Fernando Carim - Poeta Muçulmano

1 - 25 do total de 39 pensamentos de Fernando Carim - Poeta Muçulmano

Titulo:"Homenagem aos heróis da Chapecoense¨"
Onde estiverem, lembrem que aqui existem pessoas que de voces nunca vão se esquecer.
Pessoas das quais foram motivos de tantas felicidades
Que desconhecem o que a própria razão pode reconhecer
Porque criaram nos campos da vida um vídeo de curta-metragem.
Onde estamos,também estarão
Onde estiverem,nossos pensamentos seguirão juntos.
As vitórias conquistadas conosco ficarão.
E nossos aplausos,levem ao infinito.
Aqui fomos nós,voces e os momentos
Aqui fomos nós,voces e a bola
Aqui fomos nós,voces e o mundo
Aqui fomos nós,voces e a vida
Aí seremos nós e a eternidade.
Que sejam recebidos por Deus
Por tantas vitorias e emoções
Confortados sejamos todos e todos os seus
Recebam o agradecimento,nossas orações.
A cada tripulante dessa aeronave
O grito das vitorias me invadem
Aos heróis da Chapecoense,
Meu silencio solene e esta homenagem.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim

Titulo:"ELE É TUDO"

Quando entro em meu quarto,
encosto na cama,
então fico pensando comigo,
o quanto nos ama.
Ele nos mostra o caminho,
verdadeiro da esperança,
Nos anima,consola e nos faz tão feliz.
Se eu quero falar com Allah,eu apenas oro,
e penso no meu irmão que tanto consolo,
caio em prantos,eu grito,ver tanta tristeza no mundo,
nada eh culpa de allah,mais sim da criação.
Quero amor,quero luz,
eu procuro encontrar o caminho que a Ele conduz.
Tenho fé,não vou só,
Allah sempre esta ao meu lado,Ele cuida de nós.
Se vc quer ser protegido e abençoado,
procure essa luz divina que entra em seu quarto,
ela vem sempre de madrugada,e roda toda sua casa.
Busque sempre estar pronto para receber um amor que eh maior
Allah é tudo,e muito mais,
vc ainda não sabe um terço do que Ele eh capaz.
Neste mundo,tão obscuro,
eu ainda espero que o homem,
faça uma guerra de paz.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim

Titulo:"O que mudou?
:

Existem muitas,muitas flores sem perfume
Muitas amizades de fumaças
Muitos destinos de ciumes
Muitas dores acalentadas com trapaças.
Lembrando-me dos áureos tempos
Nós dois na madrugada
Rolavam os puros sentimentos
Romance e amor na calçada.
Viviamos em serenatas,arranjos
Viamos nas estrelas figuras de anjos
Um beijo,um amasso,um sarrinho
Que tempo bom,e no escurinho....
Mais tudo isso passou,transformamos
A paixão que deu lugar ao amor
Devagar nos distanciamos
Eh,eu não soube envelhecer,foi assim
Me tornei um,otário,um bobo ,não sei
A juventude daquele tempo,grudou em mim
Mais como se és a mesma menina que amei.
O que mudou?Porque não deu?
Eu esqueci de compreender
Que aquele tempo ja morreu
E todo homem que passar por isso,sem querer
Será tambem,um Palhaço um idiota como eu.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim

Titulo:"Homenagem aos Negros"
:

Venho hoje prestar homenagens
A uma raça de poder
Por muitas de minhas viagens
Não entendia o porque
Antigamente nos terreiros das fazendas,
Ate posso acrescentar
Eram tristes os visuais,
Os negros acorrentados como animais
Ao som da chibata se lamentavam,
Comiam restos se agonizavam
Mais hoje em dia é diferente,
Tudo mudou constantemente
Não se ouve mais o clamor ,
Que por gente como a gente
Os negro que era escravo,
Que sofriam no congado
Atualmente é empresário e cantor,doutor.
Canta e se encanta,pelas ruas da cidade,
Em religiões,e vem trazendo amor.
A vida eh isso alegria geral,
Tem negros ate no cenário mundial.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim

Titulo:19 de novembro dia da Bandeira Nacional


Tuas belezas,o mais puro sentimento
Tens riquezas e belezas mil
O verde de suas matas,o cedro
És linda,representa o varonill.
Suas minerações,as formas de pedras
Num amarelo de forte emoção
Explodindo de Fé e certezas
Esse povo que em tudo faz canção.
O azul anil de encantos e o mar
cachoeiras,florestas tropicais
Um povo que conhece o que é amar
E tantos da fauna vegetações e animais.
Bate no peito,o regasso flores
Monges sertanejos,religiões,
Lembrando por vez dos grandes amores
E ao meio de maravilhas ,mal feitores.
Aqui tem de tudo e muito mais
O mundo,crescendo neste país
Por naõ esquecer dos canaviais
Venha quem puder,fica quem quizer
Nasceu o sentimento do lindo pendão da esperança
O branco do lenço e da paz,da pomba,
do desarmamento de um fuzil
Da liberdade de uma criança
Na continencia e honrra do Brasil..

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim

Titulo:"A lei do retorno"


Caso eu não consiga te acompanhar,
e apertar firme as suas mãos,segura-me forte
caso eu não entenda bem o seu falar
e precisar que repitas tudo novamente,suporte
Se o dia e a noite forem iguais para mim
E eu não enxergar perfeitamente
fique por perto mesmo assim
e me ajude calmamente
Não fiques bravo comigo
caso me comporte como criança
seja meu amigo
traga-me esperança.
Se lhe sobrar um tempinho
por favor leia um livro pra mim
conte-me uma historia
como eu fazia por ti
Não sinta vergonha
de me levar contigo num passeio
sentir orgulho de me apresentar a seus amigos
como eu fazia no passado,lembra?
Olha eu devo estar caminhando para um outro lugar
onde não vou poder nos meus braços te levar
mais saiba eu te amo,eu te amo muito...muito mesmo,
e só queria estar o restinho desse meu tempo no teu colo
ou quem sabe,brincar ,ouvir musica,correr não posso mais,quem sabe escutar seu coração batendo por mim.
Antes que voce me procure e não ache mais
lembre-se,que mesmo assim agradecerei por tudo,
por todo seu esforço em me suportar.
Ah vc sabe quem sou...kkk,
sou vc amanhã,parou pra pensar?

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim
1 compartilhamento

Titulo:"O Poeta"


Hoje eh linda festa, saudações que não se encerra
Explodem o amor e a esperança,em um papel e uma caneta
transformando,crianças,jóvens,idosos,esse dom eleva
Que a mim o coração tambem deseja.
Vão-se os amantes da vida,nesta estrada cheia de pedras
Fazendo dos caminhos,de poeiras e concretos
Dias de amores,dores e de cautelas
que aos poucos se resumem em trovas e versos.
Parabenizo a todos de agora e de outrora
Aos que escreveram das Amélias e das Américas
Dos que do mundo se expressaram alguma glória
E aqueles que se esquecem nas gavetas.
Dito por não dito,quem escreve,faz a hora
Que no tempo,e no dia o sol se espera
E a noite a lua então namora
Só a chuva...Ah a chuva...
Os seus pingos são goticulas de prazer
Que atravessa o remanso e o lampejo
Iludindo a menina no seu ser
Pelo amor dedicado ao sertanejo.
E quando os seus versos se encerram
Começa uma vida de promessa
Numa prece,encaminhada a Allah
No remetente assinada,O POETA.


("20 de outubro - Dia do Poeta)(Dedicado á todos os Poetas que se encontram nesse mundo e aos que não se encontram mais em nosso meio)."

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim
1 compartilhamento

Titulo:"onde esta o meu lar?"


Eu clamo pelo nascer do sol?
Cadê a chuva?
E as coisas lindas,que você disse que iríamos ganhar?
Onde estão as coisas que você disse que eram nossas?
Você já parou para perceber,todo o sangue que derramamos antes?Veja os campos de extermínio?
Você já parou para ver,esta Terra chorando,
O que fizemos para o mundo?Olhe só o que fizemos
O que aconteceu com toda a paz que você prometeu uma aliança conosco e os campos floridos,como fica todos os sonhos,que você disse que eram nossos?Crianças mortas pela guerra?Eu ja tive sonhos e costumava admirar suas estrelas.Não sei onde estamos,só sei que fomos longe demais.Alguem sabe, onde fica o ontem?Onde estão os mares?E o nosso ceu,que cor é hj nosso ceu?Não podemos puxar nosso ar,Preciso de você Allah,tens que essa aliança renovar.Não entendo mais,o valor da natureza?
No ventre do nosso planeta,estão faltando,animais,que nossos descendentes não verão jamais?Estamos desacreditados de tudo,perdemos a confiança.O que aconteceu com as baleias,os mares,com as florestas,elefantes,e muitos outros?Continuam queimando tudo,acabando com tudo.E a dignidade,o valor moral,o respeito,a descencia,o sentimento,o romantismo dos casais,as guerras das crianças,as frutas,os quintais,que não existem mais...
Onde fica a tal a terra prometida?Será que a ganância destruiu com Ela,ou nunca mesmo existiu?
E o homem verdadeiro?Podemos ainda encontra-lo?A mulher honesta e guerreira,onde está?Crianças morrem,escute -as chorar.Alguém me fale o porquê de tantos erros?Sera culpa de Adam (Adão) آدم Idris (Enoque) ادريس Nuh (Noé) نوح Hud (Éber) هود Saleh Selá) صالح Ibrahim (Abraão) ابراهيم Lut (Ló) لوط Ismail (Ismael) اسماعيل Ishaq (Isaque) اسحاق Yaqub (Jacó) يعقوب Yusuf (José) يوسف Ayub(Jó) أيوب Shoaib (Jetro) شعيب Musa (Moisés) موسى Harun (Arão) هارون Zulkifl (Ezequiel) ذو الكفل Daud (Davi) داود Sulayman (Salomão) سليمان Ilyas (Elias) إلياس Al-Yasa (Eliseu) اليسع Yunus (Jonas) يونس Zakariya (Zacarias) زكريا Yahya (João Batista) يحيى Isa (Jesus) عيسى Muhammad (Maomé) محمد ou Outros: Habil (Abel) هابيل Sam (Sem) سام Shith (Sete) شيث Yushua (Josué) يوشع Samawal (Samuel) السموأل
Asiya (Isaías) اشعياء Armaya (Jeremias) أرميا Uzair (Esdras) عزير Danyal (Daniel) دانيال,sera das religiões a culpa?Dos governantes,minha,sua,nossa a culpa?Não adianta achar culpados,devemos deixar de sermos aprendizes de Lúcifer,e lutar pela paz.Quero os dias,a alegria,chega de morte,quero ver meus netos brincarem de pic,correrem nas matas,nadarem nas cachoeiras,vibrarem com as ondas do mar,curtirem cada ser existente neste planeta,quero vê-los respirar,..Sera que ninguém se importa?

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim
1 compartilhamento

Titulo:"Pensamentos"


Pelo límpido de tua alma,vejo refletir á mágoa de teus lamentos.
Ante os olhos do mundo,rebelas sobre as nuvens,e deixa cair uma lágrima.
Brota na terra a semente que de tão formosa e singela,trava o q ha na gente.Serena é a manhã,que de tão descente,curte com a alma e sente,nos transformando em pebleus.Oh sol que encandescente,mira o rumo poente,imaginário tras Fé .Se Allah coroasse a floresta,os homens entrariam em festa,e aos animais fariam promesas.
Pois fazem durante o dia,e o povo de barriga vazia,ainda aceita o pão.
Se fosse verdade,diria,que nada adianta se um dia a fome e guerra viria.
lamento,o ato profano,mais sei que lá tem um trono,aonde se acentam os governantes.
E digo-vos oh pobres de espirito,que tudo que fazes é em vão,um dia a velhice chega,e tarde se faz a peleja,pois em nada haverá mais canção.Porque homens sem fé,remam contra a maré,não sabes o que é ou não é,e se for,sera sendo o que sempre foi.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim

Titulo:Cadê Você

O seu silêncio vai dia a dia corroendo e me transformando.
Pensando em você, eu me perco em mil filosofias e calo minha voz.A saudade que me deste é como a estrela brilhando
durante o dia eu a escondo e no anoitecer,brilha á sós
Foram muitos os sonhos pra você,juro que não os construí sobre areia,agora eu os vejo sendo levado pelas ondas .
pois pra mim o mundo emudeceu,e uma lança atingiu minha alma.
Hoje eu sou apenas uma sombra do que passou,arrancas-te de mim as ilusões quase nada existe, porque persisto nesse amor.Em nossa casa,sua lembrança só decepções.O mar já não me aspira emoções.Se olho para o céu,a chuva cai sobre meu rosto,Se para o horizonte, penso ser o caminho de suas razões.Nos volumosos remansos eu tento retratar-te,como tolo.Nas paisagens verdes nos arvoredos eu quisera estar contigo,pensei....Oh!Cadê você,porque me faz sofrer a ausência tua.Nunca foste amada por nenhum outro mais do que eu a amei.
Permita-me 1 minuto apenas para encontrar contigo e revelar-te o que ainda não revelei.Oh!criatura que me deixou chorando,enquanto partia.Cruel destino que fez meus dias e me descontrolei,dando-me somente a chance de apagar um semblante que sorria.Choro em pensamento e em noite adentro sempre pensando,porque?Nos mares, horizontes, na lua ou no infinito,tu ouvirás meu grito,enquanto nos bares da cidade afogo minha dorJá não estou mais suportando o silêncio,
quisera falar contigo,ouvir e sentir por um momento abraçar,pegar tuas mãos,beijar teus pés.ficaram as marcas do amor no lençol,
sinto teu perfume no travesseiro,estou só.Por que não me respondes?Já é madrugada,cinco e meia da manha,
e a cachaça minha companheira,Venha me visitar.Por favor, não se esqueça de mim,desliga tudo que esta tocando,não aguento mais ouvir nossa canção,me tire dessa angústia dolorosa,dessa bebida amargosa.No meu silêncio vem me envolver e encher o vazio que ficou no coração.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim
1 compartilhamento

"Desabafo"


Estou aqui,...jogado no meio de predadores,que usam da corrupção.
Pessoas que são apontadas como unanimidade de respeito e cultura,
mas que no interior,não passam de ladrões e desavergonhados,que usam da justiça,só para tirarem aproveitos.
Pessoas que falam belas palavras decoradas,ludibriando e enganando aos menos favorecidos.
Acumulam seus tesouros e se embriagam,e comem abundantemente,e quando saciados vomitam,desperdiçando os alimentos e as bebidas,
enquanto que muitos passam fome e não tem o que beber.
Ficam os Presidentes sem nada fazerem,a não ser estudando como tirar impostos e cobrar taxas dos que lutam pela existência de todos.
Muito breve hão de chorar por uma folha,abraçados em seus brasões de ouro.
Seus poderosos conhecimentos,se transformarão em loucuras,e seus poderios se transformarão em agonizantes noites de desespero.
Não sou Profeta e nem Astrólogo,sou apenas um homem humilde e que sempre aprendeu que 2 + 2 são iguais á 4
e que não haverá época no futuro que mudará isso.
Hoje eu sei diferenciar dores como sei diferenciar sabores.
As cicatrizes que em mim ficaram marcadas,
um dia clamarão por seus feitores.Não os odeio,e não os maldigo,mais justiça seja feita,pois quem as fez que continuem fazendo e o dia chegará.
Em verdades eu sinto que quando sentimos dúvidas,é porque realmente nos aproximamos da verdade,
e quando esta desaparece,é porque definitivamente á encontramos.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim
1 compartilhamento

"Caminhos"



No caminho que for trilhares,
propague todo seu amor,
bem como recebeste da pessoa que te concebeu
e te criou,somente assim poderá de muitos aliviar a dor.
E elevar o nome de Allah,que tudo aqui amou.
Se ver mudadas tantas coisas boas,que percebeste outrora,
tal como a corrupção tomando lugar no coração dos governantes,
e entre estes,procure não perder á serenidade,mostre agora,
todo amor que és capaz de propagar,á estes pobres falantes.
Siga em frente e ao ódio te esquive,
com toda sabedoria que possui.
E conseguindo a Glória e o Triunfo,
saiba receber com humildade.
Pois somente com amor,poderás mostrar o que foste,
que sou,que fui.
Dá a todo instante que possui,todo valor,toda Majestade.
Caso á dor bata forte,e te arrebate o que mais amou na vida,
e neste instante fatal,apostares o resto que sobrares de ti,
numa só tacada,e perdendo mantiver calado,
ainda assim exponha o amor que te resta,
e reconstrua tudo aqui de novo.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim

"Eu Queria"



Eu queria escutar o que dizem as plantas,
os animais e todos os seres viventes.
Eu queria ter o poder de semear as mais belas sementes.
Eu queria sentir o voo das aves no infinito imerso.
Eu queria nadar com os peixes em mar aberto.
Eu queria sentir a brisa das manhãs em evidência.
Eu queria ter a força de um elefante com a sua paciência.
Eu queria falar as línguas de todas as tribos,
ouvir seus problemas, sentir seus desafios,
poder entender e acalmar seus gemidos.
Eu queria que não houvessem entre os terrestres,
diferenças nem de raça, nem de cores, nem de crenças.
Eu queria que existisse uma só luz
e que todos louvassem a um só Deus.
Eu queria que no outono, inverno, verão ou primavera,
os homens vivessem da mesma maneira,
não mudassem suas atitudes uns com os outros,
esquecendo-se do amor e acumulando tesouros.
Eu queria,Allah,esse mundo um pouco mais feliz.
Como não posso fazer tudo o que aqui revelei,
sei que tu não o fazes, pois nos deste a vontade livre
e nos incumbistes,confiando-nos
de tomarmos conta de seu paraíso.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim
1 compartilhamento

"É você"



O amor pode vir por processos diferentes ,e andar por caminhos muito estranhos.Ele pode chegar no amanhecer,no meio do dia ou no anoitecer,ele chega de manso e penetra profundo na morada que o recebe.Suas pegadas jamais se apagam,e suas feridas nunca cicatrizam.O amor queima e seu calor muitas vezes pode levar um racional ao cáus do enlouquecimento.É um fluido de raro perfume,e sempre deve ser dosado,pois fortalece a alma.O amor é como o vento,as vezes te toca leve,as vezes bate mais forte,e as vezes causa catástrofes.O amor é uma palavra meiga,e pode também ser uma palavra dura.Pode ser um simples corte no dedinho,ou uma cicatriz de um bisturi que cortou fundo.O amor pode ser,um lápso uma fantasia,pode ser numeros,atos,pode ser astuto,insignificante ou tudo.Pode ser Pai ou Mãe,por tras de uma porta fechada,entre quatro paredes,no escuro ou no claro,61,66 ou 69,dureza,tentação ou love,o amor é o que voce chamar,tentar ou quizer,Eu Voce,tudo,enfim Ele é imortal,é como o vento,leva e traz tudo de bom e de ruim.O amor ,é voce para mim.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim
1 compartilhamento

"O despertar"



Agora estou seguindo, não sei se só ou se consigo . Sei que estou sozinho a procura de um novo caminho. Minha casa está vazia, tanto quanto minha alma. Meu coração procura inconstante algo que acalma. Chega o entardecer e procuro disfarçar com as pessoas. A noite cai e o seu silêncio me envolve numa boa. Pensamentos que me afligem, não me deixam descansar. No despertar de outro dia oro a Deus o dia suportar. Sei que só o amor constrói, mas tenho medo de amar. Porque tudo que amei na vida, nunca mais vai voltar. Agora que estou nos três zeros, espero voltar novamente a luta. Cabeça erguida e a alma florida para uma nova labuta.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim

...Fé..........



Se és capaz de resistir a intolerância de um terrorista no seu dia a dia de trabalho e suportar seus bafos ou suspiros incessantes,
aturar suas reclamações e indiretas sabendo que no fundo é tudo o contrário do que transmite.
Pois leva na verdade uma vida moderada e desfruta de todos os lazeres.
Se és capaz de manter a calma quando em armadilhas preparadas tu vives,
e ali ficar esperando que as feras decidam seu futuro,
cujo o raciocínio destes é destruir-lhe a moral e transforma-lo em ralé ou saco mulambo.
Manter sua calma quando o mundo inteiro está ao pé de guerra.
Sorrir quando crianças clamam por um pão.
Estar alegre quando lhe foi arrebatado os direitos de sangue, carne e alma.
Se és capaz de tudo isso e não te curvares diante á mentira,
é porque realmente tens fé.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim

"Ser feliz"



Ser feliz ,não é dizer que é feliz,mais escutar as pessoas dizerem que são felizes.
Não é assaciar de todos os prazeres do mundo,mais saber limitá-los.
É saber dividir,somar,multiplicar,e subtrair dentro do calendário da vida.
Não é perguntando a esposa se ela é feliz,mais dizer que é feliz com ela.
Saber dividir o pão,subtrair as duvidas,multiplicar o otimismo e somar as diferenças,transformando-as em coisas úteis.
Cultivar sempre dentro de ti,a semente da verdadeira inocência,é saber consolar no meio de infelizes.
É saber chorar sem que percebam que não é de alegria,é consolar,mesmo que já não esteja suportando o mundo.
É fazer com que todos pensem que realmente és feliz.
É deixar que cada dia se cumpra com suas próprias preocupações.
Ser feliz é aceitar o desacato e aguardar as desculpas,Perdoando.
Ser feliz é não importar em ter nada.
Ser feliz é ter Fé,não é se prender nisso ou naquilo,
ser feliz é a única maneira dessa vida partir tranquilo.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim
1 compartilhamento

"CANSEI"



Desfaz-se aqui,meus sonhos e minhas alegrias.
Meu coração chora,por tantas maldades que acontecem.
Meus olhos jamais presenciaram tamanhas hipocrisias.
Curvam meus joelhos,e minha alma clama em prece.
Quem são esses!..Onde estavam!..,corruptos e arrogantes.
Assemelham-se á esquadrilhas de gafanhotos,que desvassa.
Agigantando-se no poder,oprimindo á tantos e tantos inocentes.
Conduzindo assim,a nação cativa,de encontro com á desgraça.
Entre palavras e brados,discurseiam um futuro promissor.
Invadem os lares dia e noite com programações atraentes e enganosas.
Estórias pornográficas em forma de novelas,dizendo que é amor.
Jogam pais contra familia,levando jóvens a sujar suas caras.
Allah!...Oh Allah!...Sei que aqui estou sendo sempre enganado.
Só que no meio de tanta confusão,quase engano á mim mesmo.
O pão nosso,está exposto todos os dias,enquanto tantos morrem.
Ensinam á praticar o que falam,para que sejam esfomeados.
Quanto é difícil e doloroso,conviver num ambiente assim,
sabendo que tenho tantas coisas lindas para revelar,
embora a surdez e olhar esnóbito de cada um,só mostra o fim.
Arranca-me daqui,se for vontade sua,e leve-me para descansar.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim
1 compartilhamento

POR VOCÊ



Tão grande força que me envolve e me dá ânimo, parece ser divina.
Quero sentir e sinto, mas tal como uma brisa ela me acaricia e controla meus sentidos.
Palavras tristes me envolvem a todo instante, trago a taça e mergulho ao fundo.
Trago a fumaça e tento retrata-la no vazio espaço que ela envolve.
Sua vez, ainda gira em minha mente, seu caminhar o vejo em outras garotas.
Seu nome eu sempre murmurarei seja aonde for.
O tempo retalhado de minha caminhada, é tal como um cristal lançado ao solo.
Quantas vezes doem-me os ossos, e endurecem meus nervos, confunde também meu pensamento.
Rezo por mim e peço por ti.
Hoje eu acho o mundo empoeirado, sujo e cheio de coisas abomináveis, sou mais real e concreto, bastante objetivo.
Descobri que tenho uma garota que é parte sua também, e que ela necessita agora do resto que sobrou de mim para crescer linda e pura como você.
Não gosto de mentira, portanto devo dizer: “Como ser feliz e alegre sem você”.
Há, por que não foi tudo diferente?
Espero que um dia, não sei quando, talvez quem sabe, nos encontramos no mesmo lugar e você me explique tudo de vez.
Eu sou você, e você sou eu.
Juro que me encontrarei.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim

"Existem coisas na vida,que em escola nenhuma seriam capazes de ensinar"

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim

"Me dê uma alavanca e um ponto de apoio no universo,que eu transportarei a Terra"

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim

"Quando estiver pensando se alguém te ama lembre de mim.
Quando perguntarem se alguém te ama,diga meu nome.
Mais se quizerem saber quem voce ama,diga:"Deus."

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim

Titulo: Porciúncula,Shukram

Eu me lembro...eu me lembro...
Fatigado e em extremo aos dissabores
Vinha eu em volta ao mundo o lamento
Travado e repreendido de tantas dores

Quantas fadigas o pobre Poeta tão sofrido
Alçando encontrar um lugar de gente pura
Onde de professar sua fé não seria impedido
É levado por Allah á uma estância segura

Trava-se o oculto ao límpido e puro
Que decide ficar por amor natural
Óh terra de vale e de abraço profundo
No Brasil talvez não há nada igual.

Pequena porção que tão grande se faz
Sem preconceitos,sem distinções
Aos Profetas muito se apraz
Terra de todas as religiões.

Sublime se faz por real natureza e sem ironia
Onde no impulso de ir embora decidi ficar
Lugar onde Allah também faz moradia
Poeta Muçulmano Porciunculense,resolvi me tornar.
Porciúncula...,Shukram...,Alhamdullillah!!!

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim

"Noite de amor"

A lareira está acesa, esperando por voce
A mesa está arrumada,para hora do jantar
Na varanda um vento frio,mais a lua dá pra ver
Hoje minha dama,iremos festejar.

Esta noite eu te juro,será top meu amor
Uma música suave,dançaremos ao luar
Sem sons mecanizadas,serei o seu cantor
De carícias e malicias,no seu íntimo entrar.

Quero aquercer-te ao deitar,tornar-me cobertor
Ser a primeira imagem dos seus olhos ao amanhecer
Chamar-te de rainha,ser teu escravo ou senhor
Te levar café na cama,e amor voltar fazer.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim

"Vidas"

Minha alma tem a sensação,bem lá no fundo
Que estou caminhando numa estrada certa
Talvez eu até tenha mudado de assunto
Mais reflito numa verdade que é concreta

Certo por certo,creio eu,não sei...talvez...
Pela minha alma,estarei contigo até o fim
Numa estrada,que em outras vidas se desfez
E distanciou o amor para você e também pra mim

Agora numa aurora em que a história se refaz
Sinto prazer em poder possuir-te novamente
Fazer-te feliz sei que sou capaz,e muito capaz
Um puro e verdadeiro amor que só a nós pertence.

Minhas noites choram pelo seu caminho
De regressar ao limite do que tenha passado
Apesar de ficar eu quieto em meu cantinho
Estou muito feliz por confiar e ter ficado!

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
Inserida por FernandoCarim