Eni Gonçalves

Encontrados 15 pensamentos de Eni Gonçalves

⁠Poema não é poesia

O poema tem lá suas formas...
Algumas fixas, outras,
nem tanto...
O poema se enquadra,
Se encaixa...
A poesia não...
Porque o poema é a forma,
Mas não a essência...
O poema é o corpo...
Mas a alma não...


Ení Gonçalves
12/07/2020

Eni Gonçalves
Inserida por enigoncalves

⁠O AMOR SUBSTANTIVO

Nasceu numa manjedoura
Ainda que nada o sugeria
Foi a estrela duradoura
Na humilde estrebaria


Na humilde estrebaria
Tinha o menino nascido
Uma estrela de alegria
Tinha do céu descido


Tinha do céu descido
Naquele humilde lugar
que nos veio a ensinar
O menino prometido


O menino prometido,
O Mestre a lecionar
A excelência verbal
Do Amor Substantivo!


Na humilde estrebaria
Tinha do céu descido
O menino prometido
Do Amor Substantivo!


Eni Gonçalves

Grinalda de Trovas

Eni Gonçalves
Inserida por enigoncalves

⁠"Porventura não é a vida um esboço, toda ela, apenas um esboço, um quadro inacabado?"


Eni Gonçalves

Eni Gonçalves
Inserida por enigoncalves

⁠SOMOS MULHERES

Nós mulheres, somos especiais,
como a água, emocionais,
como o fogo, passionais,
como a terra, maternais...
Trazemos do ar, um sopro de razão,
temos a beleza do coração
e a ciência da intuição!
Somos mulheres,
ternas e tenras flores,
duras e fortes, rochas...
A nós foi dado o poder da Criação,
pela força do Amor e da Paixão!

Eni Gonçalves
Inserida por enigoncalves

⁠O poeta pega palavras
E as vai entrelaçando...
Ele costura, alinhava,
Faz ajustes...
Nada além disso é o poeta,
Apenas um artesão.
O escolho dele é fazer
De algo tão fluido...
Um objeto quase matéria.

Eni Gonçalves
Inserida por enigoncalves

⁠O amor quando se revela
Nutre o amado de sutilezas.
Ele não invade,
Não se porta descortês.


O amor quando se aninha,
aquece o coração do amado
de silêncios doces,
pausas longas e breves,
como em uma sinfonia.


O amor quando brota,
ainda que tenro,
anuncia a florescência
da árvore futura.

O amor se presta à esperas...
Se há distâncias ele vela ,
Qual lâmpada à cabeceira.
Se apronta demoradamente,
no tecer das horas...
e suas falas são murmúrios
de preces não ditas.

O amor quando se revela,
ao mesmo tempo se esconde,
a guardar em si mesmo,
o tesouro encontrado.


Se há riquezas,
estas não serão maiores
que o amado.
Se ha impérios
Serão deixados,
Posto que...
As honras, os festins e
a glória vã...
Nada de tudo o que brilha
no reino das ilusões...
É mais forte que o Amor,
Quando ele se revela...

Eni Gonçalves
Inserida por enigoncalves

⁠O glamour para onde vai?
Sendo apenas uma nuvem
a esconder o sol,
Depressa se desfaz ,
Com os ventos da verdade.

Quem sonha galgar os
Degraus da evolução ,
Deve abandonar o glamour ,
Abraçar o trabalho
da escultura inacabada.

Nas horas obscuras ,
Curvado sobre si mesmo,
Incansável, aparar arestas,
Polir a pedra bruta,
Forjando a joia rara:
O Espírito Imortal!


Eni Gonçalves

Eni Gonçalves
Inserida por enigoncalves

⁠A paciência é a bordadeira incansável dos sonhos.

Eni Gonçalves
Inserida por enigoncalves

⁠A Lição maior vem dos pequenos

Há uma energia diferente quando o nosso "fazer" é motivado pelo sincero desejo de colaborar e ajudar o outro, o grupo, a coletividade.
Quando nos percebemos, como parte essencial, de algo maior que nossos próprios interesses, a vida ganha novo sentido.
Não mais o meu time, minha religião, meu ponto de vista, acima de todos os outros, mas, o interesse do outro.
Qual o seu endereço, meu irmão?
Onde está doendo?
Como eu posso ser leal e aprender com você?
Debaixo de uma árvore, em um belo dia de sol, todos podemos nos sentar, estender a toalha e partilhar alimentos, de paladares diversos.
A fraternidade dos homens ainda é um ideal a ser alcançado, mas podemos insistir com tal aprendizado.
Tenho observado as formigas, como elas fazem, como são pequenas, mas o quanto de ordem e harmonia há no formigueiro. De como são fortes, estando unidas.
Tenho observado a ordem na casa das abelhas, como fazem o que fazem!
Curvo-me diante desses animaizinhos, a descobrir que temos a mesma importância!
Gratidão às formiguinhas e às abelhas, mestras amadas, por suas lições de convivência, ordem e harmonia.
Que haja um acréscimo de Compaixão em meu olhar, quiçá, talvez ... de humildade, posto que ainda não atingimos tamanha perfeição na comunidade dos homens!

Eni Gonçalves

Eni Gonçalves
Inserida por enigoncalves

⁠O Amor nada pede para si, pois que ele mesmo é a oferta e a recompensa; o presente e o presenteado.
Eni Gonçalves

Eni Gonçalves
Inserida por enigoncalves

⁠A poesia da vida
é uma longa conversa
entre Deus e as criaturas...
Os bichos falam,
o vento canta, uiva ou chora
as melodias do amor...
A natureza toda é um poema!
Cada pétala, um verso...
Cada flor uma canção...
Se em silêncio a gente fica,
pode escutar a sinfonia,
nas pausas de cada dia...
brotando do coração.

Eni Gonçalves
Inserida por enigoncalves

⁠O QUE É DEUS?
Ainda que os séculos dobrem,
na sucessão eterna do tempo,
Ainda que o pulso das horas,
me conduza ao big bang!
Se viajasse em retorno
no giro das nebulosas...
ouvisse o eco das eras sem fim
tudo em vão, seria para mim.
Quem poderá entender os arcanos divinos
da linguagem das esferas?
Quem verá as obviedades das equações,
Na inumerável diversidade da Natureza?
Por que duvidam os "eus"?
A causa de todo efeito é o que chamamos DEUS!
Eni Gonçalves
14/06/2015

Eni Gonçalves
Inserida por enigoncalves

⁠Prece pelos aflitos

Nas ramagens dos bosques
quando o último raio de sol
pincela de ouro cada folha,
Deito-me a mirar o infinito
Lançando aos céus um grito,
para que se apiede
Ó Deus bendito
de todos os aflitos .
Pelos sofredores apelo ,
quando um lamento lanço
ao firmamento...
Ó Pai,derrama o Teu Amor!
envolve os conflitos ...
faz parar a guerra ...
a desordem, o rancor...
Traz de volta a certeza
ao descrente coração,
que um dia há de raiar
a liberdade...
a beleza da fraternidade.
Vem, ó Pai!
Escutai minha oração!


Eni Gonçalves

Eni Gonçalves
Inserida por enigoncalves

⁠O APRENDIZ DO BEM
Ele tinha o costume de carregar consigo, balas, biscoitos, doces. Sua mala, cheia de potes de chás e ervas, unguentos e bálsamos, óleo perfumado, era para os que encontrasse pela estrada, amigos ou supostos inimigos.
Sempre um sorriso e uma gentileza.
Não perguntava a causa da dor, apenas oferecia a ternura, o silêncio, juntamente com algo material. Ora um alimento, ora um chá, essência de flores perfumadas, algo bom surgia sempre daquelas abençoadas mãos.
Assim caminhava o Peregrino BEM, levantando tendas no deserto, rico de provisões que oferecia de si mesmo, aos desvalidos.
Um dia me deparei com o velho caminhante, certa de que também eu me fizera credora de sua bondade gratuita. Indaguei de mim mesma, que unguentos teria para minha dor, que óleos perfumados dispunha o velho amigo, para o meu cansado coração.
O BEM me acolheu depressa, e, sem me dar tempo de arrolar toda a fieira de mágoas, apontou-me a estrada e ofereceu-me a sacola de prendas.
Tomei então da sacola e ainda que vacilante, o segui...
Era tão vasta a extensão do caminho por onde deveria caminhar e tantos eram os caminhantes para consolar...
Esquecida de mim mesma, imitando o velho sábio, eu me pus a encher minha vasilha, a encontrar perfumes, remédios, unguentos... o sorriso e a gentileza.
Aprendiz do BEM segue assim pela estrada, me ensinou o Mestre Peregrino.
Esquecido da própria desgraça consegue encontrar a graça,
se depressa caminhar, sem cansaço e sem tardança, com a sacola da bondade, indo o amor espalhar...
Eni Gonçalves

Eni Gonçalves
Inserida por enigoncalves

⁠Se a crítica te fere, o elogio te adormece a alma.
Seja apenas a Consciência o teu crítico mais severo; a plateia mais sincera.

Ení Gonçalves

Eni Gonçalves
Inserida por enigoncalves