quem nunca te fez qualquer mal, teres de matar para não morrer. É: Teres de cortar o pescoço de alguém, veres os olhos arregalados desse alguém, olhar para ti, porque não conseguirá jamais falar, tentando segurar a vida que se lhe escapa por entre os dedos e perceberes o que lhe vai na alma: "que mal te fiz para merecer que me matasses?"

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Hoje sim! amanhã não;
Tudo o que te dá te tira;
Faz de ti gato e sapato;
Este "mundo" é mesmo cão;
Juventude! coisa gira;
Vais de jovem a farrapo;
Dás por ti és Ancião.

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Quem como tu já viveu;
Pela vida procurando;
E o amor não encontrou;
Envelhece como eu;
A ideia cozinhando;
Que algo ainda não chegou.

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Todo mundo sabe alguma coisa e todo mundo ignora muita coisa!

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Da amizade nasce o amor;
Do amor nasce a amizade;
Se acaso houver bem querer;
Desse bem nasce uma flor;
Que murchará de saudade;
Se por amor não sofrer.

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Aquela Alma!

Daquela quinta formosa;
Que mais parecia um jardim;
Vem algo que nos invade.
Rude! pura! generosa;
Qual sonho que teve um fim;
E que nos rói de saudade.

Carvalha! triste! sombria;
Que poder lhe tira o riso;
Deixou de ser o que fôra.
A Alma que teve um dia;
Lá se foi pró paraíso;
Já cá não existe agora.

Aqueles bons ventos idos;
A que o amor dava vida;
E que a todos nos unía.
Não nos serão devolvidos;
A corrente foi partida;
E o elo já era um dia.

Mas que carvalha? comento!
Aquela que nos juntava!...
Que amor mais puro e que calma.
Já lá falta aquele cimento;
Que àquele chão nos colava;
Já lá falta aquela Alma

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Amor

Ao amor de Pai não se iguala;
O amor de mais ninguém;
Só outro se lhe compara;
O amor da nossa Mãe.

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Amor!

Quem nesta vida não amou!
Se não viu por si chorar,
E por amor não chorou!
Não tem de se preocupar!
Se não soube o que é sonhar!
Se o cupido o não flechou!
Desta vida, nada tem pra lamentar!

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Amor é:

Abrir a mão, deixar voar livre o passarinho a entoar sua canção, mesmo que logo a seguir, seja devorado por um falcão. É deixar-se levar pela ilusão, vale mais um ano de paixão, que cem de solidão. É querer só o que se pode dar. É nunca exigir e saber oferecer. É morrer e deixar viver. É amar e não comprometer-se, para não faltar. É não querer o mundo todo a seus pés. Enfim amar é tão complicado que, quando alguém se enamora, vai sempre de pé atrás: será que é pra valer? e até quando? neste nosso "mundo" de incógnitas há ir e não voltar, há amar e odiar que, vivem de mão dada e onde tudo não passa de conversa fiada, "cada cabeça sua sentença". A ilusão é linda, mas só dura enquanto é, e termina se deixa de ser. É aconselhável apaixonar-se sempre que puder, viver intensamente de cada vez e sobretudo não se apegar demasiado, para não sofrer.

ps: Não serve de base, só para quem quiser seguir. Eu nunca consegui...

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Mulher...

Sábios, poderosos e poetas;
A ciência nunca pára de avançar;
Cada qual, a mostrar o seu saber;

Duro viver é, com suas gretas;
Sempre e só, pela vida a labutar;
Livrar-se dela, porém, ninguém quer;

Numa guerra de titãs patetas;
Gasto sonho de tanto meditar;
Não houve, nem está para nascer;

Zote de ideias obsoletas;
Se acha ser possível deslindar;
Ou entender, o pensar da mulher.

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Amor

O amor é um ladrão que cobiça com o olhar, rouba só de pensar e se perde no coração!

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Amor é:

O amor é um bichinho, que te rói o pensamento,
te destrói o sentimento, te transforma em desilusão, apenas com um simples não!!!

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Buscando amor

Do amor intensamente a dor busquei;
Chaga viva com que a vida nos condena;
Nunca ardente o fogo vi que me queimasse;

Aos tropeções da vida me soneguei;
Quantas vezes me morri de sorte amena;
Sem que tal amor me visse ou encontrasse.

Desilusões com tantas me já deitei;
Em leito que de si só teve o nome;
Vagueando mundo afora o sentimento;

Quantos com que me juntei e separei;
De carinho e atenção me rói a fome;
Dos amores que só tivera em pensamento.

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Morrer de Amor!!!

Já muito me morri de amores e rejeição;
Se morrer de amor se diz e é verdade;
Quem não morreu de amor e de saudade;
É um mineral rolando sem direção.

Deste gasto coração me já detesto;
É errar humano e saber e eu errei;
Quantos sonhos me sonharam que rejeitei;
E a solidão agora me sonha o resto.

Minha Dona inda me não encontrei;
E amores me deu que tanto me bastaram;
De renegar uns e outros que me amaram;
Com cem mil espadas este coração sangrei.

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

O amor! que coisa!

Motivo agreste, de grande dor e inspiração;
Desdenhando, seu prestígio e importância;
Me domina o ser mau, vence a ganância;
E me liberta, misérias do coração.

É tormento, dor, que corta a respiração;
Dessa dor, que predomina, eterna e breve;
É carinho, que nos mata ao de leve;
É um caminho, sem retorno e sem perdão.

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Amanhã!

Amanhã nao é um dia;
É algo que não se viu;
É o mundo a girar;
É pura cronología;
Só se sabe que existiu;
Depois do tempo passar.

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Vida!!!

De alegria eu dependo pra viver;
Ser alegre é minha natureza;
Me vou abaixo com esta tristeza;
Sem mudança gente deixarei de ser.

Alegre sou porque já nasci assim;
Como a minha vida num marasmo está;
De novo exijo seja alegre já;
Esta tristeza está a dar cabo de mim;

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Tenho muita "inveja" e admiração por quem sabe bem escrever.
Quem bem escreve a Alma limpa!

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Sábio!

O verdadeiro sábio é aquele que sabe tudo, sem lhe terem ensinado nada.
O resto são cópias, mais ou menos perfeitas!

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Sabios!

Não existem pessoas sábias. Existem sim, pessoas mais ou menos cultas!

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Na vida muito aprendi.
Também algo ensinei.
Quantos ignorantes vi.
Sabem coisas que eu não sei.

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Umbigo!

Altivo o dono do seu umbigo;
Orgulho besta de certa gente;
Casos onde menos é premente;
Perde-se a besta se ganha amigo.

Motivo de orgulho ou desconforto;
Em são sedutor corpo ou talvez não;
Buraco na barriga do patrão;
Covinha no ventre do desporto.

Sem querer querendo vi um dia;
Uma covinha linda de morrer;
De sonho que viria enaltecer;
A luz que em meus olhos reluzia.

Visão que roubou o meu juízo;
Não mais pensei por mim foi-se a razão;
Motivou tal relevo esta paixão;
Foi-se o éden vai-se o paraíso.

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Poeta

Não me considero um Poeta e sim um pensador, com algum jeito para expressar os meus pensamentos!

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink

Amar é tão ou mais importante na vida que respirar!
De que vale respirar, se não se tem um amor para amar?

Jorge Ferreira dos Santos
Inserida por jokalink