Coleção pessoal de FernandoCarim

1 - 20 do total de 53 pensamentos na coleção de FernandoCarim

A questão é HUMANIDADE.

..
Esqueçais a política e vosso égo,pois a questão é humanidade
Tua boca profere palavras decoradas numa lápsa indelicadeza
Medicamentos hospitalares tantos,fantasiam a tua imunidade
E com atitudes preliminares e imaturas rege ao povo a incerteza.

As expressões ditas te protegem sobre os versículos bíblicos
A popularidade onde confundem até os de Allah escolhidos
Não sei até onde a incoerência apagará profecias e ditos
Nunca ví um verdadeiro Líder colocar seus liderados em perigos.

Enquanto te preocupas a esquerda,e a Eles a tua direita
Segue o povo no meio deste medíocre e evazivo Pilar.
Agora vos pergunto atlético que essa Nação governa
Quantos mais inocentes esta simples gripinha irá matar?

Fernando Carim - Poeta Muçulmano

Allah,misericordioso e benevolente,ensina-nos a orar, sem esquecer o trabalho,as obras

doar, sem olhar a quem,servir, sem perguntar até quando...

sofrer, sem magoar, seja quem for,progredir, sem perder a simplicidade,semear o bem, sem pensar nos resultados...
desculpar todos, sem condições,caminhar, sem contar os obstáculos,enxergar as pessoas sem malícia...
escutar, sem corromper os assuntos,falar, sem ferir.
compreender o próximo, sem exigir entendimento...
respeitar os semelhantes, sem reclamar consideração.
dar o melhor de nós, além da execução do próprio dever, sem cobrar taxas de reconhecimento...
Oh, fortalece em nós, a paciência para com as dificuldades dos outros, assim como precisamos da paciência dos outros, para com as nossas próprias dificuldades..Não permita que façamos aos outros aquilo que não desejamos para nós...
Ajude-nos óh misericordioso, sobretudo, a reconhecer que a nossa felicidade mais alta será, aquela de cumprir seus desígnios onde e como queiras,nos alivie as dores,nos facilite materialmente,e nos conduza á paz.amim.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano

"Josiane Carim"

Vem acender minha chama por favor
Me conceda o carinho que mereço ter
O que o Poeta procurava Ele já encontrou
Daquele jeitinho gostoso,só voce sabe fazer

Sabes que és o mél que me embriaga
Provei do seu gostinho então quero assim
Quem te ama não precisa de mais nada
Só Alhamdullillah,deitar nessa cama e dizer Amim.

Dou férias pro meu coração,sem ti
Sou fogo,sou tesão,sou o que quiser chamar
Minha religião ,minha tentação,enfim
Pecado ou naõ pecado só quero te amar

Josiane Carim,a arte que Allah me concedeu
Eu quero me queimar,arder na sua pele
Amo tudo,amo os filhos que me deu
Mordeu a sua boca,me sentir mais leve

Ser aquele que abençoa e te ilumina
Ou sugar o teu pescoço pela madrugada
Ser seu anjo, seu vampiro e vc menina
Rolando em meu corpo toda assim suada

Provar seu gozo,me estremecer total,e na dor
me tornar pequeno diante de tanto prazer
Ser o Adão de minha Eva e pecar no amor
Te levar ao Paraiso e depois trazer.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano

"Em nome de Allah,O Clemente misericordioso"

Óh Allah,meu Senhor,em tua presença me curvo,e peço que me ouves e que olhes por mim,penetre grandioso em meu coração.Quero me entregar á Ti e que estejas em mim.
Marcado esta minha matéria pela doença,e sofro pelo custo do que me destina o momento.
Ciente estou que Tu também não se sente satisfeito,com meu sofrimento.
Somente Tua força me trará a vitória,neste instante que já sinto limitado e frágil.
Sinto-me apesar das dores,paciente,com simplicidade,compreensão e confiança.
Triste estou não pela minha enfermidade,mais por entregar á Ti somente minhas angustias,sofrimentos e preocupações.
Espero eu ser dígno de Ti,e que se compadeça de mim,e tenha misericórdia.
Que a minha Fé me faça digno do seu amparo,do seu amor e da sua proteção.
Suas bençãos para mim bastam,e a tua Luz suficiente.
Amim.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano

"Em nome de Allah o Clemente,o misericordioso."
Em todos corações podes habitar,e todas as orações escutar.
Transformar vidas,realizar sonhos,e vitórias sempre aos que te seguem podes dar.
Sejas Tu mediador de meus pensamentos,guie meus caminhos.
Seja solução de meus problemas e certeza de minhas dúvidas.
Acabe com minhas inquietações e ansiedades,trazendo-me serenidade e paz,não me deixe sozinho.
Liberte-me da angustia,da indecisão e do medo.
Seja a alavanca e o amor que resolve as lutas e o combate.
Derrame em minha vida sua misericórdia,cuidando e me protegendo,com seu amor,perdão,paz e desejo.
Nesta caminhada terrena,me induza á aceitar suas decisões por mais duras que possam ser em meu entendimento,que com sorrisos me faça suportar o que corróe minha alma,sempre esperar e confiar,
Guia-me á senda reta,livrando-me de tudo que é contra a sua vontade,Que cada momento minha Fé seja renovada,e que a esperança seja a minha força,e que todo poder e glória sejam para Ti.
Amim.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano

"Em nome de Allah o Clemente,misericordioso"
Que eu vos agradeço óh Allah,com a vida em virtudes.
Que eu vos honre e reporte á Ti agradecimentos,por nunca deixar faltar-me o que necessito,que eu seja paciente em tua decisão,que minha vida tenha disciplina e seja digna á tua ajuda e vontade.
Que eu saiba te agradecer ao ínvés de fazer exigencias fúteis.
Tu que tiraste minha alma da habitação dos mortos,dentre áqueles que padecem nos túmulos.
Apesar de seu caminho ser repleto de renúncias,ao percorre-lo podemos sentir suas delicias.
Sempre estáis a nos punir,descendo sobre nós suas mãos de vasta misericórdia.Nada se iguala ao seu amor.
Me exultaram,humilharam,zombaram e planejaram contra mim meus inimigos,mais não permitistes Tú a minha queda.
Clamei á vós e fui curado.
Cantarei sua glória, darei graças ao seu nome.
Sua indignação dura apenas um momento,enquanto sua benevolência é para toda a vida.
Ao anoitecer vem o pranto, mas de manhã, volta a alegria.
Nunca serei abalado,pois foi por favor que me deste honra e poder,e quando se afastaste de mim fui aterrado.
Clamo,e imploro a tua misericórdia para comigo e meu povo.
Que proveito vos resultará de retomar-me a vida,de minha descida ao túmulo?Porventura vos louvará o meu pó?
Apregoará ele a vossa fidelidade?
Ouvi-me óh Allah, e tende dó de mim,vem em minha ajuda.
Vós convertestes o meu pranto em prazer,tirastes minhas vestes de sofrimento e desgosto,vos louvarei e darei glórias á Ti sem jamais cizir-me os lábios,vos bendirei e serei grato eternamente,quando abrires para mim á porta de seu lar eterno.Shukram,shukram mil vezes shukram,eternamente shukram,por seres Tú o meu único Deus,amim.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano

Através de veredas verdejantes,procuro repouso esperado.

Tranquilas pastagens avisto num futuro próximo

As quais cairão gigantes ferozes e súditos cruéis ao lado

Por brados corcéis vindo de um lugar que é cósmico.

Deixarão de entopir os canhões que matam

Estroçarão seus próprios vermes,vomitarão sangue

Aos labirintos do qual grandes armadilhas criaram

Fugirão esfomeados,aliados em gangues.

Do céu o triunfo real,mais em em forma Divina

Descerá sobre as guardas angelicais

Para exterminar da terra tudo que contamina

Rastejarão como porcos,pobres carnais.

Aos inocentes restarão a escolha de uma sina

Muitos evaporarão sem saber da verdade

Em tudo isso nada,nem um pouco me fascina

E essa será pra tantos a luta da saudade.

Pobre do ventre que cheio estiver neste dia

Em gritos os escolhidos confusos gritarão Piedade

Óh Jedá que o mar levará a Tí destruida

com tudo que encontrar á sua margem.

Ao começar á cobrança,tentarão berganhar

Se unirão aos vampiros,lideres religiosos e politicos

Mais de nada suas alianças os irão adiantar

Serão envergonhados,derrotados e destruídos.

Alivio eu terei Óh Majestade,quando

Ele chegar e me liberar da tarefa

Em deleite terminar meu contrato

E com certeza dar final nesta era.

Aos lugares que em destruição,ermegerá

O Grandioso poder universal está chegando

A vida humana vai voltar á respirar

E nova aliança fará com o Ser humano.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano

به نام خداوند مهربان bismi-llāhi r-raḥmāni r-raḥīm)
Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso".
Assalamum Walleykum Wa hamalatulahi wa baracathu
“Óh Allah,misericordioso e misericordiador
durante esta época de arrependimento,tende misericórdia de nós.
Nossas oração,súplicas,nosso jejum,e nossas boas obras,
transformai o nosso egoísmo em generosidade.
Abri nossos corações à vossa Palavra,
curai as nossas feridas do pecado,
ajudai-nos a fazer o bem neste mundo.
Que transformemos a escuridão
e a dor em vida e alegria.
Concedei-nos estas coisas,pois segundo á tua benevolencia.
Esquecemos de vós e do teu amor por nós,quando agridimos nosso irmão,quando ignoramos aqueles que passam fome,
quando viramos ás costas aos que sofrem a dor da perda e da separação,quando usamos a força do poder para dominar e maltratar o próximo,quando não lembramos que uma palavra de carinho,um sorriso, um afago,um gesto podemos fazer o mundo melhor.
Conceda-nos a graça de sermos menos egoístas,e mais solidários para com aqueles que precisam.
Que jamais esqueçamos de Vós e de que sempre estarás conosco,pois tua promesa,não foi facilidade,mais sim permanecer-te em nossa caminhada.
Shukram,mais misericordioso dos misericordiosos,
pelo muito que tenho e pelo pouco que possa vir a ter.
Por minha vida e por minha alma imortal.
Shukram Allah por tudo,e aceite nosso jejum!
Amim.
Desejo um lindo e gratificante EId al Fitr á todos.
Walleykum assalamum Wa Hamalathulahi

Fernando Carim - Poeta Muçulmano

"Homenagem ao Poeta Muçulmano Fernando Carim"

Alma é tudo que se faz

Tudo a que nos dedicamos

Sejam ateus, muçulmanos
Perseguidores ou profanos
No espírito a alma jaz
Todos contém uma alma
Uma crença, uma seita
A alma é a receita
Para se trabalhar a calma
Não precisa religião
Basta ter um coração
E praticar a bondade
CARIM é majestade
Quando se fala de amor
Ele ora com fervor
Por toda humanidade
É homem muito sofrido
Mas esbanja atitude
Pormenores, amiúdes
Para ele são extintos
Tudo que faz, não minto.
É muito mais soberano.
Ele tem o seu espírito
Orando anos pós anos
Alimentado por Deus
Conhece a lei dos judeus
Conhece a lei dos aflitos
CARIM esteve diante
Da angústia de Jesus Cristo
Das misérias de uma guerra
Onde o amor se encerra
E a morte é constante
Seu peito tem cicatriz
Sua vida está marcada
Mas CARIM fez barricada
Pra se proteger da dor
Homem de Deus dedicado
Benevolente e bondoso
Referência do seu povo
CARIM é alma e amor.

MARLETE ALVES(Poetisa de Aracajú-SE)

Marlete Alves (Aracajú-SE)

"Homenagem á irmã Ana Dantas"

A música me faz lembrar
De uma pessoa que fascina
Aparentando ser uma mulher,
Com sorriso de menina.
Mocidade passou,pois viveu
Sempre a servir o próximo
É mãe,é tia,é avó,e cresceu
Num sentimento dócil.
A vida sempre lhe trouxe provações
Falsos amores,falsos amigos...
E ainda de falsas paixões
Nunca perdeu os seus sentidos
Lutou contra a morte lado á lado
De pessoas que sempre amava
Perdeu e ao perder seu legado
Sempre em Deus confiava.
Agora caminha se só ou se consigo
Agarrada numa fé que nem á tantas
Orgulho sinto em ser seu amigo,seu irmão
Pois és guerreira,és Ana Dantas.
E com uma marca de grandeza
Na realeza que se encerra
Óh na sua alma quanta beleza
Com nome da mãe de um dos grandes Profetas.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano

"Homenagem á irmã Isabél"

Verás em terras distantes,o mar!
Que entrará em teus olhos o cintilante
A perfeição sublime do que é amar
E voltarás ao passado por um instante.

Admiras o poderoso Sol astro Rei
Respeita á Lua sua majestade
Linda,em diversidade,alguém te fez
Vai curtindo como deves a maturidade.

Tua força aumentará,mais e mais por tua Fé
E sempre terás amor e paz vindo do céu
És abençoada,és guerreira és Mulher
És tudo para Allah,és Isabél.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano

"Se"

Se não existisse voce , como seria meu mar
Se não existisse voce , como seria meu sol
Se não existisse voce , no céu não haveria luar
Se não existisse voce , a casa da vovo não teria quintal

Se não existisse voce , eu teria que inventar o amor
Se não existisse voce , não haveriam lembranças
Se não existisse voce , meu mundo seria sem cor
Se não existisse voce , cessaríam-se todas as esperanças.

Se não existisse voce , ficaria sem tela o pintor
Se não existisse voce , eu não seria tão verdadeiro
Se não existisse voce , meu corpo não teria calor
Se não existisse voce , trocaria o Brasil pelo estrangeiro

Se não existisse voce , eu seria apenas um ponto a mais
Se não existisse voce , qual finalidade minha vida serviria
Se não existisse voce , de nada eu nunca seria capaz
Se não existisse voce, pra que neste mundo eu existiria?

Fernando Carim - Poeta Muçulmano

Saudações Fraternas,
Escrevo esta humilde carta para voce meu irmão e minha irmã Palestinos,como prova de minha preocupação por cada um de vós.sei que não posso fazer muito,pois a única arma que tenho são minhas súplicas e orações á Allah por todos.
Hoje envio como poeta e escritor,um pouco de mim em forma de poesia,a fim de tentar mostrar que voces não estão sozinhos,pois Allah está com voces e nós também.
Continuem confiando sempre em Allah,e saibam que a nossa vitória esta Nele(Nosso Senhor).
Enquanto nossa fé estiver intacta,segura e confiante,nunca nosso inimigo nos derrotará.Allah recompensará cada esforço nosso.Deixo-vos neste instante um poema e um beijo no coração de cada um.

Titulo:"Palestina Querida"

Não vou chorar por Tí, pois não devo
Chorarei mesmo, pela chance perdida
E continuar em súplicas e apêlo
Aos bravos da Terra prometida...
Falarei em prantos que um dia
Não existirá ninguém que os enxugue
Lágrimas criadas por uma covardia
Que só em máscara se resume...
Onde estais, óh grandes líderes da Paz
Que vê este povo, esta terra ferida
Tu que,na terra tens poder, e nada faz
Para salvar nosso povo e desta ira...
Tiraram Deles sonhos,e muito mais
Bombas caindo, que num piscar, ruína
Estou assustado,Terra santa, sofrida
Mais a tua alma, nunca será ferida
Para Allah sempre, a fé destemida
Para o mundo jamais esquecida
Suplicamos por tua liberdade
Óh Palestina querida.

Que Allah derrame á cada um Palestino ás suas bençãos e a proteção.
Este povo que desde a vinda dos teus mensageiros(Profetas) protegem esta terra com a Fé em Allah e o sangue de suas veias.
Peço piedade,óh Allah!
Misericórdia,Majestoso,Senhor da vida eterna.
Alhamdullillah...Subhan Allah...Allahu Akbah!
Amim.

Fernando Carim - Muslim Poet

Titulo:"Filho de Mãe Preta"

Em saltos tantos,andando pela rua,era madrugada,encontrei a beira da calçada,um pobre camarada...
Percebi que estava faminto,e que também era menino,muito novo,e eu alí de novo sem saber o que fazer...
Peguei-o pelo braço,e contendo meu abraço,com meu corpo o agasalhei...
Levando em meu lar,comecei a perguntar onde estava sua família,sua mãe ou até mesmo uma tia...
A criança exclamou,com olhar entristecido...
_Olha pra mim seu moço,pois acho que fiquei sozinho,e se puder me dê guarita,uma cama,um pouco de água e comida,que serei bastante grato,e te garanto será breve minha estadia.
Eu fui criado na rua,vi muitas vezes minha mãe nua,sendo estrupada por bandidos,na minha frente eu vos digo,sem eu poder fazer nada...
Essa mulher da qual te falo,trabalhava em restaurante,das 18 horas em diante pra poder me sustentar,e veja só que ironia,vivendo assim sem garantia eu não a pude proteger,e talvez ate eu mesmo,teria o tal destino se não fosse por você.
Agora só quero vingança,matar a todos que a feriu,pois apesar do sangue nos olhos,o peito esta sofrendo e a culpa eu lhe digo,da morte de minha mãe é do sistema do Brasil,que devido alguns políticos,que talvez eu seja filho, consideram a todos que moram nas rua como mendigos.
Muitos são trabalhadores,que devido o aluguél que é cobrado,e não pago vão morar em esconderijo.
Eu só penso em morte e vingança,pois nunca tive infância,nem brinquedos pude ter.
E meu pai senhor,não conheço nem a cor e nem quero conhecer.
_Calma disse eu ao garoto...que agarrou em meu pescoço e não quis mais soltar.,pedindo chorando se eu pudesse lhe ajudar.
Um nó prendeu minha garganta,e falei pra aquele jóvem,que lhe faria o possível.
Apesar de minha dificuldade financeira,não me considero pobre,pois eu vivo na certeza de que Deus é meu suporte.
O homem mata uma nação,por ganancia e egoísmo,se esquecendo que uma criança,viveria do seu desperdício.
Desperdício de alimento,de cultura e de saúde,desperdício de carater,de justiça e virtude...entre outros desperdicios do planeta...
E o que mais me magoa,foi ouvir de sua boca,que tudo isso aconteceu,por ser filho de Mãe Preta.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano

"Vontade"

Quero render-me a alma, quero ela nua
Rasgar minha pele, esfolar o frio
Queimar a vontade de esconder na lua
Escalar uma cachoeira, pular num rio

Quero entrar na escuridão gritando a todo vapor
Como se nada significasse o eco da minha voz
O prazer já é o mesmo, achar conforto na dor
Apenas lágrimas e chuvas derramam sobre nós

Passarei pelas portas de minha única mente
Tentarei entender o tempo, salvar minha alma
Escolher entre o céu e o inferno novamente
Estar gelado no estado onde nada me conforta

Escutar-me calar e até suportar minha depressão
Possa ser que eu esteja certo sobre o incerto
Uma angústia insensata que corrói meu coração
Eu só quero mesmo, é te abraçar de perto.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano

"Dentro de Mim"

São milhões de milhas daqui
Onde esconde a única luz
E lá vem além do horizonte
Nossos olhos,caramba,como reluz.

Óh minha mãezinha linda
Porque mentiste pra mim?
Dizia: _você irá longe na vida
Ainda estou aqui...assim...

Preparam-se as pessoas
Está vindo a hora,linda que seduz
Cuidam-se das coisas
Estou voltando pra casa,única casa

Se estivesse perto de uma lareira
Talvez eu amaria onde estou,este lugar
Mais esteja certo,onde quer que esteja
Você sempre,de alguma forma irá voltar

Como é distante a Lua...ainda só posso olhar
Partilhar a vista da noite...gloriosa noite
Além do horizonte,vejo um outro céu a brilhar
E como açoite me castiga as ondas do mar

Dizias Tú meu pai,que as vezes a vida escurece
E que a ausência da luz se faz necessária
Nunca de um passado se esquece
Nunca estarás sozinho em nenhuma vida

Eu tenho um astrolábio para investigar
Nossa estrada se tornou escorregadia
Mais você pode minha mão segurar
Pois somos vítimas dessa covardia

Encontrei meu lar dentro de mim
Não poderei seguir no paralelo
Dos perfumes me cheiram jasmim
Voltar pra casa,é tudo que espero.

Fernando Carim - Poeta Muçulmano
1 compartilhamento

"Vidas"

Minha alma tem a sensação,bem lá no fundo
Que estou caminhando numa estrada certa
Talvez eu até tenha mudado de assunto
Mais reflito numa verdade que é concreta

Certo por certo,creio eu,não sei...talvez...
Pela minha alma,estarei contigo até o fim
Numa estrada,que em outras vidas se desfez
E distanciou o amor para você e também pra mim

Agora numa aurora em que a história se refaz
Sinto prazer em poder possuir-te novamente
Fazer-te feliz sei que sou capaz,e muito capaz
Um puro e verdadeiro amor que só a nós pertence.

Minhas noites choram pelo seu caminho
De regressar ao limite do que tenha passado
Apesar de ficar eu quieto em meu cantinho
Estou muito feliz por confiar e ter ficado!

Fernando Carim Poeta Muçulmano

"Noite de amor"

A lareira está acesa, esperando por voce
A mesa está arrumada,para hora do jantar
Na varanda um vento frio,mais a lua dá pra ver
Hoje minha dama,iremos festejar.

Esta noite eu te juro,será top meu amor
Uma música suave,dançaremos ao luar
Sem sons mecanizadas,serei o seu cantor
De carícias e malicias,no seu íntimo entrar.

Quero aquercer-te ao deitar,tornar-me cobertor
Ser a primeira imagem dos seus olhos ao amanhecer
Chamar-te de rainha,ser teu escravo ou senhor
Te levar café na cama,e amor voltar fazer.

Fernando Carim Poeta Muçulmano

"Allahu Akbar,Alhamdullillah,Subhanallah!!!
Mostra-me óh Magnificiente o teu povo,e oriente-me á paz que tanto ordenas.
Dai-me Benevolente uma alavanca e um ponto de apoio no universo,que eu transportarei á Terra!
Indica-me teus servos e inclua-me em tuas obras...
Pois tua é toda graça,honra e glória.,amim,amim,amim..."

Fernando Salim Carim - Poeta Muçulmano

به نام خداوند مهربان مهربان"O meu senhor"

Na minha vida nada mais me falta além do que já tenho e não percebí.
Meus limites ainda não chegaram ao final,e o seu com certeza tb não.
Sabe quando é o final?
Quando Ele disser,mais nunca ouvirás Dele tal palavra,pq Ele é o senhor da realidade e não de sonhos.
Ele é o realizador de suas promessas e Ele estará agindo sempre pra vc e pra mim.
Sim o Deus que transformou um preso em Rei do Egito...e muito mais...
É nesse Deus que eu me amparo e creio,o construtor de virtudes,o restaurador de vidas,o Criador do Universo.

Fernando Salim Carim - Poeta Muçulmano